Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Terça-feira, 13 de Maio de 2014
AS TERCENAS DO MARQUÊS E O PALÁCIO POMBAL

No sítio onde atualmente existe a avenida 24 de julho foram, até aos finais do século XIX, as chamadas “Tercenas de José António Pereira” ou “Tercenas do Marquês”, assim designadas por se tratar de um local onde se cuidavam das embarcações e havia armazéns para guardar aprestos. Após a construção do aterro, esta área passou a compreender a Travessa José António Pereira e o Beco da Galheta, constituindo provavelmente este último topónimo uma corruptela de calheta que constitui um sítio propício para encalhar os barcos. Este local era portanto, outrora banhado pelas águas do rio Tejo.

A Travessa de José António Pereira recorda-nos um abastado comerciante que foi um grande armador e proprietário de roças em S. Tomé, importador de café e outros géneros, tendo vivido no Palacete Pombal, na rua das Janelas Verdes, onde em meados do século passado funcionou o Colégio Infante Santo.

José António Pereira veio a falecer em 1817 e, por volta de 1950, o palácio foi vendido ao comerciante Joaquim José Fernandes. Este tinha uma filha de nome D. Maria do Carmo Fernandes que era dama honorária da Rainha D. Amélia e casou em 1873 com António de Carvalho Melo e Daun de Albuquerque e Lorena, que veio a ser o 6º Marquês de Pombal, derivando daí a identificação do palácio e do próprio local como “Tercena do Marquês”.

Curiosamente, o brasão que o palácio ostenta está mal produzido uma vez que apresenta uma estrela de cinco pontas quando a heráldica correspondente aos Carvalhos apresenta uma estrela de oito pontas.

Os terraços do palácio foram construídos sobre o aterro e ligados entre si por passagens apoiadas em arcaria sobre as ruelas ali existentes. Num desses arcos existe uma lápide com a inscrição “Joze Antonio Pereira. Abril de 1805”. Na fachada de um armazém existente na avenida 24 de julho, outra lápide menciona” Caes de Joze Antonio Pereira de 1801”.

No âmbito do projeto “AfricaCont” que resulta de uma parceria entre o extinto Ministério da Cultura, a Câmara Municipal de Lisboa e a Fundação Calouste Gulbenkian, está prevista a reabilitação, reconversão e adaptação a equipamento cultural de um conjunto de edifícios existentes neste local.

Torrinha 001

Torrinha 006

Torrinha (3)



publicado por Carlos Gomes às 00:00
link do post | favorito

3 comentários:
De Luis Monteiro a 13 de Maio de 2014 às 10:43
Um local com memória, com historia e mais um ex libris da Cidade e do Pais que continua esquecido.


De Luis Barros a 14 de Maio de 2014 às 16:06
Achei o artigo muito interessante
Só um reparo o Palacete Pombal não é o museu de Arte Antiga é um palacete onde funcionou faz muitos anos o Colegio Infante Santo que eu frequentei
Fica um pouco antes quando se vai de Santos
Agora não sei o que lá funciona


De Carlos Gomes a 14 de Maio de 2014 às 17:23
Agradeço o reparo. Lembro-me muito bem do Colégio Infante Santo.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11


20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

ARROZ DE CABIDELA JUNTA M...

DURIENSES EM CARNAXIDE RE...

MUSEU BORDALO PINHEIRO É ...

PAN NÃO VAI EM TOURADAS

LISBOA RECEBEU GALA DO CI...

PORTUGUESES NÃO CONFIAM N...

CONVENTO DOS CARDAES ASSI...

PAN VAI DAR UMA VASSOURAD...

EDP LISBOA A MULHER E A V...

PAN QUER PROTEGER CAVALOS...

CASA DO MINHO EM LISBOA L...

PAN FAZ CAMPANHA ELEITORA...

PAN ALCANÇA IMPORTANTE VI...

LISBOA É CAPITAL DO REGIO...

LISBOA É A CAPITAL DO ART...

SANTANA LOPES E PAULO SAN...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

GRUPO MUNICIPAL DO PAN IN...

PAN NÃO QUER BEATAS NA RU...

REGIONALISMO EM MOVIMENTO...

PAN APRESENTA DECLARAÇÃO ...

ASSOCIAÇÃO DAS CASAS REGI...

MINHOTOS LEVAM FOLCLORE À...

PAN QUER QUE O GOVERNO DE...

V FESTA DAS COLECTIVIDADE...

MINHOTOS LEVAM FOLCLORE A...

CASTRO DAIRE ABRAÇA LISBO...

NO MÊS DE MAIO A MAGIA DA...

TENOLOGIA FOTÓNICA DA UNI...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

METRO DE LISBOA E CÂMARA ...

CASA DO CONCELHO DE ARCOS...

PAN QUER DIREITO DE VOTO ...

PAN QUER LÍNGUA GESTUAL P...

OEIRAS: RANCHO FOLCLÓRICO...

PAN REALIZA EM LISBOA CON...

METROPOLITANO DE LISBOA A...

PAN PROMOVE MEGA AÇÃO DE ...

METRO DE LISBOA CELEBRA D...

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃ...

MINHOTOS EM LISBOA CELEBR...

MOITA VAI AOS TOIROS!

COMUNIDADE MOLDOVA RECEBE...

CANTORA MOLDOVA ADRIANA O...

TOMARENSES REÚNEM-SE EM L...

25 DE ABRIL NÃO FOI SÓ CR...

INTERVENÇÃO DO DEPUTADO A...

RIO DE MOURO COMEMORA 25 ...

MOITA RECEBE BAILADO “NA ...

MINHOTOS EM LISBOA CELEBR...

arquivos

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds