Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2018
“CARTAS DO ARPOADOR”, A ESTREIA SALGADA DE PEDRO FERREIRA

Pedro Ferreira é um sonhador convicto. De voz colocada e composição intrincada, alimenta a imaginação, vivendo mil vidas numa só, a sua. Veio ao mundo em pleno bairro da Tijuca, na Zona Norte do Rio de Janeiro, num Brasil que lhe ofereceu o que de mais importante existe: a identidade. Com apenas 22 anos lança a carreira com “Ária Noturna”, EP composto por seis faixas e do qual vemos agora extraído o single “Cartas do Arpoador”.

Pedro Ferreira_Promo

De tom leve e delicado, aqui encontramos resquícios dos grandes mestres brasileiros que povoam a sua mente, numa composição que tem tanto de Pop quanto de Jazz, sem nunca deixar de fora a Música Popular Brasileira (MPB) com que tanto se identifica. A estreia em Portugal acontece com a Music For All, estando prevista uma digressão pelos nossos palcos em pleno verão de 2018.

Mil novecentos e noventa e seis. Ano distinto que, sabemos hoje, assistiria ao nascimento de Pedro Ferreira no bairro da Tijuca, em plena Zona Norte do Rio de Janeiro, Brasil. A sua ligação ao mundo da música começa entre os seis e os sete anos, quando entra para o coro da escola e começa a cantar.

Através da mãe descobriu os maiores mestres da música brasileira: de semana não faltava Chico Buarque e Tom Jobim, aos domingos era impossível não ouvirem Zeca Pagodinho. Por entre este mar de talento crescia Pedro, uma criança maravilhada com as potencialidades da música.

Com oito anos recebe um presente que teve tanto de inusitado quanto de prazeroso: um teclado. E o que começou por ser uma rejeição plena transformou-se numa paixão intensa. Nesse mesmo ano, Pedro torna-se solista no coro e começou a tocar, de ouvido, no seu novo teclado os grandes mestres que povoavam o imaginário sonoro.

Depois veio a dor. A dor que só compreende quem, como Pedro, perde um pai para o cancro. Esse foi um momento-chave para a carreira do artista: a composição, e o canto, tornaram-se na única forma de exprimir tudo o que sentia e pensava. Aliado a tudo isto muda de escola e inicia os estudos na área da música de forma um pouco mais formal. Até aos 17 anos continua no Colégio de Aplicação da UFRJ, assim como no coro.

Por entre os trilhos do destino encontra dois instrumentos que se tornariam importantes na sua caminhada: a guitarra e a flauta transversal. Pedro acabaria por recorrer a estes dois instrumentos em muitos momentos de composição, tornando-se ferramentas preciosas para diversificar e complementar a sua sonoridade. Começou por cantar em inglês, passou de forma breve pela língua francesa, mas fixou-se de vez na língua portuguesa, território que ainda hoje explora nas suas composições. Entre as principais referências e influências estão cantores mas também nomes das artes em geral. Está Caetano Veloso mas também Milton Nascimento. Está Elton John mas também Paul McCartney e os The Beatles. Está a voz de Maria Bethânia, a força e talento de Nina Simone e o minimalismo de Tom Jobim.

E assim chegamos a “Ária Noturna”, registo de estreia do jovem cantor e compositor brasileiro. Este EP reúne seis faixas, pequenos pedaços de mundo onde encontramos a dor da perda, a força do amor e a importância da reconciliação. Deste EP é agora extraído “Cartas do Arpoador”, tema com que Pedro Ferreira cruza o oceano e se apresenta pela primeira vez ao público português. Mas 2018 trará novidades ainda maiores para o jovem músico. Em pleno verão embarcará num avião repleto de sonhos, pronto para se estrear nos palcos portugueses e apresentar perante o nosso público o talento que o Brasil agora descobre, sempre sob o signo da Music For All. Pedro Ferreira pode só ter chegado agora mas garantimos que veio para ficar.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 16:28
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11


20
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

CASA DO MINHO REALIZA EM ...

CASAS REGIONAIS EM LISBOA...

METROPOLITANO DE LISBOA A...

BLOGUE DE LISBOA FAZ PARC...

FIA LISBOA – HÁ MAIS DE 3...

PAN REDUZ PEGADA ECOLÓGIC...

ARROZ DE CABIDELA JUNTA M...

DURIENSES EM CARNAXIDE RE...

MUSEU BORDALO PINHEIRO É ...

PAN NÃO VAI EM TOURADAS

LISBOA RECEBEU GALA DO CI...

PORTUGUESES NÃO CONFIAM N...

CONVENTO DOS CARDAES ASSI...

PAN VAI DAR UMA VASSOURAD...

EDP LISBOA A MULHER E A V...

PAN QUER PROTEGER CAVALOS...

CASA DO MINHO EM LISBOA L...

PAN FAZ CAMPANHA ELEITORA...

PAN ALCANÇA IMPORTANTE VI...

LISBOA É CAPITAL DO REGIO...

LISBOA É A CAPITAL DO ART...

SANTANA LOPES E PAULO SAN...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

GRUPO MUNICIPAL DO PAN IN...

PAN NÃO QUER BEATAS NA RU...

REGIONALISMO EM MOVIMENTO...

PAN APRESENTA DECLARAÇÃO ...

ASSOCIAÇÃO DAS CASAS REGI...

MINHOTOS LEVAM FOLCLORE À...

PAN QUER QUE O GOVERNO DE...

V FESTA DAS COLECTIVIDADE...

MINHOTOS LEVAM FOLCLORE A...

CASTRO DAIRE ABRAÇA LISBO...

NO MÊS DE MAIO A MAGIA DA...

TENOLOGIA FOTÓNICA DA UNI...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

METRO DE LISBOA E CÂMARA ...

CASA DO CONCELHO DE ARCOS...

PAN QUER DIREITO DE VOTO ...

PAN QUER LÍNGUA GESTUAL P...

OEIRAS: RANCHO FOLCLÓRICO...

PAN REALIZA EM LISBOA CON...

METROPOLITANO DE LISBOA A...

PAN PROMOVE MEGA AÇÃO DE ...

METRO DE LISBOA CELEBRA D...

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃ...

MINHOTOS EM LISBOA CELEBR...

MOITA VAI AOS TOIROS!

COMUNIDADE MOLDOVA RECEBE...

CANTORA MOLDOVA ADRIANA O...

arquivos

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds