Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Domingo, 2 de Julho de 2017
FOLKLOURES’17: MINHOTOS REALIZAM EM LOURES GRANDE FESTA DA CULTURA TRADICIONAL PORTUGUESA E DAS COMUNIDADES IMIGRANTES

Organização do Gupo Folclórico e Etnográfico Verde Minho – Minho com o apoio da Câmara Municipal de Loures

A edição deste ano do FolkLoures’17 – Encontro de Culturas culminou ontem com a realização no Parque da Cidade, em Loures, de um grandioso espectáculo da nossa cultura tradicional e das comunidades imigrantes que este ano marcaram a sua presença através de representações do Brasil e da Moldávia.

Capturar-formaturageral (1).PNG

Uma nota digna de registo foi a participação do cante alentejano, através do Grupo Coral Os Ceifeiros de Cuba - Baixo Alentejo, um dos mais lídimos representantes desta forma de expressão folclórica que, de forma incompreensível, é frequentemente discriminada em relação aos espectáculos de danças, vulgo festivais de folklore.

Desde a cerimónia de recepção aos grupos convidados que teve lugar no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte onde se reúne a Assembleia Municipal de Loures, estiveram presentes o vereador da Câmara Municipal de Loures, Dr. António Guilherme e diversos membros de juntas de freguesia. Por seu turno, também a Federação do Folclore Português fez-se representar na pessoa do sr. Joaquim Pinto, Conselheiro Técnico da Região do Alto Minho.

Capturar-vmolhosazuis (1).PNG

Após o desfile de grupos participantes, o espectáculo teve lugar em palco tendo como cenário a réplica da fachada das ruínas da Igreja de S. Paulo, em Macau, tendo beneficiado das excelentes condições atmosféricas que se fizeram sentir.

Perante a participação entusiasmada do numeroso público, participaram na edição deste ano do FolkLoures o Grupo de Bombos Os Baionenses, o grupo da Associação Tira-me da Rua (ATR) – Brasil; a Associatia Miorita Portugalia – Moldávia; Grupo Coral Os Ceifeiros de Cuba - Baixo Alentejo; Grupo Folclórico “O Cancioneiro de Ovar” – Beira Litoral; Grupo Etnográfico Danças e Cantares da Nazaré – Estremadura; Rancho da União Cultural e Folclórica da Bobadela – Estremadura / Região Saloia e, naturalmente, o anfitrião Gupo Folclórico e Etnográfico Verde Minho – Minho. O espectáculo encerrou com a realização de uma sessão de fogo-de-artifício que iluminou os céus no concelho de Loures.

Aos grupos e entidades participantes foram oferecidas peças de artesanato tradicional como lembranças, valorizando desse modo o trabalho artístico dos nossos artesãos. Refira-se que desde há algum tempo, o nosso artesanato tem sido preterido devido ao recurso a peças acrílicas e outras criações que nada têm a ver com o nosso folclore.

DSCF4251 (1).JPG

A realização do FolkLoures’17 – Encontro de Culturas nos moldes em que está a ser efectuado, com o seu formato actual, está a projectar Loures como um palco privilegiado do folclore de Portugal e do Mundo, através de exposições, conferências e de um espectáculo que reúne o que de melhor existe na cultura tradicional do povo português e das comunidades imigrantes.

Entretanto, a organização do FolkLoures iniciou já os preparativos para a realização da edição de 2018, tendo inclusivamente já garantida uma representação de uma comunidade imigrante, esperando-se que o programa fique fechado até ao final deste ano.

CapturarCante (1).PNG

Para o próximo dia 9 de Setembro, o Grupo Folclórico e Etnográfico Verde Minho tem em preparação a realização na Quinta das Carrafouchas da Festa do Vinho, um espectáculo de cariz etnográfico que incluirá a pisa das uvas no lagar à moda antiga, ao som da concertina e ao ritmo do bombo. Trata-se de uma organização conjunta do Grupo Folclórico e Etnográfico Verde Minho e da Quinta das Carrafouchas, situada no concelho de Loures.

Esta é uma iniciativa inédita no âmbito do regionalismo e da divulgação do folclore na região de Lisboa e está já a despertar enorme curiosidade e interesse sobretudo por parte dos minhotos que ali vivem, mas também das gentes saloias daquela região.

Capturar-capoeira (1).PNG

Os participantes vão poder experimentar a sensação única da prensagem da uva com os pés, tal como outrora se fazia em todos os lagares da nossa região. A pisa das uvas constitui uma tradição milenar que se perde nos tempos com vista ao seu esmagamento a fim de dar início ao processo de fermentação.

Com os pés se esmaga as uvas e quebra a casca sem, no entanto, quebrar as sementes, método que sendo mais demorado do que o recurso à prensa, proporciona um maior contacto com a casca e, consequentemente, a possibilidade de extrair mais cor, aromas e sabores, conferindo aos vinhos assim produzidos uma qualidade superior.

A Quinta das Carrafouchas onde vai ter lugar a Festa do Vinho situada em A-das-Lebres, Freguesia de Santo Antão do Tojal. O solar é um dos exemplares do período Barroco existentes no Concelho de Loures. Foi em 8 de Abril de 1872 comprada ao Marquês de Valada por Joaquim Franco Cannas, permanecendo na família até aos dias de hoje.

DSCF4272 (2).JPG

DSCF4219 (3).JPG

DSCF4221 (2).JPG

DSCF4231 (2).JPG

DSCF4234 (2).JPG

DSCF4235 (2).JPG

DSCF4236 (2).JPG

DSCF4238 (2).JPG

DSCF4241 (2).JPG

DSCF4242 (2).JPG

DSCF4243 (2).JPG

DSCF4249 (2).JPG

DSCF4250 (2).JPG

DSCF4253 (1).JPG

DSCF4276 (1).JPG

DSCF4281 (1).JPG

DSCF4304 (1).JPG

DSCF4305 (1).JPG

DSCF4309 (1).JPG

DSCF4318 (1).JPG

DSCF4321 (1).JPG

DSCF4328 (1).JPG

DSCF4337 (1).JPG

DSCF4402 (1).JPG

DSCF4417 (1).JPG

DSCF4448 (1).JPG

DSCF4452 (1).JPG

DSCF4457 (1).JPG

CapturarM1 (1).PNG

DSCF4484 (1).JPG



publicado por Carlos Gomes às 10:43
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

MINHOTOS EM LOURES PISAM ...

FESTIVAL DA MARMELADA BRA...

DA INDIA COM AMOR, A ESTR...

LISBOA RECEBE SOPA D’ALMA...

PAN CASCAIS DENUNCIA CARL...

MANUEL SANTOS, COLABORADO...

BANDA GALEGA LUAR NA LUBR...

GALERIAS ROMANAS DE LISBO...

SERÁ QUE A DEVOLUÇÃO DO T...

JOSHUA & THE ONEWAY BAND ...

DESFILE NACIONAL DO TRAJE...

“LOS AMANTES”, O AMOR SEG...

ESCRITOR GALEGO MANUEL MI...

GALEGOS SOLIDÁRIOS COM CA...

MINHOTOS EM LOURES DESFOL...

CARNAXIDE RECEBE SERÃO TE...

LISBOA RECEBE O MAIOR CER...

LUCIANA ARAÚJO APRESENTA ...

CANDIDATOS DO PAN VISITAM...

BALBA – NOVAS DATAS PARA ...

PAN QUER QUE SEJA PERMITI...

GRUPO DE FOLCLORE DAS TER...

“IMPRESSÃO SUA” – A MARCA...

A EXISTÊNCIA INTERMITENTE...

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA R...

NOVO ÁLBUM DE MAZGANI CHE...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

FEIRA INTERNACIONAL DE LI...

JOSHUA & THE ONEWAY BAND ...

QUER FAZER PARTE DO GRUPO...

CASA DO MINHO TROUXE O MI...

MINHOTOS EM LISBOA LEVAM ...

LISBOA INCREMENTA UTILIZA...

BANDAS FILARMÓNICAS PEREG...

PAN DEFENDE AGRICULTURA B...

PLATAFORMA ANTI-TRANSPORT...

BAIRRO DA FRATERNIDADE EM...

A EXISTÊNCIA INTERMITENTE...

CANDIDATURA DO PAN À CÂMA...

PAN DÁ PRIORIDADE À SAÚDE...

GRUPO DE FOLCLORE DAS TER...

PAN VISITA ESCOLA NAS LAR...

MARVILA REGRESSA À IDADE ...

SALMAR REGRESSA EMBALADO ...

PAN REALIZA ACÇÃO DE CAMP...

ESCOLA CHINESA DE LISBOA ...

MINHOTOS EM LOURES DESFOL...

LOURES VAI RECEBER CANTAR...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

FEIRA SETECENTISTA COMEÇA...

arquivos

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds