Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores

Domingo, 12 de Novembro de 2017
CASA DO MINHO EM LISBOA MANTÉM TRADIÇÃO DA COUVADA À MINHOTA

Casa do Minho em Lisboa mantém-se fiel á divisa: Uma boa mesa para uma boa política regionalista!

Está a decorrer nas instalações da Casa do Minho em Lisboa mais um tradicional almoço da couvada à moda do Minho, tal como era outrora hábito sobretudo nos lares mais pobres da nossa região.

Capturarcm1

A couvada constitui desde sempre um dos pratos mais apreciados do lavrador minhoto. Mal começava o Outono e com ele as longas noites passadas à lareira, as couves faziam parte da alimentação diária do pobre camponês. Juntava-lhe as batatas, o feijão, a chouriça e, de um modo geral, um pouco de tudo quanto a lavoura lhe oferecesse. Era um verdadeiro manjar dos deuses.

Remonta ao século IV Antes de Cristo a origem da couve, altura em que os gregos a descobriram na região da Jônia e dela se surpreenderam pelos seus poderes medicinais, para além das suas virtudes culinárias. Porém, foram os romanos que a trouxeram para a Península Ibérica e nos deram a conhecer, passando a constituir o género de verdura mais consumida até aos finais da Idade Média.

Rica em fibras, iodo, cálcio, potássio, enxofre, magnésio e ômega 3; além de vitaminas A, B1, B2, B6, C e K, a couve é uma hortaliça da família Brassicaceae, constituindo um alimento de baixa caloria, desde sempre utilizado no tratamento de doenças estomacais, tendo vindo com o tempo a revelar-se como um excelente anti-inflamatório, antibiótico e anti-irritante natural, aplicado no combate a gripes, problemas hepáticos, renais e menstruais; artrite, bronquite, hemorroidas, úlceras e pedras nos rins e, na medicina alternativa, como vermífugo, para evitar ressacas, e até mesmo para baixar a febre, quando aplicada em forma de cataplasma.

Conhecida na Galiza por “verça”, a variedade de couve-galega é no Minho responsável por uma das melhores iguarias da cozinha tradicional portuguesa – o caldo verde – considerada uma das 7 maravilhas da gastronomia de Portugal!

O paladar constitui um dos sentidos que o minhoto sempre conserva e o mantém permanentemente ligado ao seu rincão natural, ao seu pedaço de Minho!

23435017_1642317782471591_3610341097301555731_n

23435099_1642316822471687_5707060348687258027_n

23473249_1642317492471620_6485085138205240225_n

Capturarcm2

Capturarcm3

Capturarcm4

Capturarcm5



publicado por Carlos Gomes às 15:05
link do post | favorito

Sexta-feira, 10 de Novembro de 2017
COUVADA JUNTA MINHOTOS EM LISBOA

couvada 2017



publicado por Carlos Gomes às 18:36
link do post | favorito

Segunda-feira, 6 de Novembro de 2017
CASA DO CONCELHO DE GOUVEIA REALIZA EM LISBOA MAGUSTO BEIRÃO E DESFILE DE VESTIDOS DE CHITA

A Casa do Concelho de Gouveia, com sede em Lisboa, leva a efeito no próximo de 11 de Novembro, o tradicional Magusto beirão, um dos eventos com maior tradição no seio da associação regionalista.

image

A Direcção da Casa do Concelho de Gouveia programou uma tarde animada e particular. Para além da tradição recheada de castanha, haverá música e tradição têxtil.

O tecido de "Chita" remonta aos anos 1600, trazido da Índia por portugueses e holandeses, que se espalharam por toda a Europa.

No final do Século XVIII, ingleses e franceses proibiram a sua importação para a Europa, no entanto, com a 1ª Guerra e 2.ª Guerra Mundial o tecido voltou a ter importância acrescida devido ao seu baixo custo de produção, e por se tratar de um tecido de qualidade baixa, ao alcance da carteira de todos.

O tecido de "Chita" é normalmente conhecido pelas suas cores vivas e padrões regulares ou florais.

Para lembrar este tecido importante, que faz recordar por certo, as nossas mães e principalmente as nossas avós, em parceria com a Casa Museu D`Avó, a Casa do Concelho leva a efeito um desfile de vestidos de Chita.

Programação:

15h30 - Desfile de vestidos de "Chita".

16h30 - Festa da Castanha e do Enchido.

tradicional Magusto/degustação de produtos.

Participação do Grupo de Concertinas de Gouveia.



publicado por Carlos Gomes às 13:25
link do post | favorito

ONDE SE SITUA A SEDE DA CASA CERVEIRENSE EM LISBOA?

A Casa Cerveirense em Lisboa acaba de obter instalações na Freguesia de Santa Maria dos Olivais, mais precisamente na Rua Cidade de Vila Cabral, Lote 352, em Olivais Norte.

Capturar1

O anúncio foi ontem feito pela Presidente da Direcção daquela instituição regionalista, no decorrer do almoço comemorativo do 8º aniversário, ontem realizado na Quinta da Valenciana, em Fernão Ferro, no concelho de Sesimbra.

A cedência de instalações resulta de um acordo com o Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana, I.P.

A escassa distância do Aeroporto de Lisboa, da Segunda Circular, da avenida de Berlim, avenida Infante D. Henrique e da avenida Marechal Gomes da Costa, a sede da Casa Cerveirense beneficia de situação privilegiada devido à da proximidade de proximidade de magníficos parques urbanos constituídos por extensas zonas verdes, de entre os quais se destaca o Parque Urbano do Vale Fundão, um local excelente para a comunidade cerveirense levar a efeito algumas das suas actividades regionalistas.

É caso para dizer: começou uma nova fase da vida para a Casa Cerveirense em Lisboa!

Capturar2



publicado por Carlos Gomes às 09:01
link do post | favorito

Domingo, 5 de Novembro de 2017
CASA CERVEIRENSE EM LISBOA JÁ POSSUI INSTALAÇÕES PARA FUNCIONAMENTO DA SEDE SOCIAL

O anúncio foi dado a conhecer pela Drª Paula Brito, Presidente da Direcção, durante o Almoço Cerveirense que hoje juntou cerca de 4 centenas de conterrâneos em Fernão Ferro, no concelho de Sesimbra

No dia em que a Casa Cerveirense comemorava o seu 8º aniversário, as gentes de Vila Nova de Cerveira receberam a melhor prenda que há muito tempo aguardavam: A Casa Cerveirense em Lisboa acaba de obter instalações na Freguesia de Santa Maria dos Olivais, mais precisamente na Rua Cidade de Vila Cabral, Lote 352, graças a um acordo com o Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana, I.P. O anúncio foi feito pela Presidente da Direcção no decorrer do almoço hoje realizado na Quinta da Valenciana, em Fernão Ferro, no concelho de Sesimbra.

23131783_1634338523269517_1194311915396688242_n

A alegria foi imensa e a festa foi animada pelo Rancho Folclórico da Casa do Minho, curiosamente dirigido por um cerveirense – o sr. Paulo Duque – que também exerce as funções de Vice-Presidente daquela associação regionalista.

Apesar da Casa Cerveirense em Lisboa contar com 8 anos de existência, o regionalismo cerveirense na capital lisboeta remonta aos começos da década de oitenta do século passado, altura em que começaram a realizar anualmente os chamados “almoços cerveirenses”. Estes tiveram lugar durante vários anos consecutivos e eram organizados pela “Casa Cerveirense”, uma associação que reunia numas instalações na zona da Freguesia de Benfica mas que, contudo, jamais veio a ser legalmente constituída e que veio a desaparecer.

Entretanto, um punhado de cerveirenses tomou a corajosa iniciativa de reerguer na capital a bandeira do seu concelho e retomar o regionalismo, logrando agora obter as instalações onde passará a funcionar a sua sede social na capital do país. E o caminho está agora aberto para maiores e melhores realizações em prol de Vila Nova de Cerveira e dos cerveirenses, o mesmo é dizer do Minho!

20171105_142417

20171105_142440

23130930_1634338086602894_7885856748122669869_n

23132132_1634338263269543_1562195003182386365_n

23167556_1634338679936168_221043208407891489_n

23167628_1634338389936197_7356903633400697360_n

23319405_1634339166602786_1270634346887609333_n

20171105_135418

 



publicado por Carlos Gomes às 20:48
link do post | favorito

CASA COURENSE EM LISBOA REALIZA ALMOÇO DO “BACALHAU À NATAL”

A Casa Courense em Lisboa leva a efeito no próximo dia 3 de Dezembro, o almoço de “Bacalhau à Natal”, reservando uma surpresa especial durante a refeição. Bacalhau à Natal é o bacalhau cozido com todos… A iniciativa vai ter lugar nas suas instalações, sitas na rua General Taborda, em Campolide.

12096495_780823132043350_4725643401038930800_n

Para efectuarem reserva, os interessados deverão contactar António carvalho: 917233 343 ou João Cunha: 914 750 223.

Adultos: 15 espigueiros

Crianças: 10 espigueirinhos

Sopa à Coura

Sobremesas habituais

Café e digestivo

12109320_780826298709700_6865725427350302430_n



publicado por Carlos Gomes às 13:30
link do post | favorito

Sábado, 4 de Novembro de 2017
CASA CERVEIRENSE EM LISBOA ESTÁ AMANHÃ EM FESTA

Capturarcerveirenses



publicado por Carlos Gomes às 09:52
link do post | favorito

Sexta-feira, 3 de Novembro de 2017
CASA CERVEIRENSE EM LISBOA COMEMORA 8 ANOS AO SERVIÇO DO REGIONALISMO

Capturarcerveirenses



publicado por Carlos Gomes às 13:57
link do post | favorito

Terça-feira, 31 de Outubro de 2017
CASA CERVEIRENSE COMEMORA 8 ANOS AO SERVIÇO DO REGIONALISMO

Capturarcerveirenses



publicado por Carlos Gomes às 19:15
link do post | favorito

Terça-feira, 24 de Outubro de 2017
CASA DO MINHO EM LISBOA DÁ A PROVAR A COUVADA À MINHOTA

couvada 2017



publicado por Carlos Gomes às 07:16
link do post | favorito

Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017
CASA CERVEIRENSE EM LISBOA COMEMORA 8 ANOS AO SERVIÇO DO REGIONALISMO

Capturarcerv

 



publicado por Carlos Gomes às 11:25
link do post | favorito

Sábado, 14 de Outubro de 2017
CERVEIRENSES EM LISBOA JUNTAM-SE EM FERNÃO FERRO

22449775_1998554427026150_1642407538334657120_n

 



publicado por Carlos Gomes às 15:49
link do post | favorito

Quinta-feira, 12 de Outubro de 2017
CASA DO CONCELHO DE TOMAR PROMOVE EM LISBOA OS VINHOS DA SUA REGIÃO

22339202_525786311097342_1419801733070180988_o



publicado por Carlos Gomes às 00:25
link do post | favorito

RUI AGUILAR CERQUEIRA – ANTIGO DIRIGENTE DO RANCHO FOLCLÓRICO E DA CASA DO MINHO EM LOURENÇO MARQUES (MOÇAMBIQUE) – VAI A LOURES FALAR DO FOLCLORE MINHOTO NA ÁFRICA AUSTRAL

O Grupo Folclórico Verde Minho promove mais uma conferência dedicada ao folclore e ao regionalismo a ter lugar já no início do próximo ano. Rui Aguilar Cerqueira, antigo dirigente da extinta Casa do Minho em Lourenço Marques e do seu rancho folclórico vai, no próximo dia 21 de Março, proferir uma palestra subordinada ao tema “Folclore e Regionalismo Minhoto na África Austral: A Casa do Minho em Lourenço Marques (Moçambique)”.

CapturarConfMoçambique

A conferência será acompanhada pela projecção de imagens da época vivida pelos nossos conterrâneos em Moçambique, incluindo a celebração do compasso pascal e a actuação do rancho folclórico.

A iniciativa tem lugar a partir das 15 horas, no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, espaço onde se reúne a Assembleia Municipal de Loures, junto ao Parque da Cidade. Existe excelente estacionamento no local.

484396_10200262053808057_30167815_n

Como é sabido, os antigos territórios ultramarinos portugueses foram também o destino de muitos minhotos que decidiram ali construir as suas vidas. Rumando diretamente a partir da metrópole ou fixando-se após o cumprimento do serviço militar naquelas paragens, Angola e Moçambique vieram a tornar-se a segunda terra para muitos dos nossos conterrâneos que assim trocavam a estreita courela pela desafogada machamba ou simplesmente empregavam-se na atividade comercial das progressivas cidades de Luanda e Lourenço Marques, atual Maputo.

Porém, a recordação do Minho distante não os abandonou e permaneceu sempre nos seus corações. E, a provar esse amor filial, criaram as suas próprias associações regionalistas a fim de manterem mais viva a sua portugalidade e as raízes minhotas. Em Lourenço Marques, fundaram a Casa do Minho em 1955.

Durante duas décadas consecutivas, aquele foi o ponto de encontro das nossas gentes em terras moçambicanas. Ali se construíram novas amizades e conservavam as suas tradições. A constituição de um Rancho Folclórico no seio daquela associação foi um dos melhores exemplos do seu apego às origens. Até que a descolonização veio alterar o rumo das suas vidas e determinar a extinção da Casa do Minho.

Não obstante, muitos dos minhotos e amigos da Casa do Minho, que dela fizeram parte ou de alguma forma por lá passaram, não esquecem esses tempos saudosos e, todos os anos continuam a reunir-se no Minho em alegre e amistosa confraternização, partilhando recordações e revivendo a terra que também amaram – Moçambique!

10264334_10200970675188681_6251230313521465251_n



publicado por Carlos Gomes às 00:16
link do post | favorito

Domingo, 8 de Outubro de 2017
CASA DO CONCELHO DE ARCOS DE VALDEVEZ REALIZA HOJE EM LISBOA DESFOLHADA TRADICIONAL DO MILHO

22089510_10159479424045525_5231152160606642985_n



publicado por Carlos Gomes às 00:24
link do post | favorito

Sábado, 7 de Outubro de 2017
CASA DO CONCELHO DE ARCOS DE VALDEVEZ REALIZA AMANHÃ EM MARVILA DESFOLHADA DO MILHO À MODA ANTIGA

22089510_10159479424045525_5231152160606642985_n



publicado por Carlos Gomes às 11:44
link do post | favorito

Domingo, 1 de Outubro de 2017
OEIRAS: QUEIJAS FESTEJA A S. MIGUEL

Minhotos desfilaram na procissão de S. Miguel de Queijas

Terminam hoje na localidade de Queijas, nos arredores de Lisboa, os tradicionais festejos em honra de S. Miguel. O povo saiu à rua numa manifestação de fé cristã à qual não faltou o Rancho Folclórico da Casa do Minho em representação da comunidade minhota radicada na região de Lisboa. A Procissão foi animada pela Banda Filarmónica (SIMECQ) da Cruz Quebrada e o Rancho Folclórico da Casa do Minho, em Lisboa.

CapturarcapotilhaMinho

Trata-se de uma iniciativa organizada pela União das Freguesias de Carnaxide e Queijas e pela Paróquia de São Miguel Arcanjo e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras e de várias associações locais.

As cerimónias contaram ainda com a participação de várias instituições sediadas na União das Freguesias de Queijas e Carnaxide, nomeadamente a Polícia de Segurança Pública, a Corporação de Bombeiros Voluntários de Carnaxide, O Agrupamento de Escuteiros 774 de Queijas, e a Congregação das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição (CONFHIC) que se encontra instalada em Linda-a-Pastora.

DSCF6086

DSCF6090

DSCF6093

DSCF6095

DSCF6101

DSCF6103

DSCF6104

DSCF6107

DSCF6109

DSCF6110

DSCF6114

DSCF6115

DSCF6116

DSCF6124

DSCF6125

DSCF6128



publicado por Carlos Gomes às 18:49
link do post | favorito

Sábado, 30 de Setembro de 2017
CASTRO DAIRE DANÇA EM LISBOA

22045971_1680468758664489_965283331505412462_n



publicado por Carlos Gomes às 10:31
link do post | favorito

Sexta-feira, 29 de Setembro de 2017
SOLIDARIEDADE JUNTA NATURAIS DE GÓIS EM LISBOA

22156781_509731542713754_2060305364_n



publicado por Carlos Gomes às 17:58
link do post | favorito

Domingo, 17 de Setembro de 2017
CASA DO MINHO TROUXE O MINHO EM FESTA À ZONA MONUMENTAL DE BELÉM

Lisboa vestiu-se hoje com as alegres cores do Minho. A Casa do Minho organizou a “Romaria Minhota” e, para a festa, convidou dois ranchos folclóricos que se deslocaram propositadamente do Minho para, conjuntamente com o Rancho Folclórico anfitrião, fazerem na capital uma grande festa à moda do Minho.

DSCF5843

A “Romaria Minhota” teve início com a celebração de uma missa em Honra de S. Tiago e Nossa Senhora do Minho , pelo Padre Alexandre, a que se seguiu uma procissão solene pelas ruas da Freguesia de Belém, precisamente no local onde há cinco séculos os portugueses de então viram as caravelas partir à Descoberta do Mundo – e do caminho Marítimo para a Índia – que era então o grande desígnio nacional. Um desfile, aliás, a que não faltaram os autarcas da freguesia como sempre tem sido habitual.

Capturarcapotilha2

 

E, de volta ao Jardim Vasco da Gama, os grupos subiram ao palco ali propositadamente montado e, perante um público entusiasmado, mostraram como se canta e dança em diferentes regiões do Minho.

Sediado em Lisboa, o Rancho Folclórico da Casa do Minho exibiu um pouco do folclore do Alto e do Baixo Minho – designações absurdas para identificar uma única região etnográfica: o Minho!

De Barcelos veio o Rancho Folclórico São Lourenço de Alvelos e, de Valença, o Rancho Folclórico e Cultura de S. Julião, os quais deslumbraram o público com o seu ritmo e vivacidade. E, na barraquinha da organização, jorrou o vinho verde porque, sem ele, a festa jamais seria verdadeiramente minhota.

DSCF5846

DSCF5850

DSCF5854

DSCF5856

DSCF5862

DSCF5865

DSCF5869

DSCF5877

DSCF5878

DSCF5879

DSCF5880

DSCF5881

DSCF5884

DSCF5902

DSCF5912

DSCF5930

DSCF5938

DSCF5959



publicado por Carlos Gomes às 21:47
link do post | favorito

Sábado, 16 de Setembro de 2017
MINHOTOS EM LISBOA LEVAM O FOLCLORE À ZONA MONUMENTAL DE BELÉM

21462652_1554221851265392_3691070843556654513_n



publicado por Carlos Gomes às 18:31
link do post | favorito

Quarta-feira, 13 de Setembro de 2017
MINHOTOS EM LISBOA FAZEM ROMARIA EM BELÉM

21462652_1554221851265392_3691070843556654513_n



publicado por Carlos Gomes às 02:43
link do post | favorito

Terça-feira, 4 de Julho de 2017
BEIRÕES LEVAM FOLCLORE AO CORAÇÃO DE LISBOA

Folk Misericórdia será um evento de cariz cultural, a ser realizado na Cidade de Lisboa, nos dias 8 e 9 de Julho!

A parceria entre o Rancho Folclórico da Ribeira de Celavisa e a Junta de Freguesia da Misericórdia tem sido desenvolvida nos últimos meses, assente em pilares sólidos. Tal cooperação culminará com a organização deste evento, que se profetiza destacar da agenda cultural de Lisboa. 

Programa (2) (1).png

O evento será realizado no Largo do Corpo Santo, um dos muitos espaços da zona ribeirinha recentemente recuperados, que marcará o encerramento do Arraial do Corpo Santo. O seu cartaz incluí um programa rico em tradições e cultura, complementando deste modo os afamados arraiais alfacinhas.

No dia 8 de julho (sábado) haverá um Encontro de Concertinas e Instrumentos Tradicionais, onde os visitantes e transeuntes poderão disfrutar de música tradicional portuguesa, tendo a oportunidade de cantar e dançar durante toda a tarde. Já o dia 9 de julho (domingo) ficará marcado pela realização de um Encontro de Folclore, que contará com a presença de 5 grupos folclóricos, demonstrando as tradições, usos e costumes dos seus antepassados com a maior supremacia, graças à sua qualidade etnográfica.

Durante todo o evento haverá bar aberto, venda de enchidos, queijos, outros produtos regionais, artesanato e doçaria típica (como filhoses).

 



publicado por Carlos Gomes às 20:38
link do post | favorito

Sábado, 1 de Julho de 2017
MINHOTOS EM LISBOA JUNTAM-SE EM MARVILA

19437772_10159001105490525_7518570128312304354_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 09:03
link do post | favorito

Domingo, 18 de Junho de 2017
CASA DO MINHO LEVA FOLCLORE À ALTA DE LISBOA

A magnífica paisagem perdejante da Quinta das Conchas, junto ao Lumiar, foi hoje o cenário escolhido para a realização de mais um festival de folclore organizado pela Casa do Minho em Lisboa.

Capturarcminho1.PNG

Para além do grupo anfitrião, o Rancho Folclórico da Casa do Minho, participaram ainda o Rancho Etnográfico de Ribeirão – Vila Nova de Famalicão; o Rancho Folclórico Regional dos Foros de Salvaterra – Salvaterra de Magos; o Rancho Folclórico da Casa do Povo de Souselo – Cinfães e o Grupo Folclórico os Camponeses de Vila Nova – Coimbra.

O s numerosos espectadores procuraram as sombras do parqua para se abrigarem do sal abrasador que se fez sentir ao longo da tarde mas não arredou pé porque o programa e grupos convidados prometiam um espectáculo de qualidade.

Registando uma dinâmica imparável, a Casa do Minho prepara já a realização da Romaria Minhota no próximo mês de Setembro, nos jardins da zona monumental de Belém, entre a Praça do Império e a Praça Afonso de Albuquerque, em Lisboa.

DSCF3699.JPG

DSCF3709.JPG

Capturarcminho8.PNG

Capturarcminhofam4.PNG

Capturarcminhofam6.PNG

DSCF3757.JPG

DSCF3770.JPG

DSCF3793.JPG

DSCF3795.JPG

DSCF3710.JPG

DSCF3713.JPG

DSCF3714.JPG

DSCF3715.JPG

DSCF3717.JPG

DSCF3718.JPG

DSCF3719.JPG

DSCF3773.JPG

DSCF3785.JPG

DSCF3789.JPG

Capturarcminho2.PNG

Capturarcminho3.PNG

Capturarcminho8 (1).PNG

Capturarcminhofam4 (1).PNG

Capturarcminhofam5 (1).PNG

Capturarcminhofam6 (1).PNG

Capturarcminhofam7 (1).PNG



publicado por Carlos Gomes às 19:32
link do post | favorito

FOLCLORE DESFILA NA QUINTA DAS CONCHAS

festival Alta de Lisboa 2017 Final



publicado por Carlos Gomes às 08:58
link do post | favorito

Sexta-feira, 16 de Junho de 2017
ARGANILENSES TRAZEM FOLCLORE A LISBOA

19225691_1761128540564749_4068877181355562852_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 19:39
link do post | favorito

Quinta-feira, 15 de Junho de 2017
CASA DO MINHO LEVA FOLCLORE À ALTA DE LISBOA

festival Alta de Lisboa 2017 Final



publicado por Carlos Gomes às 17:01
link do post | favorito

Domingo, 11 de Junho de 2017
CASTRO DAIRE ABRAÇA LISBOA

19059179_779378178909852_96292895036255135_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 11:10
link do post | favorito

CASA DO MINHO EM LISBOA LEVA FOLCLORE À QUINTA DAS CONCHAS

festival Alta de Lisboa 2017 Final



publicado por Carlos Gomes às 10:03
link do post | favorito

Quarta-feira, 7 de Junho de 2017
MINHOTOS LEVAM FOLCLORE À ALTA DE LISBOA

festival Alta de Lisboa 2017 Final



publicado por Carlos Gomes às 22:52
link do post | favorito

Segunda-feira, 5 de Junho de 2017
LIMIANOS EM LISBOA FESTEJAM O SANTO ANTÓNIO

18765804_637021889830041_3615822101562489365_n



publicado por Carlos Gomes às 09:16
link do post | favorito

CASA DO MINHO LEVA FOLCLORE À QUINTA DAS CONCHAS

festival Alta de Lisboa 2017 Final



publicado por Carlos Gomes às 09:12
link do post | favorito

Domingo, 4 de Junho de 2017
FOLCLORE ANIMA ZONA MONUMENTAL DE BELÉM

Terminou há instantes em Lisboa o XVI Festival de Folclore organizado pela Casa do Minho. Milhares de turistas assistiram com deslumbramento ao desfile etnográfico que teve início junto ao novo edifício do Museu Nacional dos Coches e percorreu a zona monumental de Belém até ao jardim junto à Praça do Império onde teve lugar a actuação dos grupos participantes.

DSCF3441

Neste evento participaram o Rancho Folclórico Ceifeiras e Campinos da Azambuja – Ribatejo, o Grupo Folclórico das Terras da Feira – Argoncilhe; o Rancho Folclórico de Centro Beira Mondego - Santo Varão – Montemor-o-Velho; o Rancho Folclórico de Santa Maria de Touguinha – Vila do Conde e, naturalmente, o anfitrião Rancho Folclórico da Casa do Minho.

Uma vez mais, a iniciativa contou com o apoio da Junta de Freguesia de Belém cujo Presidente, Dr. Ribeiro Rosa, marcou presença, acompanhando o próprio desfie etnográfico ao lado do Director do Rancho da Casa do Minho, sr. Paulo Duque. Também a Federação do Folclore Português fez-se representar na pessoa do sr João Carriço.

Capturar-lavradcminho

DSCF3345

DSCF3349

DSCF3350

DSCF3358

DSCF3368

DSCF3370

DSCF3371

DSCF3373

DSCF3375

DSCF3378

DSCF3379

DSCF3381

DSCF3382

DSCF3384

DSCF3387

DSCF3388

DSCF3389

DSCF3390

DSCF3391

DSCF3392

DSCF3394

DSCF3398

DSCF3406

DSCF3445

 



publicado por Carlos Gomes às 19:26
link do post | favorito

FOLCLORE DESFILA HOJE NA ZONA HISTÓRICA DE BELÉM

18519892_1898692603743168_7515726846635493014_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 10:44
link do post | favorito

Sábado, 3 de Junho de 2017
CASA DO MINHO REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE EM BELÉM

18519892_1898692603743168_7515726846635493014_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 22:04
link do post | favorito

Sexta-feira, 2 de Junho de 2017
FOLCLORE DESFILA EM BELÉM

18519892_1898692603743168_7515726846635493014_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 11:14
link do post | favorito

Quarta-feira, 31 de Maio de 2017
LIMIANOS EM LISBOA FESTEJAM O SANTO ANTÓNIO

18765804_637021889830041_3615822101562489365_n

 



publicado por Carlos Gomes às 19:44
link do post | favorito

Domingo, 21 de Maio de 2017
LISBOA É A CAPITAL DAS CASAS REGIONAIS

A III Festa das Colectividades e Casas Regionais em Lisboa que se realiza na Alameda D. Afonso Henriques está prestes a terminar, encontrando-se neste momento prestes a subir ao palco o Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez.

DSCF3205

A iniciativa é da Associação das Casas Regionais de Lisboa, única entidade do género que congrega dezenas de associações de carácter regionalista sem distinção da área geográfica de abrangência: concelhia, comarcã e provincial. Lisboa, considerada desde tempos seculares como terra de muitas e variadas gentes, assume-se desse modo como a capital da província e, por conseguinte a capital das casas regionais e do regionalismo.

DSCF3182

DSCF3183

DSCF3184

DSCF3185

DSCF3186 

 

DSCF3188

DSCF3189

DSCF3190

DSCF3191

DSCF3192

DSCF3197

DSCF3198

DSCF3199

DSCF3200

DSCF3201

DSCF3202

DSCF3203

DSCF3204



publicado por Carlos Gomes às 18:01
link do post | favorito

Sábado, 20 de Maio de 2017
MINHOTOS LEVAM FOLCLORE DE TODO O PAÍS À ZONA HISTÓRICA DE BELÉM

18519892_1898692603743168_7515726846635493014_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 22:19
link do post | favorito

COLECTIVIDADES E CASAS REGIONAIS FAZEM FESTA EM LISBOA

As casas regionais sediadas na capital lisboeta assentaram arraiais na Alameda Afonso Henriques. A iniciativa é da Associação das Casas Regionais de Lisboa (ACRL) e conta com a participação de dezenas de associações regionalistas, ranchos folclóricos, grupos de música tradicional e colectividades de cultura e recreio.

DSCF3161

Sob um sol abrasador, os grupos musicais desfilam pelo grandioso palco ali propositadamente montado para o evento, tendo como cenário o imponente conjunto escultórico que constitui a majestosa fonte luminosa concebida segundo o projeto dos irmãos Carlos Rebello de Andrade e Guilherme Rebello de Andrade, destinada a assinalar o 22º aniversário da Revolução Nacional. A Fonte Monumental é decorada com esculturas são da autoria de Maximiano Alves e de Diogo de Macedo e os baixos-relevos (painéis laterais) de Jorge Barradas e, sobre a porta da entrada, possui uma placa que descreve o seguinte: “No dia 28 de maio de 1948, vigésimo segundo aniversário da Revolução Nacional, aberta a primeira exposição de obras públicas, foi inaugurada esta fonte monumental e entregue à Câmara Municipal de Lisboa”. Não obstante, a cerimónia deverá ter ocorrido dois dias após aquela data, visando celebrar o abastecimento regular de água à zona oriental da cidade.

A III Festa das Colectividades e Casas Regionais em Lisboa prossegue amanhã e inclui a realização de jogos tradicionais, divulgação da gastronomia e doçaria tradicional entre outros produtos regionais e, como não podia deixar de suceder, uma excelente oportunidade de confraternização entre gentes oriundas das mais diversas regiões do país.

DSCF3160

DSCF3162

DSCF3165

DSCF3166

DSCF3168



publicado por Carlos Gomes às 19:18
link do post | favorito

Terça-feira, 16 de Maio de 2017
CASA DO MINHO REALIZA EM LISBOA FESTIVAL DE FOLCLORE

18519892_1898692603743168_7515726846635493014_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 10:00
link do post | favorito

Quarta-feira, 10 de Maio de 2017
LISBOA TEM CASAS REGIONAIS E COLECTIVIDADES EM FESTA

18403303_1434959136540791_4571737797922415359_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 18:19
link do post | favorito

Sábado, 6 de Maio de 2017
CASA DO MINHO EM LISBOA REALIZA ALMOÇO PICA NO CHÃO

18268226_10208615131565476_4276328927792768989_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 22:38
link do post | favorito

Terça-feira, 25 de Abril de 2017
PARÓQUIA DO LUMIAR CELEBRA PASCOELA À MODA DO MINHO

Realizou-se anteontem em Lisboa o tradicional compasso pascal tendo a cruz sido dada a beijar aos minhotos que afluíram à Casa do Minho.

18136854_1488213034543579_1740521033_n (1).jpg

Em domingo de Pascoela, a zona de Telheiras despertou de uma forma diferente da habitual. Os mordomos, com as suas opas vermelhas, levavam consigo a cruz florida, a sineta e a caldeirinha, logo seguidos de uma pequena multidão que, na sua fé, não dispensaram também o acompanhamento dos bombos e das concertinas, à boa maneira minhota.

Já na sede daquela instituição regionalista, a cruz foi dada a beijar aos presentes, tendo as celebrações pascais sido presididas pelo Padre João Caniço, Pároco do Lumiar onde a Casa do Minho se encontra sediada.

18120378_1488213557876860_759216042_o (2).jpg

18143002_1488212984543584_446377162_n (1).jpg

18110667_1488213041210245_1609521163_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 08:37
link do post | favorito

Domingo, 23 de Abril de 2017
CASA DO CONCELHO DE ARCOS DE VALDEVEZ: 62 ANOS DE REGIONALISMO EM LISBOA!

17991006_10158624054390525_1209958676056788029_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 00:13
link do post | favorito

Sábado, 22 de Abril de 2017
CASA DO MINHO EM LISBOA CELEBRA A PASCOELA

17554310_1139800966130348_2360037077027813430_n (3).jpg



publicado por Carlos Gomes às 12:08
link do post | favorito

Quarta-feira, 19 de Abril de 2017
CASA DO MINHO EM LISBOA CELEBRA PASCOELA

17554310_1139800966130348_2360037077027813430_n (3).jpg



publicado por Carlos Gomes às 10:43
link do post | favorito

Terça-feira, 18 de Abril de 2017
ARGANILENSES REALIZAM FESTA REGIONALISTA

Programa (1) 22-4-2017 (1).png



publicado por Carlos Gomes às 22:50
link do post | favorito

Quinta-feira, 13 de Abril de 2017
ARGANILENSES REALIZAM FESTA REGIONALISTA

Festa Regionalista 2017

O Rancho Folclórico da Ribeira de Celavisa vai levar a cabo mais um evento... Desta feita a Festa Regionalista 2017!

Programa (1) 22-4-2017 (1).png

Desde a sua fundação que esta festa tem praticamente acompanhado a existência do grupo e desta vez não é exceção. Sempre com o objetivo de angariar fundos para a manutenção do rancho (vocacionado para trajos, utensílios, instrumentos e ajudas nas despesas de deslocação e representação), este ano o cartaz é prometedor...

Nos tempos que correm não é fácil para uma associação sem fins lucrativos sobreviver sem os seus sócios, amigos, conterrâneos e conhecidos. Por isso e numa tentativa de recordar velhos tempos em que todos se reencontravam na Casa da Comarca de Arganil para conviver, elaborámos o seguinte programa, para o dia 22 de Abril:

21h30m – Início do Baile com o Acordeonista Gonçalo Barata

22h00m – Apresentações Folclóricas pelo Rancho Folclórico da Ribeira de Celavisa e Rancho Folclórico da Casa do Concelho da Pampilhosa da Serra

23h15m – Leilão

00h15m – Continuação do Baile com Gonçalo Barata

01h00m – Atuação dos Artistas Jorge FerreiraRomana e Sérgio Rossi

Conjugando deste modo o Folclore e a Etnografia com Artistas Conhecidos, Convívio, Diversão e ainda Serviço de Bar e Produtos Regionais, espera-se uma grande noite de amizade e alegria.

Venha reviver velhos tempos, venha passar um bom serão, venha ajudar o folclore e a etnografia, venha ajudar a representação arganilense em Lisboa, venha DIVERTIR-SE...



publicado por Carlos Gomes às 12:46
link do post | favorito


mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

CASA DO MINHO EM LISBOA M...

COUVADA JUNTA MINHOTOS EM...

CASA DO CONCELHO DE GOUVE...

ONDE SE SITUA A SEDE DA C...

CASA CERVEIRENSE EM LISBO...

CASA COURENSE EM LISBOA R...

CASA CERVEIRENSE EM LISBO...

CASA CERVEIRENSE EM LISBO...

CASA CERVEIRENSE COMEMORA...

CASA DO MINHO EM LISBOA D...

CASA CERVEIRENSE EM LISBO...

CERVEIRENSES EM LISBOA JU...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

RUI AGUILAR CERQUEIRA – A...

CASA DO CONCELHO DE ARCOS...

CASA DO CONCELHO DE ARCOS...

OEIRAS: QUEIJAS FESTEJA A...

CASTRO DAIRE DANÇA EM LIS...

SOLIDARIEDADE JUNTA NATUR...

CASA DO MINHO TROUXE O MI...

MINHOTOS EM LISBOA LEVAM ...

MINHOTOS EM LISBOA FAZEM ...

BEIRÕES LEVAM FOLCLORE AO...

MINHOTOS EM LISBOA JUNTAM...

CASA DO MINHO LEVA FOLCLO...

FOLCLORE DESFILA NA QUINT...

ARGANILENSES TRAZEM FOLCL...

CASA DO MINHO LEVA FOLCLO...

CASTRO DAIRE ABRAÇA LISBO...

CASA DO MINHO EM LISBOA L...

MINHOTOS LEVAM FOLCLORE À...

LIMIANOS EM LISBOA FESTEJ...

CASA DO MINHO LEVA FOLCLO...

FOLCLORE ANIMA ZONA MONUM...

FOLCLORE DESFILA HOJE NA ...

CASA DO MINHO REALIZA FES...

FOLCLORE DESFILA EM BELÉM

LIMIANOS EM LISBOA FESTEJ...

LISBOA É A CAPITAL DAS CA...

MINHOTOS LEVAM FOLCLORE D...

COLECTIVIDADES E CASAS RE...

CASA DO MINHO REALIZA EM ...

LISBOA TEM CASAS REGIONAI...

CASA DO MINHO EM LISBOA R...

PARÓQUIA DO LUMIAR CELEBR...

CASA DO CONCELHO DE ARCOS...

CASA DO MINHO EM LISBOA C...

CASA DO MINHO EM LISBOA C...

ARGANILENSES REALIZAM FES...

ARGANILENSES REALIZAM FES...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds