Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores

Sexta-feira, 17 de Maio de 2019
PORTUGUESES NÃO CONFIAM NA INTERNET PARA FAZEREM TRANSACÇÕES COMERCIAIS

Quase 80% dos portugueses receia que os seus dados caiam em mãos erradas quando compram online. 44% dos inquiridos raramente lê os termos e condições quando compra online. 39% dos portugueses prefere comprar online a fornecedores dentro da União Europeia

Celebra-se hoje o Dia Mundial da Internet e, de acordo com o European Consumer Payment Report da Intrum, multinacional especializada em serviços de gestão de crédito, 76% dos portugueses receia que os seus dados pessoais caiam nas mãos erradas quando compram online. A nível europeu a média é de 51%.

Apesar de os portugueses assumirem esta preocupação, 44% afirma raramente ler os termos e condições quando faz compras em sites online, valor este superior à média europeia que é de 39%.

As principais preocupações dos inquiridos portugueses quando encomendam produtos online num país estrangeiro, são a incerteza sobre a qualidade desses produtos (59%) e a possibilidade de estes poderem ser pirateados e não originais (52%).

O estudo da Intrum revela ainda que mais de metade dos portugueses, quando está a comprar online, prefere que o fornecedor seja português e 48% revela não comprar produtos a vendedores situados noutros países.

Dos países europeus que participaram no estudo, 63% dos inquiridos afirmou também preferir que o fornecedor seja do seu país de origem.

Como referido, os portugueses preferem comprar online a fornecedores do seu país de origem, mas caso isso não seja possível, 62% escolhe comprar online noutro país da europa, 60% prefere comprar na China, e 30% nos EUA.

Luís Salvaterra, Diretor-Geral da Intrum Portugal, alerta que “os consumidores devem estar atentos quando fazem compras online. A Internet tornou o mundo mais pequeno e o mercado online está a permanentemente a desafiar os limites. Existem muitos fatores que podem afetar o nosso comportamento de compras online, como por exemplo conveniência, preço, opções de pagamento, disponibilidade do produto e termos e condições, mas a segurança é um fator que não deve ser descurado”.

Sobre a Intrum

A Intrum é a empresa líder na indústria de Serviços de Gestão de Crédito, com presença em 25 mercados na Europa. A Intrum oferece um vasto leque de serviços, incluindo a compra de créditos, tendo como missão melhorar o cash-flow e a rentabilidade a longo prazo dos clientes e garantir que pessoas e empresas recebem o apoio que necessitam para não terem dívidas. A Intrum tem mais de 8.000 profissionais experientes que atendem cerca de 80.000 empresas em toda a Europa. Em 2018, a empresa gerou receitas estimadas no valor de 1.258 milhões de euros. A Intrum tem a sua sede em Estocolmo, Suécia, e está cotada na bolsa Nasdaq de Estocolmo. Em Portugal desde 1997, a Intrum tem mais de 245 colaboradores.

Para mais informações, por favor visite www.intrum.com

Sobre o European Payment Consumer Report

O Relatório de Pagamentos Europeu do Consumidor nasceu em 2013. Como "catalisador de uma economia saudável", a Intrum percecionou a necessidade de consultar as opiniões de 24.398 consumidores europeus, a fim de compreender melhor a realidade da economia doméstica e a vida diária nas suas casas. As informações obtidas no European Payment Consumer Report, basearam-se num inquérito conduzido pela empresa de estudos de mercado United Minds.



publicado por Carlos Gomes às 13:29
link do post | favorito

Terça-feira, 7 de Maio de 2019
TENOLOGIA FOTÓNICA DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO PERMITE INTERNET (VERDADEIRAMENTE) GLOBAL

Investigação do Instituto de Telecomunicações da UA

Acesso à internet via satélite no cume dos Himalaias ou no meio do oceano com a mesma qualidade e preço do acesso através da fibra ótica? Sim, é possível! O segredo está no processador fotónico desenvolvido na Universidade de Aveiro (UA) a pensar na próxima geração de satélites de comunicação. Levar a internet à metade da população mundial excluída da rede global é o grande objetivo do trabalho publicado na revista Nature Communications.

A investigadora Vanessa Duarte com os orientadores Rogério Nogueira e Mi... (1).jpg

“O trabalho apresentado na Nature Communications foi a primeira demonstração em tempo real de um processador fotónico capaz de processar quatro sinais de entrada, cada um com um débito de 1 gigabit por segundo e uma frequência de 28 gigahertz, inserido num sistema baseado em satélites de comunicação para receção de dados”, congratulam-se Vanessa Duarte, Miguel Drummond, João Prata e Rogério Nogueira, investigadores no Instituto de Telecomunicações na UA.

Fruto de um enorme trabalho de equipa a nível europeu, e publicado numa das mais prestigiantes revistas científicas a nível mundial, o trabalho mostra que o processador é escalável para muitos mais sinais, demonstrando assim que “as tecnologias fotónicas podem finalmente elevar a qualidade e reduzir os custos de serviços de satélite para os mesmos níveis da fibra ótica”.

O satélite de comunicação recebe vários sinais de alto débito provenientes de diferentes partes da Terra, pelo que é necessário um processador para separá-los, processá-los e enviá-los de volta ao planeta. Se atualmente os processadores utilizam sinais de radiofrequência (RF) e a tecnologia digital para realizar essa missão, motivo pelo qual o acesso à internet via satélite é caro e com uma qualidade bem abaixo da do acesso através da fibra ótica, o processador fotónico da UA promete revolucionar o acesso à rede global.

“Como poucos satélites servem milhares de milhões de pessoas é necessária uma capacidade muito mais elevada do que a atual. A chave para desbloquear tal capacidade reside em aplicar um processador potente como parte nuclear do satélite, algo que as tecnologias RF e digital atualmente não conseguem obter”, explica Vanessa Duarte, responsável pela integração do processador fotónico num chip de silício.

Levar a Internet a todo o planeta

O processador nascido para ser aplicado na nova geração de satélites de telecomunicações, para além de ter um peso, custo e consumo energético muito mais reduzido do que os atuais processadores, tem a capacidade de aumentar a capacidade de transmissão de dados e, muito importante, dar ao satélite uma cobertura flexível.

“O lançamento de satélites de nova geração permitirá colmatar a lacuna digital existente e fazer chegar a Internet a sítios rurais e remotos onde ela não existe”, explica Miguel Drummond. Para além disso, aponta o investigador, “esta inovação abre ainda caminho para a introdução de tecnologias emergentes em serviços de comunicação via satélite, nomeadamente serviços 5G e IoT”.

O trabalho realizado por Vanessa Duarte enquadrou-se no âmbito do Programa Doutoral em Engenharia Física no Instituto de Telecomunicações, sob orientação científica de Rogério Nogueira e Miguel Drummond, e no IHP - Leibniz-Institut für innovative Mikroelektronik (Alemanha), sob orientação científica de Lars Zimmermann. Toda a investigação decorreu no âmbito do projeto europeu BEACON onde participaram companhias como a Airbus Defence and Space, Gooch & Housego e aXenic. O princípio de operação do projeto começou a ser desenvolvido em 2010 no âmbito da tese de doutoramento de Miguel Drummond, supervisionada por Rogério Nogueira.

O artigo agora publicado na Nature Communications surge na sequência do estudo anterior de um processador fotónico para aplicação na nova geração de satélites de comunicação, vencedor do prémio de inovação Altice International Innovation Award 2018, e do prémio Born from Knowledge Awards, entregue pela Agência Nacional de Inovação.



publicado por Carlos Gomes às 14:58
link do post | favorito

Quinta-feira, 21 de Junho de 2018
FOLCLORE DE PORTUGAL – O PORTAL DO FOLCLORE PORTUGUÊS POSSUI NOVA IMAGEM GRÁFICA E ESTÁ ALOJADO EM NOVO DOMÍNIO

Prestes a atingir 18 anos de existência, o “Folclore de Portugal – O Portal do Folclore Português” apresenta uma estrutura renovada e uma nova imagem gráfica. Além disso, passou a estar alojado no domínio http://www.folclore.pt/

Capturarfp

Trata-se de um dos poucos e mais antigos portais na internet dedicados ao folclore e à cultura tradicional portuguesa em geral, assim entendido no seu sentido mais abrangente. Por essa razão, é também um espaço rico de acesso a informação muito variada, desde a gastronomia ao calendário agrícola e aos usos, costumes e tradições em geral.

15825955_1205739719516437_5276518963960658118_n

É seu administrador e fundador o Dr. José Pinto, também ele ligado ao folclore durante muitos anos como dirigente e componente Rancho Folclórico de Vila Real.

Depois de várias décadas apenas reservada para fins militares sob a denominação de ARPANET e, mais tarde, reservada à comunidade científica, começava a Internet a dar os primeiros passos no domínio público e, alguns ranchos folclóricos a aventurarem-se ainda timidamente na utilização destas tecnologias. Por essa altura, o autor destas linhas publicou no jornal “Folclore”, ininterruptamente durante quatro anos consecutivos, a secção “O Folclore na Internet”, dando a conhecer as iniciativas que já se verificavam nesse domínio e incentivando a sua utilização, bem assim a comunicação entre os grupos folclóricos através do correio electrónico.

A adesão foi lenta mas a criação do Portal do Folclore foi, por assim dizer, o passo mais importante para que a Internet passasse a ser uma ferramenta a ser utilizada pelos ranchos folclóricos e de música tradicional O mérito pertence inteiramente ao Dr. José Pinto que, além de criar este espaço, mantém-no durante quase duas décadas e acaba de refrescá-lo com nova imagem gráfica, reestruturando-o e alojando-o em novo domínio com acesso mais facilitado. Valeu a pena!

Transcrevemos a apresentação que é feita no próprio site:

Folclore de Portugal – O Portal do Folclore Português foi criado em 1 de Novembro de 2000 e , desde a sua fundação, sempre teve como principais objectivos:

» disponibilizar online conteúdos diversificados sobre temas e assuntos relacionados com a Cultura Popular Portuguesa (Etnografia, Folclore, etc.): artesanato, gastronomia, literatura popular (provérbios, romanceiro, lendas, …), música popular tradicional, medicina popular, usos, costumes e tradições, e outros considerados úteis;

» incentivar a utilização da Internet por parte de todos os Grupos que se dedicam ao Folclore e à Etnografia de Portugal, criando um “espaço de encontro” para todos aqueles que se assumem na defesa, promoção e divulgação do Folclore Português, em todas as suas formas de expressão e manifestação, criando e dinamizando a “comunidade folclórica no cyberespaço”;

» criar e dinamizar espaços de (in)formação on-line para todos os interessados nos temas e assuntos relacionados com a Cultura Popular Portuguesa, com a colaboração de reputados técnicos nos diversos temas/assuntos;

» criar e dinamizar espaço(s) de debate sobre todos e quaisquer assuntos do interesse dos dirigentes e outros participantes no movimento associativo na área da cultura popular e etnográfica;

» promover o contacto entre os Grupos e os Indivíduos que se dedicam à recolha, registo, estudo, preservação e divulgação do Folclore das diversas “regiões etnográficas” de Portugal, potenciando e facilitando a partilha de experiências, a colaboração e a realização de iniciativas conjuntas, particularmente através da internet e do correio electrónico;

» colaborar na divulgação dos Ranchos Folclóricos e outros Grupos que cultivam a dinamizam as diversas formas de expressão e manifestação folclórica das respectivas “regiões etnográficas“, não só em Portugal, mas também no estrangeiro, disponibilizando online informações diversificadas sobre os Grupos de Folclore e outros: url’s dos respectivos sites, e-mails, contactos, propostas de permutas/intercâmbios, actividades, etc.;

» divulgar as manifestações da Cultura Tradicional do nosso Povo, por forma a que sejam cada vez mais conhecidas e melhor compreendidas;

» promover a transmissão online de Festivais e Encontros de Folclore, a exemplo de experiências já realizadas, e de que é pioneiro o Rancho Folclórico de Vila Real, ou outras actividades consideradas de interesse público;

» assumir-se como a vanguarda de um movimento que leve o “poder político” a reconhecer:

– que a Cultura Popular não pode continuar mais a ser o “parente pobre” da Cultura;

– o trabalho meritório desenvolvido pelos Grupos e Indivíduos que se dedicam ao Folclore, em particular, e à Cultura Popular, em geral;

– a necessidade de a estes Grupos serem disponibilizados recursos suficientes para a prossecução dos respectivos objectivos;

Folclore de Portugal – O Portal do Folclore Português tem como destinatários principais:

» todos os Grupos e Indivíduos que, de alguma forma, utilizam a internet para divulgarem as diversas manifestações da Cultura Popular Tradicional, particularmente o Folclore, ao mundo!

» as entidades, públicas e privadas, que estão relacionadas com a temática do Folclore;

» quem quer saber mais sobre a Cultura Popular do nosso Povo;

Folclore de Portugal – O Portal do Folclore Português será o que todos nós quisermos que seja, pelo que observações, comentários, sugestões e críticas construtivas serão sempre bem vindas!

Para contactar connosco: folclore@folclore-online.com!

Grupos-de-Trás-os-Montes-e-Alto-Douro-1-800x445



publicado por Carlos Gomes às 11:18
link do post | favorito

Terça-feira, 15 de Maio de 2018
BLOGS PORTUGAL REALIZA 8ª GALA MONTEPIO ACREDITA PORTUGAL E ENTREGA PRÉMIOS DE EMPREENDEDORISMO

Preparados para a maior batalha de pitch da história?

Dia 30 de maio venha descobrir quem são os vencedores do maior concurso de empreendedorismo do país.

Quarta, dia 30 de maio a partir das 20h (antes do feriado).

https_%2F%2Fcdn.evbuc.com%2Fimages%2F41893849%2F139326334810%2F1%2Foriginal

Clique em baixo para se inscrever gratuitamente!

https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-viii-gala-de-entrega-de-premios-45231583885

Vídeo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=-xm3cK6rCms

GIF aqui:

https://drive.google.com/file/d/17w09yatEBowcIsXZ8K7ZaEzz9hXxAq11/view?usp=sharing

8ª Gala Montepio Acredita Portugal: venha conhecer (e votar) nos melhores projectos de mais uma edição do concurso de empreendedorismo da Associação Acredita Portugal. Estas serão as equipas que vão liderar e estabelecer as tendências da próxima década.

Nesta cerimónia de entrega de prémios terá a oportunidade de conhecer e interagir com todo o ecossistema, desde os nossos parceiros, conselheiros, membros do júri e investidores.

Este é um evento de promoção do empreendedorismo, por isso é aberto ao público e de inscrição gratuita.

Sugerimos que se faça acompanhar por todos aqueles que estão interessados no tema.

Contamos consigo!

https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-viii-gala-de-entrega-de-premios-45231583885



publicado por Carlos Gomes às 09:13
link do post | favorito

Segunda-feira, 5 de Março de 2018
BLOGUE “AUREN” ESTÁ DE VOLTA!

Blogue AUREN tem administração conjunta com o BLOGUE DO MINHO  e o BLOGUE DE LISBOA

http://auren.blogs.sapo.pt/

Cerca de ano e meio decorrido desde a suspensão da publicação, o blogue “AUREN” continua a registar apreciável número de visitantes, facto que exprime o apreço com que o mesmo era tido por parte dos seus leitores.

Capturaraur

Em face de tal adesão, o blogue “AUREN” retomará a sua publicação, a qual se manterá enquanto a mesma se justifique e, sobretudo, as suas publicações forem respeitadas no que concerne à sua autoria.

Como sempre, será um espaço aberto e plural, observando o bom nome das pessoas e instituições, privilegiando o património e a cultura tradicional das gentes do concelho de Ourém e da região na qual se encontra inserida.

O Administrador,

Carlos Gomes



publicado por Carlos Gomes às 22:44
link do post | favorito

Sábado, 17 de Fevereiro de 2018
GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MINHO TEM PÁGINA OFICIAL NO FACEBOOK

O Grupo Folclórico Verde Minho sediado em Loures e a representar os usos e costumes do Alto Minho na região de Lisboa tem vindo a renovar a sua imagem e o formato das suas próprias iniciativas, sendo de relevar a organização de conferências temáticas e a realização do FolkLoures – Encontro de Culturas.

CapturarVM

Para muito breve está prevista a edição em livro das conferências que vem organizando. Entretanto, acaba de criar a sua página oficial no facebook à qual serão agregadas outras páginas de grupos. Uma iniciativa que está a registar uma adesão surpreendente.

A página oficial do Grupo Folclórico Verde Minho no Facebook possui o endereço: https://www.facebook.com/grupofolcooricoverdeminho/



publicado por Carlos Gomes às 21:55
link do post | favorito

Sexta-feira, 2 de Fevereiro de 2018
NOTA DO ADMINISTRADOR

O BLOGUE DE LISBOA é um espaço de informação regionalista sem fins lucrativos, ao serviço de Lisboa e dos lisboetas onde quer que se encontrem. Nesse sentido, não insere publicidade paga, não promove quaisquer peditórios nem recebe nenhum financiamento.

Mantém uma orientação pluralista, respeitando a diversidade de opiniões, mas observando sempre o bom nome das pessoas e das instituições.

A sua orientação é da exclusiva responsabilidade do Administrador pelo que não será de alguma forma autorizada qualquer utilização abusiva do nome do BLOGUE DE LISBOA, incluindo pedidos de credenciais e livres-trânsito para acesso a espaços de eventos públicos e privados.

O Administrador,

Carlos Gomes

21105714_1458731747540667_6645259012861218797_n



publicado por Carlos Gomes às 21:27
link do post | favorito

Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018
MUITO OBRIGADO, SR. MANUEL SANTOS!

IMG_9072 (2).JPG

Em virtude das suas muitas solicitações por parte das mais diversas entidades, situação que perfeitamente compreendemos, deixa a partir deste momento o BLOGUE DE LISBOA de poder contar com a prestimosa colaboração desinteressada do sr Manuel Santos.

O Administrador do BLOGUE DE LISBOA agradece a colaboração que sempre dispensou, reconhece o seu elevado profissionalismo e agradece a disponibilidade desde sempre manifestada, desejando-lhe os maiores sucessos.

O Administrador,

Carlos Gomes



publicado por Carlos Gomes às 18:20
link do post | favorito

Segunda-feira, 26 de Junho de 2017
BLOGUE DE LISBOA VISITA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO E CONFRATERNIZA COM OUTROS BLOGGERS

Por gentileza da organização da Feira Internacional de Artesanato (FIA), teve hoje lugar um almoço convívio entre vários bloggers parceiros da FIA na sua divulgação. O BLOGUE DE LISBOA e o BLOGUE DO MINHO, de administração comum, fizeram-se representar pelo seu colaborador fotográfico, sr. Manuel Santos.

IMG_9072 (2).JPG

O encontro teve lugar no restaurante dos Açores e foi seguido de uma visita aos vários pavilhões do certame, tendo constituído uma excelente oportunidade para apreciar o melhor das artes, saberes e sabores nacionais e estrangeiros.

Durante nove dias consecutivos, a FIL é um espaço de articulação entre profissionais, apreciadores e colecionadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes das áreas da gastronomia tradicional, posicionando o artesanato como expoente máximo de cada cultura.

IMG_9082 (1).JPG

IMG_9085 (1).JPG

IMG_9087 (1).JPG

IMG_9113.JPG



publicado por Carlos Gomes às 22:18
link do post | favorito

Sábado, 20 de Maio de 2017
BLOGUE DE LISBOA AGRADECE...

O BLOGUE DE LISBOA informa que já ultrapassou as dificuldades técnicas relacionadas com a obtenção de espaço de memória para o alojamento de imagens, indispensável à sua publicação no blogue, e agradece a todos quantos ao aceitarem o convite sem encargos que lhes foi dirigido, se disponibilizaram para contribuir para a resolução do problema. Naturalmente, terá no futuro tal em consideração!

A Administração



publicado por Carlos Gomes às 14:06
link do post | favorito

Terça-feira, 22 de Novembro de 2016
FEDERAÇÃO DO FOLCLORE PORTUGUÊS: CAMPANHA ELEITORAL REALIZA-SE NAS REDES SOCIAIS

As duas listas concorrentes aos órgãos diretivos da Federação do Folclore Português criaram páginas na rede social Facebook para apresentarem as suas ideias e promoverem o debate. Por outras palavras, esta parece ser já uma das primeiras medidas assumidas por ambas as candidaturas no sentido de promoverem uma Federação renovada para o Século XXI.

A lista “A” encontra-se no seguinte endereço:

https://www.facebook.com/Lista-A-Por-Uma-FFP-Renovada-do-S%C3%A9culo-XXI-285553131839237/?fref=ts

ffplistaA (1).jpg

A lista “B” encontra-se no seguinte endereço:

https://www.facebook.com/profile.php?id=100014234172340&fref=ts

ffplistaB (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 00:05
link do post | favorito

Sexta-feira, 27 de Março de 2015
QUAL O IMPACTO DAS REDES SOCIAIS NA GESTÃO DAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS?

O estudo realizado por duas investigadoras da Universidade do Minho, intitulado "Social Network Marketing Strategy and SME Strategy Benefits" explora o benefício que as PME podem retirar do desenvolvimento de uma estratégia de marketing para as redes sociais online. O trabalho teve grande reconhecimento tendo sido recentemente publicado no Journal of Transnational Management.

A investigação recaiu sobre quatro PME portuguesas, sob a forma de estudo de caso devido à grande necessidade de se obter significado e em profundidade para se chegar a um cenário mais completo do que ocorre naquele determinado contexto e porquê. As PME foram selecionadas tendo por base vários critérios, entre os quais se destaca o facto de todas as empresas atuarem em diferentes áreas, sendo que duas delas oferecem produtos e as restantes incluem-se na área dos serviços, oferecendo assim uma maior diversidade para o estudo. 

Nesta pesquisa fica bem patente a importância do desenvolvimento de uma estratégia cuidadosamente concebida como forma de colmatar a falta que as PME têm de planos de marketing ou planos de negócios sofisticados, fruto dos seus escassos orçamentos. Assim, as empresas podem obter grandes benefícios se possuírem uma estratégia para as redes sociais, e em particular para o Facebook uma vez que este se mostrou um importante canal que permitiu às pequenas e médias empresas publicitarem as suas marcas sem necessidade de grandes orçamentos.

O estudo levantou cinco hipóteses para serem testadas: H1: As PME beneficiam com o impacto do WOM (word-of-mouth) nas redes sociais; H2: As redes sociais são um bom meio para levar os consumidores a falar sobre o produto/serviço; H3: A comunicação nas redes sociais reflete a relação que as PME mantêm com os consumidores; H4: A presença das PME nas redes sociais tem um impacto direto na familiaridade do consumidor com a marca e H5: O contacto direto com os consumidores através das redes sociais gera maior envolvimento e tem impacto direto nas intenções de lealdade à marca.

Os resultados indicaram que:

H1: As empresas, e particularmente as microempresas, podem beneficiar com o impacto do WOM nas redes sociais pois este apresenta-se como um fator de destaque no Facebook sendo o responsável pelos utilizadores conhecerem as empresas e os seus produtos, através da partilha de informação e da interação imediata que o site possibilita. Contudo, o poder negativo que este pode ter deve ser tido em conta e as empresas devem controlar o que os consumidores dizem sobre as mesmas, particularmente na sua página. De acordo com os casos estudados foi possível verificar que quando o WOM tem contornos negativos estes podem ser minimizados se os conteúdos forem retirados das páginas de forma rápida e eficaz.

H2: Os resultados indiciam que o Facebook é um canal privilegiado para os consumidores falarem sobre as marcas e os seus produtos e serviços. As empresas poderão ajudar a acentuar essa tendência promovendo concursos e sorteios nas suas páginas, o que automaticamente aumentará o número de visitantes e o número de utilizadores a interagirem com a página.

H3: Os resultados indicam que todas as empresas estudadas fazem uma comunicação no Facebook de forma estruturada, ou seja, a estratégia de comunicação neste contexto deve ter por base comunicar com o consumidor de forma a transmitir os valores da marca de forma clara.

H4: Os resultados parecem indiciar que o Facebook desempenha um papel crucial para divulgar a marca no âmbito online, sendo responsável pelo aumento do conhecimento acerca da marca e dos seus produtos/serviços.

H5: Os resultados sugerem que o Facebook gera maior envolvimento com a marca e as intenções de lealdade à mesma são visíveis através de fatores como o aumento das vendas e o aumento dos clientes.

Em suma, os resultados indicam que o Facebook pode facilitar a comunicação entre as PME e os seus clientes e constituir-se como uma ferramenta importante na criação de reconhecimento da marca e de lealdade à mesma.

O Facebook apresenta-se como um ambiente único, que pode permitir às empresas o aumento dos seus clientes e uma relação mais próxima entre os clientes já existentes e a marca. Como tal, o estudo indicou que a presença nas redes sociais pode ter um papel importante para as empresas tanto no desenvolvimento de relacionamento com o cliente como no aumento das vendas.

Daniela Canto Silva



publicado por Carlos Gomes às 15:40
link do post | favorito


mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
14

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

PORTUGUESES NÃO CONFIAM N...

TENOLOGIA FOTÓNICA DA UNI...

FOLCLORE DE PORTUGAL – O ...

BLOGS PORTUGAL REALIZA 8ª...

BLOGUE “AUREN” ESTÁ DE VO...

GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MI...

NOTA DO ADMINISTRADOR

MUITO OBRIGADO, SR. MANUE...

BLOGUE DE LISBOA VISITA F...

BLOGUE DE LISBOA AGRADECE...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

QUAL O IMPACTO DAS REDES ...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds