Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Quinta-feira, 30 de Abril de 2015
BANDA “VULTURE” ATUA EM ALMADA E ALFRAGIDE

A Music In My Soul está a promover os showcases dos Vulture nas FNAC de Almada e Alfragide, respetivamente nos dias 14 (às 22h00) e 15(às 21h30) de maio.



publicado por Carlos Gomes às 22:45
link do post | favorito

MOITA APRESENTA PROJETOS EDUCATIVOS

Dias 6, 7 e 8 de maio: Feira de Projetos Educativos da Moita: 18 anos a valorizar o melhor da educação

É já nos dias 6, 7 e 8 de maio que a comunidade educativa do concelho da Moita vai estar em festa, com a XVIII Feira de Projetos Educativos da Moita, no Pavilhão Municipal de Exposições, na Moita.

Mostra de criatividade, dinamismo, diversidade, inovação e coesão, a Feira de Projetos Educativos da Moita realiza-se desde 1998, fruto do trabalho de parceria entre a Câmara Municipal da Moita, o ICE – Instituto das Comunidades Educativas, as juntas de freguesia e toda a comunidade escolar. Assente na valorização das dinâmicas na área da Educação, a Feira de Projetos Educativos dá visibilidade ao trabalho desenvolvido pelas escolas, pelo Município e outros agentes educativos.

O programa deste ano é, como habitualmente, recheado de atividades: ateliê, atividades desportivas, workshops e muita animação de palco, com música, dança, ginástica e teatro.

A XVIII Feira de Projetos Educativos pode ser visitada nos dias 6 e 7, das 9:00h às 12:30h e das 14:00h às 18:00h, e no dia 8, das 9:00h às 12:30h, das 14:00h às 18:00h e das 20:30h às 24:00h.

A entrada é livre. Programa completo disponível em www.cm-moita.pt.

A Câmara Municipal da Moita convida esse órgão de comunicação social a estar presente na abertura da XVIII Feira de Projetos Educativos que vai ter lugar, no dia 6 de maio, pelas 9:00h, no Pavilhão Municipal de Exposições, na Moita.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 21:54
link do post | favorito

FESTAS E FEIRAS NA MOITA COMEÇAM EM MAIO

Agenda Maré Cheia já disponível

O mês de maio no concelho da Moita inicia o ciclo de mais variadas áreas, sendo este o destaque principal, na rubrica “À Lupa” da agenda “Maré Cheia” de maio, já disponível para consulta em www.cm-moita.pt e também nos locais de distribuição habituais.

Além das feiras, como a Feira de Maio, Feira da Saúde, Feira de Projetos Educativos, Biofesta e Artes e Talentos, há muitas outras iniciativas, como teatro, música, dança, desporto, atividades para crianças e exposições, entre outras. Consulte a rubrica “Vai Acontecer”.

As páginas do Aqui Tão Perto são preenchidas com um trabalho sobre a Mutualidade da Moita – Associação Mutualista que, em maio, comemora 120 anos de atividade solidária em prol da comunidade.

O Bolo de Batata é o protagonista da rubrica “Sabores & Saberes”. A Maré Cheia deixa-lhe esta receita resgatada da tradição oral das gentes da Moita. Não deixe de provar.

Se pretende receber a Maré Cheia em sua casa, todos os meses, contacte o Gabinete de Informação e Relações Públicas da Câmara Municipal da Moita, através do e-mail: informacao-rpublicas@mail.cm-moita.pt ou do telefone 212806715.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 21:50
link do post | favorito

CASA DO MINHO EM LISBOA COMEMORA 92 ANOS DE EXISTÊNCIA

cartaz aniversário cm 2015



publicado por Carlos Gomes às 13:27
link do post | favorito

OS MAIOS E AS MAIAS: ORIGENS E SIGNIFICADO DE UMA TRADIÇÃO!

Com a entrada do mês de Maio, enfeitam-se de giestas floridas as janelas das casas nas vilas e aldeias do Minho anunciando a chegada da Primavera em todo o seu esplendor e, com ela as flores que contribuem para alegrar a nossa existência, perfumar e dar colorido ao ambiente que nos rodeia. São as maias feitas de ramos de giestas com as suas flores amarelas as quais, por tradição, são colocadas nas portas e carros agrícolas, constituindo este costume uma forma de celebrar o renascimento da vida vegetal.

10302385_773054989393004_4414026659280074106_n

Atualmente pouco divulgada, a festa das maias foi noutras épocas celebrada em todo o país, tendo caído em desuso devido a sucessivas proibições devidas a rixas originadas pelo despique entre localidades ou ainda por motivos religiosos, como sucedeu em 1402 por imposição régia a qual determinava "nõ cantassem mayas, ne Janeiras, e outras cousas q eram contra a ley de deus". A sua origem perde-se nos tempos e corresponde às Florálias celebradas entre os romanos e dedicadas a Flora, deusa das flores e da Primavera, a quem consagravam os jogos florais. Durante três dias consecutivos, as mulheres dançavam ao som de trombetas, sendo coroadas de flores as que logravam ganhar os jogos, adornando-se desse modo à semelhança da própria divindade a que prestavam culto. Aliás, é precisamente aos romanos que se atribui a implantação de tal costume na Península Ibérica, tendo a mesma alcançado especial aceitação na região do Algarve.

16907185_bzJGu

Também entre nós houve em tempos idos o costume de, por esta ocasião, coroar-se de flores uma jovem vestida de branco, prestes a entrar na primavera da vida, qual maia adornada de joias, fitas e flores que nos trazem à lembrança as fogaceiras de Santa Maria da Feira e as moças que levam à cabeça os característicos tabuleiros das festas de Tomar. E, tal como Flora entre os romanos, a jovem maia sentava-se num trono florido a cujos pés o povo dançava durante todo o dia, venerando desse modo a esbelta divindade pagã e celebrando os seus atributos que se permitiam o retorno dos vegetais. Conta ainda uma lenda antiga que em Lagos, no Algarve, tal costume incidia sobre um homem da terra que era adornado com as melhores joias, o qual percorria as ruas da cidade montado num asno. Sucedeu que, em certa ocasião, terminada que foi a volta pela cidade, o maio dirigiu-se para os campos junto da cidade e desapareceu para nunca mais ser visto. Em virtude do ocorrido, o povo que ainda espera o seu regresso com as joias que consigo levou passou a designar o Maio como "o mês que há-de vir…

E, enquanto o Maio não chega para as gentes de Lagos, é altura de festejarmos as maias, alegrando as janelas com ramos de giestas floridas. Em breve virá a celebração do Corpus Christi e a Vaca das Cordas em Ponte de Lima, as festas do Espírito Santo e a Coca em Monção, a festa das fogaceiras em terras de Santa Maria da Feira e as fogueiras pelo S. João a evocar o solstício do Verão. A seu tempo chegarão as colheitas e as malhadas, as vindimas e as adiafas e, pelo S. Miguel as desfolhadas ou descamisadas. Para trás fica o entrudus e as festas equinociais e pascais, a Serração da Velha e a Queima do Judas.

Assegurámos através do rito a ininterrupção do ciclo da natureza, participando desse modo na ação criadora dos deuses. Pela tradição, preservamos usos e costumes que chegaram até aos nossos dias e fazem parte do nosso folclore. Festejemos, pois, as maias, fazendo-as ressurgir com o mesmo colorido, alegria e pujança como nos tempos antigos!

16907184_j5K1r



publicado por Carlos Gomes às 08:55
link do post | favorito

Quarta-feira, 29 de Abril de 2015
CRIANÇAS DO CONVENTO DOS CARDAES NECESSITAM DE AJUDA!

untitled



publicado por Carlos Gomes às 12:41
link do post | favorito

Terça-feira, 28 de Abril de 2015
LISBOA RECEBE REGATA VOLVO OCEAN RACE 2015

A apenas um mês de receber a maior regata à volta do mundo em vela, a organização da Volvo Ocean Race – Lisboa 2015 anuncia que já decorrem as montagens da Race Village que irá receber mais de 500 mil visitantes na Doca de Pedrouços entre os dias25 de maio e 7 de junho.

unnamed

Cada detalhe foi pensado pela organização com todo o cuidado para proporcionar uma experiência inesquecível ao público, aliando diversão, conforto, segurança e muita tecnologia.

Race Village foi desenhada pela Feeders, empresa nacional de arquitetura, design e engenharia responsável pela construção das diferentes estruturas do recinto de mais de 57.000 m2.

Ricardo Fulgêncio, Race Village Manager da Volvo Ocean Race – Lisboa, assegura que “toda a equipa tem sido incansável para fazer de Lisboa o melhor stopover da Volvo Ocean Race. Queremos conquistar o público português mas também toda a estrutura internacional da regata. Estamos focados em todos os detalhes — desde a decoração, às casas de banho, ao cenário do palco, aos camarotes, passando pelas inúmeras animações que irão entreter o público”.

“A Volvo Ocean Race é um evento com os melhores velejadores e que merece o melhor em tudo. Não podíamos deixar de nos associar à Feeders, uma empresa nacional de excelência que está a criar um recinto digno da grandeza da Volvo Ocean Race”, acrescenta.

A Feeders é composta por um grupo de profissionais multidisciplinares cujo propósito é alimentar as ideias daqueles que trabalham com ela de forma eficiente, inovadora e apaixonante. Tem uma vasta experiência em organização, planificação e produção dos mais diversos tipos de acontecimentos. A Feeders já teve elementos associados à produção do Rock in Rio e, mais recentemente, é responsável por todas as estruturas da NOS no festival NOS Alive.

A Volvo Ocean Race é um dos três maiores eventos náuticos mundiais e neste momento é liderada pela equipa Abu Dhabi Ocean Racing com sete pontos de vantagem sobre o segundo classificado Dongfeng Race Team. Em terceiro lugar, na tabela está o Team Brunel. Neste momento decorre a sexta etapa da prova que liga a cidade brasileira de Itajaí até Newport nos EUA. Daí os barcos partem depois para a capital portuguesa onde deverão chegar a 26 de maio.

A passagem da Volvo Ocean Race por Lisboa em 2015 representa um investimento conjunto de cerca de 4 milhões de euros da Urban Wind, empresa responsável pela organização do evento, da Câmara Municipal de Lisboa e da Administração do Porto de Lisboa. Na última edição, a Volvo Ocean Race gerou um impacto económico estimado em mais de 31 milhões de euros e recebeu cerca de 200 mil visitantes (Oficial Report Volvo Ocean Race 2012).

Sobre a Urban Wind

A Urban Wind é um consórcio de empresas totalmente nacional composto pela Urbanos e pela Boulevard. Este consórcio, criado em 2014, garantiu a passagem da Volvo Ocean Race por Lisboa para as duas próximas edições: 2014/2015 e 2017/2018.



publicado por Carlos Gomes às 23:17
link do post | favorito

MOITA REALIZA FEIRA DE ARTESANATO

Feira de artesanato. Mercado Municipal da Moita volta a receber “Artes e Talentos”

Nos sábados 2 e 9 de maio, entre as 9:00h e as 13:30h, o Mercado Municipal da Moita volta a receber a “Artes e Talentos”, uma feira que pretende valorizar diferentes tipos de artesanato. Ao passar por lá, pode encontrar peças em madeira, tecido, metal, cerâmica, cortiça, crochet, entre outras.

 Artes e Talentos

Esta feira de artesanato insere-se no Programa de Dinamização e Animação do Mercado Municipal da Moita. Para participar, deve inscrever-se através do email pav.mun.exposicoes@mail.cm-moita.pt, indicando nome, morada, contacto telefónico, número de contribuinte e tipo de produtos a expor (com fotografias). Mais informações na Divisão de Desenvolvimento Económico da Câmara Municipal da Moita (T: 210816914).



publicado por Carlos Gomes às 23:05
link do post | favorito

PARTIDO “OS VERDES” QUER PROIBIR PESTICIDA GLIFOSATO

“Os Verdes” querem interdição do uso de pesticida glifosato – iniciativa em discussão no Parlamento a 30 de Abril

“Os Verdes” entregaram na Assembleia da República um Projeto de Resolução que recomenda ao Governo a interdição do uso do glifosato, o pesticida mais usado em Portugal e, de acordo com a OMS, «Carcinogéneo provável para o ser humano». O PEV pretende ainda que se promovam, junto de agricultores e autarquias, esclarecimentos sobre os efeitos do glifosato na saúde humana.

1003141_139756409564853_38033895_n

Assim que foi tornada pública a classificação do glifosato como «carcinogéneo provável para o ser humano», “Os Verdes” questionaram o Primeiro-ministro, num debate no Parlamento, sobre as medidas a tomar pelo Governo perante a evidência de ameaça à saúde pública e ao ambiente. Em resposta ao PEV, num debate posterior, Passos Coelho afirmou não haver evidência de que possa haver contaminação e que se iniciaria uma investigação sobre esta matéria. Para o PEV, é evidente a existência de contaminação do glifosato e é a própria existência de legislação que lhe impõe limites de presença nos alimentos. Para além disso, a investigação anunciada pelo Primeiro-ministro já está feita pela Organização Mundial de Saúde: resultados preocupantes que relacionam o glifosato com tipos de cancro tornam urgente a implementação de medidas que salvaguardem a saúde pública e o ambiente.

É com esse propósito que o PEV apresenta o Projeto de Resolução em causa que recomenda a promoção urgente de formas de esclarecimento sobre os resultados relativos aos efeitos do glifosato sobre a saúde humana e que se tome como objetivo urgente a interdição do uso do glifosato. “Os Verdes” recomendam ainda o alargamento da interdição à escala da União Europeia e que se apoiem, fundamentalmente os agricultores na fase de transição para o uso de outros meios alternativos livres de glifosato.

O Projeto de Resolução do PEV vai ser discutido na Assembleia da República na próxima quinta-feira, dia 30 de Abril, a partir das 15.00h.

PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º1450/XII/4ª

SOBRE A INTERDIÇÃO DO USO DO GLIFOSATO

Nota justificativa

«Carcinogéneo provável para o ser humano» - é esta a classificação que a Organização Mundial de Saúde, por intermédio da sua Agência Internacional para a Investigação sobre o Cancro, faz do glifosato, o pesticida mais usado em Portugal, tendo aqui sido vendidas, só no ano de 2012, mais de 1400 toneladas e assistindo-se a uma tendência crescente do seu uso, nos últimos anos.

Está, assim, declarado um efeito perigoso do glifosato para a saúde humana, estabelecendo-se designadamente uma relação entre este herbicida e um cancro do sangue - o Linfoma não Hodgkin. Esta relação não se faz de ânimo leve, mas sim com base na existência e no reconhecimento de provas científicas credíveis e suficientes. Curiosamente, ou não, em Portugal todos os anos surgem cerca de 1700 novos casos deste tipo de cancro, apresentando uma taxa de mortalidade superior à média da União Europeia.

O glifosato apresenta uma ligação próxima aos organismos geneticamente modificados (OGM), na medida em que estes são resistentes ao herbicida em causa. Não por acaso, a Monsanto comercializa quer o glifosato (sob a marca comercial Roundup) quer as variedades transgénicas. Eis um, para além de outros, dos grandes problemas dos OGM - mais de 80% das plantas transgénicas no mundo foram modificadas no sentido de resistir às aplicações do herbicida.

Para além disso o glifosato tem utilização muito alargada na agricultura em geral (e.g. produção de arroz e muitas outras); pode também ser encontrado à venda em grandes superfícies abertas ao público, para usos mais domésticos; é também amplamente usado na limpeza de vias públicas e também em linhas de água para controlo de infestantes.

Para obtenção de informação relevante sobre esta questão do glifosato, recomenda-se a consulta do sítio da internet da Plataforma Transgénicos Fora (www.stopogm.net)

Assim, que foi tornada pública a classificação do glifosato como «carcinogéneo provável para o ser humano», os Verdes colocaram na Assembleia da República, num debate quinzenal com o Primeiro Ministro (de 1 de abril de 2015), a questão de saber o que pensaria o Governo fazer perante tal evidência de ameaça à saúde pública e ao ambiente.

Já sem tempo para intervenção nesse debate, o Primeiro Ministro guardou, contudo, resposta para o debate quinzenal seguinte (realizado em 17 de Abril de 2015), referindo o seguinte: Não existe evidência de que possa haver contaminação, embora haja sido sinalizado, por parte da Organização Mundial de Saúde, o risco provável de que isso possa acontecer. A Comissão Europeia ainda não tomou nenhuma posição, mas vamos iniciar uma investigação sobre esta matéria e, se concluirmos que é caso disso, não deixaremos de tomar medidas que protejam a saúde pública, nesta matéria

Face a esta resposta importa referir a evidência de que existe contaminação do glifosato é a da própria existência de legislação que lhe impõe limites de presença nos alimentos, havendo contudo muitos aspetos onde nem sequer é analisada a sua presença (como na água). Isto para já não falar da pulverização a céu aberto e em grandes quantidades. Partir do pressuposto de que pode não haver contaminação é, no mínimo, estranho.

Para além disso, a investigação anunciada pelo primeiro-ministro está feita pela Organização Mundial de Saúde. Agora, a partir desses resultados preocupantes, que relacionam o glifosato com tipos de cancro o passo responsável é tomar medidas que salvaguardem a saúde pública e o ambiente.

Com essa convicção e com esse propósito, o Grupo Parlamentar Os Verdes apresenta o seguinte Projeto de Resolução:

Ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, a Assembleia da República delibera recomendar ao Governo que:

1.Promova urgentemente formas de esclarecimento, designadamente a agricultores e a autarquias, sobre os resultados relativos aos efeitos do glifosato sobre a saúde humana, apontados pela Agência Internacional para a Investigação sobre o Cancro.

2.Tome como objetivo urgente a interdição do uso do glifosato.

3.Assuma a proposta urgente e a defesa intransigente para que essa interdição se dê à escala da União Europeia.

4. Apoie, fundamentalmente os pequenos e médios agricultores, na fase de transição para o uso de outros meios alternativos livres de glifosato.

Assembleia da República, Palácio de S. Bento, 24 de abril de 2015

Os Deputados,

Heloísa Apolónia                                                                  José Luís Ferreira



publicado por Carlos Gomes às 19:27
link do post | favorito

Segunda-feira, 27 de Abril de 2015
ANARQUISTAS COMEMORAM 1º DE MAIO EM LISBOA



publicado por Carlos Gomes às 23:31
link do post | favorito

MOITA EXIBE FILMES DE SÉRGIO TRÉFAUT

2 de maio na Baixa da Banheira: “Outro País” de Sérgio Tréfaut exibido no Fórum Cultural

O auditório do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, continua a exibir filmes de Sérgio Tréfaut. No dia 2 de maio, pelas 21:30h, pode assistir a “Outro País”.

A Revolução Portuguesa (1974-75) vista através dos olhares de alguns dos mais importantes fotógrafos e cineastas que testemunharam o evento. Quais eram os seus sonhos e expetativas? O que ficou do sonho da revolução?
Um documentário que reúne arquivos históricos excecionais.

A entrada é gratuita.



publicado por Carlos Gomes às 20:44
link do post | favorito

HOLMES PLACE LEVA MEGA AULA DE ZUMBA À VOLVO OCEAN RACE

Holmes Place é o health club oficial da Volvo Ocean Race, a maior regata à volta do mundo que tem passagem por Lisboa marcada para os dias 25 de maio a 7 de junho.

image007

No dia 31 de maio, às 10h30, o Holmes Place celebra esta parceria com uma Mega Aula de Zumba totalmente gratuita e aberta a todos os participantes, em pleno recinto da Volvo Ocean Race. Nos restantes dias, os visitantes da Volvo Ocean Race podem contar com aulas especiais, sempre ao pôr do sol, com destaque para as aulas de Antigravity uma modalidade exclusiva, recentemente lançada pela marca em Portugal. A dança une-se à vela neste evento que vai colocar os lisboetas mais próximos do mar e do rio.

Sérgio Marques, Diretor de Marketing da Holmes Place, comenta que “Vamos animar o recinto da Volvo Ocean Race com mais uma Mega Aula de Zumba e as nossas expetativas para este momento são muito elevadas. Vamos ter um cenário idílico, à beira do Tejo, e queremos apelar à participação de ainda mais amantes da dança e do desporto”. O responsável acrescenta ainda que “Os velejadores, que desde o dia 11 de outubro navegam à volta do mundo, terão acesso gratuito e ilimitado aos nossos ginásios, algo que certamente apreciarão”.

“Queremos ser o maior e melhor stopover desta edição da Volvo Ocean Race. A Mega Aula de Zumba do Holmes Place e as restantes atividades promovidas serão, certamente, um dos pontos de atração deste grande evento que dura 14 dias e que conta com atividades gratuitas para toda a família, noite e dia, com uma vista privilegiada sobre o Tejo. O Holmes Place proporcionará ainda algumas surpresas na área Corporate deste evento”, refere José Pedro Amaral, Stopover Director Volvo Ocean Race Lisbon.

A Volvo Ocean Race é uma verdadeira volta ao mundo onde participam sete equipas representando sete países diferentes e que estará em Lisboa, na Doca de Pedrouços, de 25 de maio a 07 de junho de 2015. Consiste em 9 etapas, passando por 10 cidades onde decorrem várias regatas. São histórias de emoção, globalização, adrenalina e superação num desporto em que o Homem enfrenta a Natureza no seu estado mais puro e no seu meio mais perigoso, o mar.



publicado por Carlos Gomes às 20:41
link do post | favorito

Sábado, 25 de Abril de 2015
PORTUGUESES E IMIGRANTES DESCEM A AVENIDA DA LIBERDADE PARA COMEMORAR A REVOLUÇÃO DOS CRAVOS

Milhares de pessoas desceram uma vez mais a avenida da Liberdade para comemorar o 41º aniversário da revolução do 25 de abril de 1974. Partidos políticos, centrais sindicais, autarquias locais, associações culturais e cívicas mobilizaram cidadãos das mais diferentes sensibilidades políticas, partilhando em comum os ideais de liberdade, democracia e justiça social.

Desfile 25 Abril 2015 080-2

Sob a égide da Casa do Alentejo, foram vários os grupos de cante que fizeram ouvir a expressão musical das gentes alentejanas, agora reconhecido como Património Imaterial da Humanidade.

De salientar ainda, a presença muitos imigrantes das mais diversas proveniências, reclamando direitos que dizem ainda não verem reconhecidos.

Não obstante a elevada mobilização popular, é bastante visível o desencanto e um certo desânimo por parte de muitos portugueses, cada vez mais descrentes no atual sistema político.

Desfile 25 Abril 2015 260

Desfile 25 Abril 2015 014

Desfile 25 Abril 2015 138

Desfile 25 Abril 2015 176

Desfile 25 Abril 2015 104

Desfile 25 Abril 2015 057

Desfile 25 Abril 2015 110

Desfile 25 Abril 2015 172

Desfile 25 Abril 2015 030

Desfile 25 Abril 2015 161

Desfile 25 Abril 2015 205

Desfile 25 Abril 2015 026

Desfile 25 Abril 2015 119

Desfile 25 Abril 2015 150

Desfile 25 Abril 2015 231



publicado por Carlos Gomes às 21:29
link do post | favorito

CASA DO CONCELHO DE ARCOS DE VALDEVEZ EM LISBOA COMEMORA 60 ANOS DE EXISTÊNCIA



publicado por Carlos Gomes às 08:54
link do post | favorito

Sexta-feira, 24 de Abril de 2015
TEATRO DO ELEFANTE APRESENTA NA MOITA A PEÇA “LUZ DE PAPEL”

“De Pequenino” no Fórum Cultural – Baixa da Banheira

Teatro “Luz de Papel” para bebés

O Projeto “De Pequenino” de maio vai ser dedicado ao teatro, no dia 2, às 15:30h e às 17:00h, no auditório do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, com o espetáculo “Luz de Papel”, pelo Teatro do Elefante.

De Pequenino-001

Estreia do espetáculo-jogo que parte de imagens projetadas que criam sucessivas e surpreendentes composições visuais. A sobreposição de formas e padrões dá origem a imagens complexas que estimulam as capacidades criativas de todos os espetadores.

A projeção é realizada em vários écrans, sobre diversos materiais e texturas, como por exemplo o corpo da atriz, que se relaciona com os elementos virtuais. Esta relação é desenvolvida quer no campo da corporalidade, quer pela integração da expressão e comunicação vocais.

Os caminhos são infindáveis e as histórias intermináveis neste projeto que propõe aos bebés um olhar pleno de liberdade criativa e de exploração de universos sensoriais.

“Luz de Papel” é dirigido a bebés entre os 3 e os 36 meses, sendo a lotação limitada a 20 bebés e dois acompanhantes por sessão. As inscrições, gratuitas, deverão ser efetuadas através do T: 210888900.



publicado por Carlos Gomes às 22:43
link do post | favorito

Quinta-feira, 23 de Abril de 2015
FILIPE AVILLEZ APRESENTA NO CONVENTO DOS CARDAES O LIVRO “QUE FAZES AÍ FECHADA?”



publicado por Carlos Gomes às 19:28
link do post | favorito

MINHOTOS EM LISBOA REALIZAM FESTIVAL DE FOLCLORE



publicado por Carlos Gomes às 07:58
link do post | favorito

Quarta-feira, 22 de Abril de 2015
VOLVO OCEAN RACE RECONHECIDA COMO “EVENTO DE INTERESSE PÚBLICO”

O Governo reconheceu esta terça-feira em despacho a regata oceânica Volvo Ocean Race como um “evento de interesse público”, considerando que se trata de um evento que irá “contribuir para a afirmação de Portugal como um local privilegiado para a realização de grandes eventos desportivos internacionais”.

image006

No despacho publicado em Diário da República, assinado pelo secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, o Governo considera que a Volvo Ocean Race contribui "inequivocamente para a notoriedade do desporto português a nível internacional” constituindo “um claro estímulo para o aumento da prática desportiva, especialmente por parte dos jovens”.

O Secretário de Estado conclui ainda, no mesmo despacho, que o evento "reflete os objetivos estratégicos do Governo para o desporto".

Para José Pedro Amaral, Stopover Director Volvo Ocean Race Lisbon e responsável pela organização do evento em Portugal, “este reconhecimento vem confirmar a importância que a regata tem para o nosso país colocando Lisboa no palco mundial na organização de eventos desportivos”.

“Este evento será sem dúvida uma excelente promoção para a marca Portugal e para o desporto náutico. É um dos momentos-chave do ano para captar turistas e projetar o potencial económico e social que o mar traz para Portugal”, acrescenta.

O reconhecimento da regata como evento de interesse público surge semanas depois de o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, ter assumido o empenho da autarquia em trazer a base da Volvo Ocean Race para Lisboa a partir de 2020. “O nosso envolvimento com a Volvo Ocean Race é um envolvimento de futuro. Vamos acolher de novo a edição, é um dos grandes eventos desportivos do mundo. Temos uma grande expectativa de que o esforço e profissionalismo com que temos organizado uma etapa nos permita poder ter condições para vir a desempenhar um papel mais importante na prova", referiu.

A Volvo Ocean Race, a maior regata à volta do mundo e um dos três maiores eventos náuticos mundiais, chega a Lisboa e entre os dias 25 maio e 7 de junho. Durante 14 dias de stopover em Lisboa, os portugueses terão à sua disposição 57.000m2 de recinto onde poderão, de forma totalmente gratuita, contactar diretamente com assete equipas e respetivos barcos, assistir a concertos ou visitar as diferentes exposições, feiras e atividades, tudo subordinado ao tema do mar.

A edição de 2014/2015 da Volvo Ocean Race teve início a 11 de outubro de 2014, em Alicante e termina a 27 de junho de 2015 em Gotemburgo, na Suécia, colocando àprova sete equipas que percorrem 38.739 milhas náuticas à volta do mundo, superando nove etapas e passando por 10 portos diferentes: Alicante (Espanha), Cape Town (África do Sul), Abu Dhabi (EAU), Sanya (China), Auckland (Nova Zelândia), Itajaí (Brasil), Newport (Rhode Island, EUA), Lisboa (Portugal), Lorient (França) e Haia (Holanda).



publicado por Carlos Gomes às 23:49
link do post | favorito

FEIRA INTERNACIONAL DE LISBOA RECEBE BEATY VILLAGE

Beauty Village

by JFD Ideas and Details

"Quer se sentir especial?"

A Beauty Village oferece a oportunidade de conhecer diferentes setores na área da beleza (cabelo, maquilhagem, etc), da moda e da fotografia.

unnamed (1)

Stand com 360m² no qual serão disponibilizados vários serviços de beleza e moda, dando origem a uma sessão fotográfica protagonizada pelos visitantes, através da objetiva do fotografo de moda Alexandre Serra (Revista SoWhat) e colegas.

A ideia consiste em proporcionar aos visitantes/público uma experiência de moda, onde as estrelas serão eles próprios. Assim, após inscrição gratuita os mesmos passarão por diversos setores do stand na área de beleza e em seguida pelos parceiros de "moda", onde serão disponibilizadas peças de diferentes parceiros para realizarem uma sessão fotográfica.

Eventos complementares

- Estão programados diariamente pelas 18H degustações de vinhos (Bonina), sumos(Compal) e bolachas personalizadas(Amazing Cakes Portugal) no lounge do stand, sendo que algumas das marcas presentes aproveitarão esse momento para fazer apresentações específicas e oficiais de alguns dos produtos das suas novas coleções.

- Neste espaço encontrar-se-á também exposta uma obra de arte diferente todos os dias disponibilizada pela Galeria Espaço Arte Livre

Todos os parceiros/marcas presentes estão publicados no FB do evento.

Local - FIL - Parque das Nações | Festival IN | Pavilhão 4

Data - 23 a 26 de Abril
Horários - Qui. a Sáb. - 14.00H às 21.00H | Dom. - 14.00H às 20.00H

Tipologia – Público

Web-Site Festival IN

www.festivalin.pt

FB Festival IN

https://www.facebook.com/festivalIN?ref=ts&fref=ts

FB Beauty Village

https://www.facebook.com/events/926077530765104/

Bilheteira

Individual: 5,00 € PVP

Cartão Jovem, Estudante, Sénior > 65 anos: 2,50€ PVP Menores de 10 anos: entrada gratuita.

Sectores – Network Society, Redes Empresariais, Inovação, Negócio e Cultura, Criatividade e Desenvolvimento, Cidades Criativas: Redes & Pessoas, Produtos e Serviço, Investigação & Produtividade, MKt & Comunicação.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 23:31
link do post | favorito

Terça-feira, 21 de Abril de 2015
MOITA REALIZA FEIRA DE MAIO

Peças d’Arte durante a Feira de Maio – Moita. Inscrições abertas para Feira de Antiguidades, Velharias e Artesanato

Estão abertas, até ao dia 30 de abril, as inscrições para expor na “Peças d’Arte – II Feira de Antiguidades, Velharias e Artesanato que irá decorrer nos dias 22, 23 e 24 de maio, no Pavilhão Municipal de Exposições, na Moita, inserida também na Feira Regional de Maio.

Peças d'Arte

Contribuir para promover a atividade desenvolvida pelos artesãos, bem como dar a conhecer diversos artigos de colecionismo, antiguidades e velharias são os objetivos deste feira promovida pelo terceiro ano consecutivo pela Câmara Municipal da Moita.

As inscrições para participar no certame estão abertas até 30 de abril e podem ser efetuadas através do endereço de e-mail: pav.mun.exposicoes@mail.cm-moita.pt (indicando nome completo, morada, telemóvel, número de contribuinte e tipo de produtos a expor, com fotos exemplificativas). Mais informações na Divisão de Desenvolvimento Económico da Câmara Municipal da Moita (T: 210816914).

A Peças d’Arte vai, este ano, estar aberta ao público no dia 22, entre as 20:00h e as 24:00h, no dia 23, das 14:00h às 24:00h, e no dia 24 de maio, das 10:00h às 19:00h.



publicado por Carlos Gomes às 22:24
link do post | favorito

CASA COURENSE EM LISBOA COMEMORA BODAS DE PRATA

Diapositivo1



publicado por Carlos Gomes às 20:07
link do post | favorito

Segunda-feira, 20 de Abril de 2015
ROMARIA A CAVALO MOITA-VIANA DO ALENTEJO PARTE ESTA QUARTA-FEIRA

Está tudo a postos para se cumprir mais uma Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo. A partida da romaria está marcada para dia 22 de abril, pelas 9:00h. Os romeiros partem do Pavilhão Municipal de Exposições, na Moita, rumo à Igreja Paroquial da Moita e, após a bênção da imagem de Nossa Senhora da Boa Viagem, seguem para Viana do Alentejo.

Partida da Romaria a Cavalo 3

 O percurso será feito pela antiga Canada Real, mais conhecida por Estrada dos Espanhóis, pernoitando os romeiros nas localidades de Poceirão, Casebres e Alcáçovas. A chegada a Viana do Alentejo, um dos pontos altos da romaria, deverá acontecer por volta das 17:30h, no dia 25 de abril.

Partida da Romaria a Cavalo 2

A Romaria a Cavalo é um dos maiores eventos equestres nacionais que voltou a realizar-se em 2001, depois de um interregno de mais de 70 anos, recuperando no tempo a tradição dos lavradores da Moita, que se deslocavam com os seus animais ao Santuário de Nossa Senhora D’Aires, para pedir proteção e boas colheitas.

Partida da Romaria a Cavalo 1

A XV edição da Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo é dinamizada por uma Comissão Organizadora composta pela Associação dos Romeiros da Tradição Moitense, pela Associação Equestre de Viana do Alentejo e pelas Câmaras Municipais da Moita e de Viana do Alentejo e conta também com o apoio das entidades regionais de turismo do Alentejo e de Lisboa e Vale do Tejo. As inscrições para participar na Romaria a Cavalo ainda podem ser efetuadas através da Divisão de Atividades Económicas da Câmara Municipal da Moita (Largo Dr. Joaquim Marques Elias, na Moita; telefone 210 816 910).

Acompanhe a Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo na página do facebook: https://www.facebook.com/RomariaACavaloMoitaVianaDoAlentejo.



publicado por Carlos Gomes às 19:44
link do post | favorito

Domingo, 19 de Abril de 2015
ENCONTRO NACIONAL DE COMBATENTES HOMENAGEIA ENFERMEIRAS PÁRAQUEDISTAS



publicado por Carlos Gomes às 00:18
link do post | favorito

Sábado, 18 de Abril de 2015
ROMARIA A CAVALO PARTE DA MOITA RUMO AO SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA D’AIRES EM VIANA DO ALENTEJO



publicado por Carlos Gomes às 23:11
link do post | favorito

MINHOTOS EM LOURES PROMOVEM ENCONTRO DE CULTURAS

O Grupo Folclórico e Etnográfico Danças e Cantares Verde Minho promove no próximo dia 30 de Maio, mais uma grandiosa edição do festival de folclore que reúne anualmente na cidade de Loures diversos grupos folclóricos representativos das mais diversas regiões do país. Trata-se do XXII Encontro de Culturas Verde Minho e terá lugar no Parque da Cidade de Loures, tendo como cenário a magnífica réplica das ruínas de S. Paulo, em Macau, a qual serviu de fachada ao Pavilhão de Macau na Expo’98.

Fotos do Verde Minho 023-2

Naquele local vão desfilar os usos e costumes das nossas gentes, exibindo as suas tradições, as danças e cantares, ao som da concertina e do cavaquinho e ao ritmo dos bombos e dos reco-recos, das castanholas e dos ferrinhos, mostrando como se canta e dança o vira e o malhão, a rusga e a cana-verde.

A abrir as festividades, o Grupo de Bombos Zés Pereiras Os Baianenses, de Baião, e o Grupo de Bombos Zés Pereiras das Mercês, de Sintra, vão fazer uma autêntica arruada, anunciando a festa com o rufar dos seus bombos bem à maneira das nossas mais genuínas e alegres romarias. Seguem-se o Rancho Folclórico e Etnográfico Palmeiras, de Braga; o Grupo Folclórico de Meãs do Campo em representação do Baixo Mondego; o Rancho Folclórico de Alvarelhos, da Trofa; o Grupo de Danças e Cantares Besclore e as Escolas de Concertina Filipe Oliveira e Daniel Sousa.

De referir que, apesar do concelho da Trofa se encontrar inserido do distrito do Porto e, por conseguinte, fazendo parte da província do Douro Litoral, aquele concelho é parte integrante da mesma região etnográfica do Minho coincidente com a antiga Comarca d’Entre o Douro e Minho.



publicado por Carlos Gomes às 21:22
link do post | favorito

JOANA LISBOA APRESENTA O SEU “RASCUNHO” EM SHOWCASE

Joana Lisboa vai estar na FNAC do Centro Comercial Vasco da Gama, no próximo dia 3 de maio, para um showcase a partir das 17h00. O single “Escrever” é um dos temas que vão poder ser ouvidos e que pertencem ao seu primeiro EP, “Rascunho”, editado em novembro de 2014 pela Music In My Soul.

Artista da voz, compositora experimental espontânea e exploradora dos sons circundantes e interiores. É assim que Joana Lisboa se define.

A cantora nasceu no dia 9 de agosto de 1983, em Lisboa, onde cresceu rodeada de diferentes referências musicais, com destaque para o Jazz, o Blues e o Rock Sinfónico. Na adolescência continuou a sua pesquisa e acrescentou o Grunge, música celta, o Trip Hop, a Eletrónica e a música de Zeca Afonso. Cantou sempre sozinha até aos 23 anos, altura em que começou a atuar ao vivo num projeto de covers acústicas (voz e guitarra) chamado Sacaroles. Mais tarde decidiu ter aulas de Jazz e de Canto, integrando vários projetos de standards de jazz. Também chegou a dar aulas de voz e fez parte de uma banda de originais, os Cromaki.

O início do processo de criação de originais acabou por ser natural, uma vez que Joana sempre foi uma estudiosa dessa arte. Embora conte com um passado musical muito rico e variado, é no som experimental que a artista se prefere destacar. A cantora é quem compõe todas as músicas, letras e coros, o que não invalida de se fazer acompanhar por uma banda nas atuações ao vivo. O EP “Rascunho”, que marca a sua estreia, apresenta uma música tranquila, conduzida por uma voz que transporta, quem a ouve, para outro plano.

Para download do EP

https://play.google.com/store/music/album/Joana_Lisboa_Rascunho?id=B3of67radn5ujgipolgxokiojru&hl=pt-PT


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 20:11
link do post | favorito

MOITA APRESENTA LITERATURA SOBRE GASTRONOMIA AO SOM DA VIOLA CAMPANIÇA

10º aniversário da Biblioteca da Baixa da Banheira: Apresentação do livro “Comeres com Poemas para Viver um Grande Amor” acompanhada por Grupo de Violas Campaniças

A iniciativa “Leitura às Quintas”, no dia 23 de abril, pelas 21:30h, na Galeria de Exposições do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, está inserida nas comemorações do 10º aniversário da Biblioteca Municipal da Baixa da Banheira e conta com a apresentação do livro “Comeres com Poemas para Viver um Grande Amor” de António Murteira e a participação do Grupo de Violas Campaniças “Moços D’Uma Cana”, de Castro Verde.

MURTEIRA Livro Comeres com Poemas... António Murt

“Poderão ser pequenas coisas aquelas sobre as quais escrevo neste livro. As estórias que conto. As viagens, os lugares, os amigos de que falo. Os pensamentos que penso. Os oitenta comeres que vos apresento. Contudo, como referiu Saramago, «só se nos detivermos a pensar nas pequenas coisas, chegaremos a compreender as grandes».

No verão, na casa do pinhal, frente ao Atlântico, e, depois, em Évora, cidade duas vezes milenar, onde podemos ilusionar os espaços percorridos pelos homens do Paleolítico e do Neolítico, os sons da marcha das legiões romanas fundadoras, da cavalaria árabe e berbere conquistadora ou das ordens da cristandade reconquistadoras, frente a frente comigo mesmo, quero pensar as ´pequenas´ coisas. Quero reinterpretar estórias e viagens e projetá-las no pensamento, interrogá-las, para compreender os acontecimentos do tempo presente. (…).”

A entrada é gratuita. Participe!



publicado por Carlos Gomes às 20:02
link do post | favorito

TOCADORES DE CONCERTINA RUMAM A PONTE DE LIMA



publicado por Carlos Gomes às 19:25
link do post | favorito

Sexta-feira, 17 de Abril de 2015
PEDRO BALSE APRESENTA “PLACES” EM SHOWCASE

Pedro Balse vai estar, no próximo dia 3 de maio, na FNAC do Centro Comercial Colombo para um showcase a partir das 17h00. O músico vai apresentar o seu segundo álbum, “Places”, editado pela Music In My Soul, do qual “Bella Firenze” é o single de estreia.

PedroBalse_FotoPromocional

Pedro Balse nasceu em Portalegre, em 1972, e durante a adolescência pertenceu a diversas bandas, como baterista e baixista. Em 1996, terminou a licenciatura em Ciências Musicais na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e hoje trabalha como professor de música, em Sintra.

A necessidade de se dedicar à composição surgiu em 2011, altura em que começou a criar o seu próprio estúdio. Em dezembro de 2012 editou o seu primeiro trabalho, “World chill” – trata-se de uma nova sonoridade, uma fusão de acústico com eletrónico, numa mistura de world music com chillout/lounge.

Em novembro do ano passado editou o seu segundo álbum, “Places”, numa continuação da viagem iniciada em 2012... um trabalho claramente influenciado pela sua formação clássica, que conta com 47 participações especiais.

Nas palavras do jornalista e comentador Nuno Rogeiro, “o português Pedro Balse investe, sensivelmente, na música ambiental topográfica”. Na generalidade, a música de Pedro Balse é relaxante. Pretende proporcionar bem-estar aos ouvintes. E pretende, também, ser uma viagem imaginária, através de temas com influências de vários locais no mundo... de Buenos Aires a Lisboa, passando por Paris, Andaluzia, Dubai, Rio de Janeiro, Himalaias, Irlanda, Marrocos, etc.

Para download do álbum


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 20:13
link do post | favorito

Quinta-feira, 16 de Abril de 2015
CONFRARIAS PROMOVEM GASTRONOMIA TRADICIONAL

unnamed (3)

Mapa de Eventos – 2015

Eventos da FPCG

13 de Junho – Cerimónia da Entrega do Prémio de Boas Práticas para a valorização da gastronomia.

Capítulos de Confrarias Federadas – 2015

18 de Abril – Confraria das Almas Santas da Areosa e do Leitão.

24; 25; 26 de Abril (cerimónia capitular) e 27 de Abril – XV Capítulo da Academia Madeirense das Carnes / Confraria Gastronómica da Madeira.

9 de Maio – III Capítulo da Confraria das Sardinhas Doces de Trancoso.

9 de Maio – Confraria do Queijo do Rabaçal.

9 de Maio – Confraria dos Gastrónomos de Lafões.

16 de Maio - VIII capítulo da Confraria do Pinhal do Rei - Leiria.

17 de Maio - Confraria Gastronómica de Almeirim.

23 de maio - XVI Capitulo da Confraria Gastronómica do Mar.

6 de junho - X Capítulo Confraria Gastronómica da Gândara.

20 de Junho – IV Capítulo da Confraria Gastronómica do Concelho de Ovar.

27 de Junho -  Confraria da Broa de Avintes.

4 de Julho - IX Capítulo da Confraria do Velhote.

11 de Julho – X Capítulo da Confraria da Broa D´Avanca

25 de Julho – Confraria do Bodo.

13 de Setembro – Confraria da Chanfana

19 de setembro – Real Confraria do Maranho

26 de Setembro - IX Capitulo da Confraria das Papas de S. Miguel.

27 de Setembro - Confraria do Arroz e do Mar. Figueira da Foz

3 de Outubro - V Capítulo da Confraria do Chícharo.

17 de Outubro – Capítulo da Confraria do Bucho de Arganil – Pomares.

21 de novembro - XIII Capítulo da Confraria Queirosiana 

Outros eventos

2 de Maio - Confraria Gastronómica de Lamego.

2 de Maio - Confraria Olhanense do Litão.

9 de Maio - Confraria dos Sabores da Fava.

23 de Maio - III Claustro Pleno (III Capítulo) da Confraria dos Sabores de Coimbra.

23 de Maio - CAMINHADA “A Ria vista da Serra” - Confraria Gastronómica “O Moliceiro”

30 de Maio - II Capitulo Confraria Gastronómica do Arroz de Aba de Cinfães

31 de Maio - Confraria do Torricado com Bacalhau

20 e 21 de Junho - I Festival “Sabores da Ria” - Confraria Gastronómica “O Moliceiro”

11 de Julho - PASSEIO GASTRONÓMICO EM BARCO MOLICEIRO - Confraria Gastronómica “O Moliceiro”

12 de Setembro - CAMINHADA “O Campo e a Ria” com passeio de Barco Moliceiro - Confraria Gastronómica “O Moliceiro”

10 e 11 de Outubro - IX FESTIVAL GASTRONÓMICO DA ENGUIA - Confraria Gastronómica “O Moliceiro”



publicado por Carlos Gomes às 18:55
link do post | favorito

Quarta-feira, 15 de Abril de 2015
MOITA COMEMORA O 25 DE ABRIL

Comemorações do 25 de Abril no concelho da Moita

“Construir Abril Sempre” é o mote deste ano das comemorações do 25 de Abril no concelho da Moita.

Câmara Municipal da Moita, Juntas de Freguesia e Movimento Associativo voltam a preparar um programa conjunto de iniciativas que vai decorrer até 2 de maio, um pouco por todo o concelho, convidando, desta forma, a população a sair à rua, a participar e a evocar os valores de Abril.

25 Horas a Nadar 2

Do programa comemorativo, destacamos, a partir das 19:00h do dia 24 até às 20:00h do dia 25 de abril, a iniciativa “25 Horas a Nadar”, na Piscina Municipal, em Alhos Vedros. Durante estas 25 horas ininterruptas, a piscina vai estar de portas abertas com diferentes iniciativas, como polo aquático, torneio de rugby subaquático, natação livre, hidrobykes, atividades dos 9 aos 14 anos, atividades para pais e filhos, entre outras.

Para o dia 24 de abril, pelas 22:30h, está agendado o espetáculo comemorativo com os HMB, no Largo dos Cravos, no Vale da Amoreira. Juntos desde 2007, os HMB viram o seu álbum de estreia chegar aos lugares cimeiros do top nacional em 2012. Os singles “Dia D” e “Não Me Deixes Partir” estiveram no primeiro lugar do top da Rádio Comercial, durante mais de 12 semanas.

HBM

Depois da apresentação, no início deste ano, do tema “Talvez”, os HMB têm estado a promover o novo single “Feeling”. Esta música é um boogie à moda dos Earth Wind & Fire e Michael Jackson que celebra a dança como direito universal: "quem dança seus males espanta".

Desfile da Liberdade 1

É já tradição no concelho da Moita que, no dia 25 de abril, a população, o movimento associativo e os representantes das autarquias saiam à rua para participar no Desfile da Liberdade. O percurso inicia-se às 10:30h, na Rua Alexandre Sequeira, passa pela Avenida Dr. Teófilo Braga, Envolvente à Praça de Toiros e culmina na Praça da República, com a habitual intervenção do Presidente da Câmara da Moita, a solta de pombos e a música “Grândola, Vila Morena”.

José Afonso

Para assinalar também o 10º aniversário do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, no dia 25 de abril, pelas 21:30h, o auditório recebe o espetáculo “José Afonso: De Ouvido e Coração”. Este concerto conta com Amílcar Vasques-Dias ao piano, Luís Pacheco Cunha, no violino, e Esther Merino, como “cantora” de flamenco. A entrada é gratuita.O programa concelhio das comemorações dos 40 Anos do 25 de Abril está disponível para consulta em www.cm-moita.pt.

Participe!



publicado por Carlos Gomes às 13:39
link do post | favorito

Terça-feira, 14 de Abril de 2015
LISBONMUSE - A PRIMEIRA EXPOSIÇÃO QUE ABORDA A MITOLOGIA GRECO-ROMANA

Posicionar Lisboa num patamar de sublimidade turística através de uma exposição única e nunca antes realizada em Lisboa é o principal objetivo da POMOcreat em coprodução com a Central Models, a Cemusa e a REFER, a realizar do dia 18 de abril ao dia 18 de maio de 2015, na Estação Ferroviária do Rossio (Largo Duque do Cadaval), em Lisboa.

primage_12234

A exposição visa divulgar nove espaços culturais da cidade de Lisboa.

A Culturgest, a Fundação Portuguesa das Comunicações, o Lisboa Story Centre, o Museu da Água, o Museu da Carris, o Museu do Oriente, o Padrão dos Descobrimentos, o Palácio dos Marqueses de Fronteira e o Teatro Tivoli BBVA foram os espaços convidados a participar.

A ideia original do investigador de Mitologia Greco-Romana, André Ferreira, de associar nove espaços de Lisboa às faculdades das nove musas do Olimpo, só pôde ser concretizada graças à fusão de seis áreas artísticas distintas.

Paulo Julião (autor dos figurinos), Magali Santana (maquilhagem e cabelos), Ana Pessoa (fotografia), Francisco Martins (foto-ilustração), Luís Covas (design gráfico) e Pedro Falé (audiovisual) foram os seis profissionais convidados para materializar a arte do LisbonMuse.

Nove figuras públicas femininas da Central Models foram convidadas a participar:

- as apresentadoras televisivas Ana Rita Clara, Ana Luísa Barbosa e Adriane Garcia;

- as empresárias Yolanda Lobo e Raquel Prates;

- a atriz Sandra Cóias;

- as modelos internacionais Astrid Werdnig, Débora Montenegro e Telma Santos.

Para além dos intervenientes descritos anteriormente, foram também convidados a participar:
- a fadista Liana, que através do seu "Fado da Despedida (Lisboa foi o meu fado)" contribui para a projeção do LisbonMuse através de um vídeo que, ao circular, permite difundir a Lisboa Olímpica pelos meios audiovisuais;

- o escritor Nuno Verdial Soares, que elaborou os textos que acompanham toda a exposição, fazendo relembrar que Lisboa é uma cidade de poetas;

- a atriz Joana Seixas, que será a embaixadora do LisbonMuse.


Ao apresentar-se em formato bilingue, o LisbonMuse visa:

- a divulgação de nove espaços culturais da cidade de Lisboa, promovendo a cidade para os que a visitam e vivem nela;

- a divulgação de áreas artísticas de autores portugueses e estrangeiros que residem em Lisboa;
- a valorização do património da cidade de Lisboa;

- a promoção da cidade de Lisboa como destino internacional a visitar;

- a formação de cidadãos mais ativos;

- a divulgação da cidade de Lisboa sob um prisma até então inexplorado.

O resultado final passou por recriar nove momentos artísticos, que serão expostos em mupis da CEMUSA numa das estações ferroviárias mais emblemáticas de Lisboa - Estação Ferroviária do Rossio - tendo a primavera como pano de fundo (elemento fulcral do movimento "Eva Dream").

LisbonMuse - o cenário onírico e fantasioso desenvolvido na capital portuguesa que não deixará indiferente o mais comum dos mortais.



publicado por Carlos Gomes às 20:57
link do post | favorito

SLAM ALLEN ATUA NA BAIXA DA BANHEIRA

Conhecido mais um nome do IV BB Blues Fest: Slam Allen integra cartaz do festival

A organização do BB Blues Fest – Associação BB Blues Portugal, Câmara Municipal da Moita e União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira – anunciou já mais um nome do cartaz deste ano. Além de Alvon Johnson, Slam Allen, um dos músicos de Blues contemporâneo mais emocionante, vai pisar o placo do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, na noite de 20 de junho.

Nos últimos oito anos, Slam Allen tem desempenhado um papel importante, como vocalista e guitarrista da banda do lendário James Cotton (antigo harmonicista de Muddy Waters), e, nesta noite, promete um concerto vibrante com a sua mistura única.

O cartaz completo do IV BB Blues Fest vai ser conhecido no Warm Up de dia 9 de maio, pelas 21:30h, no Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira. Além da divulgação do programa, esta noite de Blues vai contar também com a apresentação da curta-metragem “Do Mississipi ao Tejo”, um trabalho de Sérgio Diamantino e Miguel Martins sobre a anterior edição deste Festival, bem como com os concertos de Ian Siegal (UK) e The Ramblers (PT).

O IV BB Blues Fest vai realizar-se, este ano, entre 18 e 21 de junho, em vários espaços do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira.

Acompanhe o IV BB Blues Fest em www.bbbluesfest.com.ptwww.cm-moita.ptwww.facebook.com/bbbluesfest ewww.facebook.com/cmmoita.



publicado por Carlos Gomes às 20:28
link do post | favorito

ROSA MARIA MOTA MINISTRA CURSO SOBRE “OURO POPULAR PORTUGUÊS: DO ADORNO AO VALOR E AO SENTIMENTO” NA SOCIEDADE NACIONAL DE BELAS ARTES

A Professora Doutora Rosa Maria Mota é autora dos melhores estudos sobre a ourivesaria tradicional portuguesa, tendo já publicado dois livros que constituem absolutas referências acerca desta temática, um dos quais constituindo o resultado da sua tese de doutoramento, o qual foi apresentado no Museu do Traje de Viana do Castelo.



publicado por Carlos Gomes às 18:36
link do post | favorito

CONVENTO DOS CARDAIS DIVULGA ATIVIDADES CULTURAIS



publicado por Carlos Gomes às 13:10
link do post | favorito

Segunda-feira, 13 de Abril de 2015
FOOTSTEPS ECHO APRESENTAM EP NA FNAC DE ALFRAGIDE

Os Footsteps Echo, que editaram recentemente o seu primeiro EP, “No bread for crazy people”, vão estar na FNAC de Alfragide para um showcase no próximo dia 24 de abril, pelas 21h30. “Lamento fora de tempo” é o single de apresentação deste trabalho, que tem o selo da Music In My Soul.

FootstepsEcho_FotoPromocional

 

Os Footsteps Echo são um projeto de originais iniciado em 2008, cujas influências vão do Rock alternativo ao Metal, desde os anos 80 até à atualidade.

Marco Dias (voz), Tiago Fontes (baixo), Anselmo Gomes (bateria) e João Luís (guitarra) são os elementos deste grupo lisboeta, todos já com experiência anterior em bandas.

Desde o início, os Footsteps Echo pretenderam criar um processo criativo inclusivo por parte de todos os membros, tentando originar uma fusão de sons que crie música que se recusa a obedecer a um género.

Para download do EP

https://play.google.com/store/music/album/Footsteps_Echo_No_Bread_for_Crazy_People?id=Bzb73d5bozuglwprhldm4gnrbci


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 21:01
link do post | favorito

MOITA EXIBE FILME “ALENTEJO, ALENTEJO” DE SÉRGIO TRÉFAUT

Na Baixa da Banheira: Fórum Cultural exibe “Alentejo, Alentejo” de Sérgio Tréfaut

No dia 18 de abril, pelas 21:30h, vai ser exibido na tela do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, o filme de Sérgio Tréfaut, “Alentejo, Alentejo”.

Dezenas de grupos amadores reúnem-se regularmente para ensaiar antigos cantos polifónicos e para improvisar modas sobre o tempo presente. Isto é o cante. O cante, nascido nas tabernas e nos campos, transmitiu-se ao longo de várias gerações. Nas últimas décadas, com a diáspora alentejana, novos grupos surgiram na periferia de Lisboa e em diversos países de emigração. Muitos deles formados por adolescentes e crianças, provando que o cante está vivo e é o traço identitário de toda uma população. “Alentejo, Alentejo” é uma viagem a um modo de expressão musical único e à paixão dos seus intérpretes.

Este documentário tem a duração de 96 minutos e é dirigido a maiores de 12 anos. A entrada é gratuita.



publicado por Carlos Gomes às 20:53
link do post | favorito

Sábado, 11 de Abril de 2015
MINHOTOS QUE VIVERAM EM MOÇAMBIQUE COMEMORAM EM BRAGA 60 ANOS DA FUNDAÇÃO DA EX-CASA DO MINHO EM LOURENÇO MARQUES

Minhotos e amigos que viveram em Moçambique e encontram-se atualmente dispersos pelo país vão rumar a Braga para festejar o 60º aniversário da EX-Casa do Minho em Lourenço Marques

Passam precisamente 60 anos desde a data da fundação da ex-Casa do Minho em Lourenço Marques, na antiga província ultramarina portuguesa de Moçambique. Há 40 anos, a bandeira das quinas deixou de flutuar na capital do Índico e a maioria dos nossos compatriotas que viviam naquele território regressou à metrópole e, muitos minhotos às suas próprias origens. Outros, porém, refizeram a sua vida noutras paragens, na região de Lisboa ou noutras cidades e vilas de Portugal.

484396_10200262053808057_30167815_n

À semelhança dos anos anteriores, os minhotos e amigos que fizeram parte daquela instituição regionalista vão, no próximo dia 2 de maio, rumar à cidade de Braga para assinalar a efeméride em mais um almoço de confraternização. Recordar os tempos vividos e preservar os laços de amizade criados naquelas paragens longínquas constituem os objetivos do encontro.

Durante duas décadas consecutivas, aquele foi o elo de ligação das nossas gentes em terras moçambicanas. Ali se construíram novas amizades e mantinham as suas tradições. A constituição de um Rancho Folclórico no seio da Casa do Minho constituiu um dos melhores exemplos do seu apego às origens.

1525551_10200518721930132_592918424_n

Na realidade, os antigos territórios ultramarinos portugueses foram o destino de muitos minhotos que decidiram ali construir as suas vidas. Rumando diretamente a partir da metrópole ou fixando-se após o cumprimento do serviço militar naquelas paragens, Angola e Moçambique vieram a tornar-se a segunda terra para muitos dos nossos conterrâneos que assim trocavam a estreita courela pela desafogada machamba ou simplesmente empregavam-se na atividade comercial das progressivas cidades de Luanda e Lourenço Marques, atual Maputo.

Porém, a recordação do Minho distante não os abandonou e permaneceu sempre nos seus corações. E, a provar esse amor filial, criaram as suas próprias associações regionalistas a fim de manterem mais viva a sua portugalidade e as raízes minhotas. Em Lourenço Marques, fundaram a Casa do Minho em 1955, já lá vão 60 anos!

185877_1423411604007_1794247948_799532_5195073_n

Muitos foram os minhotos e outros portugueses que em Moçambique construíram as suas vidas. Contudo, o seu curso tranquilo e próspero veio a ser abruptamente interrompido em consequência do processo de descolonização do território e a guerra civil que se seguiu, determinando o seu regresso à metrópole e consequente extinção da Casa do Minho.

Não obstante, muitos dos minhotos e amigos da Casa do Minho, que dela fizeram parte ou de alguma forma por lá passaram, não esquecem esses tempos saudosos e continuam a reunir-se todos os anos em alegre e amistosa confraternização, partilhando recordações e revivendo a terra que continuam a amar – Moçambique!

1947359_10200671839557977_1646839287_n

72988_423897237640394_1534119699_n

576619_423897494307035_1762840828_n

10991171_10202563334284163_1027646422323654939_n

564261_423897964306988_35367262_n

199253_1423410883989_1794247948_799529_2194903_n



publicado por Carlos Gomes às 20:59
link do post | favorito

PESCADORES DE PORTUGAL RUMAM A FÁTIMA

z



publicado por Carlos Gomes às 12:43
link do post | favorito

CONFRARIAS PROMOVEM GASTRONOMIA TRADICIONAL

unnamed (3)

Eventos da FPCG

13 de Junho – Cerimónia da Entrega do Prémio de Boas Práticas para a valorização da gastronomia.

Capítulos de Confrarias Federadas – 2015

11 de Abril - VII Capítulo da Confraria dos Aromas e Sabores Raianos.

12 de abril - Real Confraria da Cabra Velha –Miranda do Corvo

18 de Abril – Confraria das Almas Santas da Areosa e do Leitão.

24; 25; 26 de Abril (cerimónia capitular) e 27 de Abril – XV Capítulo da Academia Madeirense das Carnes / Confraria Gastronómica da Madeira.

9 de Maio – III Capítulo da Confraria das Sardinhas Doces de Trancoso.

9 de Maio – Confraria do Queijo do Rabaçal.

9 de Maio – Confraria dos Gastrónomos de Lafões.

16 de Maio - VIII capítulo da Confraria do Pinhal do Rei - Leiria.

17 de Maio - Confraria Gastronómica de Almeirim.

23 de maio - XVI Capitulo da Confraria Gastronómica do Mar.

6 de junho - X Capítulo Confraria Gastronómica da Gândara.

20 de Junho – IV Capítulo da Confraria Gastronómica do Concelho de Ovar.

27 de Junho -  Confraria da Broa de Avintes.

4 de Julho - IX Capítulo da Confraria do Velhote.

11 de Julho – X Capítulo da Confraria da Broa D´Avanca

25 de Julho – Confraria do Bodo.

13 de Setembro – Confraria da Chanfana

19 de setembro – Real Confraria do Maranho

26 de Setembro - IX Capitulo da Confraria das Papas de S. Miguel.

3 de Outubro - V Capítulo da Confraria do Chícharo.

17 de Outubro – Capítulo da Confraria do Bucho de Arganil – Pomares.

21 de novembro - XIII Capítulo da Confraria Queirosiana 

Outros eventos

11 de abril – Confraria Gastronómica do Dão. Viseu

11 de Abril – Confraria dos amigos do Negalho e da freguesia de Almalaguês.

12 de Abril - VII Grande Capitulo da CONGROG - Confraria do Grog de Santo Antão - Cabo Verde

9 de Maio - Confraria dos Sabores da Fava.

23 de maio - III Claustro Pleno (III Capítulo) da Confraria dos Sabores de Coimbra.

23 de Maio - CAMINHADA “A Ria vista da Serra” - Confraria Gastronómica “O Moliceiro”

30 de maio - II Capitulo Confraria Gastronómica do Arroz de Aba de Cinfães

31 de maio - Confraria do Torricado com Bacalhau

20 e 21 de Junho - I Festival “Sabores da Ria” - Confraria Gastronómica “O Moliceiro”

11 de Julho - PASSEIO GASTRONÓMICO EM BARCO MOLICEIRO - Confraria Gastronómica “O Moliceiro”

12 de Setembro - CAMINHADA “O Campo e a Ria” com passeio de Barco Moliceiro - Confraria Gastronómica “O Moliceiro”

10 e 11 de Outubro - IX FESTIVAL GASTRONÓMICO DA ENGUIA - Confraria Gastronómica “O Moliceiro”



publicado por Carlos Gomes às 11:30
link do post | favorito

CANCÕES INFANTIS DE JOSÉ BARATA MOURA VÃO SER REVIVIDAS NA BAIXA DA BANHEIRA

Baixa da Banheira: “Fungaguinhos” – Música de José Barata Moura no palco do Fórum Cultural

A Câmara Municipal da Moita vai levar, no dia 18 de abril, pelas 16:00h ao Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, a música de José Barata Moura para a infância, com o espetáculo “Fungaguinhos”.

Fungaguinhos

Crescer com o José Barata Moura foi um privilégio e ouvi-lo e partilhá-lo hoje faz tanto sentido como sempre fez: as histórias, as metáforas, a filosofia, o balanço, as vozes das crianças nem sempre disciplinadas no estúdio. Numa hora, não conseguimos que entrem todos na lagarta e tanto podíamos fazer uma lista das que ficam de fora como das que vamos conseguir tocar. Mas a beleza das lagartas é que nunca estão terminadas e esta é uma lagarta em movimento: cabem os que foram o primeiro público e que se vão recordar das canções e cabem os atuais destinatários delas, que não vão querer esquecer. Venham fazer esta lagarta!

“Fungaguinhos” é um espetáculo dirigido às famílias, com crianças a partir dos 4 anos e tem a duração de cerca de 60 minutos. A entrada é gratuita.



publicado por Carlos Gomes às 11:26
link do post | favorito

INATEL PROMOVE ENCONTRO NACIONAL DE TOCADORES DE CONCERTINA E CANTADORES AO DESAFIO

Realizado em co-organização com a Câmara Municipal de Ponte de Lima, DESAFIOS – Encontro Nacional de Tocadores de Concertina e Cantadores ao Desafio propõe, na sua edição de 2015, um programa diversificado ao longo de todo o fim de semana, com uma componente expositiva e de conversa aberta sobre os principais agentes e protagonistas desta manifestação cultural (v. oradores e moderador), e com uma componente performativa de rua e de palco, com Danças Ocultas no Teatro Diogo Bernardes e o Encontro de Tocadores de Concertina e Cantadores ao Desafio pelas ruas da vila de Ponte de Lima e no palco DESAFIOS, na Av. dos Plátanos.

unnamed (3)

Com o objetivo de reabilitar esta prática e de recentrar o papel da concertina e dos cantares ao desafio nas manifestações populares, a INATEL promoveu em 1996, no Castelo de Santiago da Barra (Viana do Castelo), um primeiro convívio que contou com a participação de cerca 40 tocadores e cantadores.

Este primeiro encontro deu o impulso definitivo a um movimento de redescoberta da concertina e à difusão por todo o país de encontros regionais de tocadores que se caracterizam, atualmente, pela participação e envolvimento de milhares as pessoas de diferentes escalões etários e sociais.

Esta iniciativa, para além de evocar os 19 anos do primeiro encontro, realizado em Viana do Castelo, assinala as comemorações dos 80 anos de atividade da INATEL.

PROGRAMA

9 MAIO | SÁBADO

09h30 Abertura do Secretariado

10h30 Inauguração da Exposição DESAFIOS | Encontro Nacional de Tocadores de Concertina e Cantadores ao Desafio

Museu do Brinquedo Português

Patente entre 9 de Maio e 30 de Junho

14h00 Tertúlia Concertinas e Desgarradas: narrativas

Auditório da Câmara Municipal de Ponte de Lima

Oradores: José Machado; Domingos Morais; Artur Fernandes (“Danças Ocultas”); Barros Lopes (tocador), rapper “NTS”, entre outros

22h00 Concerto de “Danças Ocultas”

Teatro Diogo Bernardes (3 € | M/3)

10 MAIO | DOMINGO

09h30 Abertura do Secretariado

10h30 Rusgas pela vila e atuações no Palco DESAFIOS

Av. dos Plátanos

12h30 Almoço

Escola EB 2,3 António Feijó (Almoço oferecido pela organização a todos os tocadores e cantadores devidamente inscritos até ao dia 4 de Maio de 2015)

14h30 Continuação das atuações no Palco DESAFIOS

Av. dos Plátanos

NOTAS IMPORTANTES:

  • A ficha de inscrição terá de ser devolvida até ao próximo dia 4 DE MAIO DE 2015, devidamente preenchida, datada e assinada;
  • Embora as atuaçoes possam ser em grupo, a FICHA DE INSCRIÇÃO É INDIVIDUAL. Tem de ser enviada UMA FICHA DE INSCRIÇÃO POR CADA TOCADOR OU CANTADOR INSCRITO;
  • A organização NÃO GARANTE ALMOÇO aos tocadores ou cantadores que se inscrevem após o dia 4 DE MAIO DE 2015;
  • Poderão inscrever-se e participar grupos que tenham OUTROS INSTRUMENTOS QUE NÃO A CONCERTINA, desde que a concertina seja o INSTRUMENTO PRINCIPAL DO GRUPO e esteja em NÚMERO MAIORITÁRIO.

Aguardando as vossas fichas de inscrição, apresento os melhores cumprimentos,

João Cruz

Gestor de Cultura

INATEL / Delegação de Viana do Castelo



publicado por Carlos Gomes às 09:52
link do post | favorito

Sexta-feira, 10 de Abril de 2015
LIMIANOS EM LISBOA CELEBRAM A PASCOELA

A comunidade limiana radicada em Lisboa celebra a Pascoela, na Casa do Concelho de Ponte de Lima.

Como manda a tradição, no próximo Domingo, dia 12, a partir das 15h, a cruz florida será dada a beijar a todos os limianos e amigos que quiserem partilhar desta festa que é considerada uma das mais representativas tradições da cultura minhota, recriada em Lisboa pela Casa de Ponte de Lima.

Esta Instituição regionalista possui a sua sede social na rua de Campolide, 316, junto a Sete Rios, em Lisboa.



publicado por Carlos Gomes às 23:06
link do post | favorito

BAIXA DA BANHEIRA RECEBE CANTE ALENTEJANO E POESIA

Apresentação do livro “Alforge de Heranças” na Baixa da Banheira

No dia 17 de abril, pelas 21:30h, vai ser apresentado, no Café-Concerto do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, o livro “Alforge de Heranças”, de Fernando Fitas, com ilustrações de António Jeromito e prefácio de José Carmo Francisco.

Esta iniciativa, que se insere nas comemorações do 10º aniversário da Biblioteca Municipal da Baixa da Banheira, vai contar com a participação do Grupo Coral “O Sobreiro”, do ator José Vale e também do escritor E. S. Tagino.

O livro “Alforge de Heranças” tem como pano de fundo as expetativas e sonhos de uma geração que acreditou ser possível erguer um futuro que supúnhamos roçar a bainha dos dedos, à espera que o agarrássemos, mas que traiçoeiramente deixámos que se fosse afastando do nosso horizonte, por inaptidão ou ingenuidade. Organizado em duas partes, o livro evoca, na primeira parte, a “construção da casa”, como metáfora da construção de um país, um pouco à imagem do imaginário traçado por Virgílio, em Eneida. A segunda parte remete-nos para a imagética de um tempo em que os silêncios e os gestos fraternos se transformaram em gritos de revolta dos sonhos sufocados ou, se quisermos, num repositório de afetos, memórias, emoções, nostalgias e raivas, assentes na analogia pai-país, país-pai.

A entrada é gratuita.



publicado por Carlos Gomes às 21:58
link do post | favorito

Quinta-feira, 9 de Abril de 2015
O MINHO É VERDE – FOLCLORE É “VERDE MINHO”!

O Grupo Folclórico e Etnográfico Danças e Cantares Verde Minho acaba de ser admitido na Federação do Folclore Português

Ao ver aceite o seu processo de adesão à Federação do Folclore Português, o Grupo Folclórico Verde Minho vê assim reconhecido o esforço que vinha desenvolvendo com vista a atingir um dos seus objetivos nos últimos anos de atividade.

Disse um dia o escritor transmontano Miguel Torga, “…no Minho tudo é verde, o caldo é verde, o vinho é verde…” – não podiam, pois, os minhotos que vivem na região de Lisboa, deixar de tomar para si a identificação cromática que caracteriza a sua região.

Respondendo ao chamamento da terra que os viu nascer, os minhotos que vivem nos arredores de Lisboa, mais concretamente no Concelho de Loures, decidiram em tempos criar um grupo folclórico que os ajuda a manter a sua ligação afetiva às origens. Assim nasceu em 1994 o “Grupo Folclórico e Etnográfico Danças e Cantares Verde Minho”, anunciado como seu propósito a preservação, salvaguarda e divulgação das suas raízes culturais.

Visa através da sua atuação promover as tradições da nossa região nomeadamente junto dos mais jovens ao mesmo tempo que valoriza os seus conhecimentos musicais e da etnografia minhota.

As danças e cantares que exibe são alegres e exuberantes como animadas são as mais exuberantes romarias do Minho. Trajam de linho e sorrobeco e vestem trajes de trabalho e domingueiros, de mordoma e lavradeira, de noivos, de ir ao monte e à feira. Calçam tamancos e ostentam o barrete e o chapéu braguês. As moças, graciosas e belas nos seus trajes garridos bordados pelas delicadas mãos de artista, com a sua graciosidade e simpatia, exibem vaidosas os colares de contas e as reluzentes arrecadas de filigrana que são a obra-prima da ourivesaria minhota.

Ao som da concertina e da viola braguesa, do bombo e do reque-reque, dos ferrinhos e do cavaquinho, cantam e dançam a chula e o vira, a rusga e a cana-verde, com a graciosidade e a desenvoltura que caracteriza as gentes do Minho. O seu reportório foi recolhido em meados do século passado, junto das pessoas mais antigas cujo conhecimento lhes foi transmitido ao longo de gerações, nas aldeias mais remotas das serranias da Peneda e das Argas, nas margens do Minho e do Lima, desde Melgaço a Ponte da Barca, do Soajo a Viana do Castelo. Levam consigo a merenda e os instrumentos de trabalho que servem na lavoura como a foicinha e o malho, os cestos de vime e os varapaus, as cabaças e os cabazes do farnel.

Qual hino de louvor ao Criador, o Minho, terra luminosa e verde que a todos nos seduz pelo seu natural e infinito encanto, salpicado de capelinhas aonde o seu povo acorre em sincera devoção, é ali representado por um punhado de jovens, uns mais do que outros, os quais presenteiam o público com o que o Minho possui de mais genuíno – o seu Folclore!

VM-OlivalBasto 084



publicado por Carlos Gomes às 22:03
link do post | favorito

PENIM LOUREIRO MINISTRA CURSO DE BD NO MUSEU BORDALO PINHEIRO

Indicado para todos aqueles que querem conhecer um pouco mais acerca do fascinante universo da Banda Desenhada e pretendem fugir da trivialidade e das histórias estereotipadas. Para quem procura uma nova forma de libertar a criatividade e testar os seus próprios limites artísticos, para os que nunca tentaram a narrativa gráfica mas gostavam de experimentar algo inovador ou para os que até já se iniciaram nesta área, mas perderam o ânimo e agora gostariam de voltar.

Formação: Penim Loureiro | Artistas convidados: João Mascarenhas, André Oliveira, Daniel Maia, Susana Rezende, Rosário Félix, Lígia Sousa

Destinatários: Interessados em banda desenhada com mais de 16 anos

Início: 11 Abril| Horários: Sábados das 14h às 17h | Duração: 1º Módulo 4 dias + 2º Módulo 4 dias

Custo: Cada módulo 50 euros | Dois módulos (curso completo) 90 euros

Local: Museu Bordalo Pinheiro, Campo Grande, 382, Lisboa

Inscrições e informações: museu.bordalopinheiro@cm-lisboa.pt | tel. 218 170 671

Limites de inscrição: Mín. 5 alunos - Máx. 20 alunos

Materiais: Cada aluno deverá levar canetas, marcadores ou lapiseiras com as quais se sintam confortáveis a escrever e desenhar. Durante o curso os alunos irão trabalhar com materiais como tinta-da-china, guache, aguarela, sobre papel A3, fornecidos pelo curso.

Apesar das aulas serem temáticas e haver uma sequência no programa, o curso está pensado de modo que cada sessão não está dependente da anterior; a sua participação é livre, permitindo aos alunos ensaiarem as matérias com que mais se identificam. No final será emitida declaração de frequência no curso.

PROGRAMA

1º MÓDULO

11 de Abril – 4 de Maio 2015

Objetivos: Aprender algumas técnicas básicas da Banda Desenhada. Enfrentar o medo de desenhar ou até mesmo esboçar BD. Descobrir como superar possíveis limitações no argumento ou no desenho.

DIA 11.04.2015: Pontos nos ii

Banda Desenhada, da arte à trivialidade.

Espaço gráfico. Vinheta (forma e conteúdo) Balões, rotulação e onomatopeias.

Composição e sequência: A página como unidade visual e continuidade gráfica entre páginas.

Artista convidado: João Mascarenhas (autor de BD e colunista, criador da personagem O Menino Triste)

DIA 18.04.2015: Picaresca viagem

Narrativa Visual. Articulação ideia/tema. Sinopse do argumento. Estrutura narrativa: guião, narrador e diálogos. Comunicação gráfica: universalidade e experimentação

Artista convidado: André Oliveira (escritor e argumentista multipremiado de livros de BD e cartoon)

DIA 23.04.2015: O Binóculo

Desenho do ambiente da ação. Registo e interpretação do espaço. Planos e perspetiva. Arquitetura e paisagem. Luz.

Artista convidado: desenhador/arquiteto a definir.

DIA 02.05.2015 A Berlinda

Visita ao atelier de BD, ilustração, animação: LisbonStudio

Artista convidado: (Guia/anfitrião da visita) Nuno Lourenço Rodrigues (jovem autor de BD).

MÓDULO II

9 de Maio – 30 de Maio 2015

Objetivos: Estimular a criatividade através da linguagem da Banda Desenhada. Ganhar motivação para realizar projetos de narrativa gráfica dando ênfase ao estilo pessoal através da prática e da troca de experiências.

DIA 9.05.2015: O Calcanhar de Aquiles

Desenho das personagens: registo e ação narrativa. Princípios da perceção visual/táctil

Bases da figura humana. Expressão e dinâmica, Retrato emocional

Artistas convidados: Daniel Maia (autor de BD, artista na Dark Horse Comics) e Susana Rezende (autora de BD e artista plástica multifacetada)

DIA 14.05.2015: O Besouro

Morfologia animal: dos peixes aos insetos. Máquinas zoomórficas, antropomórficas

Artista convidado: Lígia Sousa (Bióloga representante da nova geração de Ilustradores Científicos)

DIA 23.05.2015: A Paródia

Recursos: Cores e materiais. Suportes eletrónicos. Impressão

Experimentação para todos

Artista convidada: Rosário Félix (artista plástica e urban skecher)

DIA 30.05.2015: Álbum de glórias

Dedicada inteiramente á criatividade dos participantes: produção de sequências narrativas que serão motivo de exposição no museu e da publicação de um fanzine. Balanço do curso



publicado por Carlos Gomes às 21:15
link do post | favorito

CASA DO MINHO EM LISBOA REVIVE TRADIÇÃO PASCAL



publicado por Carlos Gomes às 00:57
link do post | favorito

Quarta-feira, 8 de Abril de 2015
BAIXA DA BANHEIRA REALIZA CAFÉ-CONCERTO

Café-Concerto do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo – Baixa da Banheira

Blues Night de abril com Guitar Not So Slim

O segundo sábado de cada mês é, habitualmente, dedicado ao blues, no Café-Concerto do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira. A Blues Night de abril, no dia 11, pelas 22:00h, vai contar com os Guitar Not So Slim.

Guitar Not So Slim

Organizadas pela Associação BB Blues Portugal, em parceria com a Câmara Municipal da Moita e com a União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira, as Blues Nights pretendem dar a conhecer este estilo musical e antecipar o festival de blues – BB Blues Fest – que, este ano, já na sua IV edição, se realiza entre 18 e 21 de junho, em vários espaços do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo.

Oriunda de Cáceres, a banda Guitar Not So Slim encanta com a sua música alegre, dançante e bem-disposta, através do canadiano Troy Nahumko, na guitarra e vozes, e dos espanhóis Moi Martin, no baixo e vocais, José Luís Naranjo, na harmónica, e Lalo Gonzalez, na bateria.

O preço dos bilhetes é de 3 euros.



publicado por Carlos Gomes às 23:42
link do post | favorito

MOITA MOSTRA SÍTIO DAS MARINHAS

Visitas ao Sítio das Marinhas – Centro de Interpretação Ambiental

Neste mês de abril, nos dias 11 e 18, entre as 15:00h e as 19:00h, iniciam-se as visitas ao Sítio das Marinhas – Centro de Interpretação Ambiental, na Estrada do Rosário, na Moita.

Visita Sítio das Marinhas

O Sítio das Marinhas, que se integra no Programa Municipal de Preservação e Valorização da Cultura Marítima, é um equipamento singular no âmbito da preservação e promoção do património cultural e natural, pela perspetiva integrada que apresenta da história e do ambiente, do homem e do território, de um espaço humanizado, com a reconstrução de muralhas e de uma salina em perfeito equilíbrio com uma paisagem de marés, de salgados e sapais, de diversidade animal e vegetal, inspirado e ancorado no estuário do Tejo, que pode ser desfrutado de forma lúdica e aprazível.

Conhecer a história do sal no concelho da Moita e na região, o seu processo de extração e outras curiosidades sobre a ecologia do estuário, os invertebrados do Tejo, os peixes e as aves é a sugestão da Câmara Municipal da Moita para estas tardes de sábado. O Centro de Interpretação comporta uma exposição interior, uma exposição exterior em circuito ambiental e uma marinha recuperada.

As visitas são gratuitas.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 22:49
link do post | favorito

CASA DE PONTE DE LIMA EM LISBOA APRESENTA A OBRA “A BRUXA DE GRADE” DE PAULA TEIXEIRA DE QUEIRÓZ

961656_344674352398131_1647356202_n



publicado por Carlos Gomes às 20:46
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

PONTE DE LIMA LEVA A LOUR...

PAROQUIANOS DE LOURES CAN...

MAZGANI ANUNCIA PRIMEIRAS...

RANCHO FOLCLÓRICO DA CASA...

LOURES VAI OUVIR CANTARES...

CASCAIS: VILAÇA INTERIORE...

REVISTA DE MARINHA COMEMO...

GRUPO DANÇAS E CANTARES A...

MUSEU BORDALO PINHEIRO IN...

MINHOTOS RUMAM A LOURES P...

MINHOTOS EM LISBOA CANTAM...

PARABÉNS, MARINHA PORTUGU...

NÃO KAHLO!

NATAL NO METRO DE LISBOA ...

GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MI...

METROPOLITANO DE LISBOA A...

ALMOÇO DE NATAL JUNTA EM ...

MINHOTOS RUMAM A LOURES P...

RUI AGUILAR CERQUEIRA VAI...

METRO DE LISBOA ACOLHE O ...

“FIREFLIES” - O AMOR SEGU...

STEVE TILSTON ATUA AO VIV...

ALMADA REALIZA MERCADO DE...

JOSÉ RIBEIRO E CASTRO FOI...

CGTP DEFENDE REFORMA AOS ...

PAN QUER TRANSFORMAR CANT...

DISCURSO DO COORDENADOR-G...

PAI NATAL PERCORRE LISBOA...

CONGRESSO DO BOMBO REÚNE ...

MINHOTOS EM LOURES CANTAM...

ALFRAGIDE FOI AOS FADOS

BANDAS DE MÚSICA DE TODO ...

BANDAS FILARMÓNICAS DE TO...

PAULO DUQUE É O NOVO PRES...

MÄBU MARCAM ESTREIA EM PO...

COMUNICADO DO PAN SOBRE O...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

MOVIMENTO 1º DE DEZEMBRO ...

PAN NÃO QUER CIRCO COM AN...

SINTRA: NAS MERCÊS CONTIN...

PAN LEVA A DEBATE NO PARL...

COCA-COLA ASSINALA 40 ANO...

MOVIMENTO 1º DE DEZEMBRO ...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

PAN VOTA FAVORAVELMENTE O...

LOURES VIRA CAPITAL DO FO...

MINHOTOS RUMAM A LOURES P...

PONTE DE LIMA LEVA A LOUR...

RUI AGUILAR CERQUEIRA VAI...

SARGENTO APRESENTA-SE CO...

arquivos

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds