Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Quarta-feira, 30 de Maio de 2018
FALTA DE DEBATE PÚBLICO COMPROMETE NOVAS REGRAS PARA O CONTROLO DA PESCA NA UE

A Comissão Europeia propôs hoje novas regras de monitorização e controlo das pescas para garantir que estas atividades na União Europeia cumprem práticas sustentáveis, tal como delineado na Política Comum das Pescas. Lamentavelmente, a proposta de hoje é o resultado de um processo deficiente, iniciado no último trimestre de 2017, em que a consulta pública padrão de 12 semanas foi substituída por uma reunião de um dia com partes interessadas selecionadas.

North Sea

Este processo acelerado e não inclusivo resultou numa falta considerável de provas para apoiar as medidas legislativas descritas na proposta, bem como na incapacidade de criar consenso entre os intervenientes relevantes. No futuro, a proposta será objeto de revisão e debate no Conselho e no Parlamento Europeu, onde esta falta de provas compromete gravemente a robustez do pacote legislativo final, a fim de manter as atividades de pesca da UE dentro de parâmetros sustentáveis ​​e garantir que o pescado possa ser totalmente rastreável.

Os principais elementos positivos da proposta que estão em risco de serem degradados ou excluídos do pacote legislativo final incluem:

● aumentar o controlo de atividades de embarcações de pequena pesca (menos de 12 metros de comprimento), uma medida necessária, uma vez que os navios de menores dimensões também contribuem significativamente para a (sobre) exploração das populações marinhas;

● a obrigação dos pescadores recreativos obterem uma licença e comunicarem as suas capturas, uma medida essencial para obter dados sobre a quantidade de pescado capturado pelo sector;

● promover a instalação de câmaras em embarcações de alto risco para controlar a prática de desperdício de rejeições de espécies marinhas no mar.Ângela Morgado, Diretora Executiva da ANP|WWF, reforçou que “Devido ao apressar deste processo, os aspetos-chave do sistema de controlo, como a rastreabilidade de produtos importados de pescado, não foram completamente pensados.

Atualmente, a proposta da Comissão Europeia não garante que todas as informações necessárias para provar a origem legal das pescarias importadas estejam disponíveis para as autoridades de importação da UE. A União Europeia e os seus Estados-Membros detêm o maior e mais rentável mercado de pescado a nível mundial e têm a responsabilidade perante os cidadãos europeus de impedir a venda de pescado ilegal neste mercado.”A ANP|WWF apela ao Parlamento Europeu e ao Conselho Europeu para que levem o tempo necessário na deliberação sobre a proposta de hoje, garantindo que a revisão do sistema de controlo da UE aplica efetivamente a governação sustentável das pescas e o consumo de pescado na União Europeia.

A WWF é uma das maiores e mais respeitadas organizações independentes de conservação do mundo, com mais de 5 milhões de apoiantes e uma rede global ativa em mais de 100 países. A missão da WWF é travar a degradação da natureza e construir um futuro no qual os seres humanos vivam em harmonia com a natureza, através conservação da diversidade biológica do mundo, garantindo que a utilização dos recursos naturais renováveis seja sustentável, e promovendo a redução da poluição e do desperdício.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 22:15
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
15

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

BOMBOS DE LAVACOLHOS RUFA...

PAN APRESENTA PROPOSTAS D...

GRUPO DE FOLCLORE DAS TER...

GRUPO DE DANÇAS E CANTARE...

SERVILUSA APOIA EXPOSIÇÃO...

METRO TRANSPORTOU QUASE 5...

COUVADA JUNTA MINHOTOS EM...

MORADORES DO ALTO DO MOIN...

EXPOSIÇÃO NO PANTEÃO NACI...

VIMARANENSES DANÇAM NO FO...

CASA DO MINHO EM LISBOA F...

PAN QUER PORTUGUESES A PE...

METRO MELHORA ACESSIBILID...

FILARMÓNICA DE OLIVENÇA D...

BANDAS DE MÚSICA VÃO ENCH...

AGRICULTORES CONCENTRAM-S...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

RIBEIRA DA LAGE JUNTA MIN...

COMUNIDADE SIKH DE PORTUG...

MINHOTOS EM LOURES FESTEJ...

CASA DO MINHO EM LISBOA R...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

ALFRAGIDE VAI AOS FADOS

GRUPO DE FOLCLORE DAS TER...

COUVADA JUNTA MINHOTOS EM...

ACORDO ENTRE SINDICATOS E...

"CASTANHAS E MINHO" JUNTA...

GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MI...

MINHOTOS DE CERVEIRA CONF...

METRO PROMOVE CINEMA NA E...

DURIENSES NA AMADORA ORGA...

CONVENTO DOS CARDAES REAL...

RIBEIRA DA LAGE JUNTA MIN...

FALECEU ARTUR MORGADO: O ...

OEIRAS: FOLCLORE AQUECE I...

PAN NEGOCEIA ALTERAÇÕES A...

METRO PROMOVE CINEMA NA E...

METROPOLITANO DE LISBOA L...

METROPOLITANO DE LISBOA M...

ESPETÁCULOS DE CIRCO DEIX...

PAN QUER INTÉRPRETES DE L...

ALFRAGIDE VAI AOS FADOS

PAN QUER DEPUTADOS MUNICI...

OEIRAS: FEIRA REGRESSA À ...

OEIRAS: ENCONTRO DE CONCE...

TRANSTEJO "NAUFRAGA" NA L...

LISBOA DEBATE DIREITOS DO...

PAN QUER RECUPERAR EMBALA...

COMUNIDADE SIKH DE PORTUG...

REFORMA DA FLORESTA VAI E...

arquivos

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds