Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores

Quarta-feira, 5 de Abril de 2017
PASTELARIA “PÃOZINHO DAS MARIAS” VENCE 9ª EDIÇÃO DA PROVA “O MELHOR PASTEL DE NATA”

O segundo e terceiro lugares foram atribuídos pelo júri, presidido pelo gastrónomo Virgílio Gomes, à pastelaria Patyanne, de Castanheira do Ribatejo e ao Restaurante Mercado do Peixe, de Lisboa

Prova Melhor Pastel Nata.jpg

O Peixe em Lisboa, evento gastronómico dedicado à cozinha de mar, cuja 10.ª edição decorre no recém-reaberto Pavilhão Carlos Lopes até ao dia 9 de abril, realizou numa sessão aberta ao público, a final da 9ª Edição da prova O Melhor Pastel de Nata, que distinguiu em primeiro lugar a pastelaria Pãozinho das Marias, da Ericeira, com o Melhor Pastel de Nata da região da Grande Lisboa. O segundo e terceiro lugares foram atribuídos à pastelaria Patyanne, de Castanheira do Ribatejo e ao restaurante lisboeta Mercado do Peixe, respetivamente.

Francisco Duarte, responsável pela pastelaria e gestão do espaço Pãozinho das Marias, recebeu com enorme satisfação, o diploma de 1º Lugar, das mãos de Virgílio Gomes, presidente do júri. Uma distinção merecida para quem falhou várias vezes, mas sempre procurou chegar à perfeição. O jovem pasteleiro de 25 anos, natural da zona da Ericeira, congratula o trabalho em equipa, mas garante que a sua persistência e dedicação ao trabalho foram o grande motor da sua recente conquista.

Desenvolvido pelo gastrónomo Virgílio Gomes, e à margem do evento Peixe em Lisboa, a prova O Melhor Pastel de Nata, destinado às pastelarias e restaurantes da Grande Lisboa é já um clássico que pretende evidenciar e promover um dos doces mais característicos da região. Com uma legião de fãs espalhada pelo mundo, Virgílio Gomes destaca as características mais relevantes de um bom pastel de nata; aspecto apetecível e bronzeado, sem estar queimado ou esmorecido, equilíbrio entre a massa, que deve ser bastante quebrada e o creme, que deve “escorrer” do pastel, sem ter gostos excessivos a canela, limão, baunilha, ou outras essências.

Prova Melhor Pastel Nata - Entrega Diploma (1).jpg

Já com nove anos de história, a prova O Melhor Pastel de Nata é um dos momentos mais marcantes do Peixe em Lisboa, tendo como objetivo a divulgação e promoção do consumo deste doce característico da cidade. Uma prova que tem ajudado a reforçar a qualidade do que se tem feito na região, como é o caso da massa folhada, que apresenta uma evolução significativa e cada vez mais qualidade.

A repercussão deste desafio, lançado a pastelarias e restaurantes da Grande Lisboa, é cada vez maior e este ano bateu novamente o recorde de inscrições, contando com 26 participações de estabelecimentos com fabrico próprio. Para se apurarem os doze finalistas desta tarde, foram realizadas duas provas de pré-seleção, em dias diferentes, que resultaram na decisão dos nove melhores pastéis de nata avaliados, que se juntaram aos três primeiros classificados da edição do ano passado.

O júri deste ano foi presidido pelo gastrónomo Virgílio Gomes, o enólogo Domingos Soares Franco, a jornalista Cristina Liz, a blogger gastronómica Isabel Zibaia Rafael e o especialista em doces Carlos Braz Lopes, que pontuaram os pastéis numa escala de 0 a 10, analisando o “Aspeto”, o “Toque da massa”, o “Sabor e consistência da massa”, o “Recheio” e o “Sabor global”. Cada concorrente apresentou os seus pastéis de nata em embalagens não identificadas e os membros do júri efetuaram provas cegas, desconhecendo a identidade dos concorrentes.

A competir nesta 9ª Edição da prova O Melhor Pastel de Nata estiveram também a Pastelaria Bonjour Cascais, de Alcabideche, a Pastelaria Polo Norte, de Mafra, a Pastelaria Santa Coina, de Coina e as pastelarias Bijou do Calhariz, Aloma, a Fábrica da Nata e a Pastelaria Casinha do Pão, de Lisboa. Ainda como finalistas da edição passada e que fizeram igualemte parte dos doze finalistas deste ano, estiveram as pastelarias Fim de Século, de Lisboa e a Pastelaria Batalha, da Venda do Pinheiro.

Sobre o Peixe em Lisboa

O Peixe em Lisboa celebra este ano a sua 10ª edição, de 30 de março a 09 de abril. O recém-reaberto Pavilhão Carlos Lopes será o palco de várias provas e concursos gastronómicos, assim como a presença de vários chefes nacionais e internacionais para apresentações num auditório onde decorrerão diversas sessões dedicadas à gastronomia. No recinto do pavilhão, 10 conceituados restaurantes da região de Lisboa funcionarão em permanência com uma oferta diversificada de pratos à base de peixes e mariscos. Neste ano, os restaurantes presentes no evento são: Alma (chefe Henrique Sá Pessoa), Arola Penha Longa (chefe Milton Anes), Boi-Cavalo (chefe Hugo Brito), Chapitô à Mesa (chefe Bertílio Gomes) Ibo (chefe João Pedrosa), Kiko Martins (chefe Kiko Martins), Rabo d’Pêxe (chefe Paulo Morais), Ribamar (chefe Hélder Chagas), Ritz Four Seasons Hotel (chefe Pascal Meynard) e Taberna da Rua das Flores (chefe André Magalhães). Além das apresentações em auditório e dos 10 restaurantes, o evento conta ainda com uma terceira componente principal com um Mercado Gourmet que também funciona permanentemente entre as 12h e as 24h apresentando uma grande diversidade de produtos. O Peixe em Lisboa é organizado pela Associação de Turismo Lisboa, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e produção da DOT Global e LGSP Events.

Prova Melhor Pastel Nata - vencedor Francisco Duarte.jpg



publicado por Carlos Gomes às 18:16
link do post | favorito

Sexta-feira, 31 de Março de 2017
PEIXE EM LISBOA FAZ A PROVA DO MELHOR PASTEL DE NATA

Já com nove anos de história, a Prova do Melhor Pastel de Nata é já um dos momentos marcantes do Peixe em Lisboa, tendo como objetivo a divulgação e promoção do consumo deste doce característico da cidade.

De facto, é cada vez maior a repercussão deste desafio lançado a pastelarias e restaurantes da Grande Lisboa, que este ano bateu de novo o recorde de inscrições, contando com 26 participações de estabelecimentos com fabrico próprio.

Para se apurarem os finalistas, tiveram que ser realizadas duas provas de pré-selecção, em dois dias diferentes, que resultaram na decisão dos nove melhores pastéis de nata avaliados, que se vão juntar aos três primeiros classificados da edição do ano passado. Estes doze concorrentes participarão então na prova final deste ano, marcada para o dia 5 de abril, que será aberta ao público a partir das 15h00.

O júri deste ano é presidido por Virgílio Gomes, integrando o enólogo Domingos Soares Franco, a jornalista Cristina Liz, a blogger gastronómica Isabel Zibaia Rafael e o especialista Carlos Braz Lopes, que irão pontuar os pastéis numa escala de 0 a 10, analisando o “Aspeto”, o “Toque da massa”, o “Sabor e consistência da massa”, o “Recheio” e o “Sabor global”.

Os nove participantes finalistas deste ano são:

O Pãozinho das Marias – Ericeira

Pastelaria Bonjour Cascais – Alcabideche

Pastelaria Bijou do Calhariz – Lisboa

Pastelaria Aloma – Lisboa

Fábrica da Nata – Lisboa

Pastelaria Polo Norte – Mafra

Restaurante Mercado do Peixe – Lisboa

Pastelaria Casinha do Pão – Lisboa

Pastelaria Santa Coina – Coina

Estes finalistas juntam-se aos três da edição do ano anterior (Pastelaria Fim de Século, de Lisboa, Pastelaria Patyanne de Castanheira do Ribatejo e Pastelaria Batalha, da Venda do Pinheiro), perfazendo assim os 12 concorrentes finalistas.

ADN PASTELEIRO

Após o êxito da primeira edição do ano passado, o ADN Pasteleiro volta ao Peixe em Lisboa sempre com o objetivo de promover e valorizar o trabalho dos profissionais de Pastelaria, sendo exclusivamente dedicado a jovens profissionais que se encontrem no ativo. O desafio deste ano será a apresentação de uma sobremesa empratada, assim como dois entremets (semifrios), confeccionados com chocolate.

Os concorrentes terão de preparar seis sobremesas, que deverão ser empratadas para cada membro do júri e para exposição no evento e ainda dois entremets (semifrios) que contenham chocolate e de preferência decorados (um para exposição e outro para prova do júri).

A prova do concurso irá decorrer em sessão aberta ao público durante o evento Peixe em Lisboa, no dia 31 de Março, às 15h00, sendo o júri composto pelos seguintes membros:

José Bento dos Santos (Convidado de Honra)

Chefe José Manuel Augusto (Chefe Pasteleiro Escola Valrhona)

Chefe Fabian Nguyen (Chefe Pasteleiro Hotel Ritz Four Seasons Lisboa)

Chefe Roberto Carlos Martins Horta (Chefe de Pastelaria Hotel Conrad Algarve)

Chefe Joaquim Sousa (Chefe Pasteleiro Pastelaria Ladurée)

Chefe Filipe Soares (Chefe Pasteleiro Hotel Epic Sana Lisboa)

Os participantes em concurso para o ADN Pasteleiro 2017 são; André Morgado (Restaurante Olivier), Alberto Correia (Areias do Seixo), Diana Gravito (Romeiro & Martins), Nádia Assis (Intercontinental Lisboa) e Sofia Landeiro (Centro de Formação Profissional para o Sector Alimentar da Pontinha).

Sobre o Peixe em Lisboa

O Peixe em Lisboa celebra este ano a sua 10ª edição, de 30 de março a 09 de abril. O recém-reaberto Pavilhão Carlos Lopes será o palco de várias provas e concursos gastronómicos, assim como a presença de vários chefes nacionais e internacionais para apresentações num auditório onde decorrerão diversas sessões dedicadas à gastronomia. No recinto do pavilhão, 10 conceituados restaurantes da região de Lisboa funcionarão em permanência com uma oferta diversificada de pratos à base de peixes e mariscos. Neste ano, os restaurantes presentes no evento são: Alma (chefe Henrique Sá Pessoa), Arola Penha Longa (chefe Milton Anes), Boi-Cavalo (chefe Hugo Brito), Chapitô à Mesa (chefe Bertílio Gomes) Ibo (chefe João Pedrosa), Kiko Martins (chefe Kiko Martins), Rabo d’Pêxe (chefe Paulo Morais), Ribamar (chefe Hélder Chagas), Ritz Four Seasons Hotel (chefe Pascal Meynard) e Taberna da Rua das Flores (chefe André Magalhães). Além das apresentações em auditório e dos 10 restaurantes, o evento conta ainda com uma terceira componente principal com um Mercado Gourmet que também funciona permanentemente entre as 12h e as 24h apresentando uma grande diversidade de produtos. O Peixe em Lisboa é organizado pela Associação de Turismo Lisboa, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e produção da DOT Global e LGSP Events.



publicado por Carlos Gomes às 22:19
link do post | favorito

Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2017
CASA DO CONCELHO DE GOUVEIA ORGANIZA FESTA DO CHOCOLATE

16299486_1801298463466138_7846420236253349813_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 10:21
link do post | favorito

Quinta-feira, 17 de Novembro de 2016
CASCAIS REALIZA MERCADO DO MEL E DA DOÇARIA CONVENTUAL

IGUARIAS ADOÇAM MERCADO DA VILA DE CASCAIS DE 25 A 27 DE NOVEMBRO

Falta ainda um mês para o natal, mas o pecado da gula vai invadir Cascais já em novembro. O Mercado da Vila organiza o Mercado do Mel e da Doçaria Conventual no último fim-de-semana deste mês, entre os dias 25 e 27, e o difícil será escolher entre todas as tentações.

cartaz_Mercado do Mel e Doçaria.png

O melhor é deixar a dieta à porta, entrar, decidir e provar. Para os mais gulosos, este Mercado não será mesmo tarefa fácil: há trouxas-de-ovos, sericaia, ovos moles de Aveiro, pasteis de Al-Madan e muitas outras especialidades tão tipicamente portuguesas.

Nem as abelhas tiveram descanso até este fim-de-semana chegar: o mel terá lugar de destaque, claro, e não apenas em frascos, mas sob diversas formas como rebuçados, vinagre, aguardente, licores, barritas, sabonetes e cosmética. É caso para dizer “é muito mel!”.

Esta é também uma oportunidade para aqueles que, habitualmente, deixam as compras de natal para os últimos dias de dezembro, podendo assim antecipar-se em 2016 e oferecer produtos portugueses artesanais de grande qualidade.

Haverá ainda vários momentos de animação ao vivo durante os três dias do Mercado.

Entrada gratuita

Horários: Sexta-feira das 16h às 22h; sábado das 10h às 22h; e domingo das 10h às 20h.

Deslocação: como é habitual, a CP associa-se ao Mercado da Vila durante este fim-de-semana e será possível os visitantes fazerem a viagem de ida e volta ao Mercado de Outono de comboio pelas linhas de Cascais, Sintra/Azambuja e Sado pelo preço de 2€.

Estacionamento: O Mercado da Vila tem parque de estacionamento.



publicado por Carlos Gomes às 20:26
link do post | favorito

Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016
FESTA DO CHOCOLATE ADOÇA CASCAIS NESTE INÍCIO DE OUTONO
  • Festa terá lugar em Tires, São Domingos de Rana, de 30 de setembro a 2 de outubro
  • A entrada é gratuita e haverá venda de doces, zona de alimentação, animação musical ao vivo e um espaço infantil para as famílias
  • Bombons, brownies, brigadeiros, crepes, waffles echurros fazem parte da oferta de doçaria para o fim-de-semana

O verão terminou, mas o tempo outonal convida ainda para programas de família ao ar livre. Para a combinação ser perfeita, juntou-se à meteorologiaaquela que será a melhor atração deste fim-de-semana: o chocolate.

Cartaz_Festa do Chocolate_Tires.png

Sob diversas formas, sabores e texturas, o cacau marca presença de sexta-feira a domingo, acompanhado por animação, programa cultural, espaço infantil, quiosques de alimentação e, claro, bancas com docespara todos os gostos.Bombons, brownies, brigadeiros, crepes, waffles, churros e torres de chocolatesão algumas das ofertas de doçaria que vão fazer as delícias dos visitantesa esta freguesia de Cascais.

A Festa do Chocolate decorre na Praça Fernando Lopes Graça, em Tires, São Domingos de Rana, e tem início marcado para as 16 horas de sexta-feira, no dia 30 de setembro.Sábado e domingo – 1 e 2 de outubro – começa às 12 horas e tem já confirmados espetáculos de música ao vivo nas noites de sexta-feira e sábado, ambos pelas 21 horas, bem como um espetáculo etnográfico e uma aula de zumba no sábado à tarde. O encerramento será pelas 22 horas nos três dias.

Esta iniciativa insere-se no âmbito da dinamização dos Centros Urbanos Comerciais (CUC’s) do concelho de Cascais, a cargo da agência municipal DNA Cascais. O objetivo é estimular o comércio de rua em Alcabideche, Carcavelos, Cascais, Estoril, Parede e São Domingos de Rana de forma mais próxima, personalizada e integrada.



publicado por Carlos Gomes às 14:33
link do post | favorito

Segunda-feira, 18 de Abril de 2016
PAÇO DE ARCOS É UMA DOÇURA



publicado por Carlos Gomes às 11:31
link do post | favorito

Domingo, 6 de Março de 2016
LOURES REALIZA MOSTRA DE DOÇARIA EM A-DAS-LEBRES

“Papa&Doce” foi a designação escolhida para a realização da 1ª Mostra local de doçaria, petiscos frios e licores, uma iniciativa do Grupo União Lebrense que teve hoje lugar em A-das-lebres, no concelho de Loures.

IMG_2732

O evento incluiu um programa com animação musical abrilhantado pelo Grupo de Cavaquinhos da Ericeira e os tocadores do Rancho Folclórico Verde Minho, contou com o apoio da Câmara Municipal de Loures e da União das Freguesias de Santo Antão e S. Julião do Tojal.

IMG_2769

A festa “Papa&Doce” registou elevada participação do público e é um sucesso garantido. E o público já reclama por nova edição, a ter lugar no próximo ano, porque as guloseimas deixaram crescer água na boca a todos quantos tiveram a oportunidade de participar.

IMG_2734

IMG_2734

IMG_2730

IMG_2728

IMG_2727

IMG_2714

IMG_2723

IMG_2721

IMG_2715

IMG_2713

IMG_2712

IMG_2790

IMG_2796



publicado por Carlos Gomes às 20:09
link do post | favorito

Sábado, 5 de Dezembro de 2015
LISBOA JÁ CELEBRA O NATALIS NA FIL

É Natalis e o ambiente é de festa na Feira Internacional de Lisboa. Dezenas de artesãos, livreiros e uma grande diversidade de empresas das mais variadas áreas de atividade, com especial incidência para as que laboram na criação e confeção de presentes adequados à quadra natalícia, marcam presença na edição deste ano da Natalis.

FIL-Natalis05 030

Do Minho vieram os têxteis de Guimarães e o artesanato de Barcelos, as iguarias de chocolate de Vila Verde e os enchidos tradicionais de Viana do Castelo e Ponte de Lima. Santarém trouxe os brinquedos artesanais e as mantas tradicionais. Não faltaram a perfumaria e a ourivesaria, o vestuário e o calçado, a literatura e a doçaria, a música e a diversão para os mais jovens. E, até a RTP fez hoje a transmissão em direto do programa “Aqui Portugal” com muitos artistas em palco.

FIL-Natalis05 038

Até ao próximo dia 8 de dezembro, Natalis é um programa que promete muito divertimento com o parque de diversões da Diverlandia mesmo ao lado com os seus carroceis e outros jogos que recuperam a animação da Feira Popular de Lisboa.

Com áreas temáticas diferenciadas, Natalis é um evento dedicado exclusivamente ao Natal onde o visitante pode escolher a sua compra e experienciar alguns produtos em lounges dedicados.

FIL-Natalis05 013

Trata-se de um local em ambiente natalício, onde as melhores empresas e entidades transformam os seus produtos em presentes originais, aromas deliciosos, brilho festivo e sons natalícios que compõem o fundo musical.

Aqui desafiam-se os players da gastronomia regional a apresentarem as delícias culinárias características da época natalícia, onde o paladar se regala com as melhores iguarias de Natal, doces, vinho quente, licores e muitas outras especialidades.

FIL-Natalis05 023

FIL-Natalis05 035

FIL-Natalis05 022

FIL-Natalis05 060

FIL-Natalis05 056

FIL-Natalis05 019

FIL-Natalis05 059

FIL-Natalis05 007

FIL-Natalis05 045

FIL-Natalis05 048

FIL-Natalis05 053

FIL-Natalis05 008

FIL-Natalis05 068

FIL-Natalis05 076

FIL-Natalis05 089



publicado por Carlos Gomes às 20:58
link do post | favorito

Sábado, 13 de Junho de 2015
LISBOETAS ESTÃO CADA VEZ MAIS GULOSOS - "OSCARINHOS DE LISBOA" É UM DOCE DIVINAL!



publicado por Carlos Gomes às 22:08
link do post | favorito

Segunda-feira, 8 de Junho de 2015
ALMADA DÁ A PROVAR DOÇARIA NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

Os Pastéis de Al-Madan vão estar mais uma vez presentes na maior feira de artesanato e multiculturalidade da Península Ibérica e a segunda maior da Europa, que apresenta o melhor das artes, saberes e sabores nacionais e internacionais.

Marque já na sua agenda, de 27 de Junho a 5 de Julho!

A Feira Internacional de Artesanato é um espaço para Promoção e Venda de Regiões através da diversidade dos seus produtos – Artesanato, Gastronomia, Jogos Tradicionais, Folclore – Culturas.

Constitui o grande encontro de culturas, plataforma de desenvolvimento regional, com origem no património material e imaterial, aproveitamento de recursos naturais, e agentes económicos associados à criatividade, inovação, capacidade e talento.



publicado por Carlos Gomes às 21:41
link do post | favorito

Quarta-feira, 3 de Junho de 2015
FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO É O MAIOR EVENTO NA PENÍNSULA IBÉRICA DE SABERES, SABORES E TRADIÇÕES

549289_1061093697253436_3083965665553907935_n



publicado por Carlos Gomes às 15:33
link do post | favorito

Sábado, 15 de Novembro de 2014
ALCOCHETE PROMOVE ARTESANATO E DOÇARIA



publicado por Carlos Gomes às 17:50
link do post | favorito


mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

PASTELARIA “PÃOZINHO DAS ...

PEIXE EM LISBOA FAZ A PRO...

CASA DO CONCELHO DE GOUVE...

CASCAIS REALIZA MERCADO D...

FESTA DO CHOCOLATE ADOÇA ...

PAÇO DE ARCOS É UMA DOÇUR...

LOURES REALIZA MOSTRA DE ...

LISBOA JÁ CELEBRA O NATAL...

LISBOETAS ESTÃO CADA VEZ ...

ALMADA DÁ A PROVAR DOÇARI...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

ALCOCHETE PROMOVE ARTESAN...

arquivos

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds