Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Quinta-feira, 30 de Junho de 2016
MOITA TEM MARÉ CHEIA DE VERÃO

Maré Cheia de julho e agosto: Todas as atividades de verão a não perder no concelho da Moita

A Maré Cheia de verão, que engloba os meses de julho e agosto, sugere-lhe um conjunto de atividades para aproveitar durante as férias. Esta edição da agenda de eventos no concelho da Moita já está disponível nosite do Município da Moita, em www.cm-moita.pt ou nos locais habituais.

Capa Maré Cheia de julho e agosto.jpg

O destaque principal, rubrica “À Lupa”, são as quatro festas populares que acontecem nestes dois meses: em Honra de São José Operário, na Baixa da Banheira, em Honra de Nossa Srª dos Anjos, em Alhos Vedros, Nossa Srª do Rosário, no Gaio/Rosário, e Nossa Srª dos Anjos, em Sarilhos Pequenos.

Nas páginas do Vai Acontecer, pode encontrar todas as iniciativas previstas, em diferentes áreas, como a música, o desporto, as exposições, entre tantas outras.

E como as férias são a altura ideal para colocar a leitura em dia, esta Maré Cheia sugere-lhe “Leituras de Verão”, algumas delas disponíveis nas bibliotecas municipais da Moita.

“Cultura em Movimento” é um projeto da Câmara Municipal que pretende levar a cultura a vários espaços públicos do concelho, durante o verão. Dê uma olhadela na rubrica “Aqui Tão Perto” e fique a par de todas as atividades de ar livre agendadas.

Nos Sabores & Saberes”, damos a conhecer o restaurante “Cristinas” que abriu recentemente as portas. Inserido no Complexo de Piscinas do Parque José Afonso, na Baixa da Banheira, este restaurante tem uma localização privilegiada, à beira rio, e uma gastronomia de qualidade. Experimente!

Se pretende receber a Maré Cheia em sua casa, todos os meses, contacte o Gabinete de Informação e Relações Públicas da Câmara Municipal da Moita, através do e-mail: informacao-rpublicas@mail.cm-moita.pt ou do telefone 212806715.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 16:09
link do post | favorito

BEAR ME AGAIN DESVENDAM NOVO SINGLE

Os Bear Me Again, quarteto de indie folk com influências de música alternativa nativo de Belo Horizonte, lança “Analogies and Metaphors”, single que antecede a edição de um novo EP a ser editado ainda este ano com o selo da Music For All.

Bear Me Again_promo.jpg

Este será o primeiro lançamento europeu do grupo que no catálogo já conta com um primeiro EP “Road of Glass” (2012) e um disco de estreia homónimo lançado em Setembro último.

Os Bear Me Again são um quarteto de indie folk/alternativo oriundo de Belo Horizonte e composto por Wendhell Werneck (voz e violão), Diego Ernane (guitarra e back vocal), Luís Lopes (baixo, back vocal) e Thiago França (bateria).

Surgida no ano de 2012, a banda desenvolveu uma mistura entre a essência e a autenticidade do folk com a eletricidade e sentimentalismo típicos do rock alternativo britânico, fazendo um som carregado de alma e sensibilidade, com influências de diferentes géneros e bandas como Coldplay, Kings of Leon, Mumford & Sons, Johnny Cash e U2, o que

lhes confere um estilo musical indescritível e abrangente.

Em 2013 estreiam-se com um EP intitulado “Road of Glass”, tendo o primeiro longa-duração homónimo chegado dois anos mais tarde, em Setembro de 2015, sendo considerado o melhor disco independente desse ano em Minas Gerais pela publicação Musical Street e pelo Jornal e Revista Correio Eletrônico.

Com letras poéticas que envolvem questões antropológicas e teológicas, tanto quanto o quotidiano e o ordinário de forma contemplativa, os Bear Me Again tentam trazer uma nova abordagem à música indie praticada no Brasil.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 14:03
link do post | favorito

Quarta-feira, 29 de Junho de 2016
FOLCLORE DO MINHO DESFILA NA AMADORA

13552643_483531911837948_830225903_n (2).jpg 



publicado por Carlos Gomes às 21:43
link do post | favorito

MINHOTOS LEVAM FOLCLORE A MARVILA

13559032_10157126866350525_3643479554586232085_o.jpg



publicado por Carlos Gomes às 21:26
link do post | favorito

PATRÍCIA CANDOSO APRESENTA NOVO SINGLE AO VIVO

A cantora e atriz Patrícia Candoso está de volta ao panorama musical com “Ready For It”, tema que conjuga as modernas tendências urbanas e de música eletrónica, alinhavadas pelo também cantor e compositor Mikkel Solnado. Este é o single de avanço de um novo trabalho discográfico que sairá ainda este ano com o selo da Music In My Soul.

PatríciaCandoso_Flyer.png

A festa de apresentação do single e videoclip está marcada para esta sexta-feira, dia 1 de Julho, pelas 21h30, na Brave Soul (www.bravesoul.info).

Patrícia Candoso, cantora e atriz de 34 anos, é licenciada em Ciências da Comunicação e fez formação de música e teatro.

A sua carreira começou ao interpretar “Catarina” na telenovela da TVI, “Sonhos Traídos”, em 2001. Depois disso integrou a primeira temporada da famosa série juvenil “Morangos com Açúcar”, onde começou a cantar, tendo acabado por lançar dois álbuns – “O Outro Lado” (2004) e “Só Um Olhar” (2006) - que contêm vários sucessos. A partir daí, Patrícia nunca mais parou e tem trabalhado continuamente em televisão, teatro, cinema, publicidade e música.

Apesar do gosto pela área da comunicação e do jornalismo, os convites e o talento têm falado mais alto, e foi este o rumo que Patrícia escolheu dar à sua vida. “Mundo Meu”, “Casos da Vida”, “Um Lugar Para Viver” e “Louco Amor” são exemplos de projetos que marcaram o seu percurso.

Atualmente prepara em força o seu regresso à música, encontrando-se em estúdio a produzir um novo álbum a ser editado ainda este ano, um projeto musical que conta com a produção de Mikkel Solnado e que será editado com o selo da Music In My Soul.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 15:28
link do post | favorito

TEATRO POLITEAMA LEVA À CENA "AS ÁRVORES MORREM DE PÉ"

O Teatro Politeama e o prestigiado Filipe La Féria preparam mais uma nova grande produção a todos os níveis excepcional - As Árvores Morrem de Pé – que contará com o formidável elenco composto por de Eunice Muñoz e Ruy de Carvalho, Manuela Maria, Carlos Paulo, João D'Ávila, Maria João Abreu entre outros.

Cartaz Brevemente.jpg

 

Esta produção assinala o regresso de uma das mais importantes actrizes portuguesas de sempre, Eunice Muñoz, já totalmente recuperada da intervenção cirúrgica à qual foi sujeita e que com a vitalidade e coragem que os portugueses tão bem conhecem, voltará a pisar o palco nesta peça que é um clássico na história do Teatro Português.

Eunice e Ruy de Carvalho estarão à frente de um elenco de ouro que junta os melhores actores portugueses, num espectáculo que várias gerações tanto tem apreciado.

todos proposta Patrocinio.jpg


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 15:17
link do post | favorito

ALHOS VEDROS RECEBE PROJETO MUSICAL

“De Pequenino”: Oficina de Movimento e Música para bebés

Estão agendadas para o dia 2 de julho, no Moinho de Maré, em Alhos Vedros, duas sessões do Projeto “De Pequenino”, uma às 16:00h, para bebés dos 18 aos 36 meses, e outra às 17:00h, para bebés entre os 6 e os 18 meses, desta vez com oficinas de movimento e música, por Diana Nogueira Vieira.

De Pequenino.jpg

O movimento incrementa a atividade neurológica que é tão importante no desenvolvimento da criança. Essa evolução, quando estimulada desde a primeira infância, processa-se da mesma forma que a aprendizagem da língua materna. A música estimula o cérebro, o movimento desenvolve-o. As oficinas de Movimento e Música oferecem um ambiente de bem-estar, um lugar ao crescimento saudável e harmonioso da criança.

A entrada é gratuita, mediante reserva antecipada, através do T: 210817040. A lotação é limitada a 15 bebés e dois acompanhantes por sessão.



publicado por Carlos Gomes às 11:20
link do post | favorito

Terça-feira, 28 de Junho de 2016
ALCOCHETE ANUNCIA FESTAS DO BARRETE VERDE E DAS SALINAS

13528956_1791942197758606_8018549198362430324_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 18:53
link do post | favorito

Segunda-feira, 27 de Junho de 2016
MINHOTOS LEVAM FOLCLORE À FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

O Grupo Folclórico Verde Minho levou ontem à Feira Internacional de Lisboa o colorido e a alegria das gentes minhotas, representando os usos e costumes da nossa região.

O folclore minhoto atraiu numeroso público que não regateou os aplausos e vibrou com as mais alegres rapsódias do nosso folclore, cantadas e bailadas como só as gentes do Minho sabem, contagiando com a sua jovialidade e simpatia todos os espetadores no pavilhão dedicado à gastronomia portuguesa. Uma vez mais, o Grupo Folclórico Verde Minho representou condignamente o Minho num certame de prestígio internacional.

13537710_1124780017565666_984247598947749098_n (1).jpg

De 25 de Junho a 3 de Julho a FIL, Fundação AIP, organiza a Feira Internacional de Artesanato e, pelo primeiro ano, conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República. A maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa, organizada pela Fundação AIP com o apoio do IEFP, e que durante a sua história tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico, congratula-se com este acto de relevante simbolismo que, mais do que incentivar, responsabiliza a organização da FIA na continuação de um trabalho em que as tradições e o futuro crescem lado a lado.

A 29ª edição da FIA Lisboa 2016 tem, como é habitual, um vasto programa em que constam exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA Lisboa 2016 assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 28 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

A FIA traz à capital, durante 9 dias, profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como interessados no artesanato enquanto manifestação cultural. Como tal, a FIA Lisboa 2016 regressa à FIL com novidades. Em destaque estarão novas áreas de exposição como o Espaço Design Nacional by LxD – Lisboa Design Show, que irá promover peças de joalharia, vestuário, calçado, mobiliário, entre outros, de origem nacional e também terá o Espaço Mixmarket, dirigido ao sector multiproduto e de origem não étnica.

Por mais um ano consecutivo FIA Lisboa 2016 conta com a Semana da Gastronomia Tradicional, que salienta o atractivo turístico-cultural da gastronomia e vinhos de Portugal e que integra o 3º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP) e a 2ªedição do Mercado da Cerveja Artesanal.

Fotos: Manuel Santos

13439117_1124779930899008_6986125725994747290_n (1).jpg

13494888_1124779494232385_4272125368796106949_n (1).jpg

13494888_1124779664232368_8917256253637848218_n (1).jpg

13495035_1124780054232329_1555652609978962180_n (1).jpg

13510775_1124778734232461_395098321546665593_n (1).jpg

13524429_1124779557565712_6129898953888999873_n (1).jpg

13528703_1124779470899054_2801605618699440729_n (1).jpg

13537668_1124779810899020_886351377971248043_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 21:33
link do post | favorito

PAN QUER INCENTIVAR RECICLAGEM

PAN apresenta iniciativa para aumentar as expectativas de reciclagem e cumprir as metas europeias

  • Cerca de 80% do lixo produzido em Portugal não é reciclado
  • Reduzidas taxas de gestão de resíduos para envio de resíduos para aterro e incineração não incentivam reciclagem
  • Projeto de Lei propõe aumento gradual das taxas de gestão de resíduos
  • Estímulo ao alcance das metas ambientais europeias de reciclagem para 2020

O PAN, Pessoas- Animais-Natureza, avança hoje com uma iniciativa legislativa que pretende contribuir para aumentar as expectativas de reciclagem e cumprir as metas europeias, fazendo de Portugal um país mais ecológico. 

Portugal está ainda distante das metas europeias de reciclagem para 2020 que são de 50%. De acordo com dados divulgados pela Agência Portuguesa do Ambiente - APA - a taxa de reciclagem em 2014 não foi além de 29%, “bastante aquém da meta definida para 2020”, sendo que “o curto intervalo de tempo até que a meta seja aplicável exigirá um esforço considerável”.

Cerca de 80% do lixo produzido em Portugal não é reciclado e uma forma de se combater esta tendência passa pela revisão dos valores pagos a título de taxa de gestão de resíduos atualmente extremamente reduzidos. De acordo com o Regime Geral da Gestão de Resíduos, se um resíduo for para aterro, paga uma taxa de gestão de resíduos na ordem dos € 5,00 por tonelada, a qual deverá evoluir até € 11,00 em 2020. O valor que está a ser cobrado não é suficiente, sendo os valores da taxa de gestão de resíduos para envio de resíduos para aterro e incineração tão baixos, não há qualquer incentivo à reciclagem dos mesmos. Em 2014, a deposição em aterro, a pior opção de acordo com a hierarquia de gestão dos resíduos, continuou a ser o método de eliminação de resíduos urbanos mais utilizados em Portugal.

Em Portugal, no ano de 2014, foram gerados 453 kg/hab de resíduos urbanos, o que coloca o país abaixo da média da União Europeia em quase 20 kg/hab ano. Já no que diz respeito à gestão de resíduos urbanos, Portugal encontra-se a meio da tabela da UE, com 51,0% dos resíduos urbanos valorizados, ainda assim quase 20 p.p. abaixo da média da UE. A comparação de Portugal com outros países da UE no que diz respeito às opções de gestão dos resíduos urbanos permite constatar que os quantitativos de resíduos eliminados em aterro (222 kg/hab ano em 2014) são superiores ao valor médio da UE (147 kg/hab) em 75 kg/hab ano. Este resultado coloca Portugal como o décimo oitavo Estado membro com maior quantidade de resíduos urbanos eliminados em aterro, apresentando valores per capita próximos da Irlanda (223 kg/hab) e da Roménia (213 kg/hab).

Pelo que, a alteração à Lei da Fiscalidade Verde, com um aumento gradual dos valores pagos a título de taxa de gestão de resíduos, incentivando as entidades que fazem a esta gestão a apostar na reciclagem, será um primeiro passo para estimular a reciclagem e permitir que Portugal alcance as metas ambientais com as quais se comprometeu.



publicado por Carlos Gomes às 11:31
link do post | favorito

MINHOTOS PREPARAM RECRIAÇÃO DA DESFOLHADA TRADICIONAL EM LOURES

As gentes minhotas radicadas na região de Lisboa recriam a tradicional desfolhada do milho. A iniciativa é do Grupo Etnográfico Danças e Cantares Verde Minho e tem lugar no próximo dia 22 de outubro, a partir das 15 horas, no terreiro fronteiro às instalações do Grupo União Lebrense, em A-das-Lebres, no concelho de Loures.

Cartaz-Desfolhada (1).jpg

Os grupos de zés-pereiras percorrem as ruas da aldeia anunciando a festa com o rufar dos seus bombos. As moças exibem os seus trajes de trabalho característicos. Rapazes e raparigas cuidam de desfolhar o milho à procura da maçaroca… e do “prémio” da conversada!

Não falta o vinho e o petisco oferecido aos trabalhadores que participam no serão, recordando com nostalgia a juventude e a alegria de tempos idos. E, como a festa é minhota, dança-se o vira, a chula e a cana-verde.

Como manda a tradição, não falta sequer a broa de milho e a boa pinga de vinho verde a lembrar o costume antigo.

Predominando no Minho a cultura de regadio, é por altura do S. Miguel que ocorre o corte do milho e se seguem as desfolhadas.

Para o minhoto, tudo é pretexto para a festa: o trabalho e a romaria, a religião e a gastronomia. Em todas as ocasiões, o minhoto é alegre, levando sempre desse modo de vencida todas as agruras da vida, o que faz dele um triunfador, mesmo quando as dificuldades o forçam a deixar o seu rincão e partir para terras distantes.

Para onde quer que vá, o minhoto leva consigo a alma grandiosa da sua terra e a cor da esperança porque o Minho é verde e o folclore… é Verde Minho!

Remonta há mais de quatro séculos a introdução da cultura do milho no nosso país. A sua cultura foi iniciada no noroeste peninsular onde a região do Minho se insere, tendo com o decorrer do tempo sido levada para outras regiões do país.

A cultura teve origem nas Américas, trazida para a Península Ibérica nas naus do navegador Cristóvão Colombo, aliás Salvador Fernandes Zarco, oficialmente ao serviço dos reis de Espanha mas secretamente ao serviço do rei D. João II, com o propósito de afastar os reis católicos da rota da Índia levando-os a celebrar o Tratado de Tordesilhas como aliás se veio a verificar.



publicado por Carlos Gomes às 09:56
link do post | favorito

Domingo, 26 de Junho de 2016
FOLCLORE DESFILA NO ARRAIAL DE BENFICA

Organização conjunta do Grupo Etnográfico Danças e Cantares do Minho e da Junta de Freguesia de Benfica

Milhares de pessoas afluíram hoje ao arraial da Freguesia de Benfica, em Lisboa, para ver atuar ranchos folclóricos de diversas regiões do país no Festival Nacional de Folclore de Benfica, uma organização conjunta do Grupo Etnográfico Danças e Cantares do Minho e da Junta de Freguesia de Benfica.

GEDCM-ArraialBenfica 157 (1).JPG

Do Alentejo veio o Rancho Folclórico As Mondadeiras da Casa Branca – Sousel; do Ribatejo o Rancho regional dos Foros de Salvaterra, em representação da Beira Alta o Rancho Folclórico Flores da Beira e em representação do Minho o anfitrião, Grupo Etnográfico Danças e Cantares do Minho.

Lisboa é desde sempre uma cidade cosmopolita. A partir de meados do século XIX e sobretudo dos começos do século XX, a capital viu afluir gentes das mais diversas regiões do país, tornando-se uma autêntico mosaico de culturas e um terreno fértil ao regionalismo.

GEDCM-ArraialBenfica 166 (1).JPG 

Não admira, pois, que os minhotos e gentes de outras regiões do país se associem às festas da cidade que um dia os acolheu e, com o decorrer do tempo, viu nascer os seus filhos – lisboetas de nacimento mas minhotos, alentejanos, beirões e ribatejanos de sentimento e identidade, tal como os lusodescendentes que vão nascer às paragens mais longínquas do mundo onde num tempo remoto uma caravela aportou ou a emigração mais tarde levou os seus pais!

Perante uma tão elevada afluência de minhotos às festas de Benfica, até parecia que as festas de Lisboa tinham virado arraial à moda do Minho!

GEDCM-ArraialBenfica 182 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 011 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 045 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 046 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 047 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 056 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 060 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 073 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 080 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 090 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 112 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 113 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 127 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 138 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 143 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 164 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 213 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 219 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 223 (1).JPG

GEDCM-ArraialBenfica 232 (1).JPG



publicado por Carlos Gomes às 22:11
link do post | favorito

MINHOTOS REALIZAM HOJE FESTIVAL DE FOLCLORE EM BENFICA

13458663_1741138889457824_4053653441627152569_o (8).jpg



publicado por Carlos Gomes às 10:07
link do post | favorito

Sábado, 25 de Junho de 2016
MINHO TROUXE À FIL O MELHOR DO ARTESANATO DA SUA REGIÃO

O Minho é a região melhor representada na Feira Internacional de Artesanato que hoje abriu as suas portas no Parque das Nações, em Lisboa. De Barcelos veio mais de uma dezena de participantes que mostraram a sua enorme criatividade e fizeram jus a uma tradição que tem no lendário galo o seu ex-líbris e na personalidade da ceramista Rosa Ramalho o maior vulto da arte de modelar e dar vida ao barro.

FIA2016 220 (1).JPG

Mas o Minho encontra-se também condignamente representado por artistas provenientes de Braga, Viana do Castelo, Póvoa de Lanhoso, Ponte de Lima e, como não podia deixar de acontecer, Vila Verde e a sua marca “Namorar Portugal” que já ultrapassou as fronteiras.

À entrada do principal pavilhão, o Galo de Barcelos dá as boas-vindas aos visitantes. E, durante os vários dias em que decorre o certame, até ao dia 3 de julho, a Feira Internacional de Artesanato será animada por diversos grupos folclóricos e de música tradicional portuguesa. Amanhã, o Grupo Folclórico Verde Minho levará à FIL o colorido e a alegria do folclore minhoto, esperando-se a entrada de muitos visitantes identificados com esta região.

FIA2016 016 (1).JPG

A Feira Internacional do Artesanato conta na sua 29ª edição com Alto Patrocínio do Presidente da República

De 25 de Junho a 3 de Julho a FIL, Fundação AIP, organiza a Feira Internacional de Artesanato e, pelo primeiro ano, conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República. A maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa, organizada pela Fundação AIP com o apoio do IEFP, e que durante a sua história tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico, congratula-se com este acto de relevante simbolismo que, mais do que incentivar, responsabiliza a organização da FIA na continuação de um trabalho em que as tradições e o futuro crescem lado a lado.

A 29ª edição da FIA Lisboa 2016 terá, como é habitual, um vasto programa em que constam exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA Lisboa 2016 assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 28 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

FIA2016 012 (1).JPG

FIA2016 014 (1).JPG

FIA2016 017 (1).JPG

FIA2016 019 (1).JPG

FIA2016 020 (1).JPG

FIA2016 021 (1).JPG

FIA2016 022 (1).JPG

FIA2016 023 (1).JPG

FIA2016 026 (1).JPG

FIA2016 028 (1).JPG

FIA2016 030 (1).JPG

FIA2016 031 (1).JPG

FIA2016 032 (1).JPG

FIA2016 033 (1).JPG

FIA2016 035 (1).JPG

FIA2016 037 (1).JPG



publicado por Carlos Gomes às 23:03
link do post | favorito

FOLCLORE, GASTRONOMIA E ARTESANATO MARCAM A ABERTURA DA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO EM LISBOA

O folclore de Ourém e da Alta Estremadura marcou hoje a abertura de um dos mais importantes certames nacionais e internacionais dedicados ao artesanato, a Feira Internacional do Artesanato que uma vez mais se realizou nos pavilhões da FIL, no parque das Nações, em Lisboa. Tratou-se da participação do Rancho Folclórico “Os Moleiros” da Ribeira, do Olival, um dos mais lídimos representantes do folclore da região de Ourém.

FIA2016 174.JPG

Por duas vezes pisou o tabuado para mostrar ao público presente como outrora as suas gentes trajavam, cantavam e dançavam. Entre as duas atuações, desfilaram pelos pavilhões rumo ao stand dos “Artesãos de Ourém” que, à semelhança de anos anteriores, também estiveram presentes neste certame com os tecidos e os bordados típicos da nossa região, marcando desse modo presença e dando a conhecer os talentos artísticos das suas gentes. Pelo caminho, foram saudados pelo Engº Rocha de Matos, Presidente da Associação Industrial Portuguesa.

FIA2016 120-2.jpg

A Feira Internacional do Artesanato conta na sua 29ª edição com Alto Patrocínio do Presidente da República

De 25 de Junho a 3 de Julho a FIL, Fundação AIP, organiza a Feira Internacional de Artesanato e, pelo primeiro ano, conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República. A maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa, organizada pela Fundação AIP com o apoio do IEFP, e que durante a sua história tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico, congratula-se com este acto de relevante simbolismo que, mais do que incentivar, responsabiliza a organização da FIA na continuação de um trabalho em que as tradições e o futuro crescem lado a lado.

A 29ª edição da FIA Lisboa 2016 terá, como é habitual, um vasto programa em que constam exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA Lisboa 2016 assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 28 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

FIA2016 178.JPG

FIA2016 136.JPG

FIA2016 088.JPG

FIA2016 143.JPG

FIA2016 174.JPG

FIA2016 189.JPG



publicado por Carlos Gomes às 22:02
link do post | favorito

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO ARRANCA HOJE EM LISBOA

02-02 (6).jpg

 



publicado por Carlos Gomes às 11:12
link do post | favorito

LISBOA FAZ ARRAIAL COM FOLCLORE EM BENFICA

13458663_1741138889457824_4053653441627152569_o (8).jpg



publicado por Carlos Gomes às 10:53
link do post | favorito

Sexta-feira, 24 de Junho de 2016
A NAU115 LANÇA SINGLE DE ESTREIA

A NAU115, nome de código para o rapper José Glória, acaba de desvendar “A Voz do Meu People”, o combativo cartão-de-visita extraído do EP de estreia “Ferro e Fogo”, editado em parceria com a Music In My Soul.

NAU115_ promo.jpg

Este primeiro lançamento discográfico do rapper natural de Lagos já se encontra disponível em pré-venda nas plataformas digitais habituais.

A NAU115 é o projecto a solo de José Glória, autodidata que começou a escrever as primeiras rimas com 17 anos. Mais tarde, desafiado por amigos, decidiu criar um grupo onde começou a gravar as primeiras músicas e a dar os primeiros espectáculos ao vivo, em Viseu e Lagos, de onde é natural.

Após terem seguido caminhos diferentes, José voltou a concentrar-se num percurso a solo, empregando-se de forma a arranjar dinheiro para comprar material de estúdio e gravação, o que lhe permitiu a gravação de um primeiro EP – “Ferro e Fogo” -  que já se encontra em pré-venda digital com o apoio da Music In My Soul.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 21:55
link do post | favorito

Quinta-feira, 23 de Junho de 2016
PAÍSES LUSÓFONOS ELEGEM MISS CPLP

3ª EDIÇÃO MISS CPLP - 2016

O Comité MISS CPLP em parceria com a JFD Ideas & Details e através de um “PRESS DAY” comunica que a 3ª edição do Concurso Miss CPLP vai ter lugar pelas 18 horas do próximo dia 24 de Junho no VIP Grand Lisboa Hotel & SPA, situado na Av. 5 de Outubro nº 197, 1050-054 Lisboa.

13514462_1338896886139455_1077481256_n (2).jpg

Nesta 3ª edição participam 2 candidatas por cada país pertencente à Comunidade de Países de Língua Portuguesa. São assim 18 as candidatas representantes que se irão juntar em Lisboa, a fim de participarem na 3ª Gala de Eleição – MISS CPLP 2016 que se prevê que venha a acontecer em Setembro nesta capital.

Durante o período de preparação colectiva, as candidatas terão a oportunidade de promover um intenso intercâmbio cultural através da sua participação em vários passeios e workshops a realizar até ao dia da eleição da Miss Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

O concurso Miss CPLP é uma iniciativa na área da cidadania com carácter intercultural e que visa a difusão e a promoção de valores sociais, culturais de inclusão no âmbito da lusofonia e a partilha do conhecimento sobre a diversidade lusófona e o evento será também um espaço de oportunidades para todas as jovens intervenientes.

Participam neste concurso as candidatas representantes de Cabo Verde, Brasil, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Portugal, Angola, Moçambique, S. Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Toda a informação sobre o evento bem como sobre todas as candidatas ao título de MISS CPLP 2016 estará disponível através da página oficial do Comité Miss CPLP no facebook e durante o “Press Day” será anunciado o novo website deste mesmo Comité.

São parceiros neste evento a Câmara Municipal de Lisboa, a CE-CPLP, a JFD Ideas & Details, o Alto-Comissário para as Migrações (ACM), Federação das Mulheres para a Paz Mundil (Woman Federation for World Peace Internationa/Portugal, Karlos Wendell Cabeleireiro, a RDP África, a Revista Kizomba e a SAPO Internacional, entre outros.

A Gio Rodrigues, a Enamorata e a Boltton são igualmente marcas associadas ao Concurso Miss CPLP sendo a Mazda o patrocinador oficial do mesmo.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 16:42
link do post | favorito

LISBOA RECEBE FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

02-02 (2).jpg 



publicado por Carlos Gomes às 09:14
link do post | favorito

MINHOTOS LEVAM A BENFICA FESTIVAL NACIONAL DE FOLCLORE

13458663_1741138889457824_4053653441627152569_o (8).jpg



publicado por Carlos Gomes às 03:47
link do post | favorito

Quarta-feira, 22 de Junho de 2016
PAN PRETENDE AVANÇAR NAS PRIORIDADES E DESAFIOS DA BIOÉTICA EM PORTUGAL
  • Propõe que o Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida possa integrar um médico veterinário
  • Acompanha a proposta da Associação Portuguesa de Bioética para a criação de um Conselho Nacional de Experimentação Animal
  • Medidas contribuem para a reflexão sobre problemas éticos suscitados pelos progressos científicos e para prossecução dos objetivos da União Europeia

O PAN – Pessoas – Animais – Natureza apresenta hoje duas iniciativas legislativas que pretendem contribuir para o debate acerca dos problemas éticos suscitados pelos progressos científicos nos domínios da biologia, da medicina ou da saúde em geral e das ciências da vida. O primeiro projeto de lei “altera a composição do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida” - CNECV - e propõe que esta entidade, cuja constituição tem vindo a ser progressivamente alargada, por forma a incluir cada vez mais pessoas de reconhecido mérito no domínio das questões da bioética, possa integrar um médico veterinário com vista a permitir novos contributos, essenciais para a prossecução das competências atribuídas ao CNECV.

A medicina veterinária constitui uma das mais importantes matérias de investigação e conhecimento na área da saúde, com grande proximidade aos cidadãos. O papel do médico veterinário é cada vez mais importante na sociedade, existindo um interesse crescente do público pelas questões de bem-estar animal. Ao mesmo tempo, a profissão reveste-se de grandes desafios éticos, estando continuamente em mutação, por consequência da inovação tecnológica.

A etimologia do conceito de Bioética, por si só, justifica a integração destes profissionais, constituída por duas palavras de origem grega: Bios que significa “Vida” e Ethos que significa “Ética”. Originalmente, o termo Bios era aplicado à vida humana e não animal. Posteriormente, generalizou-se e passou a significar a vida como um fenómeno, ou seja, o biológico, como hoje o entendemos: englobando todos os seres vivos, desde a sua expressão mais simples (unicelular) à mais complexa (como se apresenta no homem).

A segunda iniciativa legislativa apresentada pelo PAN acompanha a proposta da Associação Portuguesa de Bioética levada recentemente Assembleia da República para a criação de um Conselho Nacional de Experimentação Animal, que seja um regulador independente dos centros onde se realizam experiências com animais em Portugal.

A investigação científica tem evoluído nas suas várias vertentes e é hoje indiscutível que os animais têm capacidade para sentir e manifestar dor, sofrimento, angústia e dano duradouro. Por conseguinte, e tendo em vista o objetivo de deixar de utilizar definitivamente animais nestes procedimentos científicos, importa até alcançar esta meta melhorar o seu bem-estar, reforçando as normas mínimas relativas à sua proteção de acordo com a evolução mais recente dos conhecimentos científicos. Embora seja indispensável substituir, num futuro próximo, a utilização de animais vivos em procedimentos por outros métodos que não impliquem a sua utilização, a verdade é que atualmente ainda se continua a recorrer a este tipo de experimentação, por motivos que alegadamente se prendem com a proteção da saúde humana e animal.

O Conselho Nacional para a Experimentação Animal será uma entidade reguladora independente, para além das governamentais com poderes nesta matéria que funcionaria junto da Assembleia da República, mas também prestando apoio e resolvendo conflitos éticos junto dos investigadores que nos seus projetos utilizem animais, com total independência e isenção e seria constituído por especialistas de diferentes ramos do conhecimento.

Esta entidade terá competência para certificar que a investigação em animais decorre nos termos da lei e de acordo com as normas éticas universais de proteção do bem-estar animal mas, principalmente, para assegura que estamos a caminhar para o objetivo principal que é o de deixar de utilizar animais neste tipo de procedimentos. Para além disso, o Conselho deve ter como missão estatuária a coordenação dos comités de ética das diferentes instituições de ensino e de investigação que ainda utilizam animais. A acrescer que a criação deste Conselho se afigura essencial na prossecução dos objetivos da União Europeia no que diz respeito a esta matéria, mas principalmente, é fundamental na evolução das consciências e efetiva proteção dos animais.



publicado por Carlos Gomes às 22:23
link do post | favorito

Terça-feira, 21 de Junho de 2016
SECTOR DOS TRANSPORTES APRESENTA NOVOS DESAFIOS

"Os desafios para a gestão no Setor dos Transportes \\ PORTO - ALFÂNDEGA \\ Apresentação Nova Versão aTrans - logistic software system

ABMN realizou, durante a tarde de ontem, no Edifício da Alfândega, no Porto, a segunda edição do Ciclo de Seminários “Os desafios para a gestão no Setor dos Transportes”, onde as Transportadoras do Norte e Centro ficaram a conhecer a nova versão da solução para o setor dos Transportes Rodoviários de Mercadorias - aTrans – logistic software System.

O evento contou ainda com a presença do cofundador da PRIMAVERA BSS, Eng. Jorge Baptista, do Vice-Presidente da ANTRAM pela Região Centro, Dr. Nelson Sousa e do Case Study João Pires Internacional Transportes, com a intervenção da Eng. Sílvia Pires. Depois de Lisboa, foi na Alfândega, no Porto, que se realizou mais uma edição do evento exclusivo para as empresas de Transportes “Os desafios para a gestão no Setor dos Transportes”.

A ABMN mostrou, durante a tarde de ontem, a nova versão da solução aTrans – logistic software system. A Conferência contou com a presença de várias Transportadoras, do Norte e Centro do País e com as boas-vindas especiais do co-fundador da PRIMAVERA BSS, Eng. Jorge Baptista. Entre as principais novidades apresentadas na Cidade Invicta, destacam-se o novo Timeline, mais versátil e com mais informação disponível, a ligação ao Business Analytics da PRIMAVERA e a versão WEB da solução.

A solução aTrans esteve também presente no Case Study da Empresa João Pires – Internacional Transportes.

Através do testemunho deixado pela Eng. Sílvia Pires, Diretora de Qualidade da Transportadora, os presentes puderam perceber, na prática, o enquadramento do produto.

A Presença ANTRAM, cuja intervenção se focou na visão atual do setor, com destaque para as dificuldades, desafios e oportunidades que marcam a atualidade das Transportadoras, foi assegurada pelo Vice-Presidente pela Região Centro, Dr. Nelson Sousa, administrador da empresa JLS- Transportes Internacionais.

Este painel veio reforçar a necessidade sentida pelo Setor de uma Solução de Gestão pensada de raiz para os Transportes Rodoviários de Mercadoria. Além do aTrans, os participantes puderam ainda conhecer a solução EYE PEAK, da PRIMAVERA BSS para a área da Logística.

A Conferência terminou com a intervenção da empresa Frederico Mendes & Associados, sobre o enquadramento do PORTUGAL 2020 no Setor dos Transportes e as oportunidades estratégicas que este quadro de incentivos encerra.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 19:02
link do post | favorito

Segunda-feira, 20 de Junho de 2016
PAN DENUNCIA ILEGALIDADE DO DESPORTO DE TIRO AOS POMBOS
  • Ação pretende impedir a realização do Campeonato Mundial de Tiro ao Voo 2016 realizado na Póvoa de Varzim, entre 20 e 26 Junho
  • A utilização de seres vivos, pombos, para aferir desportivamente a pontaria de um atirador é ilegal de acordo com vários pareceres
  • Suposta “tradição” importada da Grã-Bretanha que a aboliu em 1921
  • PAN pede abolição da prática em Portugal com fácil substituição por alvos artificiais

O PAN – Pessoas – Animais - Natureza acaba de apresentar uma providência cautelar com o objetivo de impedir a realização do Campeonato Mundial de Tiro ao Voo 2016 realizado na Póvoa de Varzim, entre 20 e 26 Junho. O evento consiste na largada de pombos para que os “atletas” participantes possam atirar ao alvo – pombo a voar - com o único objetivo de os matar. O “atleta” que matar mais pombos é o vencedor. Este tipo de provas resulta na morte de milhares destas aves.

Os pombos utilizados são criados apenas para o efeito de serem “alvo”, num processo violento que culmina numa prova “recreativa”. Significa isto que vivem toda a sua curta vida em pombais – pequenas gaiolas, até ao dia em que são libertados como alvos para serem mortos.

A providência cautelar apresentada pelo PAN foi acompanhada de pareceres de diversas entidades, entre elas, a Provedora Municipal do Animais de Lisboa, Inês Real, a Médica Veterinária, Alexandra Pereira e do Jurista e Professor Catedrático da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, Fernando Araújo.

O Professor Doutor Fernando Araújo explica que esta não pode ser considerada uma tradição cultural "em Portugal: “Respondamos enfaticamente que não, seja porque se trata da importação – extremamente minoritária – de uma "tradição" britânica que, até já foi abolida no seu país de origem, deixando de constituir, aí, qualquer "tradição"”. (…) O país fundador da prática do "live pigeon shooting", a Grã-Bretanha, baniu essa prática em 1921.



publicado por Carlos Gomes às 22:06
link do post | favorito

APCOI E HOLMES PLACE UNEM ESFORÇOS NO COMBATE À OBESIDADE INFANTIL

A APCOI - Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil e o Holmes Place apresentaram hoje a parceria que une as duas organizações no âmbito da prevenção e combate à obesidade infantil.

_JPA7032.jpg

No âmbito desta parceria, os conteúdos técnico-científicos do programa de nutrição infantil do Holmes Place - Nutrigames - integram a partir de agora uma metodologia criada por especialistas da APCOI, testada ao longo dos últimos 2 anos em projetos-piloto de acompanhamento personalizado de crianças com vista ao controlo de aumento de peso e melhoria do estado nutricional.

O programa Nutrigames surgiu da necessidade de criar um acompanhamento de nutrição específico para crianças, dos 3 aos 15 anos, sendo um dos seus principais objetivos ensinar e motivar a criança a adotar hábitos alimentares saudáveis com uma forte componente lúdico-pedagógica.

A parceria estabelecida incorpora ainda uma componente de responsabilidade social, que se traduz no acompanhamento gratuito de 100 crianças carenciadas ao abrigo do programa Nutrigames, que serão encaminhadas pela APCOI através do seu programa escolar de promoção da saúde Heróis da Fruta.

O protocolo agora assinado engloba ainda benefícios para os sócios da APCOI - Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil,que têm a partir de agora acesso ao Nutrigames com condições especiais, nomeadamente um desconto de 20%.

“Na maior parte dos casos, quando as famílias procuram a APCOI já tiveram anteriormente experiências com consultas de nutrição, pouco adaptadas às crianças e com fracos resultados. Isso levou-nos a desenvolver em parceria com o Holmes Place, um modelo inovador que integra consultas de nutrição e sessões de atividade física. Acreditamos que este será mais um passo importante no combate à obesidade e restantes doenças associadas” refere Mário Silva, Presidente e Fundador da APCOI.

Para Marta Mourão, nutricionista do Holmes Place e Coordenadora Nacional do Programa Nutrigames “Esta parceria com a APCOI é um importante contributo para o nosso programa e irá refletir-se na qualidade do serviço que prestamos”. “A vertente de responsabilidade social é também algo que valorizamos e as nossas equipas estão empenhadas em proporcionar às 100 crianças que iremos receber o melhor acompanhamento possível”, acrescentou.

O programa Nutrigames está disponível em toda a rede de clubes Holmes Place nas cidades de Aveiro, Amadora, Braga, Cascais, Coimbra, Lisboa, Oeiras, Porto e Sintra.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 21:52
link do post | favorito

PAN CONVIDA MINISTRO DA EDUCAÇÃO PARA DEBATER MODELOS PEDAGÓGICOS ALTERNATIVOS
  • Conferência promove reflexão sobre o papel da educação no despertar de uma consciência de cidadania
  • Debater modelos educativos capazes de ajudar a formar e desenvolver uma consciência ética, empática e criativa
  • Análise de modelos alternativos – Estudo de Caso da Finlândia

O PAN – Pessoas-Animais-Natureza promove no dia 25 de Junho, Sábado, no Salão Nobre do Museu Nacional de Arqueologia - Mosteiro dos Jerónimos - pelas 14h30, uma conferência subordinada ao tema “Educar para Cuidar. A Educação enquanto transformadora de mentalidades”, que conta com o apoio da Direção Geral do Património Cultural e com a presença do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

Esta iniciativa propõe uma reflexão sobre o papel da educação no despertar de uma consciência de cidadania que, ativamente, se oriente para a preservação do futuro da Humanidade e do Planeta.

Ao PAN e ao Ministério da Educação espera-se que possam juntar-se entidades representantes da sociedade civil, de outros partidos políticos, respetivos reguladores, ONGs entre outros, para refletir sobre uma escola inovadora que respeite a heterogeneidade e as necessidades específicas dos alunos e que envolva profissionais de educação, família e sociedade, num compromisso conjunto.

A base de uma sociedade desenvolvida e próspera centra-se na educação e esta só pode ter sucesso se capacitar cada indivíduo, respeitando as suas idiossincrasias. Existem já vários exemplos de sucesso, que serão abordados durante esta conferência.

O caso da Finlândia, um país conhecido por ter um dos melhores sistemas de educação do mundo, ocupando as posições de topo em várias disciplinas nos rankings PISA da OCDE. Especialistas e políticos de todo o mundo estudam o seu modelo, que privilegia a aprendizagem experimental e colaborativa, para perceber as suas particularidades e as replicar noutros países.

O objetivo deste encontro é debater modelos educativos capazes de ajudar a formar e desenvolver competências transversais, com temas ligados à cidadania, à proteção da natureza e aos direitos dos animais, que potencializem o desenvolvimento de uma consciência ética, empática e criativa.



publicado por Carlos Gomes às 21:46
link do post | favorito

Sábado, 18 de Junho de 2016
MINHOTOS LEVAM AMANHÃ FOLCLORE À ALTA DE LISBOA

13346821_1072147416155300_3443943542160075932_n (9).jpg



publicado por Carlos Gomes às 00:42
link do post | favorito

Sexta-feira, 17 de Junho de 2016
AUTOCARROS DA SCOTTURB POLUEM O AMBIENTE

“A empresa de transporte público ScottUrb que opera nos concelhos de Cascais, Sintra e Oeiras tem vindo a manter em circulação na via pública algumas viaturas emitindo gases poluentes em excesso, constituindo um atentado ao ambiente e á saúde pública” – foi nestes termos que, há quase um ano, o Blogue de Lisboa registou o péssimo estado em que as viaturas daquela empresa circulam na região, como se pode ler em http://bloguedelisboa.blogs.sapo.pt/autocarros-da-scotturb-poluem-o-296588

BL-RiodeMouro-Autocarropoluidor 004

Quase um ano decorrido desde a publicação daquela notícia, continuamos a verificar que a situação permanece inalterada: os autocarros da referida empresa continuam a poluir o ambiente, pelo que decidimos repetir o título da notícia. À semelhança do que então se verificou, não é difícil captarmos imagens de autocarros a circular nessas condições. Resta-nos a dúvida se, perante a lei, possuem algum estatuto de exceção!

Ironicamente, pode ler-se no site daquela empresa o seguinte: “Ciente do seu papel, a ScottUrb não esquece a sua responsabilidade social e ambiental enquanto empresa empregadora e prestadora de serviço público”.

Aguardemos, pois, que a “responsabilidade social e ambiental” da referida empresa venha a ter efeitos práticos!

BL-RiodeMouro-Autocarropoluidor 001



publicado por Carlos Gomes às 15:06
link do post | favorito

PAN QUER OPÇÃO VEGETARIANA NAS CANTINAS PÚBLICAS

Inclusão de opção vegetariana em todas as cantinas públicas baixa à comissão sem votação

  • Discussão da iniciativa permitirá integrar ideias e contributos sérios de todos os parceiros parlamentares
  • Iniciativa inclusiva por uma opção alimentar saudável, sustentável e acessível para todos os portugueses
  • Todos os partidos estão de acordo sobre a consagração da “liberdade de escolha na alimentação”

A inclusão de uma opção vegetariana em todas as cantinas públicas, tema agendado pelo PAN, Pessoas-Animais-Natureza, discutido esta semana na Assembleia da Republica baixou hoje à comissão de Comissão de Agricultura e Mar sem votação por um período de 90 dias.

Todos os partidos estão de acordo sobre a consagração da “liberdade de escolha na alimentação” apesar das dúvidas apresentadas durante o debate, nomeadamente no que respeita aos custos e aos eventuais desperdícios que podem estar associados a esta iniciativa, sobre aplicabilidade da lei no ano orçamental em vigor e a necessidade de se prever um prazo de implementação e de analisar as obrigações contratuais em curso.

A alimentação tem evidente impacto na nossa saúde e por este motivo já é um investimento. Para além disso, uma refeição vegetariana tem tendencialmente um custo menor do que uma refeição não vegetariana e isso vê-se pelo preço dos menus dos restaurantes vegetarianos, em cada vez maior número por todo o país, e também no orçamento familiar de quem já segue esta dieta.

Se durante o processo de regulamentação for previsto, por exemplo, um sistema de planeamento que permita a pré aquisição de senhas de refeições vegetarianas, poderemos evitar desperdícios alimentares e gradualmente adequar a oferta à procura.

A possibilidade das cantinas públicas disponibilizarem uma opção alimentar saudável, sustentável e acessível para todos os portugueses é uma iniciativa inclusiva não apenas para os milhares de cidadãos que, cada vez mais, têm optado por dietas vegetarianas, mas também para todos os que procuram alternativas alimentares saudáveis.

“Acreditamos que esta é uma prioridade transversal a todas as bancadas e o objetivo durante os próximos dias de discussão desta iniciativa é integrar ideias e contributos sérios de todos os parceiros parlamentares e desta forma encontrar pontos de entendimento, que permitam criar uma lei aplicável e responsável que possa acolher a mudança, com vista a melhorar o nível nutricional da população, a estimular padrões alimentares mais éticos e mais sustentáveis e a incluir a vasta parcela de cidadãos que já segue um regime alimentar diferente”, reforça André Silva, Deputado do PAN.



publicado por Carlos Gomes às 13:50
link do post | favorito

PAN JUNTA-SE À PARADA GAY EM LISBOA

PAN junta-se à 17ª Marcha do Orgulho LGBT de Lisboa

  • Capacidade mobilizadora do partido ao serviço da inclusão, da integração, da diferença e da liberdade

O PAN, Pessoas- Animais-Natureza, junta-se uma vez mais à Marcha do Orgulho LGBT de Lisboa, que vai já na sua 17ª, amanhã, dia 18 de Junho, pelas 17h00 com início no Jardim do Príncipe Real e fim na Ribeira das Naus.

O Deputado André Silva, que se junta a este evento, recorda que “este ano foi marcante no que toca ao fim da discriminação na legislação que regula as questões da parentalidade, com a aprovação dos diplomas que permitem a adoção por casais do mesmo sexo e a procriação medicamente assistida para casais de mulheres.”

Foi com muita satisfação que o PAN participou nesse processo, apresentando iniciativas em conjunto com outros partidos que resultaram nos textos finais aprovados e promulgados pela Assembleia e pelo Presidente da República. No entanto, existem ainda melhorias a realizar na lei, nomeadamente no que toca às pessoas trans e à autodeterminação no reconhecimento legal da sua identidade de género. Existe ainda muito trabalho legislativo, comunitário e social por fazer no combate à discriminação e à garantia dos direitos humanos.

Por reconhecer o desafio de quem não tem voz ou o que significam anos e anos de trabalho em prol de uma determinada causa, o PAN tem vindo a apoiar e a participar nos vários eventos do Orgulho LGBT do país, revendo-se no Manifesto subscrito pelas várias ONGs que organizam esta marcha.

O PAN tem a consciência de que discriminação, a homofobia e a transfobia assumem várias formas, deste o insulto ao crime de ódio. O atentado de Orlando veio chamar a atenção para comunidade LGBT enquanto alvo específico de discriminação e violência. Esta discriminação vive à velocidade da luz. Impõe-se a urgência de redobrarmos os nossos esforços para que, individualmente e em sociedade, possamos vencer o medo, denunciar/recusar o ódio e contribuir para um mundo mais compassivo, justo, livre e pleno em igualdade.

“O PAN reúne diariamente com diversos movimentos da sociedade civil. E continua a ser impressionante quando percebemos a dimensão, a abrangência e o impacto que o nosso trabalho e decisões podem vir a ter, e têm efetivamente, no dia-a-dia dos cidadãos e cidadãs, em situações tão simples como ter acesso a uma determinada informação ou a um determinado bem ou serviço.” reforça André Silva, Deputado do PAN.



publicado por Carlos Gomes às 13:48
link do post | favorito

PAN OPÕE-SE À PESQUISA DE PETRÓLEO NO ALGARVE

PAN junta-se à ASMAA e às autarquias na oposição ao primeiro furo de pesquisa offshore em Aljezur

  • Petição entregue no dia 22 de Junho no Parlamento opõe-se à realização de um furo de pesquisa offshoreem Aljezur
  • DGRM abriu um concurso de consulta pública em resposta a um pedido pelo consortium ENI/Galp

No próximo dia 22 de Junho, pelas 12h30, a Associação de Surf e Atividades Marítimas do Algarve (ASMAA), em estreita colaboração com várias autarquias algarvias, entrega na Assembleia da República uma petição que recolheu mais de 4.300 assinaturas em 10 dias e que se opõe à atribuição de uma licença de TUPEM ao consórcio Galp/ENI para a atividade de perfuração de pesquisa na área 233 designada por Santola na Bacia do Alentejo (Aljezur), ou seja, para a realização de um furo de pesquisa offshore em Aljezur.

MARCHA ANIMAL 051

Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) abriu um concurso de consulta pública em resposta a um pedido pelo consortium ENI/Galp para o primeiro furo de pesquisa offshore em Aljezur. O PAN – Pessoas – Animais - Natureza manifesta o seu apoio a esta iniciativa, marcando presença neste gesto que simboliza a oposição a este atentado ambiental, social e económico à Costa Vicentina e aos cidadãos de Portugal que aqui habitam e que visitam esta costa pelos mais diversos motivos.

A sondagem de pesquisa será efetuada a cerca de 46,5 km da Costa relativamente ao ponto mais próximo do litoral continental de Portugal (Zona de Aljezur), a uma profundida aproximada de 1070 metros, na Zona Económica Exclusiva, sendo as operações suportadas a partir do ponto de Sines que se localiza a cerca de 88 km do local.



publicado por Carlos Gomes às 12:00
link do post | favorito

Quinta-feira, 16 de Junho de 2016
ARARUR LANÇAM NOVO SINGLE

Os Ararur, banda portuguesa de jazz com afinidade com o universo da world music e da música improvisada lança “Ela”, cartão-de-visita de um novo disco a ser editado ainda este ano com o selo da Music For All.

Ararur_promo.JPG

Este será o sucessor do registo de estreia editado em 2013, que lhes valeu a conquista do prémio de “Melhor Álbum de Jazz Vocal” nos Independent Music Awards, perante um ilustre painel de jurados ligados ao mundo da arte.

Após a conclusão do curso na Escola Superior de Música de Lisboa, o guitarrista e compositor António Miguel Silva foi aceite na primeira edição das residências artísticas do Músibéria – Centro Internacional de Músicas e Danças no Mundo Ibérico (Serpa), vendo assim o seu CD ser financiado pela União Europeia e pela Câmara de Serpa. Durante os primeiros sete meses de 2013 foram trabalhados os temas e o conceito do grupo a que chamou Ararur.

Para a gravação do CD convidou os seus amigos e antigos colegas de curso: Ângela Maria Santos, cantora com a qual trabalha desde longa data e em quem confia para escrever as letras dos temas, João Capinha nos saxofones, Francisco Brito no contrabaixo e João Rijo na bateria.

A música que criam em conjunto junta melodias com as quais as pessoas se conseguem identificar, letras em português, ambientes e sonoridades da world music e uma liberdade para cada um se exprimir no seu instrumento que nos remete para o jazz e para a música improvisada.

Em 2013 editaram o seu primeiro álbum homónimo, ano em que foram também seleccionados enquanto Jovens Criadores do Ano pelo Clube Português de Artes e Ideias, sendo escolhidos para representar Portugal na VI Bienal de Jovens Criadores da CPLP, em Salvador da Bahia, Brasil. No ano seguinte conquistariam dois prémios no 13th Independent Music Awards, entre eles o de Melhor Álbum de Jazz Vocal, eleito segundo um painel de ilustres figuras ligadas ao mundo do espetáculo e das artes.

Para 2016 preparam a edição de um novo trabalho discográfico a ser lançado com o selo da Music For All.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 20:41
link do post | favorito

EMPREGO NÃO É APENAS PARA GANHAR DINHEIRO

Todos dizem, que temos de trabalhar, mas jovens não entendem bem, para que temos de trabalhar. Pois todos dizem, que temos de trabalhar para ganhar dinheiro. Na realidade nós precisamos trabalhar e por outros motivos.

image001 (2).gif

Sigmund Freud disse, que o mais importante na vida é amar e trabalhar. E se considerar quanto tempo nós passamos ao trabalho, traçou a verdade. Para muitas pessoas o sentido de trabalho - ganhar dinheiro, e isto é verdade, porque aos muitos motiva salário. Para os outros o salário é um identificador do preço da pessoa. Muitas vezes as pessoas se identificam com emprego, que eles desempenham.

Para trabalhar com sucesso, precisa de encontrar um emprego, e o melhor assistente neste assunto será Jooble (http://pt.jooble.org/) – motor de busca de emprego, que acumula todas as ofertas de emprego que existem em Portugal. Mesmo o motor de busca de emprego Jooble permite encontrar um emprego rapidez, para isso bastante só preencher um cargo e a cidade, após isto vão aparecer as ofertas de emprego. Grande escolha permite encontrar um emprego sem gastar muito tempo, que dedica emprego não só para ganhar dinheiro, mas e para deixar sua marca no mundo. A vontade de deixar uma marca neste mundo, há de cada um, apenas todos expressam isto diferentemente.

Vamos indicar as prioridades em um emprego para pessoas:

  1. Salário
  2. Oportunidade de crescimento na carreira
  3. A presença de funções de grande escala e tarefas interessantes
  4. Atmosfera confortável na empresa
  5. O profissionalismo de colegas e oportunidade de aprendizagem

Assim, o trabalho de hoje não serve apenas para ganhar dinheiro, mas também para desenvolver, implementar os desejos, mas isto é facilmente conseguido com a presença de um bom trabalho, que será fácil de encontrar através do Jooble – um dos maiores motores de busca do mundo inteiro. Actualmente Jooble está a presente nos 62 países, portanto você terá oportunidade de encontrar um emprego desejável em qualquer lugar do mundo.

Ivo Veloso

Country Manager Portugal

 

http://pt.jooble.org/



publicado por Carlos Gomes às 09:27
link do post | favorito

Quarta-feira, 15 de Junho de 2016
2PLAY COM NOVO SINGLE

Os 2Play acabam de lançar “Inércia”, 3º single retirado do EP “Finally”, o registo de estreia da dupla nortenha editado anteriormente em formato digital com a chancela da Music In My Soul, e a receber edição física este mês de Junho.

2Play_promo (1).png

Aquele que é também o único tema em português do registo, sucede aos antecessores “Change” e “Finally”, seguindo na mesma linha de pop rock com leves influências de eletrónica, sonoridade que tem marcado o percurso da dupla.

A música é a possibilidade de expressão de sentimentos e emoções. Para os 2Play, “a música é a única linguagem que nos entende”. Tanto pode ter um lado positivo como negativo. No caso da banda, e porque nas letras está sempre presente o positivismo com que encaram a vida e as dificuldades que ela apresenta, a música é uma exaltação à vontade de viver, de concretizar sonhos e alcançar objetivos, ou seja, a definição de vida.

Mónica Ferreira é natural de Vouzela e começou por ter aulas de música aos 12 anos, tendo aprendido a tocar teclado. A partir daí, o gosto pela música foi crescendo. Nas escolas por onde passou, participava sempre que havia um evento relacionado com música. Fez parte de grupos corais, tunas e grupos de baile e foi nestes últimos, durante 16 anos, que foi crescendo como cantora.

Cláudio Vital frequentou, aos 11 anos, aulas de piano e bateria no Luxemburgo, união que manteve desde essa altura. O gosto pela música ganhou tal importância que o sonho de ser jogador de futebol passou, mesmo, para segundo plano. Quando regressou a Portugal, aos 17 anos, foi em busca de novos caminhos, tendo passado por projetos de música ao vivo em bares e grupos de baile. Nos últimos anos, tem-se dedicado mais à produção musical.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 11:01
link do post | favorito

Terça-feira, 14 de Junho de 2016
LISBOA FESTEJA O SÃO JOÃO À MODA DO MINHO

13458663_1741138889457824_4053653441627152569_o (3).jpg

 



publicado por Carlos Gomes às 21:26
link do post | favorito

XUVENTUDE DE GALICIA PROMOVE WORKSHOP DE MÚSICA TRADICIONAL

13419055_1231229160234647_2590557748531753331_n (3).jpg

 



publicado por Carlos Gomes às 21:10
link do post | favorito

MINHOTOS CANTAM E DANÇAM NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO EM LISBOA

À semelhança de anos anteriores, os artesãos do Minho vão levar à Feira Internacional de Artesanato a sua arte e mostrar os seus talentos. E, para animar, lá vão estar os minhotos do Rancho Folclórico Verde Minho que atuará inclusivamente no palco ali instalado. A sua participação está agendada para o dia 26 de junho, às 16h30, e contará certamente com o apoio de muitos minhotos que se deslocarão ao local do certame nesse dia.

19650238_1ybBo.jpeg

A Feira Internacional do Artesanato conta na sua 29ª edição com Alto Patrocínio do Presidente da República

De 25 de Junho a 3 de Julho a FIL, Fundação AIP, organiza a Feira Internacional de Artesanato e, pelo primeiro ano, conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República. A maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa, organizada pela Fundação AIP com o apoio do IEFP, e que durante a sua história tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico, congratula-se com este acto de relevante simbolismo que, mais do que incentivar, responsabiliza a organização da FIA na continuação de um trabalho em que as tradições e o futuro crescem lado a lado.

A 29ª edição da FIA Lisboa 2016 terá, como é habitual, um vasto programa em que constam exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA Lisboa 2016 assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 28 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

A FIA traz à capital, durante 9 dias, profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como interessados no artesanato enquanto manifestação cultural. Como tal, a FIA Lisboa 2016 regressa à FIL com novidades. Em destaque estarão novas áreas de exposição como o Espaço Design Nacional by LxD – Lisboa Design Show, que irá promover peças de joalharia, vestuário, calçado, mobiliário, entre outros, de origem nacional e também terá o Espaço Mixmarket, dirigido ao sector multiproduto e de origem não étnica.

Por mais um ano consecutivo FIA Lisboa 2016 conta com a Semana da Gastronomia Tradicional, que salienta o atractivo turístico-cultural da gastronomia e vinhos de Portugal e que integra o 3º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP) e a 2ªedição do Mercado da Cerveja Artesanal.



publicado por Carlos Gomes às 20:56
link do post | favorito

Segunda-feira, 13 de Junho de 2016
ANAF'S PROMOVE ACAMPAMENTO JOVEM

Como já vem sendo hábito desde de 2011, a ANAF’S volta a realizar uma ação de características semelhantes às anteriormente efetuadas em Évora, no Parque da Natureza do Agroal em Ourém, na Bataria da Laje em Oeiras e no ano passado em Arranhó em Arruda dos Vinhos recebendo alguns dos jovens familiares dos nossos Sócios e Parceiros, coabitando com eles, em ambiente de emergência, durante alguns dias.

Assim, este ano de 29JUN16 a 03JUL16 volta a Ourém e desta feita utilizando as instalações do Centro Desportivo da CARIDADE, do Clube Atlético Ourense continuando a introduzir algumas atividades formativas para a criação de uma postura resiliente neste núcleo de jovens. Isto é, iremos recebe-los e fazendo-os viver connosco, os jovens, nossos e vossos familiares, num espaço preparado para o efeito, as condicionantes de uma vida em situação de pós-emergência.

Durante a permanência na Base de Operações (BoO) desenvolveremos alguma formação, em alguns casos recordando conhecimentos e medidas de autoproteção já divulgadas nas edições anteriores, caso dos “CINCO GESTOS DE SOCORRO”, “O CAMINHO DA SEGURANÇA”, “MEDIDAS DE MINIMIZAÇÃO DO RISCO SÍSMO-TERRAMOTO”, “LUTA CONTRA O FOGO”, “MOVIMENTAÇÃO DE VÍTIMAS” e desenvolvendo outras atividades da vida do Campo, como seja montarem as suas próprias tendas, confecionarem uma refeição saudável e tradicional (slow food), assistirem a outras missões das nossas unidades (utilização de cães de catástrofe, telecomunicações, orientação) e, finalmente disciplinarem coletivamente os comportamentos numa situação de emergência.

Tentará igualmente desenvolver outras ações de características mais lúdicas, como seja fazerem uma pequena pista de obstáculos militares.

Como vem sendo hábito e com o apoio do nosso Parceiro Câmara Municipal de Ourém, levaremos os participantes a uma visita guiada ao Centro Histórico de Ourém e ao seu Museu Municipal, para além de se disponibilizar uma tarde nas Piscinas Municipais. Instava pois, os Senhores Coordenadores Operacionais e Funcionais, a mobilizarem os nossos efetivos essenciais à realização de esta ação e os Delegados a divulgarem-na de forma empenhada, para que os nossos Sócios e principalmente os seus filhos, netos, sobrinhos e outros familiares dela beneficiem.

Igual procedimento estará como habitualmente aberto em relação aos familiares jovens dos nossos Parceiros. Aproveitando a disponibilidade da Câmara Municipal de Ourém e do seu Serviço Municipal de Proteção Civil, na cedência de instalações, a ANAFS, através das suas Unidades Operacionais, montará uma BoO no Centro Desportivo da CARIDADE, que servirá para rececionar e apoiar durante a sua permanência, os nossos “participantes” – Sócios, Parceiros e os seus jovens acompanhantes. Estes terão que ser obrigatoriamente portadores: -Chapéu -Roupa ligeira (três/quatro mudas) -Calçado fechado, com meias (botas, ténis ou similar) -Chinelos de banho -Fato de banho -Camisola ou casaco para a noite -Palamenta (copo, prato, talher) -Saco-cama -Esteira -Bolsa de higiene pessoal (sabonete, shampoo, dentífrico, escova de dentes, pente ou escova de cabelo, creme hidratante-protetor solar, baton para o cieiro) -Toalha de banho -Medicamentos de utilização pessoal e habitual -Lanterna portátil.

Todos dormirão em tendas, que apresentam capacidades para 2, 3, 4 pessoas, no entanto, os mais pequenos dormirão sempre acompanhados por um adulto. A alimentação será a habitual para situações de emergência, mas muito apoiada em cozidos e grelhados. A ANAFS garantirá o apoio de qualquer item que não seja disponível aos participantes, devendo ser informada de qualquer limitação alimentar que os participantes apresentem e podendo garantir extraordinariamente o transporte entre Lisboa e Ourém, a quem atempadamente o solicitar.

A apresentação dos participantes deverá realizar-se a partir de 291700JUN16, afim de todos beneficiarem das atividades que se desenvolverão desde a manhã de 30JUN16. A ANAFS suportará a totalidade dos custos de estadia, incluindo seguros da operação, mas dentro da fragilidade da sua tesouraria terá de receber pequenas comparticipações dos participantes: -CRIANÇAS – 30€ - ADULTOS – 60€ (não Sócios)

Poderá também ser efetuada através da ficha de inscrição, a qual deverá ser preenchida e atempadamente enviada para anafsnacional@gmail.com, para o fax 216032115 ou ainda por correio para a morada da ANAFS.



publicado por Carlos Gomes às 19:14
link do post | favorito

Domingo, 12 de Junho de 2016
FOLCLORE E IDENTIDADE – NACIONALISMO E LIBERDADE

A preservação da identidade nacional constitui uma condição essencial da liberdade de um povo, melhor dizendo de uma nação enquanto comunidade estável, historicamente constituída por vontade própria, assente num território e fundada em valores coletivos e elementos culturais como a língua, os costumes, religião, tradições e, de uma maneira geral, todos os aspetos que enformam a consciência nacional.

18745002_32Edi (3).jpeg

Proveniente do latim natio, derivado de natus, o termo nação refere o sentimento de pertença a uma determinada comunidade de indivíduos unidos por laços históricos, assente numa identidade que remete para as suas origens étnicas.

Enquanto o termo nação identifica aqueles que são nascidos da mesma raiz, privilegiando o fator biológico e consequentemente o jus sanguinis na verificação da nacionalidade do indivíduo, o conceito de Pátria remete para uma noção de solo legado pelos antepassados, a terra paterna – do latim patrius, de pater – diretamente associado à ideia de país em relação ao qual um conjunto de indivíduos se encontra ligado por laços afetivos e culturais, ainda que não fazendo necessariamente parte da mesma comunidade nacional.

Por conseguinte, enquanto o nacionalismo advoga a defesa da identidade nacional de um povo como condição para a preservação da sua liberdade, o patriotismo exalta os valores que a prendem ao solo sagrado legado pelos seus antepassados e a sua obrigação de o transmitir aos vindouros. Ao invés do que tem vindo a ser propalado, nenhum dos conceitos em apreço – nacionalismo e patriotismo – tem a ver com atitudes exacerbadas de desconsideração e menosprezo em relação a outros povos ou atitudes reprováveis de rejeição de pessoas com identidades diferentes.

A identidade cultural de um povo é construída como um processo de auto-descrição, procurando através da unidade de elementos essenciais destacar a diferença em relação a outras culturas.

No que à definição dos elementos que definem essa identidade e o caráter de um povo dizem respeito encontram-se naturalmente as suas tradições mais genuínas, a cultura popular ou, para utilizarmos o neologismo que se vulgarizou, o seu folclore, traduzido na descrição da sabedoria popular e abrangendo os mais diversos aspetos da sua história não escrita como os contos e lendas, os provérbios e adivinhações, a religiosidade, a culinária e a medicina, o traje e o artesanato, os cantares e as danças, os jogos e as brincadeiras infantis.

Mais do que qualquer outra forma de opressão, é a aculturação e uniformização de hábitos e maneiras de pensar que caraterizam a sociedade capitalista, ávida de obtenção dos maiores proventos a qualquer custo, a principal ameaça à identidade dos povos e, consequentemente, à sua própria liberdade. Não admira, pois, a erosão provocada nas suas tradições mais genuínas, procurando apagar da sua memória o seu próprio passado.

À semelhança do que se verificou com os nacionalismos, também o interesse pelo folclore está intimamente associado à origem do Romantismo e aspiração dos povos oprimidos à sua emancipação política. É, pois, no folclore como fator de identidade cultural de um povo que assenta o ideário nacionalista como uma das condições da preservação da sua liberdade!

Fotos: José Carlos Vieira

Texto: Carlos Gomes

15599280_djSnu (4).jpeg

 



publicado por Carlos Gomes às 21:38
link do post | favorito

CASA DO MINHO REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE NA ALTA DE LISBOA

13346821_1072147416155300_3443943542160075932_n (6).jpg 

 



publicado por Carlos Gomes às 15:27
link do post | favorito

Sábado, 11 de Junho de 2016
BALDIOS VÃO TER NOVA LEI

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista deverá apresentar em breve no plenário da Assembleia da República um novo projeto de lei para regulamentar a gestão dos baldios.

O novo diploma que introduz alterações substanciais à anterior legislação, deverá contar com o apoio das restantes bancadas da maioria parlamentar pelo que deverá ser aprovado.



publicado por Carlos Gomes às 20:52
link do post | favorito

Sexta-feira, 10 de Junho de 2016
YOLANDA SOARES: VIDEOCLIP “O NOSSO POVO” TEM ESTREIA NO DIA DE PORTUGAL

“O Nosso Povo”, tema de Carlos Paião é o videoclip do single de avanço do novo álbum de Yolanda Soares que estreia a 10 de Junho - Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

unnamed (3).jpg

Depois de 3 anos de inspiração, trabalho e muita convicção, e após 5 anos sem lançar um novo álbum, eis que estreia agora a "obra" que a cantora crossover Yolanda Soares considera a mais lusitana, madura, sedutora e romântica das suas produções. Com artistas convidados, nacionais e internacionais, de grande nível, o novo álbum “Royal Fado” promete "coroar" Portugal .

O primeiro single “O Nosso Povo”, juntamente com o videoclip, pode ser visto  e estreia no Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades, por todas as características inerentes ao mesmo.

“O Nosso Povo” de Carlos Paião é o single do novo CD “Royal Fado” da cantora Yolanda Soares cuja edição está agendada para Setembro, e cujo videoclip é agora apresentado.

O single deste CD “O Nosso Povo, um Fado que Carlos Paião compôs para Amália, e que Amália chegou a gravar, não teve no entanto a visibilidade de outros temas/fados, mas é na opinião de Yolanda Soares um dos Fados mais bonitos, com uma letra romântica e de grande carga lusitana. Razão pela qual a cantora crossover Yolanda Soares se sentiu imediatamente impelida a gravá-lo considerando-o o tema ideal para o conceito que quer transmitir deste CD “Royal Fado” e por expressar um sentimento tão actual face ao panorama nacional e europeu. Neste tema sente-se exactamente a alma de um povo em que a letra espelha, quase que, o ser português  na sua plenitude, que inclui o lirismo de Camões, o romantismo dos poetas, a bravura, a tradição, e a esperança de uma personalidade lusitana única.

O videoclip deste single é uma autêntica surpresa, e Yolanda Soares queria que fosse  muito especial por todo o conceito e por ser o seu primeiro videoclip, apesar de já ter no seu historial dois CDs editados. Foi gravado numa das mais bonitas bibliotecas do mundo, a  Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra. Uma autêntica obra de arte arquitectónica e referencial  que Yolanda considerou ideal para retratar este trabalho. Quando num só espaço se reúnem um tesouro literário de valor incalculável e a opulência da arquitectura e das artes do início do século XVIII, o resultado é uma das mais espectaculares e originais bibliotecas barrocas europeias. No cofre da Biblioteca Joanina encontram-se exemplares de extrema raridade, como uma primeira edição dos Lusíadas.

Com isto, Yolanda quer enfatizar a escrita, a poesia, e toda a riqueza e sabedoria de um povo com inclinação natural, e um poder quase único de conseguir colocar em palavras sentimentos tão difíceis de caracterizar. A sabedoria e “idoneidade” da cultura lusa distingue-nos como povo e, embora amordaçado em determinada altura, e sempre, de alguma forma privado da sua verdadeira liberdade, nunca deixa de ser distinto e quase que “abençoado” por um talento natural de ser brilhante em inúmeros feitos. Um deles, na palavra escrita.

Este single é o inicio de uma descoberta e obra única que o público poderá ter acesso já a partir de Setembro do ano de 2016.

Por tudo o que foi referido, Yolanda Soares escolheu o dia 10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, para partilhar o video “O Nosso Povo”, e o single com o mesmo nome, do próximo álbum intitulado ”Royal Fado”.

https://www.youtube.com/watch?v=B3-EZpZ3EYQ

FICHA TÉCNICA DO VIDEOCLIP " O NOSSO POVO" DO ÁLBUM “ROYAL FADO” DE YOLANDA SOARES

Produção: By the Music produções

Produção executiva : Yolanda Soares

Argumento e realização: Yolanda Soares

Guitarra Portuguesa : Custódio Castelo

Bailarino : Pedro Borralho

Maquilhagem: Tatiana Cruz

Hairstylist : Tânia Di Sousa

Assistente de produção: Ademar Alves

Tuna: Francisca Maria da Cruz, Ana Margarida Santos, José Alves, Eulalia Patricia , Fábio Maia,Beatriz Ribeiro, Raianne Dias, Tiago Miguel Soares, Domingos Lopes, João Pedro Coelho, Maria Inês Dias, Nuno Duarte, Samantha Mangieri.

Técnica Superior da Reitoria  da Universidade de Coimbra  - Cultura e Comunicação : Maria Teresa A.  Baptista

Técnico Superior da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra : Carlos Alberto Gonçalves

Produção de Vídeo:

Câmeras: André Gomes e Jaime Gonçalves

Operação de Grua: André Gomes

Edição e pós produção: Rui Portela e Jaime Gonçalves

Coordenação: Jaime Gonçalves

Making of:

Câmeras: Victor Gomes e Tiago Gomes

Edição e Pós Produção: Tiago Gomes

Guarda roupa do bailarino: Maria Gonzaga

Yolanda Soares vestida por Susana Agostinho

Agradecimentos:

À Universidade de Coimbra

Clara Almeida Santos  -  Vice reitora da Cultura e Comunicação da Universidade de Coimbra

José Augusto Bernardes – Director da  Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra

Ao Dr. Diogo Cabrita



publicado por Carlos Gomes às 09:57
link do post | favorito

Quinta-feira, 9 de Junho de 2016
ALTA DE LISBOA VAI TER FESTIVAL DE FOLCLORE

13346821_1072147416155300_3443943542160075932_n (3).jpg

 



publicado por Carlos Gomes às 23:56
link do post | favorito

PRESIDENTE DA REPÚBLICA VISITA EXPOSIÇÃO DE MEIOS MILITARES DAS FORÇAS ARMADAS NA RIBEIRA DAS NAUS E PRAÇA DO COMÉRCIO

O Presidente da República, Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, visitou hoje a exposição que se encontra patente até amanhã no Terreiro do Paço e na Ribeira das Naus, e que se destina a mostrar ao público as capacidades e meios militares dos três ramos das Forças Armadas Portuguesas.

13319771_1114054695304865_5062096293383857539_n.jpg

 Esta iniciativa inclui nomeadamente tendas de campanha, carros de combate, aeronaves, lanchas, robôs para inativação de explosivos, demonstrações com a participação de “cães de guerra” e ainda “batismos de mergulho” e a atuação da Orquestra Ligeira do Exército e de várias bandas militares.

Estas atividades são parte integrante das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas que se assinala amanhã no Terreiro do Paço com uma cerimónia militar, após a qual o Chefe de estado partirá para França a fim de presidir em Paris às comemorações oficiais do dia 10 de Junho.

A demonstração de capacidades e meios foi oficialmente inaugurada pelo chefe de Estado-Maior-General das Forças Armadas, acompanhado pelos chefes do Estado-Maior dos três ramos das Forças Armadas, e pelo presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina.

Fotos: Manuel Santos

13432316_1114053668638301_3628574906170760527_n.jpg

13240007_1114077725302562_8839320302898609480_n (1).jpg

13339487_1114053975304937_3264722869860565485_n (1).jpg

13343068_1114077988635869_4057722275710228960_n (1).jpg

13343085_1114078018635866_338895090541073863_n (1).jpg

13346906_1114078548635813_1389034727335611375_n (1).jpg

13419005_1114077975302537_2438367086566810276_n (1).jpg

13423798_1114077958635872_1331203348747011976_n (1).jpg

13423889_1114078531969148_7878206887472374740_n (1).jpg

13428430_1114054421971559_3067837951938841513_n (1).jpg

13434798_1114077681969233_2141617258134201094_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 23:11
link do post | favorito

Quarta-feira, 8 de Junho de 2016
COMBOIOS DA LINHA DE SINTRA NÃO OFERECEM SEGURANÇA AOS PASSAGEIROS: BANDO DE DELINQUENTES AGRIDE VIOLENTAMENTE REVISOR DA CP

Reunião de urgência após agressão a revisor: CP pediu reunião com a PSP para tomar medidas de segurança.

O conselho de administração da CP - Comboios de Portugal pediu esta quarta-feira uma audiência, com caráter de urgência, ao Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, para que sejam tomadas medidas que salvaguardem a segurança de clientes e funcionários.

A decisão surge após a administração ter tido conhecimento, "com muita preocupação", de uma agressão a um revisor da empresa, com cerca de 40 anos e em exercício de funções, alegadamente cometida por um grupo de cerca de três dezenas de jovens, ao início da noite de terça-feira, na Damaia, Amadora.

"Esta agressão revestiu-se de particular gravidade, pela sua dimensão e violência, tendo este trabalhador da CP sido assistido por uma equipa do INEM no local e, posteriormente, no hospital.

A CP continua a acompanhar a evolução deste caso, prestando ao trabalhador em causa a assistência necessária", explica a empresa, em comunicado.

Face a "este caso extremo", a administração da CP informa que já solicitou uma audiência ao Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, "com caráter de urgência, para que sejam tomadas as medidas adequadas, que possam garantir a segurança de clientes e funcionários da CP a bordo dos seus comboios".

Os serviços urbanos da CP em Lisboa asseguram anualmente o transporte de mais de 75 milhões de passageiros, sendo que, no período de verão se registam picos de procura. Contactado pela agência Lusa, o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP confirma a receção do pedido para a reunião.

Reforço do policiamento

O Cometlis anunciou que reforçou hoje o policiamento junto às praias, principalmente da Linha de Cascais, assim como nos transportes públicos, nomeadamente nos comboios que circulam nas Linhas de Cascais e Sintra. Este reforço de policiamento será "mais efetivo e acentuado" a partir da próxima semana, quando terá início a operação "Verão Seguro".

Em relação às agressões ao revisor, o Cometlis diz que continuam as investigações, com a inquirição de testemunhas e a visualização das imagens gravadas no interior do comboio, acrescentando que, até ao momento, "não há suspeitos identificados".

Luís Bravo, do Sindicato Ferroviário da Revisão e Comercial Itinerante (SFRCI), relatou à Lusa que a vítima teve alta do Hospital Amadora/Sintra por volta das 02h00, e está em casa de baixa médica a recuperar "da agressão violenta que envolveu pontapés e murros na cara".

O dirigente sindical contou que o episódio de violência aconteceu pelas 20:30, quando o revisor tentou proteger os passageiros e interveio no sentido de parar os desacatos que o grupo de 20/30 jovens estaria a provocar junto das pessoas que estavam no comboio.

Segundo Luís Bravo, parte deste grupo saiu na estação da Damaia, enquanto os restantes seguiram noutro comboio em direção a Rio de Mouro, na Linha de Sintra, "onde continuaram a provocar mais desacatos".

O sindicalista disse que estas situações são mais recorrentes no período das férias escolares, e anuncia que a direção deste sindicato vai pedir um reforço policial. "O SFRCI vai usar todos os meios ao seu dispor, para que o comando da PSP decida o mais rapidamente possível pela colocação do Corpo de Intervenção nas estações e comboios na zona urbana de Lisboa, pois o clima de impunidade não pode prevalecer perante criminosos que põem em causa a segurança de trabalhadores e clientes da CP", alertou Luís Bravo.

Fonte: Lusa



publicado por Carlos Gomes às 21:17
link do post | favorito

BUONDI APOIA INSTITUTO DOS SOCORROS A NÁUFRAGOS A SALVAR VIDAS

Parceria entre a Nestlé Portugal e a DGAM

A Nestlé Portugal assinou no dia 7 de junho, na sede do Instituto de Socorros a Náufragos, o Memorando de Entendimento com a Direção Geral da Autoridade Marítima (DGAM), através do Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), que tem por objetivo a implementação do projeto da marca portuguesa de cafés torrados, BUONDI, denominado “Expressa-te em Segurança”.

4Q2B9568.JPG

O evento de assinatura do protocolo contou com a presença do Diretor-Geral da Autoridade Marítima, Vice-Almirante António Silva Ribeiro, e do Diretor da Unidade de Fora do Lar da Nestlé, Vitor Manuel Martins.

A parceria entre a DGAM e a Nestlé Portugal visa apoiar o ISN com ações de sensibilização e atividades inovadoras que prometem alertar e sensibilizar as pessoas para os cuidados que devem ter e, desse modo, ajudar a salvar vidas.

Para Victor Manuel Martins, responsável da Nestlé, “este é um projeto que faz todo o sentido para BUONDI – marca que está desde sempre ligada não só ao surf como também às praias portuguesas e que assim vai ajudar a proporcionar um verão mais seguro a quem quer aproveitar a praia, o calor e as ondas de forma intensa”.

De entre as inúmeras atividades previstas no âmbito deste protocolo, de destacar os novos postos de vigia/cadeiras dos nadadores salvadores, autênticos safespots, que vão proporcionar melhores condições a estes profissionais – como, por exemplo, maior visibilidade - o que naturalmente reforçará a segurança na praia.

No âmbito desta parceria, BUONDI vai ainda ajudar a divulgar as regras básicas de segurança na praia e comportamentos a ter dentro de água em situações de perigo, através de campanhas de sensibilização a decorrerem em época balnear durante a vigência do presente memorando de entendimento que se celebra por 3 anos.

Como refere o Vice-Almirante António Silva Ribeiro, Diretor-Geral da Autoridade Marítima, “as campanhas de sensibilização são essenciais, porque nunca podemos esquecer que a segurança é feita essencialmente na prevenção. Por isso todos os novos formatos e suportes que possamos ter, que nos permitam chegar a cada vez mais pessoas e de formas diferenciadoras constituem uma mais-valia”.

4Q2B9573 (3).JPG

4Q2B9580 (2).JPG 

 

 

 

 



publicado por Carlos Gomes às 11:14
link do post | favorito

PAN PROPÕE MEDIDA PARA DOAÇÃO NACIONAL DE GÉNEROS ALIMENTARES
  • Concretiza medidas e aprofunda legislação que possibilite a doação de géneros alimentares para fins de solidariedade social
  • Projeto de Lei pretende combater a fome e evitar o desperdício de bens alimentares em Portugal
  • Concede benefícios fiscais às empresas que remetam o excedente de alimentos para as instituições recetoras

Há semelhança do que aconteceu em França e Itália o PAN –  Pessoas-Animais-Natureza  –  avança esta semana com uma iniciativa legislativa que pretende evitar o desperdício de comida, facilitando a doação de alimentos provenientes de supermercados e hipermercados para os mais necessitados.

O Projeto de Lei do PAN que “Estabelece o regime legal aplicável à doação de géneros alimentares, para fins de solidariedade social, por forma a combater a fome e o desperdício alimentar em Portugal” pretende concretizar medidas e aprofundar legislação que possibilite a doação de bens alimentares excedentes e a sua redistribuição para fins de solidariedade social.

O paradigma vigente de produção e consumo exacerbado de recursos, sejam eles de origem mineral, vegetal ou animal, baseado no mito de crescimento infinito sem ter em conta conceitos como a economia circular ou o ciclo de regeneração da natureza - que se alicerçam numa gestão mais sensata e equilibrada dos recursos -, tem levado, entre outros fatores, a inúmeras disparidades no acesso e na distribuição de bens alimentares.

Segundo o estudo “Do Campo ao Garfo”, do Projeto de Estudo e Reflexão sobre o Desperdício Alimentar - PERDA (2012), em Portugal, por ano, um milhão de toneladas de alimentos são desperdiçadas, das quais cerca de 250 mil toneladas são perdidas na fase de distribuição e do consumo final. O estudo alerta ainda para o facto de que, em Portugal, a média das perdas e do desperdício alimentar em todos os setores – produção, transformação, distribuição - representa 97kg por habitante por ano.

Reforçando os dados científicos internacionais e o desígnio nacional de várias entidades, a Assembleia da República aprovou uma resolução n.º 65/2015 com vista a “Combater o desperdício alimentar para promover uma gestão eficiente dos alimentos” com 15 recomendações ao governo, declarando o ano de 2016 como o ano nacional do combate ao desperdício alimentar.

Deste modo e acompanhando a vontade social de combater a fome e reduzir o desperdício de comida, que outros países europeus, como a Itália e a França, já concretizaram, o PAN considera o momento oportuno para, conjuntamente com todos os atores políticos e sociais, materializar uma proposta que efetive e legisle a doação e redistribuição de bens alimentares em Portugal.

Posto isto, o PAN vem propor a regulamentação da doação de bens alimentares excedentes e a sua redistribuição para fins de solidariedade social, pelas superfícies comerciais superiores a 400m2 (super e hipermercados) a instituições recetoras devidamente identificadas que depois os distribuam por pessoas com comprovada carência económica; vem também conceder benefícios fiscais às empresas dos setores primário, secundário e terciário que remetam o excedente de alimentos ainda próprios para consumo para as instituições recetoras; para além disso, defende uma aposta na formação e sensibilização social de todos os intervenientes que operam na cadeia e gestão dos géneros alimentares.

“Estamos convencidos que as empresas do sector agro-alimentar irão apoiar esta iniciativa pois terão mais um instrumento para valorizar as suas políticas e estratégias de Responsabilidade Social”, realça André Silva, deputado do PAN.



publicado por Carlos Gomes às 11:04
link do post | favorito

Terça-feira, 7 de Junho de 2016
FESTIVAL MARÉS VIVAS: PAN DENUNCIA DESTRUIÇÃO AMBIENTAL NO VALE DE SÃO PAIO JUNTO AO RIO DOURO

O PAN fez ontem denúncia ao Ministério Público da Comarca do Porto relativamente às várias "operações de limpeza" realizadas alegadamente à margem das leis no Vale de São Paio, cujos terrenos são contíguos à Reserva Natural Local do Estuário do Douro (RNLED).

Segundo chegou ao conhecimento do partido estas operações surgiram no seguimento do anúncio da realização do festival MEO Marés Vivas no limite Sul/Ponte da RNLED, tendo continuado mesmo após a entrada de duas providências cautelares iniciadas pela Quercus e após ter sido anunciado o regresso do festival à sua localização habitual. O partido enviou para o Ministério Público todas as provas em seu poder que revelam o impacto devastador que aquelas limpezas tiveram, cabendo agora a este apurar se existe ou não prática de crime ambiental por parte da empresa SUMA e/ou da Câmara Municipal.

Nesta Reserva estão identificadas cerca de 225 espécies de aves e inúmeras outras de fauna e flora. Devido à sua proximidade com a RNLED e por ali se encontrarem reunidas ótimas condições de sobrevivência, o Vale de São Paio serve de habitat a uma importante população de Lagartos de Água e de refúgio a inúmeras espécies de aves.

"Nas diversas reuniões realizadas com os vários Movimentos Cívicos, o Presidente da Câmara foi alertado para o perigo e marginalidade destas ações", explica Bebiana Cunha, Comissária Política Nacional e Porta-voz do PAN.

O partido recordou ainda que destruir ou deteriorar significativamente um habitat natural causando perdas em espécies protegidas da fauna ou da flora selvagens ou em número significativo é crime pelo que os factos relatados, a serem verdade, podem levar à aplicação de uma pena de prisão que vai até 5 anos.

"É imperativo identificar os responsáveis já que os danos são significativos e irreparáveis. Para além dos animais e espécies protegidas como o Lagarto de Água, cuja recuperação será difícil ou mesmo impossível, a própria flora - nomeadamente as árvores abatidas e destruídas - não poderá ser reparada a curto ou médio prazo", conclui Bebiana Cunha.

O PAN denuncia assim mais um caso em que os interesses económicos foram priorizados em detrimento dos interesses ambientais, alertando uma vez mais para a importância de uma abordagem reflexiva e crítica da imprescindibilidade das políticas ecológicas integradas e do papel das próprias autarquias na preservação dos recursos e reservas naturais.



publicado por Carlos Gomes às 22:21
link do post | favorito

CONVENTO DOS CARDAES RECEBE SESSÃO DE FADOS

unnamed.png

 


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 22:16
link do post | favorito

MUSEU BORDALO PINHEIRO EXPÕE "AS SARDINHAS DO POVO"

Sardinhas do Povo, amanhã, 4a feira, no Museu Bordalo Pinheiro.

SARDINHAS DO POVO. lançamento da edição

A Contraprova - Atelier de Gravura e o Museu Bordalo Pinheiro têm o prazer de vos convidar para o lançamento da edição "Sardinhas do Povo", na quarta-feira, 8 de Junho, às 19h. A exposição estará patente no Museu Bordalo Pinheiro até ao dia 22 de Junho.

Artistas participantes desta edição:

Alexandre Jorge

Ana Neto

Artur Madeira

Cristiana Fernandes

Daniela Crespi

Diogo de Calle

Joanna Latka

Luís Fernandes

Marcela Manso

Paula Almozara

Renata Bueno

Ricardo Campos

Sofia Morais

Susana Romão

BLOG_sardinhaspovo.jpg



publicado por Carlos Gomes às 22:13
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

LOURES VAI OUVIR CANTARES...

MINHOTOS EM LOURES FAZEM ...

PROF. DOUTOR DANIEL CAFÉ,...

MUSEU BORDALO PINHEIRO IN...

“WASTE” – NOVO SINGLE, N...

"OS ARRUFARTE" RUFAM OS B...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

FEIRA DAS MERCÊS ABRE HOJ...

FOLCLORISTAS DEBATEM EM O...

BORDALO PINHEIRO VAI AMAN...

CAFÉ REPUBLICA – ESTREIA ...

ASSOCIAÇÃO DE PROTECÇÃO &...

PAN QUER IDENTIFICAÇÃO DO...

CASA CERVEIRENSE EM LISBO...

PENAFIEL DANÇA NO FOLKLOU...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

FEIRA INTERNACIONAL DE LI...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

A IDENTIDADE DE UM POVO E...

PENAFIEL DANÇA NO FOLKLOU...

RANCHO FOLCLÓRICO DE LOUS...

LISBOA RECEBE A PARTIR DE...

FOLCLORE DE INVERNO AQUEC...

NEM PENSE EM DUVIDAR TOUR...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

PORTUGUESES PROTESTAM CON...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

GOESES EM LISBOA COMEMORA...

KIT EDITAM EP “SÓ METADE”...

GRUPO DE PIFARADAS E GAIT...

GRUPO DE DANÇAS E CANTARE...

DEPUTADO DO PAN DESLOCA-S...

SARGACEIROS DA CASA DO PO...

GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MI...

MINHOTOS EM SINTRA REALIZ...

RÁDIO DO FOLCLORE PORTUGU...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

MINHOTOS RUMAM A LOURES P...

GOVERNO ALARGA PERÍODO CR...

SARGACEIROS DA APÚLIA DAN...

CERVEIRENSES EM LISBOA JU...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

PROF. DOUTOR MANUEL ANTUN...

中国社会需要"舞狮子"到 FOLKLOURES 的...

COMUNIDADE CHINESA LEVA A...

“NEM PENSE EM DUVIDAR TOU...

RESTAURANTES VIRAM "CASAS...

SOPA D’ALMA APRESENTAM EP...

GOVERNO ESPANHOL DEVE RES...

TURISMO LANÇA CAMPANHA PE...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds