Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Domingo, 14 de Outubro de 2018
MINHOTOS LEVARAM A LOURES O MELHOR DAS NOSSAS TRADIÇÕES

Grupo Folclórico Verde Minho organizou um grandioso espectáculo das nossas tradições

A festa começou com a arruda dos bombos do Grupo Arrufarte pelas ruas da localidade a anunciar a grande festa. Este ano foram duas as recriações – a desfolhada tradicional do milho e a malhada do centeio. Não faltaram os petiscos e o vinho verde, bem à maneira do Minho. E até, contrariando todas as previsões atmosféricas, São Pedro contribuiu para o seu êxito com o tempo ameno e soalheiro que proporcionou.

DSCF2449

E, cumpridos os rituais das nossas tradições, os tocadores de concertina subiram ao palco para exibirem os seus dotes musicais. E houve cantares ao desafio. E, até na rua e na taberna se cantou bem ao jeito das Feiras Novas de Ponte de Lima, com o impagável Zé Cachadina a animar.

Pelo palco passou também Michel de Roubaix – vulgarmente conhecido como “Michel Sapateado” – com o seu acórdeão a soltar deliciosas rapsódias da música tradicional francesa ao ritmo do sapateado.

Tino Costa, já um veterano nestas andanças, encantou o público. A Escola de Cordas Daniel Oliveira e muitos foram os grupos de tocadores que fizeram a festa.

A sala foi pequena para acolher tanta gente. E a festa subiu ao rubro à chegada de Augusto Canário que em palco cantou com Daniel Sousa e Teotónio Gonçalves, coroando de êxito um grandioso festival organizado pelo Grupo Folclórico Verde Minho e que certamente vai tornar-se memorável.

DSCF2430 (2)

Perde-se nos tempos a origem dos instrumentos musicais que precederam a concertina: remonta a 2.700 anos Antes de Cristo a origem na China doCheng, porventura o seu mais antigo antecessor, cujo som era produzido por palhetas que vibravam por meio de pressão de ar. Inspirado no ancestral Cheng, em 1780, o musicólogo russo Kirschnik introduziu o sistema no instrumento o sistema de lâmina de metal aos tubos dos órgãos que fabricava.

Porém, é a chamada “concertina inglesa” – entre nós frequentemente designada por harmónio em virtude do seu fole e formato ortogonal – a que mais se aproxima do modelo que atualmente conhecemos e empregamos no nosso folclore. Coube ao inventor inglês Charles Wheatstone a invenção, em 1829, da moderna concertina.

Trata-se já de um instrumento com escala cromática ou seja, com uma escala musical abrangendo todos os 12 tons disponíveis. A sua denominação refere-se a um conjunto de instrumentos musicais dispondo de lingueta livre e funcionamento por fole, construídos de acordo com vários sistemas.

A partir sobretudo da segunda metade do século XIX, a concertina atravessou o oceano Atlântico e difundiu-se rapidamente por toda a Europa, tendo-se popularizado em ambos os continentes como um dos instrumentos da chamada música folclórica, relegando alguns mais rústicos para o esquecimento.

A concertina veio para ficar! A sua sonoridade alegre encantou sobretudo o minhoto que agora, em circunstância alguma, dispensam a sua companhia. E, para onde quer que vá, o minhoto leva-a consigo… e eis que a festa está montada, com os seus cantares ao desafio, os seus bailaricos, mas sempre ao som da concertina!

DSCF2409

DSCF2410

DSCF2413

DSCF2415

DSCF2422

DSCF2440

DSCF2450

DSCF2455

DSCF2459

DSCF2470

DSCF2488

DSCF2507

DSCF2513

DSCF2516

DSCF2521

DSCF2615

DSCF2634 (2)

DSCF2640

DSCF2623 (2)

DSCF2362

DSCF2366

DSCF2405 (2)

DSCF2377 (2)



publicado por Carlos Gomes às 04:43
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13
15

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


posts recentes

MOINHOS ABREM AS PORTAS A...

PAN CONGRATULA PARLAMENTO...

PAN LISBOA QUER MUDANÇA E...

PAN QUER PROTEGER IDOSOS ...

RIO DE MOURO ASSINALA 88 ...

METRO DE LISBOA PROMOVE E...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

CHINESES COMEMORAM ANO NO...

MANUEL JOÃO BARBOSA: A SU...

MINHOTOS DESFILAM EM LISB...

PAN PROPÕE ALTERAÇÕES À R...

PAN QUER CÂMARAS DE VIGIL...

SARRABULHO EM LOURES JÁ C...

METRO DE LISBOA DISTINGUI...

PAN QUER SABER O ESTADO D...

LOURES FOI HOJE A CAPITAL...

MINHOTOS LEVAM AMANHÃ A L...

PAN DENUNCIA E CONDENA VE...

PAN LISBOA PROMOVE DEBATE...

JORNADAS CULTURAIS | “POR...

MINHOTOS EM LOURES REALIZ...

TOMARENSES EM LISBOA REAL...

METROPOLITANO DE LISBOA A...

PAN CONSIDERA FALSAS ESTA...

CONVENTO DOS CARDAES RECE...

PORTUGUESES QUEREM ORDEM,...

PAN QUER COMBATER A SOLID...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

PAN QUER PROIBIR COMBUSTÍ...

PORTAL DO FOLCLORE PORTUG...

QUEM NUNCA PROVOU O DELIC...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

PARLAMENTO DEBATE PROPOST...

PAN REPUDIA DIA DA TAUROM...

PAN QUESTIONA ILEGALIDADE...

VAI HAVER SARRABULHO EM L...

PAN PROPÕE CRIAÇÃO DE VIS...

BOMBOS DA ASSOCIAÇÃO “US ...

CONVENTO DOS CARDAES REAL...

RANCHO FOLCLÓRICO DA RIBE...

RANCHO FOLCLÓRICO DA RIBE...

METRO DE LISBOA ABERTO TO...

METRO DE LISBOA ASSINALA ...

GABINETE DO PRIMEIRO-MINI...

GRUPO DE DANÇAS E CANTARE...

RIO DE MOURO… É UM PERIGO...

PAN DESEJA BOAS FESTAS AO...

LISBOA: ORÇAMENTO DA CIDA...

CONVENTO DOS CARDAES REAL...

PAN VÊ REJEITADA PROPOSTA...

arquivos

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds