Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Terça-feira, 28 de Julho de 2015
PARTIDO “PAN” FELICITA DIREÇÃO GERAL DE SAÚDE PELA PUBLICAÇÃO DE “LINHAS DE ORIENTAÇÃO PARA UMA ALIMENTAÇÃO VEGETARIANA SAUDÁVEL”

O PAN – Pessoas-Animais-Natureza felicita a Direcção-Geral de Saúde (DGS) pela publicação de um manual sobre a alimentação vegetariana, pois considera que este tipo de guias é um passo importante para que Portugal seja um país mais saudável, sustentável e ético.

“Linhas de orientação para uma alimentação vegetariana saudável” está disponível no site do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável e da própria DGS, e surgiu para responder ao número cada vez maior de pessoas que querem seguir uma alimentação isenta de produtos animais, mas também para valorizar e dar a conhecer um padrão alimentar saudável junto da população e criar condições para que os profissionais de saúde possam aceder a informação que lhes permita ganhar competências para aconselhamento nesta matéria.

O manual salienta a importância de aliar este tipo de alimentação a um estilo de vida mais saudável e promove a utilização de produtos vegetais de origem nacional, sazonais e enquadrados na nossa tradição culinária, sugerindo assim que é possível e desejável juntar sabor, tradição e saúde.

“A alimentação vegetariana é, na maior parte das vezes, uma alternativa para quem procura um estilo de vida mais saudável, justo para com os animais (humanos e nãohumanos) e ecológico. Além disso, nos últimos anos, este tipo de nutrição tem sido largamente estudada ao nível da prevenção de doenças muito prevalentes na nossa sociedade, nomeadamente as doenças crónicas como a doença cardiovascular, a oncológica, a diabetes ou a obesidade”, recorda André-Silva, porta-voz do PAN e candidato por Lisboa às eleições legislativas de 04 de Outubro, sublinhando que “esta tomada de consciência tem tido como consequência o aumento gradual e sustentado do número de vegetarianos em Portugal e no mundo e que este manual, como instrumento de apoio e esclarecimento, é um incentivo para todos aqueles que pretendem adoptar este tipo de padrão alimentar, quer por razões de saúde ou de filosofia de vida.”

Prevenir para não delapidar o erário público e o Serviço Nacional de Saúde

No entender do PAN, este tipo de ferramentas são também uma peça crucial para a mudança diária de hábitos que irá beneficiar não só a saúde pública como os recursos administrados pelo Serviço Nacional de Saúde, uma vez que impactam diretamente as causas dos problemas e não assentam em soluções paliativas, cujo custo para o erário público é muito superior às alternativas preventivas.

Aliás, no programa eleitoral com o qual o PAN-Pessoas-Animais-Natureza se vai apresentar às legislativas deste ano, a “Promoção de uma Alimentação Saudável” é uma das principais medidas defendidas pelo Partido nos eixos de “Sustentabilidade” e “Saúde” para que se “desenvolvam padrões alimentares mais justos, saudáveis, ambientalmente sustentáveis e geradores de maior potencial de desenvolvimento.”

De acordo com os dados disponíveis, conclui-se que um estilo de vida sem produtos de origem animal, em termos de emissões de gases, equivale a uma poupança anual semelhante a uma viagem de automóvel de cerca de 7.000 kms, enquanto ao nível do consumo de água, equivale a uma poupança anual de cerca de 8.000 duches.

Por outro lado, o impacte diário da indústria da agro-pecuária e das pescas e sobre o meio ambiente é desastroso e é já considerada a principal causa de mudanças climáticas. Os 70 biliões de animais terrestres e 90 biliões seres marítimos que são abatidos a cada ano para consumo humano colocam uma tensão crescente sobre o meio ambiente no que respeita ao uso da terra, água doce, mas também ao nível da poluição e da produção de gases com efeito de estufa.

Perante os números, o partido defende a necessidade de “fomentar a consciência ecológica e sensibilizar a população para uma alimentação saudável, com base em alimentos produzidos sem prejudicar o ambiente, de modo a ser possível promover um futuro mais sustentável, do ponto de vista ambiental, económico e social”.

O PAN considera ainda, numa abordagem mais abrangente, que “a saúde dos ecossistemas, animais e plantas é indissociável da saúde do ser humano” e que “o respeito pela qualidade de vida de todos os intervenientes, partindo dos agricultores e mão-de-obra agrícola, até ao consumidor final, e uma atitude respeitadora para com os outros seres vivos e os recursos naturais, são os princípios que a seguir”.

Para fazer face a esta situação, o PAN advoga, entre outras medidas, a necessidade de “sensibilizar e informar o consumidor para a importância de uma dieta baseada em produtos frescos de origem vegetal, integral, com alimentos pouco processados, sazonais, de produção local e biológica, isenta de Organismos Geneticamente Modificados, fomentando, por exemplo, a consciência ecológica e sensibilização das crianças em idade escolar para uma alimentação saudável com ações de dinamização de hortas escolares”.

A “proibição total do cultivo de transgénicos; a cessação dos apoios à agricultura sintética e pecuária intensiva; e a discriminação positiva dos modos de produção biológicos” são outras das iniciativas que o partido pretende introduzir na agenda política através do seu programa e campanha eleitoral.

Um dos primeiros passos nesse sentido foi dado no âmbito do 1.º Congresso Internacional ‘Paredes de Coura Vegetariana’, que em dois dias viu passar cerca de 500 pessoas pelo Centro Cultural de Paredes de Coura. Organizado pela Associação Quinta das Águias, com a colaboração do município de Paredes de Coura, este espaço de reflexão e debate, no qual o secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar marcou presença, contou também com a participação do PAN, pela cabeça-de-lista pelo distrito do Porto às Legislativas de 04 de Outubro Bebiana Cunha, que se juntou aos demais para debater o impacte das escolhas alimentares sobre o meio ambiente, na saúde pública e as suas consequências éticas.

Sobre o Partido Pessoas-Animais-Natureza – PAN

O PAN - Pessoas-Animais-Natureza é um partido político português, inscrito junto do Tribunal Constitucional (TC) desde 13 de Janeiro de 2011. A sua missão é criar uma sociedade onde todos os seres sencientes, humanos e não humanos, possam viver em paz e felicidade, numa harmonia tão ampla quanto possível, em ecossistemas saudáveis e sustentáveis. Nas eleições legislativas de 2011, o PAN obteve um total de 57.995 votos (1,04%). Desde então, tem participado em todos os atos eleitorais realizados em Portugal e já elegeu 1 deputado regional na Madeira, 6 deputados municipais e 3 deputados de freguesia. Em Outubro de 2014, o PAN elegeu uma nova direção que promoveu alterações à forma de organização e funcionamento do partido. O símbolo do PAN representa a unidade e interdependência das três causas que defende como uma só (pessoas, animais, natureza), com a mão humana aberta, generosa, interventiva e solidária que se ergue da Terra para o Céu, as patas animais e as folhas, componentes inseparáveis de uma Árvore da Vida que se expande e cresce para abraçar o mundo. A causa de todos http://www.pan.com.pt



publicado por Carlos Gomes às 23:18
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

15
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

PROLONGAMENTO ORIENTE / A...

PAN CONSEGUE MAIS DIREITO...

PAN INTEGRA DELEGAÇÕES DO...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

PAN ACUSA PSD, CDS E PCP ...

PAN CONSEGUE QUE OS ESTUD...

SINTRA: TERRUGEM RECEBEU ...

ACABOU O PRAZO INTERNUPCI...

PAN GARANTE 1ª VICE-PRESI...

METROPOLITANO DE LISBOA A...

PAN QUESTIONA MINISTRO SO...

CASA DO CONCELHO DE ARCOS...

FOLKLOURES'19 CELEBRA A A...

METRO DE LISBOA ASSINALA ...

PAN QUESTIONA COBRANÇA DE...

TOMAR ESTÁ EM FESTA!

COMUNIDADE MOLDAVA CONFRA...

COMUNIDADE MOLDAVA CONFRA...

SARDINHADA JUNTA TOMARENS...

PAN PROPÕE PROJETO-PILOTO...

PARLAMENTO EUROPEU: PAN E...

FOLKLOURES'19: VEM AÍ A G...

PROF. DOUTORA TERESA SOEI...

FEIRA INTERNACIONAL DO AR...

PROF. DOUTORA TERESA SOEI...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

METRO DE LISBOA CELEBRA 7...

PAN CELEBRA MÊS ARCO-ÍRIS

PAN QUER QUE GOVERNO APRO...

FIA RECEBE ARTESANATO DE ...

GENTES DE ARGANIL TRAZEM ...

BELAS REALIZA FESTIVAL DE...

FESTA DA AMIZADE JUNTA MI...

SINTRA: BELAS REALIZA FES...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

OEIRAS: PEDREIRA ITALIANA...

CASA DO CONCELHO DE PENAC...

GENTES DE ARGANIL TRAZEM ...

FIA RECEBE ARTESANATO DE ...

COMUNIDADE MOLDOVA CONFRA...

RIO DE MOURO: NEM TUDO É ...

ARTESÃOS DE TODO O MUNDO ...

ARTESÃOS DE TODO O MUNDO ...

FESTA DOS TABULEIROS EM T...

PAN INCENTIVA A UMA MAIOR...

UNIVERSIDADE DE AVEIRO AS...

LOURES PREPARA-SE PARA A ...

RIO DE MOURO: ESTE É O CA...

METRO DE LISBOA PROLONGA ...

PAN DESAFIA LISBOA E PORT...

arquivos

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds