Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Segunda-feira, 7 de Agosto de 2017
PAN QUESTIONA MINISTÉRIO DA SAÚDE SOBRE A DEMORA NA DECISÃO DA COMPARTICIPAÇÃO DOS NOVOS MEDICAMENTOS PARA VIH/SIDA

·         Novos medicamentos a aguardar decisão não despoletam, alegadamente, efeitos secundários significativamente adversos

·         Esta substituição integraria os parâmetros terapêuticos internacionais

·         Em Espanha já são comparticipados há mais de um ano

·         Em Portugal, o pedido de comparticipação foi efetivado há mais de um ano

·        ​Especialistas defendem que a comparticipação representaria uma poupança anual para o Serviço Nacional de Saúde de cerca de 24 milhões de euros

O PAN – Pessoas-Animais-Natureza questionou hoje o ministério da saúde acerca da demora na decisão acerca da comparticipação por parte do Estado dos novos medicamentos para VIH/SIDA.

De acordo com a informação veiculada recentemente por um órgão de comunicação social existem três medicamentos indicados para o tratamento da infeção pelo VIH/SIDA a aguardar por decisão de comparticipação por parte do Estado. Os medicamentos em causa apresentam em comum a substância tenofovir alafenamide, (TAF), sendo que estes são aptos a substituir um outro medicamento da mesma família terapêutica - o Tenofovir Disoproxil Fumarate (TDF). A questão relevante prende-se com o facto de o produto inovador sucedâneo não despoletar efeitos secundários significativamente adversos (especialmente a nível renal e ósseo) ao contrário que acontece com o medicamento que está a ser utilizado.

Os novos medicamentos, caso passem a ser comparticipados apresentarão o condão de substituir a medicação atualmente ministrada a milhares de doentes, mantendo o mesmo esquema posológico assente numa toma única diária mas que incrementa um nível superior de adesão à terapêutica por parte dos doentes, afigurando-se este como um elemento indispensável ao sucesso do tratamento desta infeção.

A substituição aflorada integra os parâmetros terapêuticos internacionais em toda a Europa Ocidental e em alguns países da Europa de Leste, onde, por norma, este tipo de inovações é mais tardiamente implementada – a título de exemplo, em Espanha, estes medicamentos já são comparticipados há mais de um ano, enquanto em Portugal, o pedido de comparticipação foi efetivado há mais de um ano, ainda aguardando decisão do Ministério da Saúde.

A presente delonga na decisão de comparticipação carece de compreensão, até porque especialistas defendem que a comparticipação destes medicamentos reduziria em 10% a fatura global do Serviço Nacional de Saúde com antirretrovirais, o que desembocaria numa poupança anual de cerca de 24 milhões de euros.

Face a uma alegada conjuntura tão vantajosa o PAN ficará a aguardar a resposta deste Ministério sobre a razão pela qual ainda não foi aprovada a comparticipação por parte do Estado destes medicamentos.



publicado por Carlos Gomes às 12:12
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

MAZGANI ANUNCIA PRIMEIRAS...

RANCHO FOLCLÓRICO DA CASA...

LOURES VAI OUVIR CANTARES...

CASCAIS: VILAÇA INTERIORE...

REVISTA DE MARINHA COMEMO...

GRUPO DANÇAS E CANTARES A...

MUSEU BORDALO PINHEIRO IN...

MINHOTOS RUMAM A LOURES P...

MINHOTOS EM LISBOA CANTAM...

PARABÉNS, MARINHA PORTUGU...

NÃO KAHLO!

NATAL NO METRO DE LISBOA ...

GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MI...

METROPOLITANO DE LISBOA A...

ALMOÇO DE NATAL JUNTA EM ...

MINHOTOS RUMAM A LOURES P...

RUI AGUILAR CERQUEIRA VAI...

METRO DE LISBOA ACOLHE O ...

“FIREFLIES” - O AMOR SEGU...

STEVE TILSTON ATUA AO VIV...

ALMADA REALIZA MERCADO DE...

JOSÉ RIBEIRO E CASTRO FOI...

CGTP DEFENDE REFORMA AOS ...

PAN QUER TRANSFORMAR CANT...

DISCURSO DO COORDENADOR-G...

PAI NATAL PERCORRE LISBOA...

CONGRESSO DO BOMBO REÚNE ...

MINHOTOS EM LOURES CANTAM...

ALFRAGIDE FOI AOS FADOS

BANDAS DE MÚSICA DE TODO ...

BANDAS FILARMÓNICAS DE TO...

PAULO DUQUE É O NOVO PRES...

MÄBU MARCAM ESTREIA EM PO...

COMUNICADO DO PAN SOBRE O...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

MOVIMENTO 1º DE DEZEMBRO ...

PAN NÃO QUER CIRCO COM AN...

SINTRA: NAS MERCÊS CONTIN...

PAN LEVA A DEBATE NO PARL...

COCA-COLA ASSINALA 40 ANO...

MOVIMENTO 1º DE DEZEMBRO ...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

PAN VOTA FAVORAVELMENTE O...

LOURES VIRA CAPITAL DO FO...

MINHOTOS RUMAM A LOURES P...

PONTE DE LIMA LEVA A LOUR...

RUI AGUILAR CERQUEIRA VAI...

SARGENTO APRESENTA-SE CO...

PAN ESTÁ PREOCUPADO COM N...

FESTIVAL DA MÁSCARA IBÉRI...

arquivos

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds