Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Sexta-feira, 7 de Julho de 2017
“HINO VITÁVEL – ACTO I”, A PROVA DE VIDA REIVINDICATIVA DOS SOPA D’ALMA

Portugal e a crise são dois temas que, infelizmente, parecem ligados umbilicalmente. Tendo por base o nosso passado, e o presente, os Sopa d’Alma criaram o EP “Hino Vitável – Acto I”. Esta é a história de um país que se tornou inabitável para os seus próprios cidadãos. Aqui é possível encontrar o reflexo do desespero e da luz ao fundo do túnel em que se tornou a emigração forçada.

18765608_1697428133892730_7052704961710457542_n.jpg

A sonoridade é marcada por laivos de instrumentação clássica e rock progressivo tendo ficado a apresentação ao público a cargo do single “Rotina”. Em “Hino Vitável – Acto I” a letra e a mensagem ocupam os papéis principais, num constante jogo de desalento e esperança por entre as vielas da vida.

O EP Digital é composto por seis faixas e já está disponível na Amazon, no Google Play e na The Store com o carimbo da Music For All.

Os Sopa d’Alma são um projeto constituído por Fá Pereira (voz e flauta) e Pedro Carneiro (guitarra). Oriundos de Braga, cruzaram-se pela primeira vez numa escola de música da cidade, onde viriam a formar a sua primeira banda de covers em 2007.

Dois anos volvidos, sentiram a vontade de se expressar numa linguagem musical própria e original, formando em conjunto com outros dois amigos o projeto Angúria, cantado em português num registo de rock progressivo. Em 2012 constaram da coletânea “À Sombra de Deus”, que reunia o que de melhor se fazia no fervilhante panorama musical de Braga. O projeto culminaria em 2014 com a elaboração de uma peça musical de 40 minutos organizada em cinco temas, exibida ao público no Theatro Circo, no coração da cidade natal.

Com a mudança de armas e bagagens para Viena, no final desse ano, surgiu também a vontade de materializar novas criações e estados de alma. Foi então que se formou o projeto dos Sopa d’Alma, com o objetivo inicial de conter a ressaca pós-Angúria, apresentando à Áustria versões de fados e clássicos da música em português cantados de forma reconstruída, a dois sons: voz e guitarra. Foi lá que representaram a música portuguesa em feiras e eventos internacionais, fornecendo também a banda sonora a um pequeno café português local, comovendo muitos dos presentes que escutaram aquele tipo de sonoridade pela primeira vez.

Contudo, seria só no final de 2016, já mais esclarecidos e ambiciosos, que voltariam ao formato que crêem ser o seu pináculo criativo: a peça. Para tal, compuseram a primeira parte do relato musical centrado nos temas que os levaram para fora de Portugal, pontuado por apontamentos de instrumentos clássicos e marcado pelas influências de todos os grandes artistas que consomem, desde o rock progressivo à música dita de intervenção.

Sopa d’Alma é então doravante um projeto com uma clara intenção: biografar musicalmente o caminho de dois parceiros musicais ininterruptos, com intervenção nos ouvintes por universal afinidade com o conteúdo realista, cuja simplicidade na forma só o possa enaltecer.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 11:10
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

MINHOTOS EM LOURES PISAM ...

FESTIVAL DA MARMELADA BRA...

DA INDIA COM AMOR, A ESTR...

LISBOA RECEBE SOPA D’ALMA...

PAN CASCAIS DENUNCIA CARL...

MANUEL SANTOS, COLABORADO...

BANDA GALEGA LUAR NA LUBR...

GALERIAS ROMANAS DE LISBO...

SERÁ QUE A DEVOLUÇÃO DO T...

JOSHUA & THE ONEWAY BAND ...

DESFILE NACIONAL DO TRAJE...

“LOS AMANTES”, O AMOR SEG...

ESCRITOR GALEGO MANUEL MI...

GALEGOS SOLIDÁRIOS COM CA...

MINHOTOS EM LOURES DESFOL...

CARNAXIDE RECEBE SERÃO TE...

LISBOA RECEBE O MAIOR CER...

LUCIANA ARAÚJO APRESENTA ...

CANDIDATOS DO PAN VISITAM...

BALBA – NOVAS DATAS PARA ...

PAN QUER QUE SEJA PERMITI...

GRUPO DE FOLCLORE DAS TER...

“IMPRESSÃO SUA” – A MARCA...

A EXISTÊNCIA INTERMITENTE...

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA R...

NOVO ÁLBUM DE MAZGANI CHE...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

FEIRA INTERNACIONAL DE LI...

JOSHUA & THE ONEWAY BAND ...

QUER FAZER PARTE DO GRUPO...

CASA DO MINHO TROUXE O MI...

MINHOTOS EM LISBOA LEVAM ...

LISBOA INCREMENTA UTILIZA...

BANDAS FILARMÓNICAS PEREG...

PAN DEFENDE AGRICULTURA B...

PLATAFORMA ANTI-TRANSPORT...

BAIRRO DA FRATERNIDADE EM...

A EXISTÊNCIA INTERMITENTE...

CANDIDATURA DO PAN À CÂMA...

PAN DÁ PRIORIDADE À SAÚDE...

GRUPO DE FOLCLORE DAS TER...

PAN VISITA ESCOLA NAS LAR...

MARVILA REGRESSA À IDADE ...

SALMAR REGRESSA EMBALADO ...

PAN REALIZA ACÇÃO DE CAMP...

ESCOLA CHINESA DE LISBOA ...

MINHOTOS EM LOURES DESFOL...

LOURES VAI RECEBER CANTAR...

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO D...

FEIRA SETECENTISTA COMEÇA...

arquivos

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds