Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores

Domingo, 2 de Julho de 2017
FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO ENCERRA HOJE AS SUAS PORTAS COM RECORDE DE VISITANTES

A Feira Internacional de Artesanato que decorre nos pavilhões da FIL, em Lisboa, recebe hoje uma verdadeira multidão que não quer perder uma oportunidade de visitar o certame até ao dia do seu encerramento.

IMG_9132 (1).JPG

Viana do Castelo promove neste momento a Romaria de Nossa Senhora d’Agonia, contando nomeadamente com a participação do Grupo Etnográfico de Danças e Cantares do Minho.

Este evento tem vindo a cada ano a receber um número maior de visitantes, afirmando-se como um dos maiores certames do género a nível internacional.

A 30ª edição da FIA Lisboa 2016 apresentou um vasto programa em que constaram exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA Lisboa assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo de três décadas de existência, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

Fotos: Manuel Santos

IMG_9133 (1).jpg

IMG_9134 (1).JPG

IMG_9135 (1).JPG

IMG_9136 (2).JPG

IMG_9140 (1).JPG

IMG_9141 (1).JPG

IMG_9285 (1).jpg

IMG_9286 (1).jpg

IMG_9287 (1).jpg

IMG_9288 (1).JPG

IMG_9291 (1).JPG

IMG_9292 (1).JPG

IMG_9300 (1).jpg

IMG_9301 (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 15:22
link do post | favorito

Sexta-feira, 30 de Junho de 2017
FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO REÚNE EM LISBOA ARTESÃOS DE TODO O MUNDO

Desde o Minho aos confins da Ásia, África e América do Sul, a Feira Internacional de Artesanato reúne uma vez mais centenas de artesãos de todo o mundo que vieram a Lisboa promover o seu artesanato. Não faltam neste certame no qual a República Popular da Chine é o país convidado, as mais variadas peças artísticas de criação popular: a cerâmica e a tapeçaria, a talha e a latoaria, a tecelagem e a doçaria e um infindável rol de utensílios que trazem consigo a sensibilidade dos diferentes povos, desde a rusticidade da escultura africana à fina delicadeza doa rtesanato oriental.

DSCF4106 (1).JPG

Relativamente ao artesanato português, especial realce vai para a participação de grande número de artesãos minhotos, particularmente do concelho de Barcelos. Trouxeram consigo a cerâmica e o figurado, as rendas e as esculturas em madeira e papel de Barcelos. Viana do Castelo trouxe o traje à vianesa, os bordados, os lavores e atoalhados de linho e a ourivesaria tradicional que tem na filigrana a sua máxima expressão artística. Famalicão as esculturas com motivos religiosos. Vila Verde a moda inspirada nos lenços de namorados e que já percorre todo o país com a marca “Namorar Portugal”. Caminha e Vila Praia de Âncora os seus deliciosos licores e doçaria.

Mas, o artesanato nacional foi ainda representado pelos artesão de Ourém e de Coruche, de Mafra e do Seixal, do Algarve e de Trás-os-Montes e um pouco de todo o país.

A 30ª edição da FIA Lisboa 2016 apresenta, como é habitual, um vasto programa em que constam exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA Lisboa 2017 assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 29 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

DSCF4107 (1).JPG

DSCF4109 (1).JPG

DSCF4113.JPG

DSCF4116.JPG

DSCF4117.JPG

DSCF4118.JPG

DSCF4119.JPG

DSCF4126.JPG 

DSCF4075 (1).JPG

DSCF4077 (1).JPG

DSCF4078 (1).JPG

DSCF4080 (1).JPG

DSCF4081 (1).JPG

DSCF4082 (1).JPG

DSCF4084 (1).JPG

DSCF4085 (1).JPG

DSCF4086 (1).JPG

DSCF4087 (1).JPG



publicado por Carlos Gomes às 20:18
link do post | favorito

Quinta-feira, 29 de Junho de 2017
FIA LISBOA DISTINGUE AS MELHORES PEÇAS DE ARTESANATO TRADICIONAL E CONTEMPORÂNEO

Entrega de Prémios do Concurso Artesanato FIA Lisboa, amanhã, na FIL

A cerimónia de entrega dos prémios do concurso de Artesanato FIA Lisboa 2017 decorre amanhã, dia 29, às 17H00, no auditório do pavilhão 1 da FIA Lisboa, na FIL. Os vencedores do concurso da 30ª edição da maior festa intercultural da Península Ibérica já são conhecidos. António Faria Vieira, com a obra ‘Cavaquinho’, e José Paulo Fernandes, com a obra ‘Tartaruga’, são os vencedores nas categorias de artesanato tradicional e artesanato contemporâneo, respectivamente. Concorreram nesta edição do concurso uma centena de artesãos com 49 peças na categoria tradicional e 58 peças na categoria contemporâneo.

Tartaruga (1).jpg

O Concurso de Artesanato FIA Lisboa tem pretendido, ao longo dos anos, promover e dinamizar o artesanato nacional e distinguir a identidade cultural de cada região, fomentando o desenvolvimento local através da arte e dos recursos que cada artesão utiliza nas suas peças e a estreita ligação entre a tradição e inovação. A Fundação AIP premeia os vencedores com 2.000,00 € euros para o 1º prémio da melhor peça de artesanato tradicional (o bem ou produto, utilizável ou consumível, que é criado por recurso a processos, técnicas ou matérias-primas tradicionais, susceptível de ser identificado com as raízes culturais portuguesas) e, igualmente, para o 1º prémio da melhor peça de artesanato contemporâneo (o bem ou produto, utilizável ou consumível, em cujo processo produtivo são utilizados novos materiais, novas tecnologias, ou design inovador, expressando as actuais tendências da Cultura Tradicional Portuguesa).

Dada a qualidade e originalidade das peças, foram ainda atribuídas três Menções Honrosas a cada categoria. Na categoria de artesanato tradicional distinguiram-se as obras ‘Presépio do Minho’, de Delfim Manuel, ‘Toalha de Chá’, de Isilda Parente e ‘Extractos de Solidão’, de José Duarte Costa. No artesanato contemporâneo estas distinções foram para as peças ‘Metamorphosis’, de Fernando de Araújo Pereira, ‘Gargantilha com aplicação flôr’, de Isabel Carneiro e ‘São Francisco’, de Sabahat Vorontsova.

O Júri é composto por um representante do IEFP - Instituto do Emprego e Formação Profissional, um representante da FPAO - Federação Portuguesa de Artes e Ofícios, um representante do CEARTE, uma personalidade ligada ao sector das artes e ofícios, um representante da FIL e um representante da organização da FIA Lisboa.

A FIA Lisboa está a decorrer até ao próximo domingo, dia 2 de Julho, onde é possível ver as peças vencedoras, e também ver ou comprar artesanato das várias regiões de Portugal e dos 40 países representados nesta edição.

Cavaquinho (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 00:12
link do post | favorito

Terça-feira, 27 de Junho de 2017
FIA LISBOA COMEMORA 30º ANIVERSÁRIO

China Destino Internacional Convidado e Pampilhosa da Serra Município Convidado

A maior festa intercultural da Península Ibérica está prestes a abrir as portas ao seu 30º aniversário, na FIL, a partir do próximo dia 24 de Junho, comemorando o encontro de culturas até 2 de Julho.

19420751_1474066369303694_5473902215957039045_n.jpg

A FIA Lisboa é já um marco na agenda que prenuncia aos visitantes a chegada do Verão, proporcionando um clima de descontracção, curiosidade e oportunidade de, em família, poder adquirir artesanato dos vários territórios nacionais e internacionais presentes em mais uma edição desta grande plataforma que que associa produtos de origem, a criatividade, a inovação e o talento.

Entre o clima de festa, curiosidade e aprendizagem pelos costumes representados pelo artesanato mais tradicional, os cantares, danças e as conversas entre público e expositores, há sempre espaço para o convívio entre a área da gastronomia, com iguarias locais que fazem lembrar outros tempos e anima qualquer encontro de amigos ou família.

São mais de 40 países representados vindos da América do Sul, Ásia, África e Europa, e cerca de 15 municípios nacionais que se apresentam individualmente, para além das várias regiões do País através das associações culturais e de artesãos e entidades regionais de turismo que, pelas mãos dos seus mestres artesãos, mostram ao vivo como se fazem as peças que muitos coleccionam ou compram porque fazem parte das suas memórias.

China País Convidado

A China é, nesta edição, o País Convidado, um território com uma enorme riqueza cultural e artesanato variado de porcelanas, seda, papel, bordados e laqueados, com artesãos famosos pela sua arte minuciosa nas artes de corte de papel ou a tecelagem em bambu.

Pampilhosa da Serra Município Convidado

No 30º aniversário da FIA Lisboa, a organização convidou Pampilhosa da Serra para ser Município Convidado. Desde 2008 que o município de Pampilhosa da Serra participa na FIA Lisboa individualmente porque, segundo o seu presidente da Câmara, José Brito Dias, “vemos a nossa participação como uma oportunidade valiosíssima, porque acreditamos que se trata de um indubitável impulsionador de ideias que se coadunam por inteiro com aquilo que é difundido pelo município”.

Indo ao encontro da genética da FIA Lisboa, José Brito Dias refere que “em Pampilhosa da Serra, olhamos para o futuro com a audácia de quem nunca está satisfeito, mas sempre com a preocupação de valorizar a essência autêntica e genuína que nos é característica”, culminando que “envoltos de um espírito simbiótico entre cultura, inovação e tradição, queremos mostrar a diversidade de produtos com origem no nosso património natural, moldados pelo engenho e arte das nossas gentes”. Avizinham-se surpresas entre as várias actividades que o Município de Pampilhosa da Serra vai trazer à FIA Lisboa.

FIA Lisboa liga a tradição e a inovação recriando as economias locais A beleza e singularidade de cada obra ou peça é uma referência representativa de cada região e uma mostra do seu potencial turístico e económico. Entre o saber que é transmitido ao longo de gerações e que representa os hábitos e tradições únicos de cada zona geográfica, há uma evolução que dignifica todo um passado e conhecimento e que se actualiza com produtos da terra e com a criatividade dos caminhos do tempo, dando novos designs, novas tendências e usos, sempre em paralelo com as memórias que continuam a representar histórias e costumes.

HORÁRIOS de 24 de Junho a 2 de Julho:

Área de exposição e actividades: 15H00/24H00

Área da Gastronomia: 12H30/24H00

BILHETEIRA:

Bilhete normal: 5 €

Cartão Jovem, Estudante, Bilhete Sénior (>65 anos): 2,5 € Ticketline * Entradas gratuitas até aos 10 anos

Fotos: Manuel Santos

19420846_1474065592637105_4775630136783238707_n.jpg

19424276_1474065452637119_5933898560506309073_n.jpg

19430156_1474065542637110_941716002871935595_n.jpg

19437437_1474065692637095_5189283648085735097_n.jpg

19553984_1474065675970430_7771073657546269845_n.jpg

19601317_1474064149303916_199528880254720976_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 15:34
link do post | favorito

Segunda-feira, 26 de Junho de 2017
BLOGUE DE LISBOA VISITA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO E CONFRATERNIZA COM OUTROS BLOGGERS

Por gentileza da organização da Feira Internacional de Artesanato (FIA), teve hoje lugar um almoço convívio entre vários bloggers parceiros da FIA na sua divulgação. O BLOGUE DE LISBOA e o BLOGUE DO MINHO, de administração comum, fizeram-se representar pelo seu colaborador fotográfico, sr. Manuel Santos.

IMG_9072 (2).JPG

O encontro teve lugar no restaurante dos Açores e foi seguido de uma visita aos vários pavilhões do certame, tendo constituído uma excelente oportunidade para apreciar o melhor das artes, saberes e sabores nacionais e estrangeiros.

Durante nove dias consecutivos, a FIL é um espaço de articulação entre profissionais, apreciadores e colecionadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes das áreas da gastronomia tradicional, posicionando o artesanato como expoente máximo de cada cultura.

IMG_9082 (1).JPG

IMG_9085 (1).JPG

IMG_9087 (1).JPG

IMG_9113.JPG



publicado por Carlos Gomes às 22:18
link do post | favorito

Domingo, 25 de Junho de 2017
FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO VIBRA AO RITMO DA ROMARIA DA SENHORA D’AGONIA

A Feira Internacional de Artesanato abriu hoje as suas portas nos pavilhões da FIL, em Lisboa, e até ao próximo dia 2 de Julho vai contar com a participação da Vianafestas com a representação da Romaria de Nossa Senhora d’Agonia que se realiza anualmente em Viana do Castelo.

19247932_1749456475354175_7826372037611840399_n (2).jpg

A festa começou hoje com uma arruada de bombos e actuação dos zés pereiras da Ronda Típica de Viana do Castelo. E, como seria de esperar, também Laura Rua, a bonita mordoma que foi este ano escolhida para figurar no cartaz oficial, esteve presente espalhando beleza e simpatia que é apanágio de toda a minhota que se preze.

Fotos: Vianafestas

19260409_1749456562020833_2894144676032947435_n (1).jpg

19400032_1749456485354174_1322490713966028039_n (1).jpg

19420354_1749413355358487_7201162274111982083_n (1).jpg

19420821_1749456575354165_1075065637872099725_n.jpg

19424524_1749456652020824_1591017404384339578_n (2).jpg

19510255_1749413352025154_3195845603541177470_n (1).jpg

19275167_1748525262113963_4387384097824600049_n (3).jpg

 



publicado por Carlos Gomes às 00:17
link do post | favorito

Sexta-feira, 23 de Junho de 2017
PORTUGUESES DA DIÁSPORA PARTICIPAM NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

19248011_1621834337829767_3382255584457834396_n (1).png



publicado por Carlos Gomes às 10:31
link do post | favorito

Quinta-feira, 22 de Junho de 2017
LAURA RUA, A MORDOMA QUE FIGURA NO CARTAZ DA ROMARIA DA SENHORA D’AGONIA, DESFILA EM LISBOA NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

A bonita mordoma que foi este ano escolhida para figurar no cartaz oficial da Romaria em Honra de Nossa Senhora d’Agonia, em Viana do Castelo, vai estar presente no próximo sábado na Feira Internacional de Artesanato – FIA que se realiza nas instalações da FIL, no Parque das Nações, em Lisboa.

19248057_1062490830549230_4083199158688759954_n (1).jpg

Viana do Castelo vai trazer a este evento uma amostra da grande romaria e, como tal, não podia dispensar a presença da mordoma que figura no próprio cartaz.

A sua presença vai certamente contar com o apoio e carinho de muitos minhotos que irão deslocar-se ao certame, tanto mais que integra o Grupo Etnográfico Danças e Cantares do Minho e é sobejamente conhecida no meio folclórico minhoto na região de Lisboa.

Cartaz D'Agonia 2017 (3).jpg



publicado por Carlos Gomes às 16:49
link do post | favorito

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO RECEBE EM LISBOA ROMARIA DA SENHORA D'AGONIA DE VIANA DO CASTELO

19275167_1748525262113963_4387384097824600049_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 11:49
link do post | favorito

Segunda-feira, 19 de Junho de 2017
FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO ABRE AS PORTAS NO PRÓXIMO DIA 24 DE JUNHO

A 30ª Edição da Feira Internacional de Artesanato (FIA) Lisboa 2017 arranca já no próximo dia 24 de Junho, nos pavilhões da FIL, em Lisboa. O certame prolonga-se até ao dia 2 de Julho. Trata-se da maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa. A iniciativa é organizada pela Fundação AIP e conta com o apoio do IEFP.

_DSC3277 (1).JPG

Ao longo da sua história, este evento tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico.

A Feira Internacional de Artesanato assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 30 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

Em destaque, estarão áreas de exposição como o Espaço Design Nacional by LxD – Lisboa Design Show, que irá promover peças de joalharia, vestuário, calçado, mobiliário, entre outros. Contará ainda com a Semana da Gastronomia Tradicional.

A edição do ano anterior contou com um vasto programa que incluiu exposições temáticas, prémios e concursos, ateliês, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA trouxe à capital, durante 9 dias, profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como interessados no artesanato enquanto manifestação cultural.

DSC_0378 (1).JPG

DSC_1774 (1).JPG



publicado por Carlos Gomes às 10:00
link do post | favorito

Quarta-feira, 31 de Maio de 2017
FIA MOSTRA ARTESANATO DE TODO O MUNDO

A 30ª Edição da Feira Internacional de Artesanato (FIA) Lisboa 2017 arranca já no próximo dia 24 de Junho, nos pavilhões da FIL, em Lisboa. O certame prolonga-se até ao dia 2 de Julho. Trata-se da maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa. A iniciativa é organizada pela Fundação AIP e conta com o apoio do IEFP.

17862667_1545018588844676_3543821657668317681_n.jpg

Ao longo da sua história, este evento tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico.

A Feira Internacional de Artesanato assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 30 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

Em destaque, estarão áreas de exposição como o Espaço Design Nacional by LxD – Lisboa Design Show, que irá promover peças de joalharia, vestuário, calçado, mobiliário, entre outros. Contará ainda com a Semana da Gastronomia Tradicional.

A edição do ano anterior contou com um vasto programa que incluiu exposições temáticas, prémios e concursos, ateliês, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA trouxe à capital, durante 9 dias, profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como interessados no artesanato enquanto manifestação cultural.



publicado por Carlos Gomes às 09:58
link do post | favorito

Terça-feira, 23 de Maio de 2017
ARTESÃOS DE TODO O MUNDO PARTICIPAM EM LISBOA NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

A 30ª Edição da Feira Internacional de Artesanato (FIA) Lisboa 2017 arranca já no próximo dia 24 de Junho, nos pavilhões da FIL, em Lisboa. O certame prolonga-se até ao dia 2 de Julho. Trata-se da maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa. A iniciativa é organizada pela Fundação AIP e conta com o apoio do IEFP.

FIA2016 037 (1).JPG

Ao longo da sua história, este evento tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico.

A Feira Internacional de Artesanato assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 30 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

FIA2016 033 (2).JPG

Em destaque, estarão áreas de exposição como o Espaço Design Nacional by LxD – Lisboa Design Show, que irá promover peças de joalharia, vestuário, calçado, mobiliário, entre outros. Contará ainda com a Semana da Gastronomia Tradicional.

A edição do ano anterior contou com um vasto programa que incluiu exposições temáticas, prémios e concursos, ateliês, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA trouxe à capital, durante 9 dias, profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como interessados no artesanato enquanto manifestação cultural.

17862667_1545018588844676_3543821657668317681_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 09:40
link do post | favorito

Sábado, 20 de Maio de 2017
BLOGUE DE LISBOA É PARCEIRO DA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO (FIA)

CapturarFIA



publicado por Carlos Gomes às 14:15
link do post | favorito

Sábado, 6 de Maio de 2017
JOÃO ALPUIM BOTELHO PROFERE AMANHÃ EM LOURES PALESTRA SOBRE O TRAJE À LAVRADEIRA DO ALTO MINHO

A iniciativa é do Grupo de Folclore Verde Minho e realiza-se amanhã no em Loures

“O Uso do Traje à Lavradeira: os Afectos e as Regras” é o tema da palestra que o Dr. João Alpuim Botelho vai proferir no próximo dia 7 de Maio, a partir das 15 horas, em Loures, a convite do Grupo Folclórico Verde Minho. A iniciativa é aberta ao público em geral e deverá ter lugar no auditório do Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, junto ao Parque da Cidade, a contar com a presença de representantes do município de Loures, entidades ligadas ao folclore e ao regionalismo minhoto, conhecidos museólogos, etnólogos e outros estudiosos do nosso folclore.

15667270_tSVFT (1).jpeg

A iniciativa é aguardada com grande expectativa, tratando-se o palestrante além do mais, anterior director do Museu do Traje de Viana do Castelo e um dos autores da obra “Uma Imagem da Nação – Traje à Vianesa”, editado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, sendo actualmente responsável pelo Museu Bordalo Pinheiro, da Câmara Municipal de Lisboa.

João Alpuim Botelho nasceu em 1967, em Viana do Castelo. Licenciado em História (FLL, 1989), possui o Mestrado em Museologia, tendo defendido uma tese sobre “Panorama Museológico do Alto Minho” (U.N.L., 2007).

Desde 1991, trabalha na Câmara Municipal de Viana do Castelo e, desde 1999, foi responsável pelo Museu do Traje, criado em 1997, com a gestão e direção da instalação e processo de adesão à Rede Portuguesa de Museus concluído em 2004.

No âmbito da sua atividade no Museu do Traje realizou cerca de 20 exposições de temática etnográfica, ligada à investigação e pesquisa da vida rural tradicional e da identidade alto minhota.

Publicou, entre catálogos e artigos, cerca de 50 trabalhos sobre a mesma temática. Destes trabalhos relevo a edição de Uma Imagem da Nação, O Traje à Vianesa, com Benjamim Pereira e António Medeiros (ed CMVC, 2009)

Ainda no âmbito dos Museus desenvolvi um conjunto de Núcleos Museológicos situados nas freguesias do Concelho de Viana do Castelo, que dispõe de cinco em funcionamento (Moinhos de Vento de Montedor, em Carreço; Moinhos de Água, em S.L. Montaria; do Pão, em Outeiro; do Sargaço, em Castelo de Neiva; das actividades Agro-Marítimas, em Carreço) estando esta rede em permanente alargamento.

Desde Julho de 2009 sou Chefe de Divisão de Museus da Câmara Municipal de Viana do Castelo, tendo a meu cargo dois Museus que integram a Rede Portuguesa de Museus: o Museu de Arte e Arqueologia e o Museu do Traje

Iniciou a sua vida profissional no Centro Nacional de Cultura com Helena Vaz da Silva, no Dep de Divulgação Patrimonial em 1990/91. Entre 1995 e 2002 deu aulas no Curso de Turismo da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do IPVC de História de Artes e Ofícios Tradicionais, Animação Cultural e Património e Museologia.

Entre 2002 e 2005, foi Diretor Executivo da Culturporto – associação de produção cultural privada, financiada pela Câmara Municipal do Porto, responsável pela gestão do Teatro Rivoli e pela Animação da Cidade. Durante este período, e para além da atividade normal do teatro Rivoli, organiza o projeto Bairros - projeto de criação artística com crianças de bairros desfavorecidos, a Festa na Baixa, conjunto de atividades de animação e divulgação do património da Baixa do Porto, o Capicua 2002, Ciclo de programação comissariado por Eduardo Prado Coelho, o Pontapé de Saída, ciclo de programação de encontro entre as artes e o futebol, no âmbito do Euro 2004, Colóquio Encenação do Passado, com Marc Augé, Vítor Oliveira Jorge, Jorge Freitas Branco, Nuno Carinhas, Abertura da Livraria do Rivoli, primeira livraria do Porto dedicada às Artes de Palco, Fundação da Sem Rede, Rede de Programação de Novo Circo, para a divulgação da disciplina de novo circo, integrada por 13 espaços culturais.

Integrou o Grupo de Trabalho para a Animação da Cidade durante o Euro 2004, criado pela Câmara Municipal do Porto para a coordenação da animação da cidade durante o Campeonato Europeu de Futebol e também a Comissão Executiva da exposição Homenagem a Fernando Galhano: 1904 -1994, na Biblioteca Almeida Garrett, em Novembro de 2004.

Realizou a Exposição Sala do Oriente de José Rodrigues Proposta para uma viagem, no Convento de S. Paio, Vila Nova de Cerveira, em Dezembro de 2006.



publicado por Carlos Gomes às 11:50
link do post | favorito

Quinta-feira, 4 de Maio de 2017
JOÃO ALPUIM BOTELHO PROFERE EM LOURES PALESTRA SOBRE O TRAJE À LAVRADEIRA DO ALTO MINHO

A iniciativa é do Grupo de Folclore Verde Minho e realiza-se no próximo dia 7 de Maio

“O Uso do Traje à Lavradeira: os Afectos e as Regras” é o tema da palestra que o Dr. João Alpuim Botelho vai proferir no próximo dia 7 de Maio, a partir das 15 horas, em Loures, a convite do Grupo Folclórico Verde Minho. A iniciativa é aberta ao público em geral e deverá ter lugar no auditório do Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, junto ao Parque da Cidade, a contar com a presença de representantes do município de Loures, entidades ligadas ao folclore e ao regionalismo minhoto, conhecidos museólogos, etnólogos e outros estudiosos do nosso folclore.

15667270_tSVFT (1).jpeg

A iniciativa é aguardada com grande expectativa, tratando-se o palestrante além do mais, anterior director do Museu do Traje de Viana do Castelo e um dos autores da obra “Uma Imagem da Nação – Traje à Vianesa”, editado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, sendo actualmente responsável pelo Museu Bordalo Pinheiro, da Câmara Municipal de Lisboa.

João Alpuim Botelho nasceu em 1967, em Viana do Castelo. Licenciado em História (FLL, 1989), possui o Mestrado em Museologia, tendo defendido uma tese sobre “Panorama Museológico do Alto Minho” (U.N.L., 2007).

Desde 1991, trabalha na Câmara Municipal de Viana do Castelo e, desde 1999, foi responsável pelo Museu do Traje, criado em 1997, com a gestão e direção da instalação e processo de adesão à Rede Portuguesa de Museus concluído em 2004.

No âmbito da sua atividade no Museu do Traje realizou cerca de 20 exposições de temática etnográfica, ligada à investigação e pesquisa da vida rural tradicional e da identidade alto minhota.

Publicou, entre catálogos e artigos, cerca de 50 trabalhos sobre a mesma temática. Destes trabalhos relevo a edição de Uma Imagem da Nação, O Traje à Vianesa, com Benjamim Pereira e António Medeiros (ed CMVC, 2009)

Ainda no âmbito dos Museus desenvolvi um conjunto de Núcleos Museológicos situados nas freguesias do Concelho de Viana do Castelo, que dispõe de cinco em funcionamento (Moinhos de Vento de Montedor, em Carreço; Moinhos de Água, em S.L. Montaria; do Pão, em Outeiro; do Sargaço, em Castelo de Neiva; das actividades Agro-Marítimas, em Carreço) estando esta rede em permanente alargamento.

Desde Julho de 2009 sou Chefe de Divisão de Museus da Câmara Municipal de Viana do Castelo, tendo a meu cargo dois Museus que integram a Rede Portuguesa de Museus: o Museu de Arte e Arqueologia e o Museu do Traje

Iniciou a sua vida profissional no Centro Nacional de Cultura com Helena Vaz da Silva, no Dep de Divulgação Patrimonial em 1990/91. Entre 1995 e 2002 deu aulas no Curso de Turismo da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do IPVC de História de Artes e Ofícios Tradicionais, Animação Cultural e Património e Museologia.

Entre 2002 e 2005, foi Diretor Executivo da Culturporto – associação de produção cultural privada, financiada pela Câmara Municipal do Porto, responsável pela gestão do Teatro Rivoli e pela Animação da Cidade. Durante este período, e para além da atividade normal do teatro Rivoli, organiza o projeto Bairros - projeto de criação artística com crianças de bairros desfavorecidos, a Festa na Baixa, conjunto de atividades de animação e divulgação do património da Baixa do Porto, o Capicua 2002, Ciclo de programação comissariado por Eduardo Prado Coelho, o Pontapé de Saída, ciclo de programação de encontro entre as artes e o futebol, no âmbito do Euro 2004, Colóquio Encenação do Passado, com Marc Augé, Vítor Oliveira Jorge, Jorge Freitas Branco, Nuno Carinhas, Abertura da Livraria do Rivoli, primeira livraria do Porto dedicada às Artes de Palco, Fundação da Sem Rede, Rede de Programação de Novo Circo, para a divulgação da disciplina de novo circo, integrada por 13 espaços culturais.

Integrou o Grupo de Trabalho para a Animação da Cidade durante o Euro 2004, criado pela Câmara Municipal do Porto para a coordenação da animação da cidade durante o Campeonato Europeu de Futebol e também a Comissão Executiva da exposição Homenagem a Fernando Galhano: 1904 -1994, na Biblioteca Almeida Garrett, em Novembro de 2004.

Realizou a Exposição Sala do Oriente de José Rodrigues Proposta para uma viagem, no Convento de S. Paio, Vila Nova de Cerveira, em Dezembro de 2006.



publicado por Carlos Gomes às 21:54
link do post | favorito

Quarta-feira, 26 de Abril de 2017
LISBOA RECEBE NA FIL ARTESANATO DE TODO O MUNDO

A 30ª Edição da Feira Internacional de Artesanato (FIA) Lisboa 2017 arranca já no próximo dia 24 de Junho, nos pavilhões da FIL, em Lisboa. O certame prolonga-se até ao dia 2 de Julho. Trata-se da maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa. A iniciativa é organizada pela Fundação AIP e conta com o apoio do IEFP.

17862667_1545018588844676_3543821657668317681_n.jpg

Ao longo da sua história, este evento tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico.

A Feira Internacional de Artesanato assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 30 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

FIA2016 033 (2).JPG

Em destaque, estarão áreas de exposição como o Espaço Design Nacional by LxD – Lisboa Design Show, que irá promover peças de joalharia, vestuário, calçado, mobiliário, entre outros. Contará ainda com a Semana da Gastronomia Tradicional.

A edição do ano anterior contou com um vasto programa que incluiu exposições temáticas, prémios e concursos, ateliês, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA trouxe à capital, durante 9 dias, profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como interessados no artesanato enquanto manifestação cultural.

FIA2016 037 (1).JPG



publicado por Carlos Gomes às 10:11
link do post | favorito

Quarta-feira, 19 de Abril de 2017
FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO ESTÁ DE VOLTA AOS PAVILHÕES DA FIL

17862667_1545018588844676_3543821657668317681_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 23:49
link do post | favorito

Sábado, 18 de Março de 2017
PRESIDENTE DA REPÚBLICA VISITA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

O Presidente da República, Prof. Doutor Macelos Rebelo de Sousa, visitou ontem a Bolsa de Turismo de Lisboa, demorando-se particularmente nos pavilhões das Regiões de Turismo e prestando uma especial atenção ao artesanato tradicional.

A presença das rendilheiras de bilros de Vila do Conde mereceu-lhe bastante curiosidade que mais pareceu estar interessado em conhecer esta arte popular.

17361975_1373911362652529_8622650659607792339_n.jpg

17264293_1373917809318551_8239628997081649344_n.jpg

17265280_1373910439319288_3410023504964843188_n.jpg

17343014_1373910549319277_1548120804569641400_n.jpg

17352347_1373910652652600_7087011298276333159_n.jpg

17353300_1373911092652556_2472370858540352981_n.jpg

17361743_1373911865985812_6525006328026852946_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 16:02
link do post | favorito

Segunda-feira, 3 de Outubro de 2016
GRUPOS FOLCLÓRICOS DEVEM DIVULGAR ARTESANATO POPULAR

O folclore constitui a sabedoria popular traduzida nos usos e costumes populares, perpetuados ao longo de gerações por meio da tradição e manifestado nomeadamente através do traje, das danças e cantares, mas também dos contos e lendas, dos jogos e provérbios, da gastronomia e da doçaria, da religiosidade e dos dialectos e ainda do próprio artesanato, porventura a forma de manifestação artística que melhor exprime o talento e nível de desenvolvimento de um povo.

Aos grupos folclóricos, enquanto entidades que possuem como missão conservar e divulgar o património cultural do povo, cabem também promover o artesanato local como uma das manifestações vivas do folclore do nosso povo.

Vem isto a propósito da tendência que actualmente se vem verificando relativamente às características das lembranças que nos tempos mais recentes têm servido para presentear grupos folclóricos e outras entidades que participam ou colaboram na organização de eventos de cariz folclórico.

Trata-se de peças que, pese embora o seu valor artístico, são produzidos em materiais sintéticos na maior parte dos casos, frequentemente em acrílicos, com recurso às novas tecnologias que permitem a impressão e recorte em toda a espécie de materiais, mas que nada têm a ver com o artesanato tradicional, aquele que constitui a criação mais genuína do nosso povo, na latoaria e cestaria, na cerâmica e na tecelagem entre outros.

Sem desprimor para a qualidade e generosidade das lembranças que os ranchos folclóricos geralmente oferecem aos grupos participantes nos seus eventos, seria adequado que procedessem a uma reavaliação dos objectos escolhidos para o efeito e passassem a dar primazia a produtos característicos das regiões que representam, mormente peças do artesanato local, encarando isso como uma forma coerente de promoverem a sua região e o respectivo folclore.



publicado por Carlos Gomes às 15:14
link do post | favorito

Sábado, 27 de Agosto de 2016
MINHO CANTA E DANÇA NA FESTA DO AVANTE

Folclore, artesanato e gastronomia são algumas das marcas do nosso património cultural que vão marcar presença a próxima edição da Festa do Avante que se realiza já nos dias 2, 3 e 4 de setembro, no Seixal. A iniciativa da participação é das organizações regionais de Braga e Viana do Castelo do Partido Comunista Português que desse modo confere destaque à nossa região naquele que é considerado um dos maiores eventos culturais realizados no nosso país.

11954815_959797524063066_8253637281327012218_n.jpg

Alto Minho leva arroz de sarrabulho e outras iguarias à Festa do Avante

Quem passar pelo espaço de Viana do Castelo na Festa do Avante, ficará a conhecer a gastronomia e as tradições do Alto Minho bem com a atividade politica e cultural do PCP no distrito.

Na gastronomia, salientamos o arroz de sarrabulho, os rojões à moda do Minho com arroz branco, as pataniscas de bacalhau e o bacalhau frito, acompanhados de arroz de feijão vermelho, assim como o típico caldo verde.

Para sobremesa, o Doce de Romaria de Caminha, os sidónios do Natário, os jesuítas da Leitaria do Carmo e o Pão-de-ló de Caminha.

Nas tasquinhas podem ser apreciados, o salpicão, o chouriço caseiro, o lombo fumado a sanguinha cozida e a broa de milho de curtidura caseira.

Também o artesanato regional marcará presença, podendo o visitante adquirir os bordados e rendas de Santa Marta de Portuzelo, os lenços dos namorados, o linho de Ponte da Barca, assim como artefactos de madeira, os cabeçudos em pasta de papel, T-shirts pintadas à mão, brincos e colares em filigrana.

Importa referir ainda a participação do Grupo Etnográfico de São Lourenço da Montaria (Viana do Castelo), que atuará no Sábado no Palco Arraial.

Baixo Minho leva folclore e outras experiências musicais ao palco da festa

Por seu turno, a Organização Regional de Braga do Partido Comunista Português leva este ano à Festa do Avante o Grupo Folclórico “As Ceifeiras de Gondar”, de Guimarães, e o Rancho Folclórico de S. Pedro do Bairro, de Vila Nova de Famalicão. Os grupos vão atuar no “Palco Arraial”, um dos 8 palcos principais da Festa do Avante.

Além dos ranchos folclóricos, subirá também ao palco os “Cabra Cega”, um grupo que nasceu em Braga cuja música parte da combinação da gaita de fole e instrumentos de percussão tradicional, tais como o bombo e a caixa. A Cabra deu os seus primeiros passos sobre músicas das nossas raízes tradicionais mas cedo começou a caminhar ao encontro da mistura das mesmas com ritmos e sons contemporâneos que influenciam cada um dos seus elementos. Ao longo do tempo têm vindo a ser recrutadas sonoridades provenientes de outras paisagens, sejam elas do passado, do presente ou mesmo do futuro, e é neste habitat heterogéneo que a Cabra Çega se tem vindo a desenvolver. A energia da Cabra transforma os sítios onde passa, puxa pela dança e envolve o público num espetáculo vivo e intenso.

Haverá ainda cantadores ao desafio, zés pereiras do grupo bracarense “Ida e Volta”, cabeçudos e gigantones, artesanato e várias iguarias da cozinha tradicional minhota.

No concurso de bandas, promovido pela Juventude Comunista Portuguesa, participará a banda “Slavecrowd”, de Fafe, que atuará no “Palco Novos Valores”.

Estão a ser organizadas excursões a partir de Braga, Guimarães, Barcelos, Esposende, Vila Nova de Famalicão, Fafe e Vizela, para além da viagem no “Comboio da Juventude, com partida de Braga e paragem em Nine e Vila Nova de Famalicão, numa iniciativa da JCP.

12963805_1112849588738479_8041796094149758622_n.png



publicado por Carlos Gomes às 11:18
link do post | favorito

Sábado, 2 de Julho de 2016
FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO TERMINA AMANHÃ EM LISBOA

Termina amanhã em Lisboa mais uma edição da Feira Internacional de Artesanato, considerada a maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa. A iniciativa é organizada pela Fundação AIP, com o apoio do IEFP, e contou com o Alto Patrocínio do Presidente da República.

FIA2016 033 (2).JPG

Ao longo da sua história, este evento tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico.

A 29ª edição da FIA Lisboa 2016 contou com um vasto programa que incluiu exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, atuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A Feira Internacional de Artesanato assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das atividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 28 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

A FIA trouxe à capital, durante 9 dias, profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como interessados no artesanato enquanto manifestação cultural.

Em destaque, estiveram novas áreas de exposição como o Espaço Design Nacional by LxD – Lisboa Design Show, que irá promover peças de joalharia, vestuário, calçado, mobiliário, entre outros, de origem nacional e também terá o Espaço Mixmarket, dirigido ao sector multiproduto e de origem não étnica.

Contou ainda com a Semana da Gastronomia Tradicional que registou o dobro dos participantes em relação ao ano anterior, destacando-se o atractivo turístico-cultural da gastronomia e vinhos de Portugal e integrando o 3º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP) e a 2ªedição do Mercado da Cerveja Artesanal.

FIA2016 001.JPG

FIA2016 190.JPG

FIA2016 016 (2).JPG

FIA2016 037 (2).JPG

FIA2016 120 (1).JPG

FIA2016 045 (1).JPG



publicado por Carlos Gomes às 10:54
link do post | favorito

Segunda-feira, 27 de Junho de 2016
MINHOTOS LEVAM FOLCLORE À FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

O Grupo Folclórico Verde Minho levou ontem à Feira Internacional de Lisboa o colorido e a alegria das gentes minhotas, representando os usos e costumes da nossa região.

O folclore minhoto atraiu numeroso público que não regateou os aplausos e vibrou com as mais alegres rapsódias do nosso folclore, cantadas e bailadas como só as gentes do Minho sabem, contagiando com a sua jovialidade e simpatia todos os espetadores no pavilhão dedicado à gastronomia portuguesa. Uma vez mais, o Grupo Folclórico Verde Minho representou condignamente o Minho num certame de prestígio internacional.

13537710_1124780017565666_984247598947749098_n (1).jpg

De 25 de Junho a 3 de Julho a FIL, Fundação AIP, organiza a Feira Internacional de Artesanato e, pelo primeiro ano, conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República. A maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa, organizada pela Fundação AIP com o apoio do IEFP, e que durante a sua história tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico, congratula-se com este acto de relevante simbolismo que, mais do que incentivar, responsabiliza a organização da FIA na continuação de um trabalho em que as tradições e o futuro crescem lado a lado.

A 29ª edição da FIA Lisboa 2016 tem, como é habitual, um vasto programa em que constam exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA Lisboa 2016 assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 28 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

A FIA traz à capital, durante 9 dias, profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como interessados no artesanato enquanto manifestação cultural. Como tal, a FIA Lisboa 2016 regressa à FIL com novidades. Em destaque estarão novas áreas de exposição como o Espaço Design Nacional by LxD – Lisboa Design Show, que irá promover peças de joalharia, vestuário, calçado, mobiliário, entre outros, de origem nacional e também terá o Espaço Mixmarket, dirigido ao sector multiproduto e de origem não étnica.

Por mais um ano consecutivo FIA Lisboa 2016 conta com a Semana da Gastronomia Tradicional, que salienta o atractivo turístico-cultural da gastronomia e vinhos de Portugal e que integra o 3º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP) e a 2ªedição do Mercado da Cerveja Artesanal.

Fotos: Manuel Santos

13439117_1124779930899008_6986125725994747290_n (1).jpg

13494888_1124779494232385_4272125368796106949_n (1).jpg

13494888_1124779664232368_8917256253637848218_n (1).jpg

13495035_1124780054232329_1555652609978962180_n (1).jpg

13510775_1124778734232461_395098321546665593_n (1).jpg

13524429_1124779557565712_6129898953888999873_n (1).jpg

13528703_1124779470899054_2801605618699440729_n (1).jpg

13537668_1124779810899020_886351377971248043_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 21:33
link do post | favorito

Sábado, 25 de Junho de 2016
MINHO TROUXE À FIL O MELHOR DO ARTESANATO DA SUA REGIÃO

O Minho é a região melhor representada na Feira Internacional de Artesanato que hoje abriu as suas portas no Parque das Nações, em Lisboa. De Barcelos veio mais de uma dezena de participantes que mostraram a sua enorme criatividade e fizeram jus a uma tradição que tem no lendário galo o seu ex-líbris e na personalidade da ceramista Rosa Ramalho o maior vulto da arte de modelar e dar vida ao barro.

FIA2016 220 (1).JPG

Mas o Minho encontra-se também condignamente representado por artistas provenientes de Braga, Viana do Castelo, Póvoa de Lanhoso, Ponte de Lima e, como não podia deixar de acontecer, Vila Verde e a sua marca “Namorar Portugal” que já ultrapassou as fronteiras.

À entrada do principal pavilhão, o Galo de Barcelos dá as boas-vindas aos visitantes. E, durante os vários dias em que decorre o certame, até ao dia 3 de julho, a Feira Internacional de Artesanato será animada por diversos grupos folclóricos e de música tradicional portuguesa. Amanhã, o Grupo Folclórico Verde Minho levará à FIL o colorido e a alegria do folclore minhoto, esperando-se a entrada de muitos visitantes identificados com esta região.

FIA2016 016 (1).JPG

A Feira Internacional do Artesanato conta na sua 29ª edição com Alto Patrocínio do Presidente da República

De 25 de Junho a 3 de Julho a FIL, Fundação AIP, organiza a Feira Internacional de Artesanato e, pelo primeiro ano, conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República. A maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa, organizada pela Fundação AIP com o apoio do IEFP, e que durante a sua história tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico, congratula-se com este acto de relevante simbolismo que, mais do que incentivar, responsabiliza a organização da FIA na continuação de um trabalho em que as tradições e o futuro crescem lado a lado.

A 29ª edição da FIA Lisboa 2016 terá, como é habitual, um vasto programa em que constam exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA Lisboa 2016 assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 28 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

FIA2016 012 (1).JPG

FIA2016 014 (1).JPG

FIA2016 017 (1).JPG

FIA2016 019 (1).JPG

FIA2016 020 (1).JPG

FIA2016 021 (1).JPG

FIA2016 022 (1).JPG

FIA2016 023 (1).JPG

FIA2016 026 (1).JPG

FIA2016 028 (1).JPG

FIA2016 030 (1).JPG

FIA2016 031 (1).JPG

FIA2016 032 (1).JPG

FIA2016 033 (1).JPG

FIA2016 035 (1).JPG

FIA2016 037 (1).JPG



publicado por Carlos Gomes às 23:03
link do post | favorito

FOLCLORE, GASTRONOMIA E ARTESANATO MARCAM A ABERTURA DA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO EM LISBOA

O folclore de Ourém e da Alta Estremadura marcou hoje a abertura de um dos mais importantes certames nacionais e internacionais dedicados ao artesanato, a Feira Internacional do Artesanato que uma vez mais se realizou nos pavilhões da FIL, no parque das Nações, em Lisboa. Tratou-se da participação do Rancho Folclórico “Os Moleiros” da Ribeira, do Olival, um dos mais lídimos representantes do folclore da região de Ourém.

FIA2016 174.JPG

Por duas vezes pisou o tabuado para mostrar ao público presente como outrora as suas gentes trajavam, cantavam e dançavam. Entre as duas atuações, desfilaram pelos pavilhões rumo ao stand dos “Artesãos de Ourém” que, à semelhança de anos anteriores, também estiveram presentes neste certame com os tecidos e os bordados típicos da nossa região, marcando desse modo presença e dando a conhecer os talentos artísticos das suas gentes. Pelo caminho, foram saudados pelo Engº Rocha de Matos, Presidente da Associação Industrial Portuguesa.

FIA2016 120-2.jpg

A Feira Internacional do Artesanato conta na sua 29ª edição com Alto Patrocínio do Presidente da República

De 25 de Junho a 3 de Julho a FIL, Fundação AIP, organiza a Feira Internacional de Artesanato e, pelo primeiro ano, conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República. A maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa, organizada pela Fundação AIP com o apoio do IEFP, e que durante a sua história tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico, congratula-se com este acto de relevante simbolismo que, mais do que incentivar, responsabiliza a organização da FIA na continuação de um trabalho em que as tradições e o futuro crescem lado a lado.

A 29ª edição da FIA Lisboa 2016 terá, como é habitual, um vasto programa em que constam exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA Lisboa 2016 assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 28 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

FIA2016 178.JPG

FIA2016 136.JPG

FIA2016 088.JPG

FIA2016 143.JPG

FIA2016 174.JPG

FIA2016 189.JPG



publicado por Carlos Gomes às 22:02
link do post | favorito

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO ARRANCA HOJE EM LISBOA

02-02 (6).jpg

 



publicado por Carlos Gomes às 11:12
link do post | favorito

Quinta-feira, 23 de Junho de 2016
LISBOA RECEBE FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

02-02 (2).jpg 



publicado por Carlos Gomes às 09:14
link do post | favorito

Terça-feira, 14 de Junho de 2016
MINHOTOS CANTAM E DANÇAM NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO EM LISBOA

À semelhança de anos anteriores, os artesãos do Minho vão levar à Feira Internacional de Artesanato a sua arte e mostrar os seus talentos. E, para animar, lá vão estar os minhotos do Rancho Folclórico Verde Minho que atuará inclusivamente no palco ali instalado. A sua participação está agendada para o dia 26 de junho, às 16h30, e contará certamente com o apoio de muitos minhotos que se deslocarão ao local do certame nesse dia.

19650238_1ybBo.jpeg

A Feira Internacional do Artesanato conta na sua 29ª edição com Alto Patrocínio do Presidente da República

De 25 de Junho a 3 de Julho a FIL, Fundação AIP, organiza a Feira Internacional de Artesanato e, pelo primeiro ano, conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República. A maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa, organizada pela Fundação AIP com o apoio do IEFP, e que durante a sua história tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico, congratula-se com este acto de relevante simbolismo que, mais do que incentivar, responsabiliza a organização da FIA na continuação de um trabalho em que as tradições e o futuro crescem lado a lado.

A 29ª edição da FIA Lisboa 2016 terá, como é habitual, um vasto programa em que constam exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA Lisboa 2016 assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 28 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

A FIA traz à capital, durante 9 dias, profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como interessados no artesanato enquanto manifestação cultural. Como tal, a FIA Lisboa 2016 regressa à FIL com novidades. Em destaque estarão novas áreas de exposição como o Espaço Design Nacional by LxD – Lisboa Design Show, que irá promover peças de joalharia, vestuário, calçado, mobiliário, entre outros, de origem nacional e também terá o Espaço Mixmarket, dirigido ao sector multiproduto e de origem não étnica.

Por mais um ano consecutivo FIA Lisboa 2016 conta com a Semana da Gastronomia Tradicional, que salienta o atractivo turístico-cultural da gastronomia e vinhos de Portugal e que integra o 3º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP) e a 2ªedição do Mercado da Cerveja Artesanal.



publicado por Carlos Gomes às 20:56
link do post | favorito

Terça-feira, 7 de Junho de 2016
MINHOTOS CANTAM E DANÇAM NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO EM LISBOA

À semelhança de anos anteriores, os artesãos do Minho vão levar à Feira Internacional de Artesanato a sua arte e mostrar os seus talentos. E, para animar, lá vão estar os minhotos do Rancho Folclórico Verde Minho que atuará inclusivamente no palco ali instalado. A sua participação está agendada para o dia 26 de junho, às 16h30, e contará certamente com o apoio de muitos minhotos que se deslocarão ao local do certame nesse dia.

19650238_1ybBo (1).jpeg

A Feira Internacional do Artesanato conta na sua 29ª edição com Alto Patrocínio do Presidente da República

De 25 de Junho a 3 de Julho a FIL, Fundação AIP, organiza a Feira Internacional de Artesanato e, pelo primeiro ano, conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República. A maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa, organizada pela Fundação AIP com o apoio do IEFP, e que durante a sua história tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico, congratula-se com este acto de relevante simbolismo que, mais do que incentivar, responsabiliza a organização da FIA na continuação de um trabalho em que as tradições e o futuro crescem lado a lado.

A 29ª edição da FIA Lisboa 2016 terá, como é habitual, um vasto programa em que constam exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA Lisboa 2016 assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 28 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

A FIA traz à capital, durante 9 dias, profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como interessados no artesanato enquanto manifestação cultural. Como tal, a FIA Lisboa 2016 regressa à FIL com novidades. Em destaque estarão novas áreas de exposição como o Espaço Design Nacional by LxD – Lisboa Design Show, que irá promover peças de joalharia, vestuário, calçado, mobiliário, entre outros, de origem nacional e também terá o Espaço Mixmarket, dirigido ao sector multiproduto e de origem não étnica.

Por mais um ano consecutivo FIA Lisboa 2016 conta com a Semana da Gastronomia Tradicional, que salienta o atractivo turístico-cultural da gastronomia e vinhos de Portugal e que integra o 3º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP) e a 2ªedição do Mercado da Cerveja Artesanal.



publicado por Carlos Gomes às 00:17
link do post | favorito

Quinta-feira, 19 de Maio de 2016
LISBOA RECEBE FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

Feira Internacional do Artesanato conta na sua 29ª edição com Alto Patrocínio do Presidente da República

De 25 de Junho a 3 de Julho a FIL, Fundação AIP, organiza a Feira Internacional de Artesanato e, pelo primeiro ano, conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República. A maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa, organizada pela Fundação AIP com o apoio do IEFP, e que durante a sua história tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico, congratula-se com este acto de relevante simbolismo que, mais do que incentivar, responsabiliza a organização da FIA na continuação de um trabalho em que as tradições e o futuro crescem lado a lado.

A 29ª edição da FIA Lisboa 2016 terá, como é habitual, um vasto programa em que constam exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA Lisboa 2016 assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 28 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

A FIA traz à capital, durante 9 dias, profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como interessados no artesanato enquanto manifestação cultural. Como tal, a FIA Lisboa 2016 regressa à FIL com novidades. Em destaque estarão novas áreas de exposição como o Espaço Design Nacional by LxD – Lisboa Design Show, que irá promover peças de joalharia, vestuário, calçado, mobiliário, entre outros, de origem nacional e também terá o Espaço Mixmarket, dirigido ao sector multiproduto e de origem não étnica.

Por mais um ano consecutivo FIA Lisboa 2016 conta com a Semana da Gastronomia Tradicional, que salienta o atractivo turístico-cultural da gastronomia e vinhos de Portugal e que integra o 3º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP) e a 2ªedição do Mercado da Cerveja Artesanal.



publicado por Carlos Gomes às 21:31
link do post | favorito

Quinta-feira, 14 de Abril de 2016
ALDEIA TÍPICA DE JOSÉ FRANCO É UMA DAS MAIORES ATRAÇÕES DO CONCELHO DE MAFRA A DIVULGAR OS USOS E COSTUMES DA REGIÃO SALOIA

Situada entre Mafra e a Ericeira, a Aldeia Típica de José Franco é um museu vivo das tradições das gentes da região saloia. Nela se encontram recriados espaços que falam da vivência do povo em tempos antigos, como a mercearia, as lojas do barbeiro e do dentista, a casa do lavrador, a ferraria e a oficina de carpintaria, a azenha e o moinho de vento e a escola primária que trás à lembrança as memórias de infância de muitos dos que a visitam e aproveitam para dar a conhecer aos mais novos.

Moldado pelas mãos do escultor e oleiro José Franco, a “Aldeia Saloia” como também é conhecida ocupa atualmente uma área de 2.500 metros quadrados, dispondo de um magnífico parque de estacionamento para os milhares de visitantes, incluindo as numerosas excursões que a incluem no seu roteiro.

A ideia de recriar uma aldeia típica da região saloia deverá ter surgido a José Franco por volta de meados do século passado, tendo então começado nas horas vagas a construir junto de sua casa uma aldeia em miniatura ao jeito de presépio saloio.

Mafra - Sobreiro (67)

O Sobreiro é terra com profundas tradições de olaria. José Franco nasceu em 1920 e, ainda muito jovem, aprendeu o ofício antes de trabalhar por conta própria com dezassete anos de idade. Recuperou a olaria que fora de seu avô e se encontrava desativada, sobretudo a partir da década de sessenta, deu forma ao seu sonho e, na roda do oleiro, fez crescer ano após ano uma aldeia à escala humana, qual museu etnográfico que é também uma das mais bem-sucedidas empresas da região.

Mafra - Sobreiro (35)

A entrada é gratuita. Mas, poucos são os que resistem a provar o afamado pão com chouriço e a visitar a adega típica com vinho da região. Para as crianças, além das recriações, dispõem também de dois parques infantis, incorporando alguns engenhos agrícolas que podem movimentar livremente e jogos tradicionais como o “jogo da macaca”.

A Aldeia Típica de José Franco constitui um exemplo daquilo que bem poderia ser reproduzido noutras regiões do país com vista à divulgação das respetivas tradições locais.

Mafra - Sobreiro

Mafra - Sobreiro (9)

Mafra - Sobreiro (11)

Mafra - Sobreiro (23)

Mafra - Sobreiro (24)

Mafra - Sobreiro (29)

Mafra - Sobreiro (31)

Mafra - Sobreiro (32)

Mafra - Sobreiro (41)

Mafra - Sobreiro (39)

Mafra - Sobreiro (74)

Mafra - Sobreiro (77)

Mafra - Sobreiro (46)

Mafra - Sobreiro (50)

Mafra - Sobreiro (58)

Mafra - Sobreiro (80)

Mafra - Sobreiro (81)

Mafra - Sobreiro (84)

Mafra - Sobreiro (85)



publicado por Carlos Gomes às 12:11
link do post | favorito

Sexta-feira, 4 de Março de 2016
CERVEIRA APRESENTA CROCHET NA FEIRA INTERNACIONAL DE TURISMO EM LISBOA

'O Crochet Sai à Rua' de Cerveira para Lisboa

Projeto de Vila Nova de Cerveira apresenta-se, este sábado à tarde, na BTL - Feira Internacional de Turismo de Lisboa com duas novas atrações (ver anexo) que prometem surpreender os presentes:

- logotipo de 'Cerveira - Vila das Artes' em crochet

- cadeirão totalmente revestido a crochet, com 1379 flores em 3 tons de roxo, 7kgs de lã, resultado de 650 horas de trabalho

A febre do Crochet promete muitas surpresas para os meses de julho, agosto e setembro em Vila Nova de Cerveira!

IMG_19700



publicado por Carlos Gomes às 16:44
link do post | favorito

Terça-feira, 8 de Dezembro de 2015
ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE TERCENA REALIZA EXPOSIÇÃO DE PRESÉPIOS

12345653_414993862039315_5706532074135745988_n



publicado por Carlos Gomes às 21:53
link do post | favorito

Sábado, 5 de Dezembro de 2015
LISBOA JÁ CELEBRA O NATALIS NA FIL

É Natalis e o ambiente é de festa na Feira Internacional de Lisboa. Dezenas de artesãos, livreiros e uma grande diversidade de empresas das mais variadas áreas de atividade, com especial incidência para as que laboram na criação e confeção de presentes adequados à quadra natalícia, marcam presença na edição deste ano da Natalis.

FIL-Natalis05 030

Do Minho vieram os têxteis de Guimarães e o artesanato de Barcelos, as iguarias de chocolate de Vila Verde e os enchidos tradicionais de Viana do Castelo e Ponte de Lima. Santarém trouxe os brinquedos artesanais e as mantas tradicionais. Não faltaram a perfumaria e a ourivesaria, o vestuário e o calçado, a literatura e a doçaria, a música e a diversão para os mais jovens. E, até a RTP fez hoje a transmissão em direto do programa “Aqui Portugal” com muitos artistas em palco.

FIL-Natalis05 038

Até ao próximo dia 8 de dezembro, Natalis é um programa que promete muito divertimento com o parque de diversões da Diverlandia mesmo ao lado com os seus carroceis e outros jogos que recuperam a animação da Feira Popular de Lisboa.

Com áreas temáticas diferenciadas, Natalis é um evento dedicado exclusivamente ao Natal onde o visitante pode escolher a sua compra e experienciar alguns produtos em lounges dedicados.

FIL-Natalis05 013

Trata-se de um local em ambiente natalício, onde as melhores empresas e entidades transformam os seus produtos em presentes originais, aromas deliciosos, brilho festivo e sons natalícios que compõem o fundo musical.

Aqui desafiam-se os players da gastronomia regional a apresentarem as delícias culinárias características da época natalícia, onde o paladar se regala com as melhores iguarias de Natal, doces, vinho quente, licores e muitas outras especialidades.

FIL-Natalis05 023

FIL-Natalis05 035

FIL-Natalis05 022

FIL-Natalis05 060

FIL-Natalis05 056

FIL-Natalis05 019

FIL-Natalis05 059

FIL-Natalis05 007

FIL-Natalis05 045

FIL-Natalis05 048

FIL-Natalis05 053

FIL-Natalis05 008

FIL-Natalis05 068

FIL-Natalis05 076

FIL-Natalis05 089



publicado por Carlos Gomes às 20:58
link do post | favorito

Segunda-feira, 23 de Novembro de 2015
MOITA ORGANIZA OFICINA DE VIOLA CAMPANIÇA

Na Baixa da Banheira: “Moços D’Uma Cana” ao vivo no Fórum Cultural

No dia 28 de novembro, pelas 16:00h, sobem ao palco do auditório do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo - Baixa da Banheira, os “Moços D’Uma Cana”.

Moços d'Uma Cana

“Moços D´Uma Cana” surgem de um projeto do Agrupamento de Escolas de Castro Verde, em parceria com o Município e a Junta de Freguesia, bem como da Cortiçol - Cooperativa de Informação e Cultura. Este projeto engloba a construção e o ensino do toque da viola campaniça em âmbito escolar. Uma vez terminado o percurso escolar, os alunos envolvidos decidiram formar-se como associação/grupo em prol da defesa da construção e do toque da viola campaniça, bem como do cante alentejano, realizando workshops de construção e espetáculos em torno da tradição.

A entrada é gratuita mediante reserva antecipada e levantamento de bilhetes a partir 13 de novembro.

Oficina de Viola Campaniça - Fases de construção e iniciação ao toque

Antes do espetáculo dos “Moços D´Uma Cana”, pelas 14:30h, o público é convidado a uma demonstração teórica/prática, revelando os sucessivos passos da construção de uma viola campaniça, onde é demonstrado todo o processo de construção: madeiras e ferramentas utilizadas, as várias partes da viola (ex. braço, ilhargas, cerquilhos, cavaletes, escalas, entre outros). No final da oficina, os participantes interessados aprendem os primeiros passos do toque da viola.

A participação na oficina é limitada à lotação máxima de 30 pessoas. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas presencialmente ou pelo telefone 210 888 900, no horário da bilheteira.

Horário da Bilheteira:

De 3ª a sábado – 14:30h às 19:30h

Dias de espetáculo e cinema – uma hora antes do início do espetáculo ou sessão.

Os bilhetes podem ainda ser reservados, através do telefone 210 888 900, no horário de funcionamento da bilheteira. As reservas têm de ser levantadas, no máximo, até 1h antes do início do espetáculo, com um limite de cinco bilhetes por reserva.



publicado por Carlos Gomes às 22:11
link do post | favorito

Quarta-feira, 30 de Setembro de 2015
MOITA PROMOVE VENDA DE ARTESANATO

“Artes e Talentos”: Mostra e venda de artesanato no Mercado Municipal da Moita

Artesanato em madeira, tecido, metal, cerâmica, crochet, entre muitos outros materiais, é o que pode encontrar na “Artes e Talentos” – Feira de Artesanato que se realiza, mensalmente, ao primeiro e segundo sábado, entre as 9:00h e as 13:00h, no interior do Mercado Municipal da Moita. Este mês de outubro, a feira decorre nos dias 3 e 10.

Artes e Talentos

Com o objetivo de valorizar diferentes tipos de artesanato e artesãos locais, a “Artes e Talentos” insere-se no programa de dinamização e animação do mercado municipal. Aqui, vai encontrar peças em madeira, tecido, metal, cerâmica, cortiça, crochet, entre outras.

Se quer expor e comercializar as suas peças, inscreva-se já através do endereço eletrónico pav.mun.exposicoes@mail.cm-moita.pt, indicando nome, morada, telemóvel, número de contribuinte e tipo de produtos a expor (com fotos exemplificativas).

Para mais informações, contacte a Divisão de Desenvolvimento Económico da Câmara Municipal da Moita – 210 816 914.



publicado por Carlos Gomes às 19:07
link do post | favorito

Sexta-feira, 24 de Julho de 2015
MOITA REALIZA MOSTRA DE ARTESANATO

Dias 1 e 8 de agosto, no Mercado Municipal da Moita: “Artes e Talentos”: Mostra e venda de artesanato

Como habitualmente, no primeiro e segundo sábado de cada mês, o Mercado Municipal da Moita recebe vários artesãos que mostram e vendem a sua “arte”, na Feira de Artesanato “Artes e Talentos”. No mês de agosto, esta feira vai realizar-se nos dias 1 e 8 de agosto, entre as 9:00h e as 13:00h.

Sabonetes artesanais, bijuteria, peças em metal, cortiça, tecido, cerâmica ou madeira, entre muitos outros tipos de artesanato é o que poderá encontrar nesta feira que foi criada pela Câmara Municipal da Moita com o objetivo de valorizar os artesãos do concelho da Moita e dos concelhos limítrofes, no âmbito do Programa de Dinamização e Animação do Mercado Municipal da Moita.

Os interessados em expor ou comercializar as suas peças, devem inscrever-se através do email: pav.mun.exposicoes@mail.cm-moita.pt, mencionando o nome, morada, contacto telefónico, número de contribuinte e o tipo de produto a expor (com fotografias).

Mais informações na Divisão de Desenvolvimento Económico da Câmara Municipal da Moita, T: 210816914.



publicado por Carlos Gomes às 16:57
link do post | favorito

Terça-feira, 14 de Julho de 2015
FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO EM LISBOA RECEBEU 115 MIL VISITANTES

A FIA Lisboa 2015, que se realizou de 27 de Junho a 5 de Julho na FIL - Parque das Nações - comemorou este ano a 28º edição e reforçou a sua posição como palco da maior Festa Intercultural da Península Ibérica. O certame recebeu cerca de 115 mil visitantes, um acréscimo de 2,6% face à edição de 2014, a qual recebeu 112 mil visitantes.

299021_549476481732230_1342586056_n

Na edição deste ano, a FIA Lisboa contabilizou um total de 643 expositores, contando com 227 expositores estrangeiros que representaram os cinco continentes numa mostra de mais de 40 países onde se destacou a presença de Timor Leste como País Convidado numa demonstração do seu património cultural e histórico e intrínsecas ligações a Portugal e a sua importância como produtor de artesanato.

FIA 111

África do Sul, Alemanha, Brasil, Cuba, Egipto, Equador, Espanha, França, Gana, India, Indonésia, Itália, Lituânia, Madagáscar, Mali, Marrocos, Moçambique, Nepal, Paquistão, Perú, Quénia, Reino Unido, Ruanda, Rússia, Senegal, Sérvia, Suíça, Tailândia, Tunísia, Turquia, Ucrânia, Vietname, Zimbabwe entre outros marcaram igualmente presença afirmando o posicionamento da FIA como plataforma de excelência para a promoção e o desenvolvimento da cultura, artes e tradições.

FIA 056

Realçamos equitativamente a presença do Centro de Portugal como região convidada, promovendo o Turismo Centro de Portugal justificando-se pelo facto de se distinguir pelo Património Mundial da Humanidade - Mosteiro de Alcobaça e Mosteiro da Batalha, Convento de Cristo em Tomar e Universidade de Coimbra, Alta e Sofia- pela natureza exuberante que apresenta, pelo Artesanato genuíno- reflexo de artes antigas e modos de vida tradicionais, pela gastronomia e vinhos regionais.

A FIA Lisboa 2015 contou ainda com 202 manifestações paralelas, entre elas workshops, seminários e desfiles.

FIA 011

Organizada pela Fundação AIP, através da AIP - Feiras, Congressos e Eventos, com a colaboração do IEFP - Instituto de Emprego e Formação Profissional, a FIA Lisboa trouxe à capital um espaço que aglomerou tradição, contemporaneidade, criatividade, inovação e design.

FIA 044

Ao longo dos seus 27 anos de história, a FIA-Lisboa tem vindo a alcançar uma simbiose perfeita entre tradições e produtos endógenos, tornando-se num veículo privilegiado para a divulgação do Artesanato e Gastronomias Regionais e da cultura dos povos presentes em cada edição.

FIA 027

A FIA Lisboa em 2014

Em 2014 a FIA Lisboa recebeu cerca de 112.000 visitantes em 9 dias de feira. A diversidade dos expositores, as propostas artesanais aliadas ao design mais contemporâneo, as iniciativas multiculturais e a ampliação da área dedicada à gastronomia, contribuíram para o sucesso da FIA Lisboa 2014, certame que é já uma referência consagrada nas feiras do sector.

FIA 029

FIA 037



publicado por Carlos Gomes às 13:46
link do post | favorito

Terça-feira, 30 de Junho de 2015
GASTRONOMIA TRADICIONAL TEM FESTIVAL NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

Decorre no âmbito da Feira Internacional de Artesanato a Semana da Gastronomia Tradicional, constituído este ano como o 2º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas – DOP.

FIA 043

Confecionada por seis restaurantes de cozinha tradicional portuguesa em representação de seis regiões do país, este evento constitui ainda uma oportunidade para os visitantes se deliciarem com os melhores pratos e produtos genuínos da nossa culinária.

Do Minho ao Algarve, passando pela Serra da Estrela e o Alentejo, não faltam as melhores iguarias, sem esquecer a doçaria de Almada e a cerveja artesanal que este ano possui presença destacada.

Constituindo a gastronomia nas suas mais diversas variantes uma das vertentes do nosso artesanato, também ela não podia deixar de concorrer para o sucesso deste grandioso certame. Isto porque não é só de barro que se faz o nosso artesanato!

FIA 037

FIA 032



publicado por Carlos Gomes às 23:09
link do post | favorito

Sábado, 27 de Junho de 2015
GASTRONOMIA TRADICIONAL MARCA PRESENÇA NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

No âmbito da Feira Internacional de Artesanato decorre a Semana da Gastronomia Tradicional, constituído este ano como o 2º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas – DOP.

FIA 039

Confecionada por seis restaurantes de cozinha tradicional portuguesa em representação de seis regiões do país, este evento constitui ainda uma oportunidade para os visitantes se deliciarem com os melhores pratos e produtos genuínos da nossa culinária.

FIA 041

FIA 037

Do Minho ao Algarve, passando pela Serra da Estrela e o Alentejo, não faltam as melhores iguarias, sem esquecer a doçaria de Almada e a cerveja artesanal que este ano possui presença destacada.

Constituindo a gastronomia nas suas mais diversas variantes uma das vertentes do nosso artesanato, também ela não podia deixar de concorrer para o sucesso deste grandioso certame. Isto porque não é só de barro que se faz o nosso artesanato!

FIA 043

FIA 042

FIA 032

FIA 036



publicado por Carlos Gomes às 21:43
link do post | favorito

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO JUNTA EM LISBOA ARTESÃOS DE TODO O MUNDO

Centenas de artesãos das mais variadas regiões de Portugal e ainda de muitos países dos vários continentes afluíram a Lisboa para participar naquele que é já considerado um dos mais importantes certames da especialidade.

FIA 044

Eles vieram da Rússia e da Índia, da China e do Nepal, de Marrocos e da Tunísia, de Moçambique e de Cabo Verde, de Cuba e da Turquia. Mas, também os portugueses não faltaram à chamada e, de norte a sul do país, vieram os barristas de Barcelos e as bordadeiras de Guimarães e Viana do Castelo, as rendilheiras de Vila do Conde e os ourives de Amarante.

FIA 138

Os pavilhões estão profusamente coloridos com os mais garridos lenços de seda, os luminosos candeeiros turcos e as cores alegres do artesanato minhoto. E, qual ensaio de “arte total”, os deslumbrantes trajes do Minho e a vivacidade das suas danças e cantares compõem um quadro soberbo capaz de inspirar o mestre José Malhoa.

FIA 029

Timor-Leste é o país convidado da edição deste ano, procurando-se desse modo divulgar o artesanato daquele país lusófono, o que pode constituir uma mais-valia para a sua população nomeadamente ao nível da empregabilidade.

A Feira Internacional de Artesanato é uma autêntica festa que convida os visitantes a visitá-la. O certame decorre até ao próximo dia 5 de julho.

FIA 149

FIA 150

FIA 056

FIA 048

FIA 027

FIA 011

FIA 052

FIA 145

FIA 026



publicado por Carlos Gomes às 20:48
link do post | favorito

VIANA DO CASTELO TROUXE À FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO A ALEGRIA DAS GENTES DO MINHO

A Feira Internacional de Artesanato arrancou hoje, com muita alegria e entusiasmo, a som das concertinas e dos cavaquinhos do Grupo Folclórico das Lavradeiras da Meadela, vindos propositadamente de Viana do Castelo para conferir o mais colorido ao stand do seu concelho. Em redor, o Minho marcava ainda presença através das representações de Barcelos, Vila Verde e Guimarães que trouxeram a olaria e os bordados, o linho e os lenços de namorados, e muito mais poderiam mostrar do seu rico e vasto artesanato.

As “Lavradeiras da Meadela” despertaram de imediato a atenção do público que aplaudiu e dançou com os componentes do rancho, deixando-se levar pela alegria contagiante das gentes do Minho.

FIA 102

E, como não podia deixar de suceder, também a gastronomia minhota marcou presença na Semana Gastronómica que este ano dispõe pela primeira vez de um pavilhão inteiro para os apreciadores dos nossos melhores paladares.

Com a participação ativa dos artesãos e do folclore do Minho, a Feira Internacional de Artesanato é uma autêntica festa que convida os visitantes a visitá-la. O certame decorre até ao próximo dia 5 de julho.

FIA 111

FIA 134

FIA 068

FIA 086

FIA 074

FIA 129



publicado por Carlos Gomes às 19:15
link do post | favorito

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO ABRE HOJE AO PÚBLICO



publicado por Carlos Gomes às 12:22
link do post | favorito

Sexta-feira, 26 de Junho de 2015
GASTRONOMIA TRADICIONAL MARCA PRESENÇA NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

Semana de Gastronomia Tradicional | FIA Lisboa 2015

2º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP)

Mercado da Cerveja Artesanal

De 27 de Junho a 5 de Julho a FIL - Parque das Nações – recebe a 28º edição da FIA Lisboa voltando a ser o palco da maior Festa Intercultural da Península Ibérica, redescobrindo os melhores pratos de Gastronomia Tradicional.

11217832_1024014814278392_8336731799272697106_o

Promovida e organizada pela Fundação AIP, através da AIP - Feiras, Congressos e Eventos, com a colaboração do IEFP - Instituto de Emprego e Formação Profissional e contando com a participação de Municípios; Entidades Regionais de Turismo e Associações de Artesãos, a FIA-Lisboa é um verdadeiro mundo de culturas, tradições e artes.

A Gastronomia constitui-se como um importante atractivo turístico-cultural de um local, região ou País. Portugal está identificado como um dos melhores destinos de Gastronomia e Vinhos na Europa sendo fundamental que o Património Gastronómico Nacional seja reconhecido, valorizado e divulgado como fenómeno cultural, património material e imaterial das regiões e factor impulsionador do desenvolvimento regional e de riqueza nacional.

Neste âmbito, a FIA-Lisboa conta, pela 2ª vez, com a Semana de Gastronomia Tradicional dando especial destaque à degustação de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP) e ao Mercado da Cerveja Artesanal. A Semana de Gastronomia Tradicional pretende, com esta iniciativa, cativar os visitantes pelos produtos e paladares característicos que são de origem nacional.

A Semana da Gastronomia Tradicional decorrerá no pavilhão 3 da FIL e incluirá os seguintes Espaços Gastronómicos:

2º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP)

‘’ Um Território uma Raça, em cada Raça um Paladar’’

Mostra e degustação da melhor e suculenta carne de seis Raças Portuguesas Certificadas (DOP) confecionada por seis Restaurantes de cozinha tradicional Portuguesa em representação de seis regiões do país num evento de cultura gastronómica com os melhores pratos tradicionais e produtos genuínos. Para o efeito, a organização da FIA-Lisboa convidou restaurantes - o ‘‘Torres Restaurantes’’ – Minho, ‘’O Costa’’ – Alto Douro, ‘’Comeres Barrosões’’ – Alto Tâmega, ‘’Caetano’’ – Beira Litoral, ‘’Temudu’s’’ – Centro Bairrada e o restaurante ‘’Lampião’’ - Alentejo). Esta iniciativa conta também com a presença de várias tasquinhas onde será possível a degustação de produtos de charcutaria, queijos e doçaria e stands de venda directa de produtos gastronómicos.

Mercado da Cerveja Artesanal

No âmbito da Semana da Gastronomia Tradicional, a FIA-Lisboa lança o Mercado da Cerveja Artesanal como plataforma de divulgação e promoção de um novo nicho de mercado que está a crescer. Oportunidade de negócio que começa a ter alguma dimensão, iniciou-se enquanto hobby de fabricação em casa, passando às microcervejeiras, sendo hoje negócio de algumas grandes marcas reconhecidas internacionalmente. O Mercado da Cerveja Artesanal acolhe 4 marcas diferentes de cerveja artesanal - Letra, Sovina, Bolina e Deusa - e 4 mostradores que representam mais de 20 estilos de cervejas artesanais. A iniciativa tem como principais objectivos:

- Divulgar o empreendedorismo de alguns produtores

- Promover os melhores produtores

- Fomentar a cultura cervejeira artesanal Incentivar o público a conhecer e entender a importância de se consumir e apreciar produtos de qualidade

- Conhecer a diversidade e a versatilidade da cerveja artesanal

- Degustar a vasta gama de estilos e receitas produzidas

- Contactar directamente com o consumidor final e assim testar o produto

Os visitantes que optarem por almoçar no espaço da Semana da Gastronomia Tradicional na FIA Lisboa poderão descontar o preço do valor da entrada na sua refeição*. *Válido apenas ao almoço num dos seis restaurantes (12h30 às 14h30)

Com quase três décadas de história a FIA Lisboa ocupará até dia 5 de Julho os pavilhões 1, 2 e 3 da FIL, no Parque das Nações. Recebendo anualmente mais de 100.000 visitantes, o salão prima a sua oferta pelo artesanato e expressões culturais trazidas à capital por centenas de expositores que ano após ano aderem ao certame.

Foi assim em 2014…

Em 2014 a FIA Lisboa recebeu cerca de 112.000 visitantes em 9 dias de feira. A diversidade dos expositores, as propostas artesanais aliadas ao design mais contemporâneo, as iniciativas multiculturais e a ampliação da área dedicada à gastronomia, contribuíram para o sucesso da FIA Lisboa 2014, certame que é já uma referência consagrada nas feiras do sector.

11233574_1020111824668691_6283996876538486221_o



publicado por Carlos Gomes às 20:59
link do post | favorito

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO É UM MUNDO DE CULTURAS

‘FIA Lisboa – Um mundo de Culturas’, na FIL de 27 de Junho a 5 de Julho

De 27 de Junho e 5 de Julho, a FIL, no Parque das Nações, será mais uma vez palco da maior Festa intercultural da Península Ibérica, e a segundo a nível europeu, voltando a receber a FIA Lisboa – Um mundo de culturas na sua 28ª edição.

FIArtesanato 002

Organizada pela Fundação AIP, através da AIP – Feiras, Congressos e Eventos, com a colaboração do IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional, a FIA Lisboa traz à capital durante 9 dias um verdadeiro mundo de culturas, tradições e artes. Plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, gastronomia, recursos naturais e das actividades culturais e turísticas, a FIA Lisboa dá a conhecer todo o património material e imaterial que constitui a identidade dos Territórios.

FIArtesanato 004

A FIA Lisboa mobiliza cerca de 115.000 visitantes, famílias que querem descobrir, recordar, ou mesmo adquirir artigos típicos de cada região, mas também novos conceitos de artesanato e design, objectos com os quais nos identificamos, paladares que fazem as nossas delícias, artes performativas que exteriorizam sentimentos, a arquitectura dos nossos espaços e a organização social do território e das regiões.

Em 2015 a FIA Lisboa volta a promover a melhor gastronomia, no 2º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas – DOP, trazendo ao espaço da FIL carnes de seis raças nacionais, representadas por 6 restaurantes de 6 regiões do País.

FIArtesanato 074

Como novidade a FIA Lisboa lança este ano o Mercado da Cerveja Artesanal com a presença de algumas das melhores e mais conhecidas marcas e com o objectivo de divulgar o empreendedorismo destes produtores, dar a conhecer a vasta gama de estilos e receitas produzidas e fomentar a cultura cervejeira artesanal.

Como habitualmente a FIA lisboa promove mais uma vez o Prémio de Artesanato Tradicional e Contemporâneo. Mais que um recordar de tradições, a FIA Lisboa é também um palco para novos talentos que incorporam no melhor que nós temos vindo a produzir, novas abordagens e novos materiais, mantendo a tradição sempre actual e desafiante.

FIArtesanato 069



publicado por Carlos Gomes às 16:06
link do post | favorito

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO É O MAIOR EVENTO IBÉRICO DE SABERES, SABORES E TRADIÇÕES

Participações oficiais internacionais e entidades regionais nacionais crescem na FIA Lisboa 2015

A FIA Lisboa que se realiza de 27 de Junho e 5 de Julho, na FIL, cresce em número de participações oficiais internacionais e em presenças de entidades regionais nacionais, numa aposta clara de promoção de culturas e territórios.

FIArtesanato 066

Organizada pela Fundação AIP, através da AIP – Feiras, Congressos e Eventos, com a colaboração do IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional, a FIA Lisboa traz à capital durante 9 dias um verdadeiro mundo de culturas, tradições e artes.

Plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, gastronomia, recursos naturais e das actividades culturais e turísticas, a FIA Lisboa dá a conhecer todo o património material e imaterial que constitui a identidade dos Territórios.

FIArtesanato 004

Cada vez mais ao serviço das diferentes culturas nas suas diversas vertentes – saberes, sabores, costumes e tradições reflexo do conhecimento, da moral e do meio ambiente onde nos inserimos, a FIA Lisboa tem vindo ao longo das suas 28 edições a atrair cada vez mais participações regionais e locais nacionais e internacionais, nomeadamente municípios, e entidades oficiais que representam os diferentes países, verificando-se um crescimento em número de participações de cerca de 50% a nível internacional e mais de 100 % no que diz respeito a municípios.

FIArtesanato 011

Em 2015 a FIA Lisboa volta a promover a melhor gastronomia, no 2º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas – DOP, trazendo ao espaço da FIL carnes de seis raças nacionais, representadas por 6 restaurantes de 6 regiões do País, com a estreia da Raça de Porco Alentejano.

Como novidade a FIA Lisboa lança este ano o Mercado da Cerveja Artesanal com a presença de algumas das melhores e mais conhecidas marcas e com o objectivo de divulgar o empreendedorismo destes produtores, dar a conhecer a vasta gama de estilos e receitas produzidas e fomentar a cultura cervejeira artesanal.

FIArtesanato 029

Como habitualmente a FIA lisboa promove mais uma vez o Prémio de Artesanato Tradicional e Contemporâneo. Mais que um recordar de tradições, a FIA Lisboa é também um palco para novos talentos que incorporam no melhor que nós temos vindo a produzir, novas abordagens e novos materiais, mantendo a tradição sempre actual e desafiante.

FIArtesanato 068

FIArtesanato 076



publicado por Carlos Gomes às 15:25
link do post | favorito

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO DESTACA ARTES E OFÍCIOS PORTUGUESES

FIA Lisboa 2015

Exposição Temática | Artes e Ofícios Portugueses: Caminhos de Inovação

De 27 de Junho a 5 de Julho a FIL- Parque das Nações - recebe a 28 º edição da FIA Lisboa – um espaço para Sentir o Passado, Viver o Presente e Experimentar o Futuro.

FIArtesanato 052

Assumindo-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais, que formam a identidade etnológica nacional, por via do artesanato, das actividades culturais e turísticas, da gastronomia, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, a FIA Lisboa levará o público visitante a viajar pelos melhores sabores e saberes de Portugal e de dezenas de países, dos cinco continentes.

Organizada pelo IEFP em parceria com a fundação AIP – Feiras, Congressos e Eventos, a exposição temática – Artes e Ofícios Portugueses: Caminhos de Inovação contempla projectos colectivos e iniciativas individuais desenvolvidas um pouco por todo o país abrangendo vários subsectores das produções artesanais (cerâmica, têxtil, calçado, fibras vegetais e a joalharia, entre outros).

FIArtesanato 031

Uma abordagem transversal, cujo denominador comum é a inovação e com uma ligação aos territórios, em propostas que partem de uma apropriação de tradições, das vivências, do meio ambiente, na tentativa (conseguida) de criar objectos diferenciados que nos remetem para determinados locais e regiões.

A exposição temática incluirá os seguintes espaços:

- Espaço ‘’parcerias para a inovação’’, onde serão destacados projectos inovadores que conjugam o trabalho de designers, artesãos e outros profissionais, ou experiências, mais ou menos consolidadas, de interacção colaborativa entre artesãos.

- Espaço ‘’novas áreas novas abordagens’’, onde se apresentarão os ateliers, oficinas ou artesãos individuais que têm vindo a explorar novas áreas, novos mercados, conceitos e linguagens.

Com quase três décadas de história a FIA Lisboa ocupará até dia 5 de Julho os pavilhões 1, 2 e 3 da FIL, no parque das Nações. Recebendo anualmente mais de 100.000 visitantes, o salão prima a sua oferta pelo artesanato e expressões culturais trazidas à capital por centenas de expositores que ano após ano aderem ao certame.

Foi assim em 2014… Em 2014 a FIA Lisboa recebeu cerca de 112.000 visitantes em 9 dias de feira. A diversidade dos expositores, as propostas artesanais aliadas ao design mais contemporâneo, as iniciativas multiculturais e a ampliação da área dedicada à gastronomia, contribuíram para o sucesso da FIA Lisboa 2014, certame que é já uma referência consagrada nas feiras do sector.

FIArtesanato 037



publicado por Carlos Gomes às 15:13
link do post | favorito

FEIRA INTERNCIONAL DE ARTESANATO ABRE AMANHÃ AO PÚBLICO



publicado por Carlos Gomes às 09:33
link do post | favorito

Quinta-feira, 25 de Junho de 2015
VISITE A FEIRA INTENACIONAL DE ARTESANATO E APROVEITE O VOUCHER DE DESCONTO!



publicado por Carlos Gomes às 18:49
link do post | favorito

Quarta-feira, 24 de Junho de 2015
FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO ABRE AS PORTAS NO PRÓXIMO SÁBADO



publicado por Carlos Gomes às 22:26
link do post | favorito

Terça-feira, 23 de Junho de 2015
FEIRA INTENACIONAL DE ARTESANATO COMEÇA NO PRÓXIMO SÁBADO



publicado por Carlos Gomes às 14:22
link do post | favorito


mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

FIA LISBOA DISTINGUE AS M...

FIA LISBOA COMEMORA 30º A...

BLOGUE DE LISBOA VISITA F...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

PORTUGUESES DA DIÁSPORA P...

LAURA RUA, A MORDOMA QUE ...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

FIA MOSTRA ARTESANATO DE ...

ARTESÃOS DE TODO O MUNDO ...

BLOGUE DE LISBOA É PARCEI...

JOÃO ALPUIM BOTELHO PROFE...

JOÃO ALPUIM BOTELHO PROFE...

LISBOA RECEBE NA FIL ARTE...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

PRESIDENTE DA REPÚBLICA V...

GRUPOS FOLCLÓRICOS DEVEM ...

MINHO CANTA E DANÇA NA FE...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

MINHOTOS LEVAM FOLCLORE À...

MINHO TROUXE À FIL O MELH...

FOLCLORE, GASTRONOMIA E A...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

LISBOA RECEBE FEIRA INTER...

MINHOTOS CANTAM E DANÇAM ...

MINHOTOS CANTAM E DANÇAM ...

LISBOA RECEBE FEIRA INTER...

ALDEIA TÍPICA DE JOSÉ FRA...

CERVEIRA APRESENTA CROCHE...

ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE TE...

LISBOA JÁ CELEBRA O NATAL...

MOITA ORGANIZA OFICINA DE...

MOITA PROMOVE VENDA DE AR...

MOITA REALIZA MOSTRA DE A...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

GASTRONOMIA TRADICIONAL T...

GASTRONOMIA TRADICIONAL M...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

VIANA DO CASTELO TROUXE À...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

GASTRONOMIA TRADICIONAL M...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

FEIRA INTERNCIONAL DE ART...

VISITE A FEIRA INTENACION...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

FEIRA INTENACIONAL DE ART...

arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds