Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Quarta-feira, 20 de Abril de 2016
COMBOIOS DA LINHA DE SINTRA SÃO ALVO DE VANDALISMO

As composições ferroviárias que circulam nomeadamente na Linha de Sintra são frequentemente alvo de atos de vandalismo como as fotos feitas dentro da estação do Rossio documentam.

LX - Arco Rua Augusta 004

Na estação de Campolide, o cenário é confrangedor. As composições acumulam-se no parque ferroviário a aguardar a necessária ação de limpeza e restauro. Porém, como os serviços não são capazes de dar resposta face ao elevado número de composições vandalizadas, os comboios circulam com o aspeto degradante que as imagens documentam, tornando não raras as vezes as janelas opacas face à luz exterior e impedindo a visibilidade por parte de quem viaja.

Para além dos habituais utentes, estes comboios são atualmente muito utilizados por turistas estrangeiros nas suas deslocações entre Lisboa e Sintra. Ao circularem neste miserável estado, os comboios da CP na linha de Sintra dão uma imagem deveras degradante do serviço que prestam e do próprio país.

A lavagem e o restauro dos comboios constituem mais uma despesa a onerar os utentes da CP e os contribuintes em geral. Já vai sendo tempo de colocar cobro a esta situação!

LX - Arco Rua Augusta 003

LX - Arco Rua Augusta 002

LX - Arco Rua Augusta 001


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 22:44
link do post | favorito

ARCO DA RUA AUGUSTA GLORIFICA O GÉNIO E O VALOR DOS NOSSOS ANTEPASSADOS

Sobre o arco triunfal da Rua Augusta, a Glória coroa o Génio e o Valor, representados pelas esculturas de Célestin Anatole Calmels, escultor francês que viveu a maior parte da sua vida em Portugal, sendo também da sua autoria entre outras obras de arte, o conjunto escultórico que constitui o frontão dos Paços do Concelho, em Lisboa.

LX - Arco Rua Augusta 046

Num plano inferior, são da autoria do escultor português Víctor Bastos as representações de Nuno Álvares Pereira, Viriato, Vasco da Gama e o Marquês de Pombal. A ladear, à esquerda, o Tejo e à direita, o Douro, os dois rios que outrora delimitavam o território dos lusitanos.

LX - Arco Rua Augusta 026

A inscrição em latim – VIRTVTIBVS MAIORVM VT SIT OMNIBVS COCVMENTO PPD – evoca a grandiosidade do Império português e pode ser traduzido da seguinte forma: “Às Virtudes dos Maiores, para que sirva a todos de ensinamento. Dedicado a expensas públicas”.

LX - Arco Rua Augusta 025

Remonta a 1759 a ideia da construção do Arco triunfal da Rua Augusta, sendo a sua construção projetada no âmbito da reconstrução da cidade após o terramoto de 1755. Desde há perto de três anos que o Arco da Rua Augusta se encontra aberto à visita do público, sendo o acesso feito por elevador com entrada num edifício que se encontra junto ao monumento, na rua Augusta.

LX - Arco Rua Augusta 023

LX - Arco Rua Augusta 017

LX - Arco Rua Augusta 014

LX - Arco Rua Augusta 011

LX - Arco Rua Augusta 009



publicado por Carlos Gomes às 22:19
link do post | favorito

CASCAIS REALIZA MERCADO DO VINHO

III Edição Mercado do Vinho | 29 de Abril a 1 de Maio | Mercado da Vila, Cascais

“Vinhos de Verão” em destaque no Mercado da Vila de Cascais de 29 de Abril a 1 de Maio

Pelo terceiro ano consecutivo, o Mercado da Vila de Cascais organiza um evento totalmente dedicado ao Vinho. Com data marcada para o fim-de-semana de 29 de abril a 1 de maio, o destaque desta edição é a antecipação da época de calor, em que brancos, rosés e espumantes são o ex-libris à mesa. “Vinhos de Verão” é o tema do Mercado do Vinho em 2016, onde será possível conhecer, provar, degustar, comprar e experienciar várias combinações.

imagem Mercado do Vinho

Com entrada gratuita e um espaço exclusivo de 750m², o Mercado vai reunir cerca de 40 produtores nacionais, diversos conceitos de restauração, provas comentadas e até um jantar temático servido pelo restaurante do Penha Longa Resort Hotel.

Sushi, mariscos e leitão serão algumas das opções gastronómicas possíveis para quem pretenda fazer uma refeição no Mercado por aqueles dias, com a vantagem de poder escolher o vinho de entre as várias dezenas disponíveis. Já os visitantes que procurem conhecer os néctares de forma mais aprofundada poderão assistir a provas comentadas na sexta-feira pelas 19 horas e domingo pelas 17 horas. Também no sábado há boas notícias para os interessados no tema, com uma “Iniciação à Prova de Vinhos”, pelas 18 horas.

A noite de sexta-feira, dia 29 de abril, será muito especial para quem opte por jantar no Mercado da Vila, com o restaurante do Penha Longa Resort Hotel a servir um manjar dos deuses acompanhado por vinhos únicos. A viagem dos paladares começa com ostras, caviar e camarão, passa por polvo e vitela e termina numa sobremesa que inclui “areias de cascais”. Ainda que apenas por uma noite, a viagem promete ser intensa. Com um custo de 60 euros por pessoa, as reservas podem ser feitas por mailmercado.vila@dnacascais.pt ou por telefone 214 815 700.

Como vem a acontecer, a CP associa-se ao Mercado da Vila e será possível os visitantes fazerem a viagem de ida e volta de comboio pelas linhas de Cascais, Sintra/Azambuja e Sado pelo preço de 2 euros. O cartaz e a programação actualizada do evento podem ser consultados na página de facebook do Mercado da Vila, em www.facebook.com/MercadodavilaCASCAIS.

Jantar do Mercado – Penha Longa Resort

Amuse Bouche – Ostras e caviar de bergamota

  • Espumante Luis Costa, Pinot Noir e Chardonnay, Bairrada

Entrada - Tártaro de camarão, cebolinho, chalota e avruga com fruto da paixão

  • Quinta dos Plátanos, Arinto, 2014, Lisboa

Peixe – Falso arroz de conquilhas e pimento doce fumado com tempura de patanisca de polvo

  • Quinta do Couquinho Rose, Touriga Nacional, 2014, Douro

Carne – Meloso de vitela confitado com Touriga Nacional, creme de espargos brancos fumado e salada de tomate fresco

  • Quinta da Ponte Pedrinha Reserva Tinto 2011, Dão

Pre-dessert – Nozes de cascais

  • Quinta do Poço do Lobo, Arinto, 1995, Beiras

Sobremesa -  Cremoso de lima e manjericão com biscoito de areias de cascais e gel de vinho do porto

  • Moscatel de Setúbal Joaquim Arnaud


publicado por Carlos Gomes às 21:26
link do post | favorito

FINANCIAMENTO PÚBLICO DA TAUROMAQUIA E A SINUOSA ARTE DA OCULTAÇÃO

O artigo de opinião que a seguir se publica aborda o problema do alegado financiamento público da tauromaquia, é da autoria do Engº André Silva, deputado do PAN à Assembleia da república que correspondeu amavelmente ao pedido feito pelo BLOGUE DE LISBOA, o que agradecemos. Contamos, entretanto, poder dar a conhecer a versão das entidades defensoras da tauromaquia a este respeito.

IMG_7586-2

Para os que ainda têm dúvidas sobre se o financiamento público é, ou não, directo à indústria tauromáquica, ou para os que ainda acreditam que este financiamento serve apenas para a criação de raças autóctones, proponho-me uma breve reflexão sobre os benefícios atribuídos.

Do ponto de vista de Iniciativas legislativas no parlamento começámos precisamente, no Orçamento de Estado, com a proposta de alteração dos benefícios em sede de IVA aos espetáculos tauromáquicos, seja pela alteração da lei que isenta os toureiros do pagamento de IVA seja pelo fim da atribuição da taxa intermédia de IVA, 13%, para todos os bilhetes e entradas em espetáculos tauromáquicos. Propostas não aprovadas pela grande maioria parlamentar.

Os exemplos mais recentes que apresento de seguida demonstram que, mesmo em situações financeiras difíceis, algumas autarquias não olham a meios para tentar manter viva esta atividade, investindo milhões de euros do erário público na sua promoção.

A Câmara Municipal de Estremoz é uma das autarquias sujeitas a resgate financeiro por parte do Estado (ao abrigo do Programa de Apoio à Economia Local - PAEL) por dívidas que remontam a 3.011.925 €. A autarquia aprovou uma proposta para a contratação de um empréstimo a longo prazo no âmbito do PAEL até um máximo de 90% do valor da dívida. Simultaneamente, a Câmara de Estremoz está a investir cerca de 2.500.000 € na reabertura da velha praça de touros que se encontrava encerrada há vários anos e que é propriedade privada. Foi cedida por 25 anos à autarquia. A obra é financiada em 80% por fundos comunitários (QREN – InAlentejo) e os restantes 20% pelos cofres da Câmara Municipal.

A Câmara Municipal de Monforte também recorreu ao apoio do Estado no âmbito do PAEL por se encontrar em “situação financeira grave”. O Município solicitou um financiamento de cerca de 680.000 euros correspondentes a 67% da totalidade das dívidas. No entanto isso não impediu o presidente da Câmara de anunciar a 14 de fevereiro de 2013 o Investimento de 165.000 euros na construção de um Centro Interpretativo Tauromáquico no concelho, obra comparticipada em 60% pelo PRODER.

As duas autarquias declararam recentemente a tauromaquia como “Património Cultural e Imaterial de Interesse Municipal”, à semelhança de outros municípios. Esta classificação constitui uma forma da indústria tauromáquica ver aumentados os apoios públicos, numa altura em que o país pretende iniciar a recuperação de uma grave crise financeira.

Foi o que aconteceu no Sabugal, um dos primeiros municípios a aprovar a classificação da tauromaquia e da capeia (tourada com forcão) e a utilizá-la como justificação para atribuir, em novembro de 2012, um total de 110.000,00 euros à promoção de atividades tauromáquicas no concelho.

Não pretendendo fazer uma apresentação exaustiva das contas das autarquias, proponho passar à descrição de algumas das formas sinuosas de que se reveste habitualmente o financiamento público da tauromaquia. Há várias empresas que, de norte a sul do país, recebem verbas avultadas na categoria genérica de “publicidade”, para financiamento de exposições de núcleos tauromáquicos, pagamento de stands em feiras equestres para promoção da tauromaquia. Outra prática comum é a compra de bilhetes para espetáculos tauromáquicos por parte das autarquias.

Fica claro o papel das autarquias como aparelho ideológico ao serviço da tauromaquia. A pertença a estes grupos de cariz ideológico como a União dos Municípios com Actividade Taurina, a UNICIVITAS, a ASIMTAP não se limita ao pagamento de quotas e inscrições, mas obriga à participação activa em iniciativas promotoras da actividade tauromáquica, como sejam organização rotativa de colóquios, representação oficial em todas as iniciativas onde quer que se realizem, deslocações, estadias, oferta de jantares e almoços, cofinanciamento de publicações e publicidade, etc.

Termino propondo a seguinte reflexão: Em Portugal, em 2011, a violência doméstica, com quase vinte e nove mil ocorrências participadas, constituiu-se, tal como no ano anterior, como a tipologia criminal mais reportada aos órgãos de polícia criminal, entre os crimes contra as pessoas, (e como a terceira mais registada em termos globais - Gabinete do Secretário-Geral do Sistema de Segurança Interna [GSGSSI], 2012; e DGPJ, 2012). Das 43 autarquias que integram a secção dos Municípios com actividade tauromáquica, apenas 5 têm um gabinete de apoio à vítima. Vila Franca de Xira não é um deles, embora só em 2013 o Ministério Público do Tribunal da Comarca tenha aberto mais de duas centenas de inquéritos de queixas de violência doméstica. As vítimas de Vila Franca têm de deslocar-se a Santarém ou Lisboa para receberem apoio. No entanto a autarquia paga 6.400€ por ano para um museu privado do ex-toureiro Mário Coelho

Esta é apenas uma das muitas reflexões que podemos fazer sobre a aplicação do dinheiro público. Para nós o caminho, é continuar a trabalhar com todos os coletivos para ver esta meta alcançada sabendo à priori que não é uma questão de “se” mas “quando” estes eventos terminarão.

Nota: Texto escrito pré acordo ortográfico

Fontes:

- C. M. de Estremoz, Ata nº 19/2012 da Reunião extraordinária de 27 de setembro de 2012.

- “Presidente do Município apelou à solidariedade dos funcionários para atenuar efeitos da austeridade”, 16 de outubro de 2012:

http://www2.cmmonforte.pt/noticias/noticiasdet.asp?news=468

- Câmara Municipal do Sabugal, Ata nº 28/2012, Reunião ordinária de 21 de novembro de 2012.

André Silva – Porta-voz e Deputado do PAN (Pessoas – Animais – Natureza)



publicado por Carlos Gomes às 20:37
link do post | favorito

BAIXA DA BANHEIRA RECEBE CONCERTO DE BLUES

Na Baixa da Banheira: Danny del Toro & Fast Eddie Nelson em mais uma Blues Night by BBBF

A Blues Night de abril, que se realiza, excecionalmente, a uma sexta-feira, dia 22, pelas 22:00h, no Café-Concerto do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, traz-nos um duo ibérico de Roots Blues, Danny del Toro & Fast Eddie Nelson – o Mississippi, as guitarras acústicas, as harmónicas, o cheiro a terra molhada e o peso de gerações de Bluesmen que mantêm viva a chama das tradições dos blues originais.

Blues Night

Danny del Toro – músico sediado em Madrid, faz digressões habituais pela Europa acompanhando alguns dos mais influentes Bluesmen europeus da atualidade.

Fast Eddie Nelson – Bluesman barreirense, costuma cruzar a essência dos Blues com outros estilos, sempre com os pés bem assentes nas origens dos Blues do Mississippi.

As Blues Night By BBBF são promovidas pela Associação BB Blues Portugal, em parceria com a Câmara Municipal da Moita e União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira.

Os bilhetes, no valor de 3 euros, podem ser adquiridos no dia do espetáculo.



publicado por Carlos Gomes às 14:59
link do post | favorito

ALHOS VEDROS REALIZA CEIA MEDIEVAL



publicado por Carlos Gomes às 13:59
link do post | favorito

MUSEU BORDALO PINHEIRO APRESENTA LIVRO "LISBOA - NUM PAÍS SEMPRE À BEIRA", DE ALEXANDRA KLOBOUK

Na 5a feira, dia 21, às 6 da tarde, O Museu Bordalo Pinheiro vai apresentar livro Lissabon im Land am Rand | Lisboa - Num País sempre à Beira, de Alexandra Klobouk, que é um roteiro desenhado de Lisboa, cheio de humor e de desenhos fantásticos.

Podem ficar a saber mais aqui:

http://www.alexandraklobouk.com/Lissabon-im-Land-am-Rand


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 13:29
link do post | favorito

Terça-feira, 19 de Abril de 2016
PEDRO BALSE ATUA AO VIVO NO CAE PORTALEGRE

O músico Pedro Balse subirá ao palco do Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre no próximo dia 23 de abril, pelas 22h. O compositor da terra será acompanhado pela sua World.

Chill Band, sendo que estarão em destaque as canções dos seus dois álbuns, “World Chill” (2012) e “Places” (2014), num espectáculo inserido na comemoração dos 10 anos de actividade do CAE Portalegre. Os bilhetes estão à venda nos locais habituais.

Pedro Balse nasceu em Portalegre, em 1972, e durante a adolescência pertenceu a diversas bandas, como baterista e baixista. Em 1996, terminou a licenciatura em Ciências Musicais na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e hoje trabalha como professor de música, em Sintra.

A necessidade de se dedicar à composição surgiu em 2011, altura em que começou a criar o seu próprio estúdio. Em dezembro de 2012 editou o seu primeiro trabalho, “World Chill” – trata-se de uma nova sonoridade, uma fusão de acústico com eletrónico, numa mistura de world music com chillout/lounge.

Em novembro de 2014 editou o seu segundo álbum, “Places”, numa continuação da viagem iniciada em 2012, um trabalho claramente influenciado pela sua formação clássica, que conta com 47 participações especiais e do qual foram extraídos os singles “Bella Firenze” e “Palos de Mirandum”.

Nas palavras do jornalista e comentador Nuno Rogeiro, “o português Pedro Balse investe, sensivelmente, na música ambiental topográfica”. Na generalidade, a música de Pedro Balse é relaxante. Pretende proporcionar bem-estar aos ouvintes. E pretende, também, ser uma viagem imaginária, através de temas com influências de vários locais no mundo... de Buenos Aires a Lisboa, passando por Paris, Andaluzia, Dubai, Rio de Janeiro, Himalaias, Irlanda a Marrocos.



publicado por Carlos Gomes às 18:46
link do post | favorito

TARZAN ESTÁ NO TEATRO POLITEAMA EM LISBOA

Sessão extra 24 e 30 Abril


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 17:09
link do post | favorito

FOLKLOURES'16: LOURES ORGANIZA ENCONTRO DE CULTURAS



publicado por Carlos Gomes às 15:33
link do post | favorito

LISBOA RECEBE ENCONTRO DOS DESCOBRIMENTOS

O Objetivo deste Evento é fomentar a ligação entre a Comunidade Japonesa e o Mundo Ocidental, em especial com Portugal tendo em conta a sua localização estratégica e a sua história de amizade junto ao Japão, tornando-o uma porta de entrada a U.E.

unnamed

Pretende-se cumprir esse objetivo, gerando Novos Negócios, Novas Oportunidades e Novos Relacionamentos junto aos participantes deste evento através de:

- Contato com a Camada Empresarial de várias regiões de Portugal

- Mostra de Produtos Regionais

- Palestras e Entrega de Homenagens

- Atividades de âmbito Cultural e Empresarial

- Contato com Câmaras Municipais

- Visita a Institutos de Investigação e Museus

Este Evento é indicado para todos os que tenham interesse no mercado, cultura, contatos ou trocas comerciais entre os países integrantes do Encontro dos Descobrimentos, neste caso, com especial destaque ao Japão, Portugal e Brasil.

Programa Provisório

1º DIA

Lisboa

24 de Junho de 2016 (sexta-feira)

19h30 - Jantar de Abertura em Lisboa

Homenagem especial aos 108 anos da chegada do Navio Kasato Maru (笠戸丸) ao Porto de Santos - Brasil.

Estadia em Hotel em Lisboa

2º DIA

Lisboa – Fátima

25 de Junho de 2016 (sábado)

09h00 - Tour em Lisboa de autocarro

- Período Lívre

15h30 - Partida de Lisboa para Fátima

17h00 - Chegada a Fátima

Visita ao Santuário

Visita ao Museu do Milagre de Fátima

19h45 - Apresentação das oportunidades de investimento em Ourém/Fátima como entrada para a U.E.

20h30 - Jantar de Confraternização com o Presidente da Câmara Municipal de Ourém/Fátima, Dr. Paulo Fonseca e camada empresarial da região.

Estadia em Hotel em Fátima

3º DIA

Fátima – Porto – Guimarães – Régua

26 de Junho de 2016 (domingo)

09h00 - Partida de Fátima para Porto

11h30 - Passeio na Ribeira do Porto

12h00 - Almoço na cidade do Porto

14h00 - Partida para Guimarães

14h30 - Chegada a Guimarães: Recepção da comitiva na plataforma das Artes (com a presença do Sr. Presidente Dr. Domingos Bragança, Vereador Dr. Ricardo Costa (DDE) e Vereador da Cultura Dr. José Bastos)

15h00 - Visita ao Museu José de Guimarães

(com a presença do Diretor do Museu – Prof. Nuno Faria)

15h30 - Degustação de produtos regionais

(OPCIONAL) 16h00 - Saída de Guimarães de autocarro (15min de distância) para visita ao Instituto Europeu de Medicina Regenerativa (visita acompanhada por um investigador, Prof. Miguel Oliveira)

18h00 - Chegada a Guimarães: paragem junto ao Paço dos Duques de Bragança, (OPCIONAL: Acesso ao Museu, recepção pela Diretora do Museu, Dra. Isabel Fernandes)

Período Livre – Visita à Feira Afonsina (Feira Medieval)

20h30 - Jantar Medieval no Centro Histórico (com a Câmara Municipal de Guimarães e com a Associação de Jovens Empresários de Guimarães)

22h00 - Partida para a Régua

Estadia em Hotel na Régua

4º DIA

Régua – Coimbra - Cascais

27 de Junho de 2016

10h00 - Visita ao Museu do Douro

11h00 - Cruzeiro da Régua (Rio Douro)

12h30 - Almoço e degustação de Produtos Regionais

14h30 - Partida para Coimbra

16h30 - Visita ao Centro Histórico de Coimbra

(Coimbra é uma cidade historicamente universitária, por causa da Universidade de Coimbra, uma das maiores universidades de Portugal, que foi fundada em 1290 por D. Dinis.)

20h00 - Jantar

22h00 - Regresso a Lisboa

Estadia em Hotel em Cascais

5º DIA

Cascais

28 de Junho de 2016 (terça-feira)

10h00 - Palestras, Apresentações e Homenagens no Centro Cultural de Cascais

Coffee Break

13h00 - Almoço

15h00 - Palestras, Apresentações e Homenagens no Centro Cultural de Cascais

Coffee Break

20h00 - Jantar de encerramento

Estadia em Hotel em Cascais



publicado por Carlos Gomes às 11:47
link do post | favorito

TEATRO DO NOROESTE APRESENTA EM LISBOA E ALMADA A PEÇA "PEQUENAS PEÇAS DESOLADAS"

537942

"Pequenas peças Desoladas".

O Teatro do Noroeste - CDV em Lisboa, com texto e encenação de Guillermo Heras e Ricardo Simões e e tradução e dramaturgia de Alexandra Moreira da Silva.

Peça com texto e encenação do espanhol Guillermo Heras, em parceria com Ricardo Simões, e tradução e dramaturgia de Alexandra Moreira da Silva.

Dias 20 e 21 (4ª e 5ª feira), às 21.30, na Comuna

Depois seguem para Almada, com "Salgueiro Maia", a 23 e 24 (sábado e domingo), no Teatro Municipal Joaquim Benite



publicado por Carlos Gomes às 09:47
link do post | favorito

Segunda-feira, 18 de Abril de 2016
LISBOA COMEMORA DIA DOS MUSEUS


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 22:50
link do post | favorito

LISBOA RECEBE FESTIVAL INTERNACIONAL DA MÁSCARA IBÉRICA

XI Festival Internacional da Máscara Ibérica (FIMI) realiza-se de 5 a 8 de Maio | Lisboa, 2016

O FIMI (CM Lisboa/ Progestur/ EGEAC) leva a efeito o XI Festival Internacional da Máscara Ibérica, no Rossio, de 5 a 8 de Maio.

FestivalMascaraIberica2011 053

Considerado um dos maiores eventos de cultura ibérica em Portugal e com forte contribuição para a promoção turística, o FIMI é reconhecido como um evento de interesse turístico internacional.  

Nos quatro dias do festival mais de 500.000 visitantes de várias nacionalidades visitam o recinto, num evento que desperta forte cobertura mediática, onde se destacam transmissões ao vivo de televisões portuguesas e espanholas.

Este ano o Desfile da Máscara Ibérica está marcado para o dia 7 de Maio às 16h30 e vai contar com 27 grupos e 500 participantes.

O FIMI tem muitas mais atrações e atividades que convidam o público a visitar a Praça do Rossio, podendo ainda assistir a concertos de bandas vindas de Portugal e Espanha, que vão atuar no Palco Ibérico.

FestivalMascaraIberica2011 063



publicado por Carlos Gomes às 22:39
link do post | favorito

BB BLUES FEST NA MOITA JÁ TEM NOMES CONFIRMADOS

De 23 a 26 de junho. Primeiros nomes confirmados para BB Blues Fest/2016

Travellin’Brothers e Laurence Jones estão já confirmados para a 5ª edição do BB Blues Fest que se realiza entre 23 e 26 de junho, em vários espaços do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo e Parque José Afonso, na Baixa da Banheira.

Travellin Brothers

Os Travellin’ Brothers são a banda europeia de blues do momento. Ostentam ainda o título de melhor banda conquistado no European Blues Challenge, que decorreu em 2015, em Bruxelas, tendo sido também uma das oito finalistas do Internacional Blues Challenge, em Memphis, e vão subir ao palco na sexta-feira, dia 24 de junho.

Originária de Leioa, uma pequena vila perto de Bilbao, a banda conta no seu curriculum com mais de 820 concertos. Travellin’ Brothers visita o BB Blues Fest em formato sexteto, mostrando um blues vintage mas, simultaneamente, contemporâneo, com gospel, swing, jazz, country e também o autêntico som de Nova Orleães.

Laurence Jones, duplamente reconhecido com o prémio "Young Artist of the Year", nas edições de 2014 e 2015, dos British Blues Awards, é o mais excitante bluesman da nova vaga do blues rock britânico. Tem apenas 23 anos e está já a construir a sua própria carreira com muito mérito.

Considerado por muitos como "um cruzamento entre Eric Clapton & Buddy Guy" é um guitarrista de excelência, já com muitos quilómetros de estrada nos palcos europeus e americanos. No BB Blues Fest o seu concerto está marcado para sábado, dia 25 de junho.

Mais nomes divulgados no segundo warm up fora de portas

No dia 23 de abril, o BB Blues Fest vai ser falado em Setúbal, no segundo Warm Up fora de portas, pelas 22:00h, na Taifa, onde a organização dá a conhecer à comunidade blues do distrito mais pormenores sobre o festival e divulgará mais alguns nomes do cartaz.

O concerto desta noite vai ser protagonizado pela dupla Danny Del Toro & Fast Eddie Nelson.

Danny del Toro, músico sediado em Madrid, faz digressões habituais pela Europa acompanhando alguns dos mais influentes Bluesmen europeus da atualidade.

Fast Eddie Nelson, Bluesman barreirense, costuma cruzar a essência dos Blues com outros estilos, sempre com os pés bem assentes nas origens dos Blues do Mississippi.

O BB Blues Fest resulta de uma parceria entre a Associação BB Blues Portugal, a Camara Municipal da Moita e a União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira. Acompanhe a 5ª edição do BB Blues Fest nos vários canais:

www.bbbluesfest.com.pt

www.facebook.com/bbbluesfest

twitter.com/BBBluesPortugal

www.youtube.com/channel/UCv-LKLXWxaDVP9opo-AjghA

www.cm-moita.pt

www.facebook.com/cm-moita.pt

www.ufbbva.pt



publicado por Carlos Gomes às 21:30
link do post | favorito

PAN QUER PROIBIR ABATES NOS CANIS MUNICIPAIS

Avançam as audições da Iniciativa Legislativa de Cidadãos (ILC) que visa acabar com os abates nos canis municipais em Portugal

  • Terça-feira dia,19 de Abril, às 09h30, Sala do Senado, na Assembleia da República – Audição Pública
  • Quarta-feira, dia 20 de Abril, às 14h00, Audição dos subscritores, na Assembleia da Republica

A Iniciativa Legislativa de Cidadãos (ILC) que visa acabar com os abates nos canis municipais estará em debate, esta semana, na Assembleia da República. As atividades sobre esta iniciativa legislativa começaram hoje, dia 18 de Abril com a visita de vários deputados, incluindo André Silva do PAN – Pessoas - Animais – Natureza, a canis municipais (9H30 Coimbra; 14H30 Palmela; 16H30 Sintra). Amanhã Terça-feira dia, 19 de Abril, serão ouvidas várias entidades interessadas, numa audição pública que acontece na Sala do Senado pelas 09h30 e na quarta-feira dia 20 de Abril, pelas 14h00 (sala a definir) será a vez de serem ouvidos os subscritores desta ILC, dois cidadãos, membros do PAN, que estarão em representação de todos os subscritores da ILC - 75.000 - e apresentarão a iniciativa.

MARCHA ANIMAL 051

Após a audição das entidades interessadas e dos subscritores da ILC, o grupo de trabalho que está com este projeto na Assembleia da República irá fazer a redação final da proposta que volta a discussão na comissão. Quando se chegar a um consenso a proposta final é aprovada e irá novamente a plenário onde se dará a votação final global.

A ILC foi uma das principais ações de mobilização de cidadãos organizada pelo PAN. É um marco na causa animal e vem propor medidas que há muito são exigidas por uma grande parte dos portugueses, tendo o cidadão e agora também deputado, André Silva, feito um pedido no seu primeiro dia no parlamento, para que a ILC transitasse para a atual legislatura.



publicado por Carlos Gomes às 13:30
link do post | favorito

CASA DE PAMPILHOSA DA SERRA ORGANIZA EM LISBOA ENCONTRO DE CONCERTINAS



publicado por Carlos Gomes às 11:44
link do post | favorito

PAÇO DE ARCOS É UMA DOÇURA



publicado por Carlos Gomes às 11:31
link do post | favorito

INVESTIGADORES DA UTAD ESTUDAM ALTERNATIVAS A BARRAGENS PARA CONTROLO DE CHEIAS

As soluções passam por infraestruturas verdes com menor impacte ambiental e igualmente eficazes.

Um grupo de investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) desenvolveu um modelo de redução de cheias com base em bacias de retenção com o objetivo de minimizar o impacto das cheias. O trabalho foi elaborado para a bacia hidrográfica do rio Vez, principal afluente do rio Lima, um dos mais problemáticos do País pela recorrência deste tipo de eventos.

Efeito das cheias na bacia do rio Lima_Vez

Efeito das cheias na bacia do rio Lima/Vez

O local escolhido para este estudo faz parte das 22 regiões sujeitas a inundações do continente português, segundo a Agência Portuguesa do Ambiente (APA). Aqui equacionaram-se vários locais para implantação de bacias de retenção, onde foram tidas em conta a proximidade aos locais de jusante, a densidade populacional e atividades humanas com implicações de poluição difusa ou pontual.

“Os resultados mostraram que são necessários mecanismos de menor impacte para diminuir escoamentos superficiais, alicerçados em infraestruturas verdes, focadas para o aumento de retenção de água pelos aquíferos, solo e ecossistemas aquáticos, em vez de obras de grande porte como barragens”, explica Luís Filipe Fernandes, investigador do CITAB - Centro Investigação e de Tecnologias Agroambientais e Biológicas da UTAD.

Estes sistemas melhoram em simultâneo o “estado ecológico das massas de água, reduzem a vulnerabilidade a cheias e secas, restauram o caráter funcional e maximizam o serviço de ecossistemas”, acrescenta o investigador.

Para chegar a este modelo foram aplicadas equações de engenharia acompanhadas de análise multicritério e tratamento espacial de dados através de Sistemas de Informação Geográfica. Através desta metodologia foi aplicado um modelo de redução de cheias com base em bacias de retenção, tendo em conta três módulos (hidrológico, geomorfológico e ambiental) que entram em linha de conta com o volume de armazenamento e localização apropriada bem como com aspetos como ações do homem, qualidade da água, entre outros.

As cheias urbanas são um problema mundial que afeta também Portugal. Já em 2016 ocorreram, de norte ao sul do país, vários eventos com elevados prejuízos materiais, causados por picos de cheias que, no caso do rio Vez, podem chegar aos 550 m3/s com fluxos associados a uma topografia escarpada e a alta pluviosidade.

Por estas razões os investigadores deste estudo indicam como solução um “extenso programa de reflorestamento para aumentar a evapotranspiração, reduzindo, consequentemente, o escoamento”, uma abordagem que passa pela descentralização do sistema de retenção em várias bacias mais pequenas “facilmente integradas na paisagem natural, com baixo impacto ambiental”.

Este estudo foi recentemente publicado no prestigiado Journal of Hydrology e apresentado no 13º Congresso da Água. O método está neste momento a ser aplicado em outros locais considerados críticos pela APA.



publicado por Carlos Gomes às 11:22
link do post | favorito

FESTIVAL DE FOLCLORE CIDADE DE LISBOA REALIZA-SE EM BENFICA



publicado por Carlos Gomes às 07:50
link do post | favorito

Domingo, 17 de Abril de 2016
ALCOCHETE REALIZA FESTA DO FORCADO



publicado por Carlos Gomes às 18:12
link do post | favorito

ALCOCHETE É A TERRA ONDE SE PODE CONTEMPLAR OS MAIS BELOS PORES-DO-SOL

Situada na margem esquerda do rio Tejo, em plena Reserva Natural do Rio Tejo, na vila de Alcochete podem contemplar-se os mais belos pores-do-sol de toda a região, feitos a partir da mais diversificada paleta de cores. Amantes da fotografia e, de uma maneira geral, apreciadores das mais belas paisagens, visitam com frequência esta pitoresca localidade que, além da sua beleza natural, tem muito mais para oferecer aos visitantes.

Alcochete - Pôr do Sol

Alcochete é terra de salineiros. Nas salinas onde outrora se extraía sal-marinho e se secava o bacalhau, tendo a partir de determinada altura a produzir sal-gema, nidificam as mais variadas espécies de aves aquáticas.

A partir do Sítio das Hortas, pode-se observar os flamingos em plena estuário do rio Tejo, na área protegida. Esta é considerada a maior zona húmida do país e uma das maiores da Europa. Nela se criam em ambiente natural grande variedade de peixes, moluscos e crustáceos, além das aves como já referido.

Alcochete 016

Nos arredores, quem vai em direção ao Montijo – a antiga Aldeia Galega do Ribatejo – encontra a praia fluvial do Samouco com o seu pequeno cais palafítico.

A pacatez da vila de Alcochete contrasta com o bulício de outras cidades próximas, mormente Lisboa que se avista de longe. Porém, quando é chegada a altura das largadas de toiros, a vila anima-se e adquire todo o seu esplendor e tipicismo. Alcochete é também terra de toiros e toureiros. Desde o século XVI que ali se cria sobretudo gado bravo pelo que as tradições taurinas encontram-se bastante arreigadas nos alcochetanos.

Alcochete - Pôr do Sol (6)

As ruelas, estreitas e pitorescas onde em tempos idos os pescadores locais remendavam as malhas das suas redes, enchem-se de gente que vem de fora para apreciar as tão afamadas iguarias da sua cozinha tradicional, com predomínio para os pratos de peixe e outras iguarias que o rio Tejo oferece.

Alcochete - Pôr do Sol (9)

Acredita-se que o topónimo Alcochete tenha proveniência árabe, derivando de Al Caxete que poderá significar “o forno”. Com efeito, os registos mais antigos que se conhecem relativamente à presença humana no local dizem respeito à existência de uma olaria, ao tempo da ocupação romana que antecedeu a presença árabe, na qual eram produzidas ânforas e outros artefactos para acondicionamento e transporte de alimentos, quem sabe se para o garum e conservas de peixe produzidas nas cetárias da Península de Tróia, em Grândola.

Alcochete-fev2012 (3)

Alcochete foi berço das mais notáveis personalidades de entre as quais se destaca o Rei D. Manuel I e o padre jesuíta Francisco Rodrigues da Cruz, venerado e santificado pelo povo que o rebatizou como “Santo Padre Cruz” e em relação ao qual decorre desde 1951 o Processo Informativo de Beatificação. Quase setenta anos decorridos desde o seu falecimento em Lisboa, muitos são ainda os devotos que visitam o seu jazigo no cemitério de Benfica.

Alcochete3

Nos últimos tempos, a autarquia local tem vindo a requalificar o espaço urbano, ordenando o estacionamento automóvel, dotando a área urbana de novas zonas verdes e pedonais, com especial realce mas o magnífico passeio da zona ribeirinha. Alcochete é, pois, uma das mais interessantes localidades a convidar a uma visita, nomeadamente dos lisboetas, tirando também partido da magnífica paisagem que da Ponte Vasco da Gama se disfruta sobre o rio Tejo e as salinas do Samouco.

Alcochete - Pôr do Sol (10)

Alcochete - Pôr do Sol (6)

Alcochete-salineiro

Alcochete - Pôr do Sol (7)

Alcochete 012

Imagem 024



publicado por Carlos Gomes às 17:50
link do post | favorito

MINHOTOS JUNTAM-SE NA AMADORA PARA CANTAR AO DESAFIO



publicado por Carlos Gomes às 16:17
link do post | favorito

Sábado, 16 de Abril de 2016
MARVILA COMEMORA O 25 DE ABRIL



publicado por Carlos Gomes às 23:11
link do post | favorito

ALFRAGIDE VAI AOS FADOS



publicado por Carlos Gomes às 15:58
link do post | favorito

VEM AÍ O TGV! - LIGAÇÃO A MADRID COLOCARÁ LISBOA NA PERIFERIA DA CAPITAL ESPANHOLA

ALTA-VELOCIDADE MADRID-LISBOA APROVADA

Um comunicado de imprensa da representação espanhola na Comissão Europeia, do passado dia 7 de abril, dá conta da aprovação do projeto de desenvolvimento da linha de alta-velocidade Madrid-Lisboa – via Extremadura espanhola - num investimento de 321,1 milhões de euros, 205,1 milhões diretamente do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

TGV_Duplex_Figueres

Este projeto, parte da Rede Transeuropeia de Transportes, unirá Lisboa a Madrid e a Paris, além de a muitos outros destinos, quer em Espanha, quer no resto da Europa, através das linhas francesas e alemãs.

O objetivo do projeto é melhorar a competitividade das ligações ferroviárias europeias, em concreto na ”linha Atlântica”, entre Madrid e Lisboa.

Corina Creţu, a Comissária para a Política Regional, destacou que “este projeto ferroviário é uma contribuição importante para a rede de comunicações de alta velocidade entre a Península Ibérica e o resto da Europa.”

Fonte: http://www.tribunaalentejo.pt/tribuna/

Foto: http://eurotoptrains.net/



publicado por Carlos Gomes às 10:02
link do post | favorito

Sexta-feira, 15 de Abril de 2016
PAN AGENDA LEI QUE CRIMINALIZA OS MAUS TRATOS A ANIMAIS E PS ACOMPANHA
  • Primeiro agendamento potestativo do PAN reforça o regime sancionatório aplicável aos animais, pede alteração do Código Penal – Debate 12 de Maio
  • Alteração do Estatuto Jurídico do Animal, reconhecendo os animais como seres sensíveis
  • Possibilidade de Permissão de Animais em Estabelecimentos Comerciais

O PAN – Pessoas-Animais-Natureza estreou-se esta semana no seu primeiro agendamento potestativo, ou seja, o momento em que pode determinar projetos de lei para discussão em plenário. Trata-se da proposta de alteração da lei que criminaliza os maus tratos a animais, que despoletou esta semana uma reflexão conjunta na Assembleia da Republica, na presença da Ministra da Justiça, Francisca Van Dunem.

IMG_3320

É permitido ao PAN avançar com apenas três agendamentos potestativos de iniciativas legislativas para debate em plenário, por sessão legislativa (ano), e esta proposta de alteração ao código penal, que pretende reforçar o quadro jurídico já existente, é o primeiro. Intenção partilhada pelo PS que efetuou um arrastamento à iniciativa agendada pelo PAN. Já a alteração do Estatuto Jurídico do Animal, agendada para debate pelo PS, deu origem a um arrastamento de iniciativa legislativa por parte do PAN. As duas iniciativas foram agendadas para debate em plenário dia 12 de Maio.

“Esta é uma semana muito importante para uma estrutura pequena como o PAN, sentimos a possibilidade real, mesmo com todas as restrições, de defender causas e valores, funcionando como braço político dos cidadãos, associações e organizações não-governamentais que desenvolvem há décadas um trabalho diário na defesa dos direitos dos animais”, sublinha André Silva, Deputado do PAN.



publicado por Carlos Gomes às 11:37
link do post | favorito

Quinta-feira, 14 de Abril de 2016
PORTUGAL COMEMORA DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS



publicado por Carlos Gomes às 18:52
link do post | favorito

HOJE HÁ TOURADA NA PRAÇA DO CAMPO PEQUENO

Inicia-se hoje na Praça de Touros do Campo pequeno, em Lisboa, a temporada tauromáquica deste ano, com uma corrida concurso de ganadarias, de homenagem aos ganadeiros portugueses, com a presença das divisas de António Veiga Teixeira, Ribeiro Telles, Pinto Barreiros, Murteira Grave, S. Torcato e Santa Maria.

Em praça estarão os cavaleiros João Salgueiro, João Ribeiro Telles e o rejoneador espanhol Manuel Manzanares. Pega o Real Grupo de Forcados Amadores de Moura e o do Aposento da Moita, capitaneados respectivamente por Valter Rico e José Pedro Pires da Costa.

Para o exterior da praça de toiros, encontra-se convocada uma manifestação de protesto contra a sua realização, convocada pelos grupos Acção Directa, actiVismo e Lisboa Anti-tauromaquia. Os organizadores garantem tratar-se de “um protesto pacífico, ruidoso (serão proferidas palavras de protesto e usaremos megafones, buzinas, apitos, etc.) e empunharemos cartazes. Podem trazer os vossos cartazes (agradecemos que as frases não contenham palavras ofensivas) e instrumentos para fazer barulho.”

13012614_1060858737313741_239939255288315340_n



publicado por Carlos Gomes às 17:14
link do post | favorito

CONVENTO DOS CARDAES EM LISBOA É UM EXEMPLAR ÚNICO DO BARROCO PORTUGUÊS QUE MERECE SER VISITADO

Situado ao cimo da rua do Século, próximo do Jardim do Príncipe Real, o Convento dos Cardaes é um dos mais interessantes e mais bem conservados monumentos do período do Barroco existente em Lisboa, digno de visita.

Convento dos Cardaes 006

O Convento foi fundado por D. Luísa de Távora para alojar as religiosas da Ordem das Carmelitas Descalças, tendo a sua própria fundadora ali vivido até à sua morte. As Carmelitas Descalças constituem um ramo da Ordem do Carmo que resulta de uma reforma introduzida por Santa Teresa de Ávila e São João da Cruz ao carisma carmelita.

O Convento dos Cardaes apresenta um aspeto exterior sóbrio e austero mas exibindo esplendor e beleza no seu interior.

Convento dos Cardaes 023

Possui igreja de uma só nave, com altar-mor e dois altares laterais. As paredes são revestidas de pinturas que obedecem às regras da Ordem, da autoria de António Pereira Ravasco e André Gonçalves. O teto representa ao centro a Padroeira rodeada pelas suas litanias.

Dispõe de painéis de azulejos historiados-holandeses, representando cenas da vida de Santa Teresa d’Ávila, e ainda magnífica talha dourada, produzindo um efeito integrado entre as diversas formas de arte como é característico do Barroco português.

Convento dos Cardaes 021

Sem pretender fazer uma descrição exaustiva da História e do património do Convento dos Cardaes, não deixaremos de destacar a preservação da roda e da grade no coro alto que constituem atualmente exemplares raros devido à extinção dos conventos, o que não chegou a ser o caso do Convento dos Cardaes. Os espigões existentes nas grades de ferro simbolizam o afastamento do mundo exterior, não se destinando a provocar ferimentos seja a quem for, conforme se pode verificar pela forma como se encontram colocados para o lado de fora.

Escultura em mármore de Nossa Senhora da Conceição, da autoria de João Antunes, encimando uma das portas de entrada do Convento.

Na porta principal, encontra-se uma escultura em mármore de São José, também da autoria de João Antunes.

Convento dos Cardaes 026

A imagem mostra a grade do coro-alto, ladeado por pinturas e talha dourada

Altar-mor com três colunas com fuste em espiral, decoradas com folhas de acanto formando “volutas” e uvas representando o vinho em alusão ao sangue de Cristo, a Fénix usada para simbolizar a Ressurreição de Jesus.

A famigerada roda cuja função era permitir a entrada e saída de objectos o Convento, servindo portanto de elemento de comunicação com o exterior, mas cujo uso que a sociedade lhe veio a dar com a entrega de crianças aos conventos em momentos de aflição das mães, passou a ser conhecida como "roda dos expostos".



publicado por Carlos Gomes às 16:38
link do post | favorito

LISBOA RECEBE FESTIVAL INTERNACIONAL DA MÁSCARA IBÉRICA

8285_1690632394506588_212452471768039027_n



publicado por Carlos Gomes às 14:08
link do post | favorito

METRO DE LISBOA CHEGA Á REBOLEIRA

Foi ontem inaugurado o troço Amadora Este/Reboleira da rede do Metropolitano de Lisboa, com a abertura da estação Reboleira que cria um novo Interface Multimodal que reforça o sistema de transportes da AML, reunindo metro, autocarros, comboio, táxis, ciclovia, e oferecendo, ainda, parqueamento de bicicletas e estacionamento automóvel.

13015557_1067604586632497_781756092081624823_n

A cerimónia que contou com a presença do Primeiro-ministro e de vários membros do governo é considerada “um marco de grande importância na história do Metropolitano de Lisboa tal como configura um momento de especial valor para a Área Metropolitana de Lisboa (AML), considerando o seu impacto significativo no mapa de acessibilidades do concelho da Amadora”.

12994539_1067606806632275_1617020859027126307_n

A Presidente da Câmara Municipal da Amadora, Drª Carla Tavares, considera tratar-se de um investimentos com “um impacto muito relevante para o concelho”, mas também para o município vizinho de Sintra. “É absolutamente essencial para a mobilidade nesta zona”. Ainda, segundo a autarca, a nova estação do Metropolitano encontra-se numa “zona muito consolidada, muito densa do ponto de vista populacional”, pelo que se prevê uma grande utilização por parte dos habitantes da Amadora nas suas deslocações para os seus locais de trabalho em Lisboa, contribuindo para uma maior utilização dos transportes públicos e uma eventual descompressão da linha ferroviária de Sintra.

12998754_1067606756632280_8384267006943282809_n

12321350_1067606823298940_1884377314471118337_n



publicado por Carlos Gomes às 14:03
link do post | favorito

O “ESPELHO” DE SARA SERPA E ANDRÉ MATOS

A dupla de jazz Sara Serpa e André Matos desvenda “Espelho”, cartão-de-visita de “All The Dreams”, o novo disco a ser editado em setembro próximo com o selo da norte-americana Sunnyside Records.

#JSM_André_e_Sara_6

Aquele que será o segundo registo de originais da dupla lisboeta radicada em Nova Iorque sucede assim a “Primavera”, álbum de 2014 que recolheu os melhores elogios do público e da crítica especializada.

Magia, encanto, sintonia. Cumplicidade e audácia. Calmo e deslumbrante. Assim se pode descrever o trabalho da dupla lisboeta - agora-nova-iorquina - Sara Serpa e André Matos. A colaborarem desde 2005, a cantora e o guitarrista criaram um mundo sonoro muito pessoal e único, comprometendo-se numa música de atmosferas, sons puros com recurso à melodia e poesia. Juntos, revelam-se numa identidade que combina a sua cultura portuguesa com a criatividade de Nova Iorque.

Nascidos em Lisboa, mas radicados em Nova Iorque, Sara Serpa e André Matos conheceram-se em Boston e actuam juntos há mais de dez anos, tendo vindo a apresentar a sua música em países como o Brasil, Argentina, Uruguay, Estados Unidos, Alemanha, Holanda, Espanha e claro está, Portugal. Sara Serpa (nos últimos dois anos destacada pela prestigiada revista Downbeat como Rising Star Vocalist, numa votação dos críticos) e André Matos estão em ascensão na cena musical Nova Iorquina, sendo ambos músicos activos, que têm vindo a colaborar colectiva e individualmente com músicos proeminentes como Ran Blake, John Zorn, Leo Genovese, Tony Malaby, Pete Rende, Thomas Morgan, Greg Osby, Danilo Perez, Guillermo Klein entre outros.

“Primavera” (Inner Circle Music), o álbum de estreia do duo, saiu em 2014, sendo um trabalho desenvolvido maioritariamente em torno de música original, criada especificamente de um para o outro, dando ênfase à melodia e poesia e criando um arco de magia para quem ouve o disco do princípio ao fim. As palavras, através de letras originais ou recorrendo a poemas de Alberto Caeiro, e.e. Cummings ou Jeanne Lee, são perfeitamente ilustradas com um ambiente musical que nos envolve na história de cada canção.

No novo trabalho do duo, “All The Dreams” com data de lançamento marcada para Setembro 2016, Serpa e Matos continuam e aprofundam o uso da palavra na língua Portuguesa com poemas de Álvaro de Campos (seguindo nessa viagem Pessoana), Luís Amaro e ainda letras originais quer de Matos, quer de Serpa.

O novo álbum é uma afirmação reforçada da individualidade e originalidade destes dois músicos. O rigor dos arranjos, a criação de camadas sonoras, em que a voz e a guitarra se confundem, e a carga emocional dos poemas selecionados, revelam em Serpa e Matos uma contínua procura e empenho em assumirem a sua música de uma forma natural e honesta.

Para o novo álbum, “All The Dreams”, Serpa e Matos, mantendo o entusiasmo da experimentação, refinaram processos e da criatividade vivida em comunhão sai um conjunto de canções que nos fazem sonhar todos os sonhos do mundo, que afinal é só um.

Citações de imprensa sobre o disco “Primavera”:

“Um álbum calmo e deslumbrante (...) Primavera é uma pérola pela sua beleza e precisão focando-se singularmente na ligação profunda entre estes dois músicos”, The New York Times

“Um disco encantador”, The New Yorker

“Nesta primeira aventura em duo, a cumplicidade e audacidade de ambos é estonteante”, Jazz Times

“O duo é magnificente na combinação de sons puros – vogais, cordas, palavras, sopros, piano, respiração – e em criar registos musicais calmantes e inspiradores”, New York City Jazz Records

“Sara Serpa e André Matos conceberam um disco sublime. Primavera é um sedutor lugar de sintonia”, Público


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 13:47
link do post | favorito

AMADORA INAUGURA PRAÇA HUGO CHÁVEZ

O Município da Amadora inaugurou no passado dia 12 de abril a Praça Hugo Chávez, na Freguesia de Alfragide, em homenagem ao falecido Presidente da Venezuela. A cerimónia de descerramento da placa toponímica ocorreu durante a visita a Portugal do Embaixador da Venezuela em Portugal, o General en Jefe Lucas Rincón Romero.

12961656_1066849000041389_6743865623223590397_n

Na ocasião e ainda a convite da Presidente da Câmara Municipal da Amadora, Carla Tavares, a delegação da embaixada venezuelana visitou a Escola B1/JI Alto do Moinho, onde teve oportunidade de assistir a uma aula de cordas da Orquestra Geração, um projeto centrado na ação e desenvolvimento social através da música, que se inspira no Sistema de Orquestras Infantis e Juvenis da Venezuela.

Fotos: CMA

12985372_594145820751756_3288912856538944456_n

12523849_1066849136708042_2779548621026905606_n

12987166_1066849153374707_8112405504258012605_n



publicado por Carlos Gomes às 12:48
link do post | favorito

ALDEIA TÍPICA DE JOSÉ FRANCO É UMA DAS MAIORES ATRAÇÕES DO CONCELHO DE MAFRA A DIVULGAR OS USOS E COSTUMES DA REGIÃO SALOIA

Situada entre Mafra e a Ericeira, a Aldeia Típica de José Franco é um museu vivo das tradições das gentes da região saloia. Nela se encontram recriados espaços que falam da vivência do povo em tempos antigos, como a mercearia, as lojas do barbeiro e do dentista, a casa do lavrador, a ferraria e a oficina de carpintaria, a azenha e o moinho de vento e a escola primária que trás à lembrança as memórias de infância de muitos dos que a visitam e aproveitam para dar a conhecer aos mais novos.

Moldado pelas mãos do escultor e oleiro José Franco, a “Aldeia Saloia” como também é conhecida ocupa atualmente uma área de 2.500 metros quadrados, dispondo de um magnífico parque de estacionamento para os milhares de visitantes, incluindo as numerosas excursões que a incluem no seu roteiro.

A ideia de recriar uma aldeia típica da região saloia deverá ter surgido a José Franco por volta de meados do século passado, tendo então começado nas horas vagas a construir junto de sua casa uma aldeia em miniatura ao jeito de presépio saloio.

Mafra - Sobreiro (67)

O Sobreiro é terra com profundas tradições de olaria. José Franco nasceu em 1920 e, ainda muito jovem, aprendeu o ofício antes de trabalhar por conta própria com dezassete anos de idade. Recuperou a olaria que fora de seu avô e se encontrava desativada, sobretudo a partir da década de sessenta, deu forma ao seu sonho e, na roda do oleiro, fez crescer ano após ano uma aldeia à escala humana, qual museu etnográfico que é também uma das mais bem-sucedidas empresas da região.

Mafra - Sobreiro (35)

A entrada é gratuita. Mas, poucos são os que resistem a provar o afamado pão com chouriço e a visitar a adega típica com vinho da região. Para as crianças, além das recriações, dispõem também de dois parques infantis, incorporando alguns engenhos agrícolas que podem movimentar livremente e jogos tradicionais como o “jogo da macaca”.

A Aldeia Típica de José Franco constitui um exemplo daquilo que bem poderia ser reproduzido noutras regiões do país com vista à divulgação das respetivas tradições locais.

Mafra - Sobreiro

Mafra - Sobreiro (9)

Mafra - Sobreiro (11)

Mafra - Sobreiro (23)

Mafra - Sobreiro (24)

Mafra - Sobreiro (29)

Mafra - Sobreiro (31)

Mafra - Sobreiro (32)

Mafra - Sobreiro (41)

Mafra - Sobreiro (39)

Mafra - Sobreiro (74)

Mafra - Sobreiro (77)

Mafra - Sobreiro (46)

Mafra - Sobreiro (50)

Mafra - Sobreiro (58)

Mafra - Sobreiro (80)

Mafra - Sobreiro (81)

Mafra - Sobreiro (84)

Mafra - Sobreiro (85)



publicado por Carlos Gomes às 12:11
link do post | favorito

Quarta-feira, 13 de Abril de 2016
MINHOTOS JUNTAM-SE NA AMADORA PARA CANTAR AO DESAFIO



publicado por Carlos Gomes às 22:17
link do post | favorito

CASA DE GÓIS EM LISBOA REALIZA MOSTRA DA CHANFANA



publicado por Carlos Gomes às 22:15
link do post | favorito

AMADORA MOSTRA NECRÓPOLE DE CARENQUE



publicado por Carlos Gomes às 22:11
link do post | favorito

AMADORA VAI AOS FADOS EM ALFRAGIDE



publicado por Carlos Gomes às 22:07
link do post | favorito

CASA DA COMARCA DA SERTÃ REALIZA EXPOSIÇÃO SOBRE EX-LÍBRIS

12985630_1219717291386747_7703338594008542235_n



publicado por Carlos Gomes às 17:53
link do post | favorito

LISBOA RECEBE FESTIVAL INTERNACIONAL DA MÁSCARA IBÉRICA

XI Festival Internacional da Máscara Ibérica (FIMI) realiza-se de 5 a 8 de Maio | Lisboa, 2016

O FIMI (CM Lisboa/ Progestur/ EGEAC) leva a efeito o XI Festival Internacional da Máscara Ibérica, no Rossio, de 5 a 8 de Maio.

FestivalMascaraIberica2011 063

Considerado um dos maiores eventos de cultura ibérica em Portugal e com forte contribuição para a promoção turística, o FIMI é reconhecido como um evento de interesse turístico internacional.  

Nos quatro dias do festival mais de 500.000 visitantes de várias nacionalidades visitam o recinto, num evento que desperta forte cobertura mediática, onde se destacam transmissões ao vivo de televisões portuguesas e espanholas.

Este ano o Desfile da Máscara Ibérica está marcado para o dia 7 de Maio às 16h30 e vai contar com 27 grupos e 500 participantes.

O FIMI tem muitas mais atrações e atividades que convidam o público a visitar a Praça do Rossio, podendo ainda assistir a concertos de bandas vindas de Portugal e Espanha, que vão atuar no Palco Ibérico.

FestivalMascaraIberica2011 053



publicado por Carlos Gomes às 16:42
link do post | favorito

PARTIDO PAN PEDE REFORÇO DO REGIME DE PROTEÇÃO NA PARENTALIDADE E MAIS INTERVENÇÃO NA PATOLOGIA ONCOLÓGICA
  •         - Projeto-lei pede alteração do Código do Trabalho por aumento progressivo da licença parental
  •    - Vários países europeus estabelecem períodos de licença parental muito superiores aos estabelecidos na legislação nacional
  •   - Recomenda ao governo um plano de rastreio ao cancro do colo-rectal acompanhado de campanha de sensibilização

O PAN – Pessoas-Animais-Natureza vai apresentar duas iniciativas legislativas que serão debatidas no parlamento na próxima semana. O partido pretende ver alterada a legislação do código do trabalho aumentando progressivamente o período de licença parental até alcançar os 365 dias. A segunda iniciativa recomenda ao governo um plano de rastreio ao cancro colo-rectal, acompanhado de um plano de sensibilização da população portuguesa para a prevenção desta patologia oncológica que tem tido uma incidência crescente no país.

Reforço do regime de proteção na parentalidade

Considerando as várias projeções e dados oficias que permitem uma análise aprofundada e realista desta problemática, é possível observar que a um decréscimo do número de nascimentos aparece associado um aumento do envelhecimento da população e do aumento da esperança média de vida, o que, a curto prazo contribuirá fortemente para uma diminuição progressiva da população ativa, com consequências gravosas a nível da sustentabilidade social do país.

No caso português, o artigo 40.º do Código de Trabalho, ao consagrar a licença parental inicial, estabelece que a mãe e o pai têm direito a uma licença parental inicial de 120 ou 150 dias. Ora, um número bastante significativo de países europeus estabelece períodos de licença parental muito superiores aos estabelecidos na legislação nacional. A título de exemplo temos: Hungria – 24 semanas; República Checa e Eslováquia – 28 semanas; Noruega – 36 a 46 semanas; Irlanda – 42 semanas; Canadá, Dinamarca, Sérvia e Reino Unido – 52 semanas; Macedónia - 9 meses; Suécia – 420 dias; Croácia – 410 dias; Albânia, Bósnia Herzegovina e Montenegro – 1 ano.

As alterações propostas pelo PAN à duração da licença parental - Dois anos após a entrada em vigor do diploma, a duração da licença parental inicial passará a ser de 274 dias e quatro anos após a entrada em vigor do diploma, a duração da licença paternal inicial passará a ser de 365 dias - permitirão promover e melhorar a difícil conciliação entre a vida familiar e a vida profissional e conceder uma maior liberdade dos pais, quando confrontados com a decisão de ter filhos.

Rastreio e Sensibilização da população para o cancro colo-rectal

O cancro colo-rectal tem tido uma incidência crescente no nosso país, sendo atualmente o tumor maligno mais frequente do aparelho digestivo. Segundo o relatório da Globocan 2012 - Agência Internacional de Investigação do Cancro, o Cancro Colo-Rectal é a terceira causa de morte por cancro em todo o mundo. Os dados constantes do Relatório Oncológico Nacional demonstram que atualmente, em Portugal, o cancro colo-rectal é a segunda forma de cancro mais frequente, matando cerca de 11 pessoas por dia.

É necessário implementar no nosso país um plano de rastreio eficaz que permita uma deteção antecipada da doença, antes do aparecimento de sintomas, de modo a permitir com maior probabilidade a recuperação do doente, acompanhado de uma campanha de sensibilização que aposte na prevenção.

Existem certos fatores de risco que aumentam a probabilidade de desenvolver este tipo de cancro. Entre eles, encontram-se fatores como a obesidade, baixa atividade física e uma dieta rica em gorduras e pobre em fibras. Neste sentido, os estudos realizados sobre esta matéria apontam para que uma dieta pobre em fibras vegetais, rica em gorduras ou hipercalórica tenha consequências significativas para o aparecimento de cancro colo-rectal.

O PAN defende que é urgente criar estratégias de prevenção relacionadas com a alimentação como uma forma eficaz e pouco dispendiosa de prevenir a doença e diminuir a despesa pública com a saúde. O incentivo de padrões alimentares com quantidades elevadas de vegetais ou exclusivamente vegetarianos, traz comprovados benefícios para a saúde pública na prevenção de várias patologias e promover uma mudança de comportamentos e fomentar novos hábitos de consumo é a responsabilidade de um Estado que pretende uma população saudável.



publicado por Carlos Gomes às 16:14
link do post | favorito

BATISTA ATUA AO VIVO NO LUSITANO CLUBE EM ALFAMA

O músico BATISTA subirá ao palco do Lusitano Clube, em Alfama, no próximo dia 15 de abril pelas 22h30. O concerto serve de apresentação a “Desbloqueio”, o álbum de estreia do cantor e compositor lisboeta, editado em Dezembro passado pela Music In My Soul.

Bruno Batista nasceu em Lisboa, em 1978, e viveu sempre entre a capital e a vila alentejana Mértola. Compositor e multi-instrumentista autodidata, começou aos 13 anos a partilhar ensaios, músicas e palcos com dezenas de artistas, entre os quais UHF, David Fonseca e Hands On Approach. Ao longo do tempo, pertenceu a diversas formações, destacando-se The Last Hymn e Bacoustic – bandas fundadas pelo próprio, que gravaram álbuns de

originais em 2005 (“Freedom”) e 2012 (“Palavras”), respetivamente –, e participou em espetáculos um pouco por todo o país e Espanha.

O primeiro concerto que deu foi em março de 1998, altura em que tinha 19 anos. Novembro de 2014 marca o início da sua sua carreira a solo, com a gravação de um EP e a alteração do seu nome artístico para BATISTA.

O Rock, o Folk e as raízes tradicionais estão presentes neste projeto maioritariamente acústico. Ao vivo, para além da voz e das guitarras, o músico utiliza vários instrumentos – sonoridades experimentais para o próprio e para o público, que também tem um papel participativo. De evidenciar são, também, as improvisações.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 14:15
link do post | favorito

MISERICÓRDIA DE LISBOA LANÇA CONCURSO DE FOTOGRAFIA

Santa Casa da Misericórdia de Lisboa lança concurso de fotografia dedicado ao Jubileu da Misericórdia. Candidaturas até 9 de maio

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) lança um concurso de fotografia dedicado ao Jubileu Extraordinário da Misericórdia, com o tema “Olhares de Misericórdia na Cidade”. O objetivo é demonstrar, através da fotografia, como o conceito de “Misericórdia” é um valor universal presente no dia-a-dia das pessoas, assinalando assim as comemorações deste ano Jubilar. As candidaturas decorrem até ao dia 9 de maio.

Através desta iniciativa, a Santa Casa visa celebrar a Misericórdia, lançando o desafio a todos os interessados pela fotografia – profissionais e amadores com mais de 18 anos – para que ilustrem em registo fotográfico, “gestos, momentos ou situações” do quotidiano onde a “Misericórdia”, na sua dimensão espiritual e/ou humana, esteja presente.

António Pedro Ferreira e Mário Cruz são dois dos elementos que integram o júri deste concurso pela elevada reputação e provas dadas nesta área da fotografia, não só a nível nacional como internacionalmente.

Os três melhores trabalhos serão distinguidos com um prémio no valor de 3000€, 2000€ e 1000€, respetivamente, em material fotográfico. Por sua vez, os três primeiros prémios terão, igualmente, o seu trabalho exposto num edifício de Lisboa.

Os trabalhos vencedores serão conhecidos até ao final de junho, e divulgados no site da SCML www.scml.pt, onde está disponível toda a informação sobre o concurso e o respetivo regulamento.

O concurso insere-se no programa de atividades desenvolvido pela Santa Casa para assinalar o Jubileu Extraordinário: Ano Santo da Misericórdia, que decorre até 20 de novembro deste ano, promovendo assim um dos valores fundadores da SCML refletido na sua missão de acolher, cuidar e apoiar os que mais necessitam.



publicado por Carlos Gomes às 14:11
link do post | favorito

IN CHAOS AO VIVO NO OKTANAS, NO CACÉM

Os In Chaos apresentam-se ao vivo esta sexta-feira, dia 15 de abril, pelas 22h30 no Oktanas, um espaço de concertos no Cacém.

O concerto insere-se nos eventos de apresentação do álbum de estreia, “From Chaos Rises Order”, editado no passado mês de março com o selo da Music In My Soul, e do qual já é conhecido o single “Misunderstand”.

Os In Chaos são uma banda de heavy/thrash-metal composta por André Marinho (baixo e voz), Bernardo Baptista (guitarra-ritmo), Jorge Martins (guitarra-solo) e Luis Meco (bateria).

Nascem em Portugal em 2009 e contam com alguns espetáculos ao vivo, nomeadamente no Hard Rock Caffe, no Side B e no Rock ‘n’ Shots. Contam também com uma participação no concurso Rock Rendez Worten 2011, no qual foram apadrinhados por Fernando Ribeiro

(Moonspell) e a banda vencedora da categoria Metal. Durante este tempo a banda trabalhou na pré-produção do seu álbum de originais. Já em 2012, os In Chaos juntam-se com o produtor Daniel Cardoso, da UltraSound Studios, para produzir o primeiro álbum da banda. Todos os membros têm um percurso pelo mundo da música nomeadamente em bandas de covers e originais.

As suas influências que remontam a grandes nomes como Pantera, Metallica e Megadeth, juntamente com o gosto pela música, deram origem a este projeto de originais. A banda traz uma nova abordagem ao mundo do metal atual, combinando a atitude a um estilo que há muito perdeu o que o nome o define. Os In Chaos provam que heavy-metal pode ser sujo e limpo ao mesmo tempo, através de um som poderoso com melodias audíveis até para o mais ínfimo apreciador de música.



publicado por Carlos Gomes às 11:06
link do post | favorito

RIO DE MOURO COMEMORA 25 DE ABRIL



publicado por Carlos Gomes às 09:41
link do post | favorito

Terça-feira, 12 de Abril de 2016
OEIRAS REALIZA FEIRA ANIMAL



publicado por Carlos Gomes às 21:00
link do post | favorito

FILIPE LA FÉRIA ESTREIA NO CASINO ESTORIL "O MUSICAL DA MINHA VIDA"



publicado por Carlos Gomes às 20:05
link do post | favorito

A LIBERDADE ESTÁ A PASSAR POR ALHOS VEDROS



publicado por Carlos Gomes às 14:39
link do post | favorito

TEATRO "A BARRACA" APRESENTA "ENCONTROS IMAGINÁRIOS"


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 13:36
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
14

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

GOESES DANÇAM NA CASA DAS...

PAN TOMA POSIÇÃO EM RELAÇ...

PAN QUER DESPENALIZAR EUT...

PAN QUER CORREDORES E ABR...

LUÍS ESTEVES, PRESIDENTE ...

PAN PEDE REVOGAÇÃO DA AUT...

PAN QUER AUDIÇÕES URGENTE...

PAN PEDE AUDIÇÃO SOBRE O ...

PAN AVANÇA COM AS PRIMEIR...

PAN QUESTIONA O GOVERNO S...

METRO LEVA CINEMA AO CAIS...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

TOMARENSES CONFRATERNIZAM...

METROPOLITANO DE LISBOA A...

PROGRAMA DE GOVERNO ACOLH...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

PAN QUER PORTUGAL A SEGUI...

METRO DE LISBOA ASSINALA ...

METRO CELEBRA DIA MUNDIAL...

O QUE DISSE ANDRÉ SILVA, ...

METRO CELEBRA DIA MUNDIAL...

METRO DE LISBOA APOSTA NA...

METROPOLITANO DE LISBOA R...

ESTUDO DA INTRUM REVELA Q...

JORNADAS EUROPEIAS DO PAT...

METRO DE LISBOA ADERE À D...

OUTLOOK DO RATING DO METR...

TOMARENSES EM LISBOA CONF...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

ALFRAGIDE REALIZA FEIRA S...

ALDEIAS DE CRIANÇAS SOS C...

METRO REALIZA CONCURSO DE...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

METRO DE LISBOA REFORÇA P...

MOVIMENTOS CÍVICOS CONTRA...

METROPOLITANO DE LISBOA V...

METRO DE LISBOA ASSINALA ...

CENTRO NACIONAL DE CULTUR...

PAN APRESENTA PROGRAMA EL...

METRO DE LISBOA COMEMORA ...

ARGANILENSES EM LISBOA RE...

PAN INSTA GOVERNO A INTER...

PAN CONTESTA ENCONTRO EM ...

PAN ENTREGA LISTA DE CAND...

ESTAÇÃO BAIXA-CHIADO CELE...

COMUNIDADE ROMENA DA REGI...

INVESTIGAÇÃO DA UNIVERSID...

ALFRAGIDE REALIZA FESTIVA...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds