Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Terça-feira, 8 de Janeiro de 2019
PAN PROPÕE CRIAÇÃO DE VISTOS GREEN

PAN quer facilitar autorização de residência a quem investe em atividades ecológicas e propõe criação de vistos Green

  • Autorização de residência assente em atividades de investimento em projetos ecológicos
  • Investimentos em agricultura biológica não intensiva
  • Contribuição ativa para a implementação do Roteiro para a Neutralidade Carbónica
  • Projetos que incidam no autoconsumo com energias oriundas de fontes renováveis e que promovam investimentos em ecoturismo
  • Dia 10 de janeiro parlamento discute atribuição de “vistos Gold”

No âmbito da discussão agendada para 10 de janeiro sobre a autorização de residência para atividade de investimento, comummente designada por “Golden Visa” ou “Visto Gold”, o PAN, Pessoas-Animais-Natureza, propõe a instituição de um regime de autorização de residência assente em atividades de investimento em projetos ecológicos, os “Vistos Green”.

Desde a sua criação, em 2012, o investimento acumulado totalizou 4.155.454.320,27 euros, com a aquisição de bens imóveis a somar 3.769.059.383,67 euros e a transferência de capital no valor de 386.394.936,60 euros. Tem-se verificado um crescimento do investimento em Portugal nos últimos meses, com uma subida de 41% em Novembro de 2018 e 4% em Outubro, face ao período homólogo do ano anterior, de acordo com dados estatísticos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). Até à data foram atribuídas 6.813 autorizações de residência para atividades de investimento: 2 em 2012, 494 em 2013, 1.526 em 2014, 766 em 2015, 1.414 em 2016, 1.351 em 2017 e 1.260 em 2018. Por nacionalidades, a China lidera a atribuição de vistos (4.013), seguida do Brasil (625), Turquia (279), África do Sul (268) e Rússia (237).

Posto isto, o PAN propõe a criação de um regime de autorização de residência assente em atividades de investimento em projetos ecológicos (Vistos Green) respeitantes a qualquer atividade exercida pessoalmente ou através de uma sociedade que conduza à concretização de, pelo menos, uma das seguintes situações em território nacional e por um período mínimo de cinco anos, num montante igual ou superior a 250 000 euros, tais como, investimentos em agricultura biológica não intensiva; projetos que reforcem e contribuam ativamente para a implementação do Roteiro para a Neutralidade Carbónica; a criação de investimentos que incidam no autoconsumo com energias oriundas de fontes renováveis; projetos que apresentem manifestos e elevados padrões de eficiência energética com a obrigatoriedade de consumo de mais de 75% de energia oriunda de fontes 100% renováveis e que promovam investimentos em ecoturismo.

Tendo em conta estes dados e a importância de cimentar uma sociedade multicultural e aberta ao investimento estrangeiro, o PAN considera que este investimento exponencial deveria ser captado e canalizado para projetos de investimento estruturantes nomeadamente de cariz ecológico. Sendo que esta iniciativa terá um impacto significativo no audacioso compromisso assumido pelo Sr. º Primeiro-ministro António Costa, na COP-22, em Marraquexe, sobre a descarbonização da economia portuguesa até 2050, com o lançamento do “Roteiro Nacional de Baixo Carbono 2050” assumindo a urgência de, paulatinamente, se abandonar a dependência das energias fósseis, substituindo-as por outras fontes 100% limpas e renováveis.



publicado por Carlos Gomes às 11:04
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16

17
18
23

25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

SOB A ÉGIDE DA FEDERAÇÃO ...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

PAN CONTRA MANUTENÇÃO DA ...

METRO ASSOCIA-SE AO ANO I...

DIA INTERNACIONAL DOS MON...

METRO DE LISBOA REFORÇA E...

RANCHOS FOLCLÓRICOS PEREG...

CENTRO GALEGO EM LISBOA P...

CANTORA MOLDAVA ADRIANA O...

PAN DEBATE RELAÇÃO DE LIS...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

PAN QUER ABRANGER SETOR P...

ORDEM DE CRISTO FOI FUNDA...

PAN QUER PUBLICIDADE ALIM...

ESTUDANTES FAZEM "GREVE C...

PAN APROVA LISTA 100% PAR...

PAN NÃO QUER TOURADAS NO ...

MAFRA REALIZA 1º ENCONTRO...

BERMAS DO IC19 SÃO "FAIXA...

PAN PROPÕE CÓDIGO DE COND...

CONVENTO DOS CARDAES EXPÕ...

OEIRAS: RIBEIRA DA LAGE R...

RIO DE MOURO VAI HOJE AO ...

RIO DE MOURO: MUSEU LEAL ...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

PAN ADERE AO PROTESTO FEM...

LISBOA LEVA VINHOS À CENA...

PAN PROMOVE DEBATE SOBRE ...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

PAN PROMOVE DEBATE SOBRE ...

RATING DO METROPOLITANO D...

METROPOLITANO DE LISBOA L...

PAN CONTRA GLIFOSATO

PAN QUER ESTATUIR CUIDADO...

METRO INVESTE NA ESTAÇÃO ...

BERMAS DO IC19 VIRAM CORR...

PAN QUER APROVAÇÃO DO REG...

LISBOA ACOLHE PROJECTO PI...

PORTUGAL DIZ NÃO AO ÓDIO ...

PORQUE É O FOLCLORE PORTU...

PAN REALIZA PALESTRA SOBR...

INVESTIGAÇÃO DA UNIVERSID...

PAN PROPÕE A REALIZAÇÃO D...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

PAN LISBOA PEDE URGÊNCIA ...

ALMOÇO DE LAMPREIA JUNTA ...

MOINHOS ABREM AS PORTAS A...

PAN CONGRATULA PARLAMENTO...

arquivos

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds