Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores

Terça-feira, 7 de Agosto de 2018
PAN SOLIDARIZA-SE COM AS GENTES DE MONCHIQUE

PAN manifesta solidariedade às comunidades do Concelho de Monchique e questiona o Governo sobre atraso na aprovação de projeto de combate aos incêndios

O PAN, Pessoas-Animais-Natureza, está solidário com a autarquia de Monchique e com os bombeiros e bombeiras que estão a combater os fogos no terreno, assim como todas as associações, grupos de cidadãos e equipas técnicas – camarárias e da Proteção Civil – que procuram neste momento salvaguardar a população, lamentando os feridos, as perdas destas populações, os animais de companhia, de pecuária e selvagens desaparecidos e feridos, tal como o património ecológico devastado por esta situação dramática. O PAN escreveu ao município disponibilizando-se para ajudar caso seja necessário.

O partido questionou hoje o Governo acerca da notícia publicada no jornal Público sobre a Associação de Produtores do Barlavento Algarvio (Aspaflobal) estar a aguardar há sete meses a aprovação por parte do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) de um “projeto estruturante para a Zona de Intervenção Florestal da Perna Negra”, local onde terá deflagrado no dia 3 de agosto o atual incêndio na Serra de Monchique.

Neste projeto está previsto um plano de prevenção e combate a incêndios, incluindo a criação de pontos de água, aceiros e caminhos de acesso para combate aos incêndios.

O presidente da Associação terá revelado no mesmo artigo que a Serra do Monchique se encontra definida como zona de alto risco de incêndio há mais de 1 ano e que é largamente conhecido o problema de falta de acesso de viaturas em várias zonas das Serra. O PAN quer saber qual a justificação para o atraso na aprovação do projeto de gestão florestal da ZIF Perna Negra, por parte do ICNF.

No dia 4 de julho foi enviada pelo PAN outra questão ao Ministério da Administração Interna, relativamente a um assunto levantado pelos bombeiros, sobre não estar a ser distribuído o retardante líquido Firelimit FL-02 para o combate aos incêndios florestais, que nunca foi respondida. Independentemente de ser este ou outro retardante distribuído, está provado que a utilização de retardante juntamente com água de combate a incêndios evita a propagação do incêndio.



publicado por Carlos Gomes às 15:31
link do post | favorito

Sexta-feira, 17 de Junho de 2016
PAN OPÕE-SE À PESQUISA DE PETRÓLEO NO ALGARVE

PAN junta-se à ASMAA e às autarquias na oposição ao primeiro furo de pesquisa offshore em Aljezur

  • Petição entregue no dia 22 de Junho no Parlamento opõe-se à realização de um furo de pesquisa offshoreem Aljezur
  • DGRM abriu um concurso de consulta pública em resposta a um pedido pelo consortium ENI/Galp

No próximo dia 22 de Junho, pelas 12h30, a Associação de Surf e Atividades Marítimas do Algarve (ASMAA), em estreita colaboração com várias autarquias algarvias, entrega na Assembleia da República uma petição que recolheu mais de 4.300 assinaturas em 10 dias e que se opõe à atribuição de uma licença de TUPEM ao consórcio Galp/ENI para a atividade de perfuração de pesquisa na área 233 designada por Santola na Bacia do Alentejo (Aljezur), ou seja, para a realização de um furo de pesquisa offshore em Aljezur.

MARCHA ANIMAL 051

Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) abriu um concurso de consulta pública em resposta a um pedido pelo consortium ENI/Galp para o primeiro furo de pesquisa offshore em Aljezur. O PAN – Pessoas – Animais - Natureza manifesta o seu apoio a esta iniciativa, marcando presença neste gesto que simboliza a oposição a este atentado ambiental, social e económico à Costa Vicentina e aos cidadãos de Portugal que aqui habitam e que visitam esta costa pelos mais diversos motivos.

A sondagem de pesquisa será efetuada a cerca de 46,5 km da Costa relativamente ao ponto mais próximo do litoral continental de Portugal (Zona de Aljezur), a uma profundida aproximada de 1070 metros, na Zona Económica Exclusiva, sendo as operações suportadas a partir do ponto de Sines que se localiza a cerca de 88 km do local.



publicado por Carlos Gomes às 12:00
link do post | favorito

Quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2016
REGIONALISMO EM LISBOA ESTÁ MAIS POBRE: CASA DO ALGARVE FOI DISSOLVIDA!

O Algarve perdeu a sua representação regionalista na capital. As gentes algarvias que vivem na região de Lisboa deixaram de ter uma associação que as congregue, qual elo de ligação de toda a comunidade a manter viva a sua identidade e ligação às origens. O associativismo regionalista ficou mais pobre!

O atual panorama do regionalismo não é o melhor. Nas duas últimas décadas, várias foram as casas regionais que encerraram as suas portas. E, muitas das que ainda não o fizeram, têm vindo a reduzir a sua atividade ou a desviar-se dos fins para que foram criadas, indo algumas ao ponto de, através de alterações estatutárias, franquearem as “portas” a pessoas que não são oriundas das respetivas regiões. A crise atinge particularmente as associações de âmbito provincial mas também não deixa de fora as chamadas casas concelhias, como sucedeu com a Casa de Ourém.

A situação atual do associativismo carece de reflexão séria e profunda acerca dos caminhos que vem trilhando e, sobretudo, da forma como prosseguir os seus fins face ás alterações sociais que se tem vindo a verificar, sem contudo colocar em causa a sua identidade e ligação à respetiva região.

12141673_1202830309732171_5580959387718690933_n



publicado por Carlos Gomes às 18:38
link do post | favorito


mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
14

17
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

PAN SOLIDARIZA-SE COM AS ...

PAN OPÕE-SE À PESQUISA DE...

REGIONALISMO EM LISBOA ES...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds