Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Segunda-feira, 29 de Setembro de 2014
LIVRO PIONEIRO SOBRE TEATRO DE REVISTA À PORTUGUESA

Apresentação em Lisboa, dia 11 de Outubro, na Desassossego  

Helena Ferreira, mestre em Ciências da Comunicação da Universidade do Minho, apresenta no dia 11 de Outubro, às 15h30, na Livraria Desassossego de Lisboa, a obra “Ver não Custa, o que Custa é Saber Ver”, que resulta de um estudo sobre a comunicação visual do teatro de revista à portuguesa. O livro será apresentado pelo historiador Jorge Trigo, e terá como orador convidado Hélder Freire Costa, empresário do Teatro Maria Vitória.

A investigação desenvolvida no âmbito do mestrado em Publicidade e Relações Públicas teve como principal objetivo a análise de cartazes, panfletos e outros suportes visuais associados ao teatro de revista à portuguesa do Parque Mayer, em Lisboa, durante o período compreendido entre 1926 e 2011. “Se este género é essencialmente de crítica social e política, o que nos revela a sua comunicação visual? As conclusões mostram que esta funciona ela própria como critica político-social, surgindo como primeiro ‘cartão-de-visita’ junto da população, uma vez que apresenta as peças antes da estreia”, explica a autora da obra de 220 páginas editada pela Chiado Editora.

Das 71 imagens de publicidade analisadas, surgiram seis categorias: ‘Machismo: a mulher como objeto de prazer’, ‘Representação das províncias ultramarinas’, ‘Presença do Zé Povinho’, ‘Cultura popular’, ‘Cenas, locais e produtos do quotidiano’ e ‘O Parque Mayer, os seus teatros e o Teatro de Revista’. “A crítica social e, principalmente, política é muito mais evidente e visível a partir do 25 de Abril de 1974, como se pode verificar pela presença assídua do Zé Povinho. Nos materiais de divulgação, a crítica é visível, direta e sem subterfúgios”, acrescenta Helena Ferreira.

Para além de permitir um maior entendimento da comunicação visual do teatro de revista à portuguesa, este estudo pioneiro contribuiu para uma melhor compreensão da história e da sociedade portuguesa, já que as imagens reproduzem e comunicam o ambiente sociopolítico de cada época. Jorge Trigo, no prefácio, refere que "a análise sócio-semiótica que Helena Ferreira faz à comunicação visual da Revista à Portuguesa constitui uma autêntica novidade" e Hélder Freire Costa considera que esta obra é “um grande livro sobre o Teatro de Revista”.  

Helena Carla Gonçalo Ferreira, de 45 anos, é natural de Angola. Viveu durante grande parte da sua vida em Trás-os-Montes, tendo exercido funções de assistente técnica durante 16 anos num hospital público desta região. Atualmente reside em Valongo, no Porto. É licenciada em Psicologia Organizacional – Vertente Recursos Humanos pelo Instituto Superior de Línguas e Administração de Bragança, pós-graduada em Gestão das Organizações sem Fins Lucrativos pela Porto Business School e mestre em Ciências da Comunicação – Publicidade e Relações Públicas pela UMinho. Helena Ferreira é ainda autora de alguns trabalhos científicos na área da comunicação e do marketing público e não lucrativo. 

convite2 (4)


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 21:17
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

GOESES DANÇAM NA CASA DAS...

PAN TOMA POSIÇÃO EM RELAÇ...

PAN QUER DESPENALIZAR EUT...

PAN QUER CORREDORES E ABR...

LUÍS ESTEVES, PRESIDENTE ...

PAN PEDE REVOGAÇÃO DA AUT...

PAN QUER AUDIÇÕES URGENTE...

PAN PEDE AUDIÇÃO SOBRE O ...

PAN AVANÇA COM AS PRIMEIR...

PAN QUESTIONA O GOVERNO S...

METRO LEVA CINEMA AO CAIS...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

TOMARENSES CONFRATERNIZAM...

METROPOLITANO DE LISBOA A...

PROGRAMA DE GOVERNO ACOLH...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

PAN QUER PORTUGAL A SEGUI...

METRO DE LISBOA ASSINALA ...

METRO CELEBRA DIA MUNDIAL...

O QUE DISSE ANDRÉ SILVA, ...

METRO CELEBRA DIA MUNDIAL...

METRO DE LISBOA APOSTA NA...

METROPOLITANO DE LISBOA R...

ESTUDO DA INTRUM REVELA Q...

JORNADAS EUROPEIAS DO PAT...

METRO DE LISBOA ADERE À D...

OUTLOOK DO RATING DO METR...

TOMARENSES EM LISBOA CONF...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

ALFRAGIDE REALIZA FEIRA S...

ALDEIAS DE CRIANÇAS SOS C...

METRO REALIZA CONCURSO DE...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

METRO DE LISBOA REFORÇA P...

MOVIMENTOS CÍVICOS CONTRA...

METROPOLITANO DE LISBOA V...

METRO DE LISBOA ASSINALA ...

CENTRO NACIONAL DE CULTUR...

PAN APRESENTA PROGRAMA EL...

METRO DE LISBOA COMEMORA ...

ARGANILENSES EM LISBOA RE...

PAN INSTA GOVERNO A INTER...

PAN CONTESTA ENCONTRO EM ...

PAN ENTREGA LISTA DE CAND...

ESTAÇÃO BAIXA-CHIADO CELE...

COMUNIDADE ROMENA DA REGI...

INVESTIGAÇÃO DA UNIVERSID...

ALFRAGIDE REALIZA FESTIVA...

PAN ANUNCIA CABEÇAS DE LI...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds