Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores

Quarta-feira, 12 de Junho de 2019
PAN DESAFIA LISBOA E PORTO A SEREM CIDADES VEG-FRIENDLY

O Partido Pessoas-Animais-Natureza quer posicionar Lisboa e Porto na vanguarda da sustentabilidade, da diminuição da pegada ecológica e das preocupações com o bem-estar animal

O PAN alerta para os impactos ambientais de um consumo excessivo de carne e quer dar o exemplo nas duas maiores cidades do país, apresentando uma iniciativa que pretende declarar Lisboa e Porto como cidades veg-friendly, ou seja, amigas de uma cultura de alimentação 100% vegetal.

As recomendações de ambos os Grupos Municipais serão apresentadas e submetidas a votação na Assembleia Municipal do Porto no dia 12 de Junho e na Assembleia Municipal de Lisboa no dia 18 de Junho.

De acordo com Bebiana Cunha, deputada municipal do PAN na Assembleia Municipal do Porto, a primeira cidade onde o PAN vai apresentar esta iniciativa, “Uma alimentação de base vegetal, ao contrário do que se possa pensar, não está apenas associada a questões de bem-estar animal mas também a questões ambientais e da nossa saúde. Os dados sobre a pegada ecológica da produção de animais para consumo são preocupantes, contrastando com o impacto da produção de produtos de origem vegetal. Para além disso, são conhecidos os benefícios de um menor consumo de carne para a nossa saúde”.

Em Lisboa, a deputada municipal Inês de Sousa Real acrescenta ainda que “não podemos descurar, em ambas as cidades, que o número de pessoas preocupadas com o seu bem-estar, com a sua saúde e com o ambiente aumenta de dia para dia. É necessário que as políticas públicas apoiem as respostas para estas pessoas, sejam locais ou visitantes, que optam por uma dieta à base de produtos de origem vegetal”.

Na base destas recomendações estão factos que relacionam o consumo excessivo de carne aos efeitos das alterações climáticas, nomeadamente o impacto da produção pecuária na emissão de gases de efeito de estufa, na degradação dos solos e no consumo de água, uma vez que para produzir 1Kg de carne são necessários 16.000 litros de água, cerca de 15 vezes mais do que é necessário para produzir 1Kg de cereais ou leguminosas[1].

Por outro lado, a Organização Mundial de Saúde tem vindo a alertar para o risco de um consumo regular de carnes vermelhas, que está associado ao aparecimento de cancro colo-retal, do pâncreas e da próstata, bem como ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares e da diabetes.

As recomendações para Lisboa e Porto visam, essencialmente, desenvolver uma estratégia para se declarar as cidades veg-friendly, que pode passar por implementar ações que informem e incentivem uma alimentação vegetal, prever uma opção 100% vegetal nos eventos públicos das cidades, realizar um dia 100% vegetal por semana em todas as cantinas municipais e proporcionar formação em cozinha vegetariana nessas cantinas. O PAN propõe ainda a elaboração de guias gastronómicos vegetarianos e a criação de plataformas que valorizem projetos com uma visão sustentável e o comércio de proximidade.



publicado por Carlos Gomes às 11:50
link do post | favorito

Sexta-feira, 26 de Outubro de 2018
REFORMA DA FLORESTA VAI ESTAR EM DEBATE NA ALFÂNDEGA DO PORTO

PROGRAMA MANHA C



publicado por Carlos Gomes às 11:15
link do post | favorito

Terça-feira, 8 de Novembro de 2016
REBENTO DA VIDEIRA MAIS ANTIGA DO MUNDO SERÁ PLANTADO EM GAIA

PORTUCALENSE ACOLHE CONFERÊNCIA INTERNACIONAL WINE&VINE, UMA ESTREIA NO PORTO

O rebento da videira mais antiga do mundo tem cerca de 400 anos e vem da Eslovénia para ser plantado em Portugal, no Parque Biológico de Gaia, no âmbito da conferência Internacional Wine&Vine, organizada pela Universidade Portucalense em parceria com a Universidade de Maribor e promovida pelo Instituto Jurídico Portucalense.

O objetivo do evento, que irá juntar investigadores de várias partes do mundo, é envolver participantes em torno de um debate sobre os desafios que o setor vinícola enfrenta, como a desaceleração da economia global, o desenvolvimento sustentável e ainda o aparecimento de novos países produtores.

“É premente estudar a cultura do Vinho, uma vez que o setor tem um peso relevante no valor da produção agrícola da maioria dos Estados Membros da União Europeia. A UE lidera no mercado mundial do vinho em 45% de área total, de produção e consumo em 60% cada e ainda de comércio internacional, importação e exportação”, salienta José Caramelo Gomes, Presidente do Instituto Jurídico Portucalense, (IJP).

Dos vários Investigadores Internacionais, destacam-se três representantes da cidade eslovena de Maribor, Zan Oplotnik (Vice Reitor da Universidade de Maribor), Vesna Rijavec (Diretor da Faculdade de Direito) e Tomaz Kerestes (Vice Diretor da Faculdade de Direito).

A conferência que decorre nos dias 10 e 11 de novembro na UPT, é aberta ao público e conta com o apoio da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), da Lex - Localis Press, da Universidade eslovena de Maribor e do Município de Vila Nova de Gaia

A Universidade Portucalense Infante D. Henrique (UPT) é um estabelecimento de ensino superior cooperativo que iniciou a sua atividade em 1986.

A UPT funciona exclusivamente na cidade do Porto, no pólo Universitário da Asprela, ministrando cursos nas nove áreas seguintes: Direito, Economia, Gestão, Informática, Psicologia, Educação, Turismo e Hospitalidade, Património e Cultura, e Relações Internacionais



publicado por Carlos Gomes às 10:40
link do post | favorito

Terça-feira, 7 de Junho de 2016
FESTIVAL MARÉS VIVAS: PAN DENUNCIA DESTRUIÇÃO AMBIENTAL NO VALE DE SÃO PAIO JUNTO AO RIO DOURO

O PAN fez ontem denúncia ao Ministério Público da Comarca do Porto relativamente às várias "operações de limpeza" realizadas alegadamente à margem das leis no Vale de São Paio, cujos terrenos são contíguos à Reserva Natural Local do Estuário do Douro (RNLED).

Segundo chegou ao conhecimento do partido estas operações surgiram no seguimento do anúncio da realização do festival MEO Marés Vivas no limite Sul/Ponte da RNLED, tendo continuado mesmo após a entrada de duas providências cautelares iniciadas pela Quercus e após ter sido anunciado o regresso do festival à sua localização habitual. O partido enviou para o Ministério Público todas as provas em seu poder que revelam o impacto devastador que aquelas limpezas tiveram, cabendo agora a este apurar se existe ou não prática de crime ambiental por parte da empresa SUMA e/ou da Câmara Municipal.

Nesta Reserva estão identificadas cerca de 225 espécies de aves e inúmeras outras de fauna e flora. Devido à sua proximidade com a RNLED e por ali se encontrarem reunidas ótimas condições de sobrevivência, o Vale de São Paio serve de habitat a uma importante população de Lagartos de Água e de refúgio a inúmeras espécies de aves.

"Nas diversas reuniões realizadas com os vários Movimentos Cívicos, o Presidente da Câmara foi alertado para o perigo e marginalidade destas ações", explica Bebiana Cunha, Comissária Política Nacional e Porta-voz do PAN.

O partido recordou ainda que destruir ou deteriorar significativamente um habitat natural causando perdas em espécies protegidas da fauna ou da flora selvagens ou em número significativo é crime pelo que os factos relatados, a serem verdade, podem levar à aplicação de uma pena de prisão que vai até 5 anos.

"É imperativo identificar os responsáveis já que os danos são significativos e irreparáveis. Para além dos animais e espécies protegidas como o Lagarto de Água, cuja recuperação será difícil ou mesmo impossível, a própria flora - nomeadamente as árvores abatidas e destruídas - não poderá ser reparada a curto ou médio prazo", conclui Bebiana Cunha.

O PAN denuncia assim mais um caso em que os interesses económicos foram priorizados em detrimento dos interesses ambientais, alertando uma vez mais para a importância de uma abordagem reflexiva e crítica da imprescindibilidade das políticas ecológicas integradas e do papel das próprias autarquias na preservação dos recursos e reservas naturais.



publicado por Carlos Gomes às 22:21
link do post | favorito

Sexta-feira, 6 de Maio de 2016
PAN PORTO MOBILIZA-SE POR MELHOR TRATAMENTO DOS ANIMAIS NA CIDADE
  • PAN junta-se à manifestação por melhores condições no Centro de Recolha Oficial de Animais do Porto, dia 8 de Maio, às 16h00 em frente à Câmara Municipal do Porto
  • Profissionais médicos veterinários e cidadãos juntam-se “À Conversa com André Silva”, 9 de Maio, 18h30, Espaço PAN Porto

O PAN – Pessoas – Animais – Natureza, marcará presença na Manifestação pelos Animais do Canil do Porto, no próximo dia 8 de Maio, pelas 16 horas, em frente à Câmara Municipal do Porto.

Os cidadãos manifestam-se porque o Centro de Recolha Oficial de Animais não cumpre os requisitos expressos na lei após mais de 80 anos de existência e pedem que seja substituído, tal como prometido e anunciado pelo actual executivo, por um Centro de Bem-Estar Animal onde sejam levadas a cabo verdadeiras medidas de protecção animal. Desde 2013, que vários cidadãos tentam alertar o executivo camarário para a necessidade de se proceder a uma mudança da política de controlo populacional, substituindo os habituais abates por esterilizações; a uma maior promoção dos animais residentes com vista à sua adopção; e ao melhoramento das condições e do bem-estar destes resultantes da falta de espaço e meios que este centro de recolha dispõe.

“À Conversa com André Silva”

“À Conversa com André Silva” realizar-se-á dia 9 de Maio no Espaço PAN Porto (Rua Barão Forrester 783, 4050-273).

Este evento surge no seguimento de uma conferência PAN que teve lugar na Assembleia da República no passado dia 12 de Abril e que promoveu a reflexão integrada sobre a lei que criminaliza os maus tratos a animais, com o objectivo de reunir os pareceres das várias entidades que aceitaram o desafio de contribuir para o debate.

Depois desta conferência, o PAN apresentou uma proposta de alteração da lei que criminaliza os maus tratos a animais e uma proposta de alteração do Estatuto Jurídico do Animal. As duas iniciativas foram agendadas para debate em plenário no dia 12 de Maio.

André Silva virá ao Porto apresentar estas duas propostas, numa iniciativa que tem também como objetivo promover um diálogo descentralizado e participativo.

O evento contará com a presença do Diretor Clinico do UPVET, Augusto J. F. de Matos, também com Luís Montenegro Diretor Clínico do Hospital Veterinário Montenegro e Hugo Gregório, responsável pelo serviço de oncologia do Centro Hospitalar Veterinário para esclarecimentos relativos aos serviços prestados à comunidade, assim como as perceções da realidade dos maus tratos a animais e das próprias políticas de proteção animal assim como a identificação de problemas, necessidades e soluções.



publicado por Carlos Gomes às 11:12
link do post | favorito

Segunda-feira, 14 de Setembro de 2015
“ETERNA MADRUGADA” É O NOVO SINGLE DOS ZURBANA

O single de apresentação do primeiro trabalho discográfico dos Zurbana, “Eterna Madrugada”, estreia hoje, dia 14 de setembro, a nível nacional. Antecipando assim a edição do primeiro EP, desta banda oriunda da cidade do Porto, a editar no último trimestre de 2015 pela Music In My Soul.

Zurbana_2

Os Zurbana nasceram em meados de 2012, pelas mãos de António Cardoso, Pedro Abreu, Nuno Camacho e Pedro Henrique, que desde cedo encararam a música como uma arte expressiva da representação da sua forma de viver e comunicar.

O rock alternativo é o estilo com que mais se identificam e inspiram para a criação de melodias, prosas e poemas, resultado de experiências passadas com outros projectos como “Bliss” e “Welcome Grace Project”.

Durante o ano de 2014 e grande parte de 2015, têm estado a trabalhar em conjunto na produção do EP que irão apresentar no último trimestre deste ano, e que poderá ser posteriormente descarregado em todas as lojas digitais.

A sua expressividade sonora é também influenciada pelos seus interesses em outras áreas artísticas como o design, a fotografia e o cinema. Com uma vontade quase descontrolada de transmitir mensagens diretas e sinceras os Zurbana prometem um EP extraordinário, capaz de surpreender até os mais céticos. Até lá conheçam o fantástico single "Eterna Madrugada"!



publicado por Carlos Gomes às 19:18
link do post | favorito

Quinta-feira, 16 de Julho de 2015
WACK LEVAM O SEU HIP HOP A CASCAIS

O Hip Hop dos WACK continua a ser a banda sonora de algumas noites deste verão. O grupo lisboeta vai passar pelo palco da FNAC do CascaiShopping para um showcase já amanhã, dia 17 de julho, às 22h00. E no dia 25 é o Armazém do Chá, no Porto, quem os recebe a partir das 23h00. A promoção ao EP “Sem Pés Nem Cabeça” continua, assim, em marcha. Editado em janeiro pela Music In My Soul, este trabalho tem “Carta de Amor” como single de apresentação.

WACK, palavra “hiphopiana” para algo mau ou sem qualidade, é um projeto musical que surgiu de improvisos e discussões sobre preocupações sérias entre irmãos, criados por concertos e festas Hip Hop underground na zona de Lisboa.

Esta fusão de música Rap com Funk, Soul e Jazz nasceu em 2012, após a edição do álbum “Dia e Noite” por TANB e João “Dikas” Paiva (vocalista). A dupla juntou-se a David Neves (DJ Ketzal) e ao produtor/beatmaker Rui “Raw Muzik” Colaço e editou, em 2013, o EP “Contra Fracos Não Há Argumentos”. Este trabalho, misturado e masterizado por Michael Ferreira (MIC) na Sine Factory, simboliza a busca do som WACK e introduziu este projeto nos espetáculos ao vivo.

César Correia (baixista) foi convidado a juntar-se à família em 2014, levando consigo Pedro “Mosca” Rodrigues (baterista) para completar a secção rítmica do projeto.

Fruto desta junção, em janeiro de 2015 nasceu o EP “Sem Pés Nem Cabeça”, produzido apenas pela banda e editado pela Music In My Soul. A gravação dos temas teve lugar na LXPRO por Orlando Costa, no Headstart Studio por David Neves e no Dubai por TANB. Misturado por Zé Caeiro (DJ X-Acto), este trabalho fala sobre "ser WACK" – que, para os próprios, simboliza o fugir das expectativas, o quebrar de conceitos e o assumir de individualidades. O single de apresentação, “Carta de Amor”, fala sobre uma relação amorosa, cheia de paixão e drama, através de rimas diretas e de um groove entre o romantismo e a desilusão. A sonoridade vem da mistura de gostos pessoais. Os ambientes Jazz, Funk e Rock presentes não fazem com que se perca a verdadeira essência do grupo. Neste EP, pode-se ainda ouvir a voz já indispensável de Joana Campelo.

De palco em palco, a família WACK tem vindo a multiplicar-se, provando que estes músicos não são os únicos que não cedem a uma cultura de aparências imposta pela sociedade. 

Para download do EP

iTunes

https://itunes.apple.com/pt/album/sem-pes-nem-cabeca-ep/id962540891

Xbox Music

https://music.xbox.com/album/wack/sem-pes-nem-cabeca/0e2bc708-0100-11db-89ca-0019b92a3933

Amazon

http://www.amazon.com/gp/product/B00T5A73VU/ref=sr_1_27_rd?ie=UTF8&child=B00T5A776Q&qid=1423063549&sr=1-27%3C/a%3E

WACK

Site

http://www.wack.pt/

Facebook

https://www.facebook.com/wackpt?fref=ts

YouTube

https://www.youtube.com/user/WACKPT



publicado por Carlos Gomes às 18:50
link do post | favorito


mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
14

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

PAN DESAFIA LISBOA E PORT...

REFORMA DA FLORESTA VAI E...

REBENTO DA VIDEIRA MAIS A...

FESTIVAL MARÉS VIVAS: PAN...

PAN PORTO MOBILIZA-SE POR...

“ETERNA MADRUGADA” É O NO...

WACK LEVAM O SEU HIP HOP ...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds