Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Sexta-feira, 15 de Março de 2019
PAN QUER ABRANGER SETOR PRIVADO COM O MESMO REGIME DE FALTAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

PAN quer que os trabalhadores do setor privado possam ser abrangidos pelo regime de faltas ao trabalho do setor público

  • ​- Regime de faltas ao trabalho constante do Código do Trabalho (CT) e da Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (LTFP) apresenta diferenças 
  •        - Justificação de faltas previstas no público devem ser aplicadas também aos trabalhadores do sector privado
  • ​- Acesso a tratamentos, consultas médicas e exames não constitui falta justificada para os trabalhadores abrangidos pelo CT mas apenas para os abrangidos pela LTFP

O PAN, Pessoas-Animais-Natureza, apresentou hoje um Projeto de Lei que pretende equiparar o Código do Trabalho e a Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas quanto ao regime de faltas ao trabalho.

O regime de faltas ao trabalho constante do Código do Trabalho (CT) e da Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (LTFP) apesar de ser similar, apresenta diferenças que não podemos ignorar. Por exemplo, se um trabalhador abrangido pela LTFP se deslocar a consulta médica, seja para aconselhamento, observação, diagnóstico, prescrição, intervenção ou prática de qualquer outro ato médico, vê a sua falta ao trabalho justificada. Pelo contrário, os trabalhadores do sector privado, caso pretendam ir a consulta médica, não relacionada com doença da qual padeçam, apenas poderão faze-lo fora do seu horário de trabalho, o que pode não ser possível, ou em período de férias.

Conhecendo a importância da aposta na prevenção das doenças e na promoção da saúde e da qualidade de vida das pessoas, deve ser fomentado o acesso à medicina preventiva. Sabendo que a grande maioria das doenças possui um melhor prognóstico quando detetada precocemente, então a ida a consultas médicas de rotina têm enorme importância, permitindo a deteção precoce e prevenção de doenças ou lesões e, consequentemente, a realização de tratamentos mais eficazes. Assim, não se compreende qual o motivo que justifica que o acesso a tratamentos, consultas médicas e exames complementares de diagnóstico não constitui falta justificada para os trabalhadores abrangidos pelo CT, mas apenas para os abrangidos pela LTFP.

O PAN quer também alterar a Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas, no sentido de prever expressamente o que se entende por falta por isolamento profilático e falta por socorrismo entre outras especificidades pouco claras na legislação. Uma vez que, apesar do legislador ter permitido na LTFP as ausências por isolamento profilático e as dadas por socorrismo, este não definiu estes conceitos, não se encontrando no Código do Trabalho qualquer apoio nesta matéria por ali não se prever esta espécie de faltas. 

LINK PROJETO LEI: https://www.parlamento.pt/ActividadeParlamentar/Paginas/DetalheIniciativa.aspx?BID=43558



publicado por Carlos Gomes às 09:58
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
15
17
20

21
26
27

28
29
30


posts recentes

TOMARENSES REÚNEM-SE EM L...

25 DE ABRIL NÃO FOI SÓ CR...

INTERVENÇÃO DO DEPUTADO A...

RIO DE MOURO COMEMORA 25 ...

MOITA RECEBE BAILADO “NA ...

MINHOTOS EM LISBOA CELEBR...

VOLANTE DESENVOLVIDO NA U...

OEIRAS... DE ABRIL A ABRI...

PAN DEFENDE PRESCRIÇÃO DE...

LISBOA TEM 509 EMPRESAS C...

EUROPEIAS 2019: PAN LANÇA...

PAN ESTREIA DOCUMENTÁRIO ...

PAN ASSINALA O 25 DE ABRI...

PAN DENUNCIA À ORDEM ADVO...

OEIRAS: RANCHO FOLCLÓRICO...

ARTESANATO E TRADIÇÕES JU...

PAN PARTICIPA NO SEMINÁRI...

ATAQUE DE CORAÇÃO: RECUPE...

PAN QUER QUE TODOS OS AGR...

“MARCHA ANIMAL” JUNTA EM ...

METRO DE LISBOA COMEMORA ...

PAN ENTREGA LISTA DE CAND...

PAN PARTICIPA NA MARCHA A...

ARGANILENSES ORGANIZAM EM...

PAN ELEGE NOVA COMISSÃO P...

EM TEMPO DE QUARESMA AS J...

INVESTIGAÇÃO DA UNIVERSID...

PAN LISBOA QUER TRANSPORT...

OEIRAS: FOLCLORE DESFILA ...

RIO DE MOURO: EM CADA ESQ...

LISBOA DESFILA PELA CONSC...

LAMAS VERMELHAS PODEM, AF...

TRANSPORTES PÚBLICOS: OS ...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

ALEXANDRE SOARES DOS SANT...

VIAGEM DE METRO ASSINALA ...

CASA DA COMARCA DE ARGANI...

FOLKLOURES’19 ESTÁ EM MAR...

COLECTIVIDADES REÚNEM EM ...

PAN DEFENDE RESIDÊNCIA AL...

SOB A ÉGIDE DA FEDERAÇÃO ...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

PAN CONTRA MANUTENÇÃO DA ...

METRO ASSOCIA-SE AO ANO I...

DIA INTERNACIONAL DOS MON...

METRO DE LISBOA REFORÇA E...

RANCHOS FOLCLÓRICOS PEREG...

CENTRO GALEGO EM LISBOA P...

CANTORA MOLDAVA ADRIANA O...

PAN DEBATE RELAÇÃO DE LIS...

arquivos

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds