Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Sexta-feira, 8 de Setembro de 2017
CANDIDATOS À CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA DEBATEM "PROTECÇÃO E BEM-ESTAR ANIMAL"

A Associação “Animais de Rua” promove em Lisboa o debate “Protecção e Bem-Estar Animal” a ter lugar no próximo dia 15 de Setembro (sexta-feira), às 18 horas, no Centro de Informação Urbana de Lisboa (ao Picoas Plaza).

O debate será moderado pela directora-geral da “Animais de Rua”, Maria Pinto Teixeira, e tem já confirmadas as presenças dos seguintes candidatos à Câmara Municipal de Lisboa:

- BE: Ricardo Robles

- CDU: Carlos Moura

- PAN: Inês Sousa Real

- PS: Duarte Cordeiro

- PSD: João Pedro Costa

ConviteDebate copy 2



publicado por Carlos Gomes às 23:35
link do post | favorito

ARGANILENSES TRAZEM FOLCLORE AO CORAÇÃO DE LISBOA

36938066281_7e5460057a_b



publicado por Carlos Gomes às 23:19
link do post | favorito

SAIBA COMO CHEGAR À QUINTA DE FERNANDARES EM LOURES ONDE SE VAI REALIZAR A FESTA DO VINHO

Em Bucelas há uma rotunda com um barril. Aí voltar a esquerda e seguir em frente até encontrar uma placa que está á esquerda indicando Santiago dos Velhos para a direita. Seguir 6 Km, e encontrará para a direita A-DO-MOURÂO. Sobe 150m, volta novamente para a direita e a quinta está ali a cerca de 200 metros. Estão colocados cartazes a indicar o local desde Bucelas até ao local onde se vai realizar à Quinta de Fernandares onde se realiza a Festa do Vinho.

36891247376_0ed3418b0e_b



publicado por Carlos Gomes às 20:11
link do post | favorito

BANDAS FILARMÓNICAS PEREGRINAM A FÁTIMA

Santuário de Fátima acolhe 1750 músicos em Peregrinação Jubilar das Bandas Filarmónicas. Iniciativa inserida nas celebrações do Centenário das Aparições vai encher Cova da Iria de música

O Santuário de Fátima acolhe no próximo dia 16 de setembro, a Peregrinação Jubilar das Bandas Filarmónicas. A iniciativa inserida nas celebrações do Centenário das Aparições de Fátima, vai trazer cerca de 40 bandas filarmónicas com 1750 músicos à Cova da Iria. Estas quatro dezenas de bandas são oriundas de 16 dioceses de Portugal.

unnamed

Em declarações à Sala de Imprensa do Santuário de Fátima, o Pe. Joaquim Ganhão, coordenador da peregrinação, desafia todos os peregrinos a “virem cantar as maravilhas de Deus”, neste ano que tem sido vivido com um “grande Magnificat”.

“As bandas filarmónicas têm no nosso país uma missão e um lugar muito significativo de missão com a Igreja e sobretudo com a piedade mariana. Muitas das festas que de norte a sul acontecem são festas dedicadas a Nossa Senhora e muitas dessas bandas participam nessas procissões e ainda tocam nas igrejas e missas”, explicou o Pe. Joaquim Ganhão.

Segundo o coordenador, “será um dia atípico naquilo que é a normal vivência do Santuário de Fátima, o que mostra o interesse e a atenção para com esta peregrinação”.

Este dia dividir-se-á em dois momentos: a manhã dedicada aos desfiles e saudações individuais, e a tarde dedicada à eucaristia no Recinto de Oração.  

No período da manhã, os desfiles iniciarão fora do Santuário, em dois pontos distintos, dos quais partirão as bandas em direção ao Santuário: Rotunda da Rodoviária Nacional e Rotunda de Santo António, a norte e a sul do Santuário, respetivamente.

“Esta iniciativa vai encher a cidade de música ao longo de toda a manhã, expressão de que este Centenário tem sido vivido em festa, não só em Fátima, mas na Igreja e no Santuário. Um dos objetivos era levar a expressão sonora além dos limites do Santuário”, disse o Pe. Joaquim Ganhão.

O Parque nº 12, com localização centralizada relativamente aos dois pontos referidos, estará reservado aos autocarros e viaturas que transportem intervenientes na peregrinação. Partindo do parque nº 12, as bandas deslocar-se-ão, a pé, até aos pontos de partida dos desfiles.

Os desfiles culminarão na Capelinha das Aparições, onde cada banda fará a sua saudação individual.

Às 12:00 haverá uma saudação conjunta na Capelinha das Aparições, com três músicas: “Bendizemos o teu nome”; “Sobre os braços da Azinheira” e o refrão do “Hino do Centenário”.

Após o tempo livre para almoço decorrerá a eucaristia, às 15:00, no Recinto de Oração. As bandas acompanharão musicalmente durante a missa apenas a procissão de entrada e de saída da Imagem de Nossa Senhora.

Vão integrar a procissão de entrada e a procissão final cerca de 160 músicos, de todas as 40 bandas presentes.  

Durante a celebração vai soar a marcha “Fátima”, da autoria do Capitão Amílcar Morais, em estreia por esta ocasião. Segundo a nota do autor “esta mar­a solene escrita para banda filarmónica é uma composição musical com propositada abordagem ao modo dórico, linguagem musical gregoriana que faz parte da essência do canto monódico da liturgia da Igreja”.

“A mensagem de Fátima traz não só a mensagem da alegria e convite à conversão, mas é também um desafio da fé vivida e testemunhada. A música ajuda a testemunhar isso mesmo, por ser um veículo privilegiado, vejamos a experiencia do Francisco com a sua flauta e mesmo a Bíblia convida a louvar o Senhor ao som da música”, conclui o coordenador.

Para o Pe. Vitor Coutinho, Coordenador da Comissão Organizadora do Centenário das Aparições de Fátima, “pareceu ao Santuário de Fátima que seria significativo convidar para uma peregrinação jubilar todas as bandas filarmónicas do nosso País. As bandas filarmónicas são instituições com uma história exemplar de serviço à comunidade, de ensino da música e de participação na vida de muitas paróquias, nomeadamente nas festas e celebrações religiosas”.

“O programa inclui, para além das celebrações litúrgicas, um momento único de congregação de bandas filarmónicas, no local onde há 100 anos a Virgem Maria apareceu aos Pastorinhos, com o propósito de louvar o Senhor”, reitera o Pe. Vitor Coutinho.

Recorde-se que no passado dia 17 de junho, o Santuário de Fátima convidou os coros litúrgicos a uma peregrinação jubilar onde foi estreada a obra «Magnificat», do compositor Fernando Lapa, no âmbito da celebração do Centenário das Aparições de Nossa Senhora. 



publicado por Carlos Gomes às 19:03
link do post | favorito

MINHOTOS EM LOURES PISAM AS UVAS AO SOM DA CONCERTINA E RUFAR DO BOMBO

36891247376_0ed3418b0e_b



publicado por Carlos Gomes às 03:49
link do post | favorito

PEOPLE4SOIL ÚLTIMA CHAMADA - TEMOS UMA SEMANA PARA CONSEGUIR UMA LEGISLAÇÃO AMIGA DOS SOLOS

UM MILHÃO DE ASSINATURAS PELA PROTEÇÃO DOS SOLOS

Obter um milhão de assinaturas para parar a ocupação e degradação do solo, é o objetivo da Iniciativa de Cidadania Europeia (ICE)

Twitter_page_PT (1)

"People4Soil", que foi lançada em Setembro do ano passado e que termina no próximo dia 12 de Setembro.

O Porquê de uma legislação que proteja os solos europeus? É evidente a falta de políticas europeias e regulamentos nacionais que garantam uma proteção adequada dos solos. É também evidente o fracasso das instituições europeias na adopção e implementação de uma verdadeira política de solos, que dê garantias da proteção dos solos para as gerações vindouras.

Temos uma semana. Podemos, com as nossas assinaturas, ser capazes de trazer o solo de volta à agenda política europeia!

QUAL A IMPORTÂNCIA DO SOLO?

Construção, impermeabilização, erosão, diminuição do teor de matéria orgânica, perda de biodiversidade e contaminação estão a afetar a quantidade e qualidade do solo disponível para a sobrevivência humana.

O solo é alimento. A construção e a impermeabilização das terras na Europa são a maior ameaça para os solos férteis.

Todos os anos 1000 km2 de solo arável são cobertos por superfícies de betão e asfalto, o equivalente a cerca de 300 campos de futebol por dia.

O falhanço das instituições da UE na produção de regulamentos para a proteção e conservação dos solos é uma contradição muito embaraçosa para a União Europeia que, desde a sua fundação, prossegue o objetivo de promover e assegurar a segurança e soberania alimentares.

Hoje, milhões de hectares cultivados fora da Europa são explorados sob a forma de agricultura intensiva industrial para fornecer alimentos e forragem para o mercado europeu, muitas vezes com impactos ambientais e sociais profundos nas comunidades de agricultores locais.

O solo é o berço da biodiversidade terrestre. Além de fornecer um habitat para a biodiversidade abaixo do solo, é essencial para a sobrevivência da maioria das espécies à superfície acima do solo.

Hoje, a utilização dos solos para agricultura intensiva é uma das principais ameaças para os habitats e as espécies europeias, e estima-se que quase um terço da paisagem da Europa se encontre altamente fragmentada por edifícios e infra-estruturas.

O solo é saúde. A poluição do solo pode afetar fortemente a saúde humana, por via da contaminação dos alimentos que comemos e da água que bebemos.

Em toda a Europa quase 250.000 locais têm o solo contaminado e, apesar disso, a UE não tem qualquer programa de recuperação coerente e não tem regulamentação comum para evitar a poluição dos solos.

O solo é o nosso futuro. O solo é um elemento-chave do sistema climático, uma vez que capta enormes quantidades de carbono.

Os solos europeus contêm uma quantidade de carbono equivalente ao CO2 emitido pelos transportes, aquecimento, indústria e setor energético da Europa nos próximos 40 anos.

Solos saudáveis desempenham muitas funções essenciais na mitigação e adaptação aos efeitos das alterações climáticas, como inundações, ondas de calor e secas.

QUE DIFERENÇA PODE FAZER UMA ASSINATURA?

A Iniciativa de Cidadania Europeia (ICE), ferramenta de cidadania criada pelo Tratado de Lisboa, é um pedido formal à Comissão Europeia de legislar (neste caso em matéria de proteção do solo) reunidas, pelo menos, um milhão de assinaturas, por quotas em diferentes Estados Membros da UE

Esta ECI tem de ser apoiada por pelo menos um milhão de cidadãos e cidadãs maiores de idade da UE, em pelo menos 7 Estados Membros da UE. Cabe a Portugal recolher pelo menos 15.750 assinaturas. Os interessados podem assinar a ICE através do site oficial da campanha www.people4soil.eu

A QUERCUS A.N.C.N. é a organização coordenadora em Portugal da ICE People4Soil. Outras organizações envolvidas na rede e comprometidas com esta campanha são a AGROBIO – Associação Portuguesa de Agricultura Biológica, a COPADONORDESTE - Cooperativa de produtores agrícolas, LPN - Liga para a Protecção da Natureza, OIKOS - cooperação e desenvolvimento, SPCS - Sociedade Portuguesa de Ciência do Solo e ASSOCIAÇÃO TRANSCUDANIA - Associação para a Valorização do Património Histórico e Natural do Concelho do Sabugal, LEIRAS DO CARVALHAL - Movimento de Intervenção Ambiental, Organização NETrural alimentação saudável, Rota do Guadiana ADI, PROJECTO 270, CooLabora, CASA RURAL, LABORATÓRIO DA PAISAGEM (Instituto de Investigação), CMIA - Centro de Monitorização e Investigação Ambiental, AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SÁ DE MIRANDA, ORLADESIGN (Coletividade).



publicado por Carlos Gomes às 03:21
link do post | favorito

CAMARÁ E JOSÉ EDUARDO AGUALUSA JUNTOS EM “BONSAI”

Depois do fraterno “Há Braço” com que se estrearam junto do público português, é tempo de um novo capítulo na história dos Camará. O segundo single do projeto de Victor Cremasco e Raphael Amoroso dá pelo nome de “Bonsai”, aborda a força do tempo na arquitetura da vida e das canções. Para além de dar nome a este álbum, conta ainda com outra particularidade: tem a participação especial do premiado escritor angolano José Eduardo Agualusa.

Camará_Promo

Em “Bonsai” temos mais um melífluo pedaço de Música Popular Brasileira (MPB), faceta complementada com influências e sonoridades de outros pontos de globo, tornando este projeto verdadeiramente único. Para o mês de Outubro, antecipa-se uma digressão nacional com o condão da Music For All, que levará a dupla brasileira a estrear-se nos palcos europeus.

Conheçam as datas e locais da digressão:

06.09 | Espelho d’Água, Lisboa, 22h, 5€

07.09 | Auditório Carlos Paredes, Lisboa, 22h, 5€

Os Camará são um duo de MPB composto por Victor Cremasco (voz) e Raphael Amoroso (violão). Em 2012, a ilustração singela e minimalista de um barquinho sinalizava o zarpar dos Camará. Puros, simples e honesto, esse barquinho estampava a capa do primeiro disco, que nasceu à imagem e semelhança dos seus criadores.

Três anos depois, o barquinho dá lugar a um bonsai. A aventura do mar dá lugar à segurança da terra. A retidão da vela dá lugar às ramificações complexas e intermináveis da árvore em miniatura. Dois símbolos que, vistos em perspetiva, representam o processo de amadurecimento de Victor e Raphael nas suas letras, acordes e arranjos.

Neste novo álbum, a dupla navega por um mosaico de ritmos, entre a cadência dramática do samba “Gracias”, a elegância da bossa “O Homem, a Pedra e o Céu”, a delicadeza de “Valsa pra Lua”, o percurso sentimental de “Quarta-Feira”, o canto ensolarado de “Há Braço” ou o grito silencioso de “Chão”.

As ilustrações e o projeto gráfico do disco têm o cunho do artista e designer Fabio Issao, que se baseou no pontilhismo para representar que toda a forma final nasce da paciência do tempo em colecionar e organizar a poeira cósmica. O todo e as partes em profunda harmonia.

Em “Bonsai” a banda é acompanhada pelo multi-instrumentista Roberto Federicci, pelo baixista Jorginho da Silva e pelo baterista Ruiz Mattos. O disco também conta com participações da cantora Thais Bonizzi (em “Samba do Chá”) e do guitarrista Tuco Marcondes, responsável pelo requinto em “Chão”.

Fundindo várias inspirações que lhes chegam dos diversos quadrantes da Música Popular Brasileira (MPB), entre elas o samba e a bossa-nova, os Camará são o resultado da soma de dois poetas por acidente e músicos por acaso.

Ora barco, ora bonsai, Victor Cremasco e Raphael Amoroso fazem dos Camará o fruto da sua amizade.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 03:12
link do post | favorito

PORTUGAL COMEMORA HOJE DIA INTERNACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO

Programa Qualifica ainda não responde a mais de meio milhão de analfabetos !

8 de Setembro de 2017

COMEMORA-SE, HOJE, O DIA INTERNACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO e a APEFA assinala, este dia, em parceria com a Câmara Municipal de Aljustrel, com a realização do Fórum ALFABETIZAR NO SEC XXI, o novo paradigma de alfabetização solidária”, em Aljustrel, um concelho do interior Alentejano.

Celebra-se, hoje, o Dia Internacional da Alfabetização, instituído em 1967, pela ONU e UNESCO, com o objetivo de alertar para este flagelo que, em pleno sec. XXI, atinge milhões de pessoas, em todo o mundo.

Em Portugal, mais de meio milhão de pessoas são analfabetas. São cidadãos sem qualquer nível de escolaridade, que não sabem ler nem escrever.

Portugal apresenta uma das mais elevadas taxa de analfabetismo, de 5.2 %, ocupando um dos últimos lugares da tabela dos países europeus.

A ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS solidariza-se com estas pessoas e repudia, profundamente, a ausência de uma estratégia nacional, política e solidária, no combate ao analfabetismo em Portugal.

Neste sentido, a APEFA apresenta, amanhã durante o fórum, o Projeto-piloto “PERCURSOS DE CIDADANIA ALFABETIZAÇÃO SOLIDÁRIA” que visa uma resposta da cidadania ativa.

 Segundo os Censos 2011, Portugal tem sem qualquer nível de escolaridade, na faixa etária dos 15-24, 6.434 adultos; dos 25-44 anos, 42.945 adultos; dos 45-64 anos, 75.659 adultos;

E, dos mais de dois milhões de portugueses maiores de 65 anos, 412.710 mil também não tem qualquer nível de escolaridade.

 Estes portugueses, são, completamente esquecidos e ignorados pelas últimas políticas de Educação de Adultos que, na lógica da empregabilidade, reforça a subordinação funcional das políticas e práticas de Educação de Adultos às exigências do mercado. Este grupo de portugueses está impedido de um direito inalienável do acesso à formação, por constrangimentos e puro vazio legal, que teima em persistir, situação já denunciada junto das estruturas do Ministério da Educação.

APEFA lança um desafio aos políticos e à comunicação social: erradicar o analfabetismo em Portugal com a implementação de Plano Integrado de Erradicação do Analfabetismo. Gestos simples! criar uma opinião pública sensível e favorável e retomar, legalmente,  as chamadas “modalidades perdidas” – o extra-escolar, a alfabetização, para possibilitar a criação de dinâmicas territoriais locais, promovendo a oferta formativa ajustada, diferenciada e flexível, identificada com os territórios, favorecidos e desfavorecidos.

A APEFA defende políticas de Educação de Adultos, coerentes, promotoras de coesão social e atentas a toda a sociedade portuguesa, integradas e solidárias com os territórios vulneráveis e de baixa densidade.

O PRESIDENTE DA DIREÇÃO DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS

Armando Gomes Loureiro



publicado por Carlos Gomes às 02:14
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

LOURES VAI OUVIR CANTARES...

MINHOTOS EM LOURES FAZEM ...

PROF. DOUTOR DANIEL CAFÉ,...

MUSEU BORDALO PINHEIRO IN...

“WASTE” – NOVO SINGLE, N...

"OS ARRUFARTE" RUFAM OS B...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

FEIRA DAS MERCÊS ABRE HOJ...

FOLCLORISTAS DEBATEM EM O...

BORDALO PINHEIRO VAI AMAN...

CAFÉ REPUBLICA – ESTREIA ...

ASSOCIAÇÃO DE PROTECÇÃO &...

PAN QUER IDENTIFICAÇÃO DO...

CASA CERVEIRENSE EM LISBO...

PENAFIEL DANÇA NO FOLKLOU...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

FEIRA INTERNACIONAL DE LI...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

A IDENTIDADE DE UM POVO E...

PENAFIEL DANÇA NO FOLKLOU...

RANCHO FOLCLÓRICO DE LOUS...

LISBOA RECEBE A PARTIR DE...

FOLCLORE DE INVERNO AQUEC...

NEM PENSE EM DUVIDAR TOUR...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

PORTUGUESES PROTESTAM CON...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

GOESES EM LISBOA COMEMORA...

KIT EDITAM EP “SÓ METADE”...

GRUPO DE PIFARADAS E GAIT...

GRUPO DE DANÇAS E CANTARE...

DEPUTADO DO PAN DESLOCA-S...

SARGACEIROS DA CASA DO PO...

GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MI...

MINHOTOS EM SINTRA REALIZ...

RÁDIO DO FOLCLORE PORTUGU...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

MINHOTOS RUMAM A LOURES P...

GOVERNO ALARGA PERÍODO CR...

SARGACEIROS DA APÚLIA DAN...

CERVEIRENSES EM LISBOA JU...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

PROF. DOUTOR MANUEL ANTUN...

中国社会需要"舞狮子"到 FOLKLOURES 的...

COMUNIDADE CHINESA LEVA A...

“NEM PENSE EM DUVIDAR TOU...

RESTAURANTES VIRAM "CASAS...

SOPA D’ALMA APRESENTAM EP...

GOVERNO ESPANHOL DEVE RES...

TURISMO LANÇA CAMPANHA PE...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds