Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Quinta-feira, 15 de Março de 2018
PAN PRETENDE QUE PLANO MUNICIPAL DE EMERGÊNCIA DE PROTECÇÃO CIVIL DE CASCAIS INCLUA OS ANIMAIS

PAN quer inclusão de animais no Plano Municipal de Emergência de Protecção Civil de Cascais

  • Não existe em Portugal nenhum Plano Municipal de Emergência que inclua animais de companhia, de pecuária e selvagens/silvestres
  • Actual Plano data de 2013
  • Cria um Centro de Recuperação de Animais Selvagens
  • Centro de Recolha Oficial de Animais, no Parque Natural Sintra/Cascais, exige medidas preventivas em caso de calamidades naturais

O grupo municipal do PAN Cascais agendou, para dia 26 de março, a recomendação para que a Câmara Municipal reveja o Plano Municipal de Emergência de Protecção Civil de Cascais (PMEPCC) estendendo-o a animais de companhia, de pecuária e selvagens/silvestres e que, no seguimento, crie um Centro de Recuperação de Animais Selvagens.

O PMEPCC, que data de 2013, tendo em conta a lei, poderá ser revisto bianualmente ou sempre que se considerar necessário, e pelos exemplos dos últimos incêndios no país, os efeitos das alterações climáticas, o risco de sismos ou mesmo tsunami, fazem com que o município de Cascais, situado entre a serra e o mar, esteja particularmente vulnerável a fenómenos extremos naturais.

Assim, e o grupo municipal do PAN Cascais, propõe que o executivo camarário reveja, com urgência, o PMEPCC estendendo-o a todos os animais do concelho, nomeadamente aos presentes do Centro de Recolha Oficial, sito no Parque Natural de Sintra/Cascais, tal como sugere que sejam equacionados, com o município de Sintra e o ICNF, locais de abeberamento para animais selvagens no parque. A revisão do plano municipal deverá incluir locais de extracção e acondicionamento de animais não só domésticos, como de pecuária e silvestres/selvagens.

Tendo em conta o Parque Natural Sintra/Cascais o PAN Cascais sugere também que seja criado um Centro de Recuperação de Animais Selvagens não só para garantir que em caso de calamidade natural os animais afectados possam receber tratamento e tenham acondicionamento próprio, como para dar seguimento à necessidade diária de proteger os animais já presentes no Parque Natural. Actualmente que o Centro de Recuperação mais próximo, situa-se em Lisboa, em Monsanto.

Num quadro de descentralização de competências cabe aos municípios adaptarem-se, desde já, e segundo a lei, a eventuais situações de calamidade pública gerindo assim, de modo interligado mas autónomo a prevenção de situações extremas, nomeadamente incêndios florestais, cheias, sismos, tsunamis, entre outros, protegendo não só Humanos, como o meio-ambiente e os restantes animais.

Precisamos de rever com urgência o Plano Municipal de Emergência para prevenirmos calamidades públicas como as que verificamos, infelizmente, no verão passado com os incêndios” afirma Sandra Marques deputada municipal do PAN. “A implementação desta medida tornará Cascais pioneira na prevenção e protecção do bem-estar animal no país” sendo que “a criação de um Centro de Recuperação de Animais Selvagens é fundamental para proteger as espécies selvagens do parque Natural Sintra/Cascais” alerta a autarca. “Estamos certos que a medida será bem acolhida pelo executivo municipal” conclui Sandra Marques.



publicado por Carlos Gomes às 16:16
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11


23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

GRUPOS DE FOLCLORE DEIXAM...

PAN QUER RÓTULOS DE AZEIT...

PAN EXIGE ESCLARECIMENTOS...

RIO DE MOURO: ISTO NÃO É ...

MARVILA DÁ VOZ AO FADO

PAN AGENDA INICIATIVAS PO...

GOESES PEREGRINAM À ANTIG...

JÁ SE CIRCULA DE BICICLET...

METRO FAZ CAMPANHA JUNTO ...

MINHOTOS FAZEM PROCISSÃO ...

PARÓQUIAS DA PÓVOA DE SAN...

METRO PROMOVE SEMANA DA M...

TRAJE POPULAR DESFILA EM ...

LOURES REALIZA FESTIVAL D...

CASA DO CONCELHO DE CASTR...

ARGANILENSES LEVAM FOLCLO...

SÃO AS “FAKE NEWS” O NOVO...

METROPOLITANO DE LISBOA A...

PAN VAIA ESPANHA PROTESTA...

PAN QUER O FIM DA CAÇA À ...

PAN QUESTIONA MEDICAÇÃO P...

NEM TUDO O QUE O PAPA FRA...

MINHOTOS FESTEJAM 39 ANOS...

ARGANILENSES LEVAM FOLCLO...

MINHOTOS EM LISBOA DANÇAM...

TRAJE POPULAR DESFILA EM ...

AMADORA RECEBE HOJE FESTI...

FOLKLOURES'19: GOESES APR...

TRAJE POPULAR DESFILA EM ...

CARTA DE UM CATEQUISTA AO...

TOMAR PROMOVE EM LISBOA P...

MINHOTOS NA AMADORA ORGAN...

QUANDO VAI LISBOA ACABAR ...

METRO REABRE ÁTRIO SUL DA...

CONVENTO DE S. PEDRO DE A...

FOLCLORE JUNTA JOVENS EM ...

PAN VAI NA MARCHA MUNDIAL...

METRO SUBSTITUI ESCADAS R...

AGENDA CULTURAL DE LISBOA...

ARGANILENSES REALIZAM EM ...

METRO PROMOVE VISITAS GUI...

TROÇO DO METRO ALAMEDA / ...

TOMAR PROMOVE EM LISBOA P...

METRO DE LISBOA REFORÇA P...

FREGUESIAS EXTINTAS PODEM...

DIA NACIONAL DAS BANDAS F...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

CASA DO MINHO EM LISBOA L...

GALEGOS EM LISBOA APRESEN...

BAIRRO LISBOETA DA BELA F...

arquivos

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds