Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Segunda-feira, 3 de Julho de 2017
MUSEU DE LISBOA EXPÕE MÁSCARAS

DE 9 JULHO A 1 OUTUBRO. Do Carnaval à Luta Livre. Máscaras e Devoções Mexicanas. PALÁCIO PIMENTA

Inauguração: sábado, 8 de julho, às 17 horas

Dia 8, às 17 horas, o Museu de Lisboa inaugura exposição com mais de 250 máscaras mexicanas, além de revistas de banda desenhada, vídeos, pósteres e fotografias de lucha libre.

Comissariada por Anthony Shelton e no âmbito da programação Passado e Presente - Lisboa, Capital Ibero-americana de Cultura 2017, traz-nos uma perspetiva alargada sobre o imaginário popular mexicano.

image003 (3).jpg

Nesta exposição dá-se espaço e visibilidade às narrativas que herdam práticas culturais indígenas, com aspetos de cultura popular, revelando visões sobre as histórias das relações entre os impérios europeus e os habitantes das Américas, um dos propósitos da programação Passado e Presente - Lisboa, Capital Ibero-americana de Cultura 2017.

O comissário da exposição é Anthony Shelton, antropólogo de renome e colecionador de máscaras mexicanas, fruto do seu longo trabalho de campo em várias regiões do México. Inclui cerca de 250 máscaras manufaturadas nos séculos XX e XXI de diferentes tipologias, além de filmes, banda desenhada e pósteres, e fotografias de Lourdes Grobet de alguns lutadores e suas famílias.

image005 (1).jpg

No México, as máscaras são um ícone crescentemente visível na identidade mexicana, em festivais religiosos, protestos públicos e na sua forma local de luta livre. Atravessando séculos, as máscaras eram usadas antes da ocupação espanhola, durante o tempo colonial e depois da independência, em diferentes contextos e zonas do México, do Norte ao Sul. Muitas máscaras são resultado dos confrontos entre culturas indígenas, europeias, e africanas, em que podem entrar personagens de mouros, cristãos, apaches, aztecas e espanhóis.

São máscaras de carnaval que representam europeus; máscaras cerimoniais figurativas de tigres, diabos, sereias, serpentes, crocodilos e morcegos, entre outros, bem como personificações de espanhóis, africanos e mouros, que continuam a ser construídas nos dias de hoje, para venda e para uso em festividades diversas que permanecem vivas, do Norte ao Sul do País.

Aspeto particularmente inovador desta exposição é a associação das máscaras mexicanas ao fenómeno nacional da Lucha Libre, a versão mexicana de wrestling cujos lutadores usam máscaras. Combinação de desporto, luta e entretenimento, a luta livre mexicana teve a sua primeira instituição em 1933 e, desde então, não cessou de ser uma manifestação que movimenta massas e dá origem às devoções mais intensas.

Através da documentação associada às máscaras e aos objetos e iconografia da luta livre, como os filmes documentários e as fotografias, ficamos mais próximos dos criadores, construtores e utilizadores de máscaras, assim como dos lutadores e do seu contexto social, sendo que em ambos os grupos é bem patente o modo tão particular como desenvolvem a sua relação com o sobrenatural.

Uma exposição que conta histórias fantásticas do México através de máscaras originais, coloridas e plenas de significado.

Horário: de 9 de julho a 1 de outubro, de terça a domingo, das 10h às 18h (última entrada 17h30)

Entrada: 3€ com descontos disponíveis aqui.

Morada: Museu de Lisboa – Palácio Pimenta, Campo Grande, 245 1700-091 Lisboa

Mesa-redonda, 9 de julho, às 17 horas

Com Anthony Shelton e Nicky Levell.

image010.jpg



publicado por Carlos Gomes às 21:08
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

FOLKLOURES’18 JÁ MEXE!

PAN CONCORRE À CÂMARA E A...

PAN EXIGE CUMPRIMENTO DE ...

"DON'T CARE", A PODEROSA...

LOURES REALIZA FESTA DO V...

A PROPRIEDADE PRIVADA É U...

OEIRAS: FOLCLORE ANIMA FE...

SETÚBAL VERDE: O PROJETO ...

PARLAMENTO APROVA PROPOST...

SALMAR APRESENTA“INQUIETA...

DANIEL MOON APRESENTA“BE ...

PAN PROPÕE MEDIDAS QUE VÃ...

“SEREI EU”, A SOLARENGA ...

PAN QUER QUE LISBOTAS CON...

PARTIDO "OS VERDES" QUER ...

RIO DE MOURO ESTÁ EM FEST...

FALECEU O JORNALISTA PORT...

“TIME MACHINE”, A ESTREIA...

KADYPSLON APRESENTA “REFÚ...

NILA BRANCO E A HARMONIA ...

ESCRITOR FRANCISCO GOIANA...

PAN CONCORRE POR ODIVELAS

PAN PEDE APOIO PSICOLÓGIC...

CAMÕES À DESCOBERTA DE PO...

DANIEL MOON APRESENTA “BE...

PAN APRESENTA CANDIDATURA...

MINHOTOS EM LOURES DESFOL...

PEDRO ALSAMA APRESENTA ” ...

BAI MING, O MAIS IMPORTAN...

MUSEU BORDALO PINHEIRO TE...

WANDERLUST 108: LISBOA SE...

“TIME MACHINE”, A ESTREIA...

DANIEL MOON APRESENTA “BE...

MINHOTOS EM LOURES ESMAGA...

“A ORIGEM”, O PONTO DE PA...

ALMIR CHIARATTI EM DIGRES...

PAN CONCORRE EM OEIRAS A ...

ARGANILENSES TRAZEM FOLCL...

MUNICÍPIO DE LISBOA EVOCA...

LOURES VAI TER FESTA DO V...

PARTIDO "OS VERDES" QUER ...

OEIRAS: RIBEIRA DA LAGE A...

VASCO DA GAMA PARTIU RUMO...

BEIRÕES EM LISBOA LEVAM H...

“HINO VITÁVEL – ACTO I”, ...

CASA DO ARTISTA LEVA À CE...

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS: PAN...

CRISTINA RODRIGUES É CAND...

BEIRÕES EM LISBOA LEVAM F...

BEIRÕES LEVAM FOLCLORE AO...

arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds