Blogue de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Lisboa e arredores
Terça-feira, 27 de Março de 2018
THIAGO RAMIL E AS IMPERFEIÇÕES DO DESTINO EM “AMORA”

De Rio Grande do Sul para o mundo. É este o percurso que está a fazer Thiago Ramil, jovem músico, cantor e compositor brasileiro que agora chega à Europa. Para já, apresenta-se com “Amora”, single que integra o registo de estreia, “Leve Embora”, tendo guardado para o verão uma série de concertos em solo nacional com a Music For All.

Thiago Ramil - Divulgação © Guilherme Bragança_2

Oriundo de uma família recheada de talento, Thiago está ligado à música desde muito cedo. Foi nomeado para os Grammys Latinos em 2016 para Melhor Álbum Pop Contemporâneo de Língua Portuguesa. De si podemos esperar alguma da melhor Folk Pop da atual cena musical brasileira, uma voz de veludo e um coração autêntico impresso em cada verso que canta.

Thiago Ramil é um jovem cantor, músico e compositor de Rio Grande do Sul, estado brasileiro que faz fronteira com Argentina e Uruguai.

A música faz parte da sua vida desde sempre, ou não tivesse Thiago a sorte de nascer numa família recheada de músicos e cantores: os seus tios Kleiton e Kledir formaram os Almôndegas (uma das bandas percursoras na junção de Música Popular Brasileira, Rock e música regional brasileira) e alcançaram grande sucesso com o disco “Aqui” (1975) e, em particular, com a música “Canção da Meia-Noite” que viria a ser incluída na novela “Saramandaia” (1976).

Vítor Ramil, também ele tio de Thiago, é compositor, cantor e escritor, ficando célebre por trabalhos como “A Paixão de V Segundo Ele Próprio” (1984), o ensaio A Estética do Frio ou o disco “Ramilonga” (1997), E por último, mas não menos importante, encontramos o primo Ian Ramil, filho de Vítor e contemporâneo de Thiago, que integrou, a par com Thiago, o coletivo “Escuta – O Som do Compositor”, e que editou o disco de estreia “Ian” em 2012.

Thiago Ramil começa a aprender música com apenas dois anos de vida, vindo a tocar violino, instrumento que o acompanharia até aos 14 anos. Contudo é já na juventude que a música toma forma de algo sério, quando integra a banda Cadiombleros. Aí encontra o seu primeiro projeto autoral, conquistando o público e atuando ao vivo em diversos eventos, festas e festivais independentes de Porto Alegre, entre os anos de 2011 e 2013, fase em que integrou também o coletivo de compositores “Escuta – O Som do Compositor”.

Já em 2014, Ramil formou-se em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) realizando o trabalho final de curso sobre o projeto “A Prática do Acalanto”, com crianças em acolhimento institucional, aproximando a música da psicologia. Por este projeto, Thiago viria a receber o Prémio Destaque no Salão de Iniciação Científica. Ao longo da sua formação académica especializou-se na possibilidade de utilizar a música como forma de auxílio na preparação para dormir e na constituição do sujeito, algo que viria a influenciar as suas composições futuras.

Um ano depois chegou, finalmente, o seu registo de estreia. “Leve Embora”. Depois partiu para a estrada, atuando em cidades como Porto Alegre, Curitiba ou Rio de Janeiro, levando a sua música e talento aos mais variados públicos e palcos.

Em 2016 foi indicado para os Grammys Latinos na categoria Melhor Álbum Pop Contemporâneo de Língua Portuguesa, vendo o seu primo Ian Ramil ser nomeado para Melhor Álbum Rock em Língua Portuguesa e Artista Revelação (distinção que venceria). Nesse mesmo ano seria ainda nomeado por três vezes para o Prémio Açorianos de Música, vencendo nas categorias de Artista Revelação e Melhor Intérprete Pop.

“Leve Embora” figurou ainda em diversas listas brasileiras dos melhores discos do ano, trazendo a Thiago reconhecimento nacional pelo seu trabalho enquanto cantor e compositor.

Em 2018, a mais recente aventura do músico passa pela conquista de Portugal. Ramil não procura reinos infinitos nem um poder maior que vida. Ramil procura apenas espalhar a sua palavra, cantando-nos o Rio Grande do Sul e, por extensão, todo o Brasil. A apresentação ao público nacional acontece ao som de “Amora”, um dos temas do seu disco de estreia, estando marcados para o verão uma série de concertos em Portugal sob o selo da Music For All.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 13:50
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

PAN QUER MITIGAR IMPACTOS...

FRANCISCO GUERREIRO É O C...

METRO DE LISBOA ACOLHE AL...

PAN LISBOA QUER OBSERVATÓ...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

PAN QUER ALTERAR CÓDIGO P...

QUEM PODE EM LISBOA CIRCU...

PADRE HIMALAYA VIVEU NA A...

JARDIM ZOOLÓGICO ESTÁ NA ...

METRO DE LISBOA CELEBRA O...

LOURES VAI OUVIR CANTARES...

BLOGUE DE LISBOA DESEJA B...

YOUTUBER RIC FANZERES EST...

ALFRAGIDE FOI OUVIR CANTA...

FILARMÓNICA DE OLIVENÇA D...

MINHOTOS EM LISBOA CANTAM...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

LISBOA ACOLHE EXPOSIÇÃO “...

YOUTUBER RIC FAZERES VAI ...

METROPOLITANO DE LISBOA L...

QUAL A IMPORTÂNCIA DA PRE...

OE 2019: PAN ASSEGURA A C...

MINHOTOS EM LOURES CANTAM...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

IVA DA TOURADA REDUZ PARA...

METROPOLITANO APOSTA NA M...

PARLAMENTO VOLTA A REJEIT...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

MINHOTOS EM LISBOA CANTAM...

PARLAMENTO REJEITA PROPOS...

AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMB...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

PAN CONSEGUE CONTRATAÇÃO ...

PAN CONQUISTA DOIS MILHÕE...

HINO DA RESTAURAÇÃO (1861...

PORTUGAL CELEBRA DIA DA R...

CASA DO CONCELHO DE ARCOS...

MINHO EM FESTA NO ANTIGO ...

BOMBOS DE ATEI (MONDIM DE...

CONGRESSO DO BOMBO REÚNE ...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

NATAL CHEGA A LOURESHOPIN...

PAN QUESTIONA GOVERNO ACE...

ANTIGO MUSEU DOS COCHES R...

FILARMÓNICA DE OLIVENÇA D...

FALTA DE MEMÓRIA EM ESPAN...

VAI HAVER SARRABULHO EM L...

GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MI...

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ...

CASA DE TOMAR EM LISBOA R...

arquivos

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds