Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Terça-feira, 17 de Novembro de 2015
SOCIEDADE FILARMÓNICA DE VILARCHÃO, DE VIEIRA DO MINHO, DESFILA EM LISBOA NAS COMEMORAÇÕES DO DIA 1º DE DEZEMBRO

A Sociedade Filarmónica de Vieira do Minho foi substituída no programa das comemorações pela Sociedade Filarmónica de Vilarchão, do mesmo concelho

A Sociedade Filarmónica de Vilarchão, de Vieira do Minho, é a orquestra filarmónica que vai representar o Distrito de Braga no desfile de bandas que vai decorrer no próximo dia 29 de novembro, na avenida da Liberdade.

11903968_891385687564046_730172253892583760_n

Trata-se de uma grandiosa jornada patriótica evocativa da data da Restauração da Independência Nacional em 1640, cujas comemorações devem manter-se vivas sob a forma de celebrações populares.

A organização é da iniciativa do Movimento 1º de Dezembro e conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, da EGEAC e da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal.

Em relação à Sociedade Filarmónica de Vilarchão, transcreve-se o respetivo historial:

“Segundo relatos de pais para filhos, por volta do ano de 1830, um padre da casa de Portela de Baixo, conjuntamente com outros clérigos, nomeadamente o padre da casa da Portela de Cima, o padre da casa de Novais, um padre da Pereira, e um carpinteiro, conhecido pelo apelido de “Vigário”, organizaram uma orquestra de capela (música) para solenizarem os actos de culto na Igreja, em dias de festa, nos serviços fúnebres e outros serviços religiosos.

Com a ida do Professor Reis, de Salvador (Touvedo) Ponte da Barca, para a escola de Vilarchão, a orquestra tomou novo rumo.

O professor começou a ensinar novos músicos e a primitiva orquestra transformou-se em Banda de Música, com cerca de vinte músicos.

A orquestra era composta por vozes e instrumentos de arco (violinos e violoncelos), passando depois a utilizar instrumentos de sopro e percussão (requinta, clarinete, cornetim, trompa, trombone, bombardino, contra-baixo, caixa, pratos e bombo).

Cerca de 1842 surge um desentendimento entre o Professor Reis e alguns dos músicos, o que levou o maestro Professor a sair da banda, conjuntamente com alguns músicos que lhe eram fiéis, indo para a freguesia de Mosteiro, onde passou a leccionar, casou e organizou uma banda de Música.

Com a saída do maestro e de alguns músicos, a Banda de Vilarchão enfrentou a sua primeira e grave crise, mas conseguiu sobreviver, tendo assumido a direcção da Música o senhor Manuel Joaquim, da Bouça, da freguesia dos Anjos, do concelho de Vieira do Minho.

Mais tarde, os músicos que tinham saído da Banda com o maestro Reis, regressaram à música de Vilarchão, o que fez com que a crise, provocada pela saída desses músicos, fosse superada.

Facto curioso e de enaltecer é que a actividade da Sociedade nunca parou, apesar de estar sedeada numa pequena freguesia com apenas 80 fogos. Na década de 30 do século passado, desentendimentos entre duas facções levaram à partida de um número significativo de músicos para outras paragens. Nem assim a Banda se extinguiu e ficou a ser conhecida como a Banda dos 14 por ser esse o número dos músicos que não “desertaram”…

Temos escola de música. Estamos a lutar para conseguir uma sede própria, uma vez que ocupamos até há pouco tempo uma sala emprestada pela Junta de Freguesia e as suas condições (acústicas e ambientais) não eram as melhores e, actualmente ocupamos um salão da residência paroquial que está em reconstrução e necessita de ser desocupado.

A Banda interpreta alguns (poucos) temas clássicos, selecções ligeiras, música pop e música popular, distinguindo-se também pela qualidade do trabalho que efectua no acompanhamento dos actos religiosos, o que lhe tem granjeado muitos e continuados serviços ao longo dos últimos 25 anos.

Esta Banda Filarmónica representa a freguesia que deu nome à banda, Vilarchão.

É seu maestro no momento Domingos Batoca.”

12196113_903057633134692_7164868301328386771_n



publicado por Carlos Gomes às 23:44
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

GOESES DANÇAM NA CASA DAS...

PAN TOMA POSIÇÃO EM RELAÇ...

PAN QUER DESPENALIZAR EUT...

PAN QUER CORREDORES E ABR...

LUÍS ESTEVES, PRESIDENTE ...

PAN PEDE REVOGAÇÃO DA AUT...

PAN QUER AUDIÇÕES URGENTE...

PAN PEDE AUDIÇÃO SOBRE O ...

PAN AVANÇA COM AS PRIMEIR...

PAN QUESTIONA O GOVERNO S...

METRO LEVA CINEMA AO CAIS...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

TOMARENSES CONFRATERNIZAM...

METROPOLITANO DE LISBOA A...

PROGRAMA DE GOVERNO ACOLH...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

PAN QUER PORTUGAL A SEGUI...

METRO DE LISBOA ASSINALA ...

METRO CELEBRA DIA MUNDIAL...

O QUE DISSE ANDRÉ SILVA, ...

METRO CELEBRA DIA MUNDIAL...

METRO DE LISBOA APOSTA NA...

METROPOLITANO DE LISBOA R...

ESTUDO DA INTRUM REVELA Q...

JORNADAS EUROPEIAS DO PAT...

METRO DE LISBOA ADERE À D...

OUTLOOK DO RATING DO METR...

TOMARENSES EM LISBOA CONF...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

ALFRAGIDE REALIZA FEIRA S...

ALDEIAS DE CRIANÇAS SOS C...

METRO REALIZA CONCURSO DE...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

METRO DE LISBOA REFORÇA P...

MOVIMENTOS CÍVICOS CONTRA...

METROPOLITANO DE LISBOA V...

METRO DE LISBOA ASSINALA ...

CENTRO NACIONAL DE CULTUR...

PAN APRESENTA PROGRAMA EL...

METRO DE LISBOA COMEMORA ...

ARGANILENSES EM LISBOA RE...

PAN INSTA GOVERNO A INTER...

PAN CONTESTA ENCONTRO EM ...

PAN ENTREGA LISTA DE CAND...

ESTAÇÃO BAIXA-CHIADO CELE...

COMUNIDADE ROMENA DA REGI...

INVESTIGAÇÃO DA UNIVERSID...

ALFRAGIDE REALIZA FESTIVA...

PAN ANUNCIA CABEÇAS DE LI...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds